terça-feira, 16 de abril de 2019

[Resenha] A canção das águas

|
Autora: Sarah Tolcser
Páginas: 432
Duologia: Plataforma21
Série: Jornada das águas, 1
Caroline Oresteia está prometida ao rio. Por gerações, sua família ouviu o chamado do deus do rio, que guiou suas embarcações em incontáveis viagens pelas terras fluviais. Aos dezessete anos, Caroline está preparada para conhecer seu destino, após anos ouvindo a voz das águas. Mas o deus do rio ainda não falou o seu nome – e se ele não o fez até agora, existe uma chance de que nunca o fará. Ela decide tomar as rédeas de seu próprio destino quando seu pai é preso por se recusar a transportar um caixote misterioso. Ao concordar em fazer a entrega em troca de sua liberdade, Caroline é pega em uma rede de políticas e mentiras, sem a ajuda do deus do rio e com perigosos piratas atrás da carga. Com tanta coisa em jogo, ela precisa escolher entre a vida que sempre quis e a que nunca imaginou para si.



A canção das águas é o primeiro volume da duologia Jornada das águas, da autora Sarah Tolcser. Essa é uma fantasia que me surpreendeu bastante. Sarah consegue nos guiar pelas águas de forma envolvente, com muitos piratas, lendas e seres místicos. O melhor de tudo é o livro ter uma personagem principal tão empoderada e corajosa quanto Caroline. Embarquei junto nessa aventura e quando menos percebi já não conseguia mais desgrudar da leitura. 

Caroline Oresteia vem de uma família que por gerações ouviu o "chamado do deus do rio", que guia as embarcações nas incontáveis viagens. Porém, a garota nunca ouviu o tal chamado, e talvez isso nunca aconteça, ela realmente já perdeu as esperanças. Mas, nada disso a impede de querer seguir os passos do pai. E, isso acaba acontecendo antes do esperado quando o pai dela acaba preso e ela fica responsável por entregar um caixote misterioso.


Para libertar o pai ela precisa fazer essa entrega de forma segura e em hipótese nenhuma abrir o caixote. Carô e Fee (que faz parte da raça de homens-sapo) partem de Hespera, rumo ao perigo, pois muitas pessoas estão atrás do que quer esteja dentro do caixote. Carô se vê envolvida em mentiras e jogos políticos, tudo isso com piratas em seu encalço e sem ouvir o deus do rio. Mas nada disso a amedronta, pois ela precisa salvar seu pai.

Carô é uma personagem muito cativante e independente, e a autora mostrou de forma bem clara que uma mulher pode fazer o que quiser. A garota sabe tanto quanto seu pai sobre embarcações e velejar. Em alguns momentos ela mostra suas inseguranças, mas nada que a desmereça, apenas mostra que ela tem sentimentos e medos. 

A canção das águas tem muita aventura, um romance que nos envolve (mas que não tira o brilho da história) e personagens bem construídos. O cenário político é bem explicado, tornando o enredo ainda mais envolvente. Eu adorei esse livro, a leitura fluiu muito bem, com reviravoltas nos momentos certos.  

Essa capa está muito bonita, assim como toda a edição. A Plataforma21 está trazendo títulos excelentes, e eu estou ansiosa para ler essa continuação. Recomendo!

5 comentários:

  1. Oii, tudo bem?

    Achei a proposta do livro bem diferente, mas me chamou bastante a atenção. Amei o fato de a mocinha ser muito independente e cativante, é um ponto muito positivo em uma leitura para mim. Vou colocar esse livro na minha lista de desejados e ver o que acho.
    Obrigada por compartilhar!!

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Andressa!
    Eu não conhecia o livro nem a autora, mas não é o tipo de livro que me interessa muito. Não sou a maior fã de histórias sobre piratas e companhia, então mesmo com a capa linda, passarei a dica dessa vez.
    Mas fico feliz que tenha curtido a leitura.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Achei a premissa do livro diferente, despertou minha curiosidade. Gosto de livros com mulheres emponderadas.
    Abraços!
    www.vancarlos.com

    ResponderExcluir
  4. Que edição bonita mesmo. Não é muito minha cara esta coisa de ler sobre mares e mundos, mas eu amo assistir, tanto que o Jack ali na foto já me lembra dos filmes divinos! Mas se tem bastante aventura é bom porque deixa o leitor com bastante vontade de continuação!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Não conhecia esse livro, e achei a premissa super legal! A capa também está linda! A história parece ser bem fantástica, o que me agradou de cara! Gostei dessa pegada de deuses e rios, e promessas de família.. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir