terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

[Resenha] Calamidade

| 11 comentários
Autor: Brandon Sanderson
Páginas: 382
Editora: Aleph
Trilogia: Os executores, 3
Os Executores se preparam para a batalha definitiva. Mas pode ser que suas armas e habilidades não sejam suficientes. Para derrotar os Épicos de uma vez por todas, David e sua equipe precisam descobrir o segredo de Calamidade, a misteriosa estrela vermelha. As respostas podem estar em Ildithia, uma bizarra e perigosa cidade de sal. Com a união e a coragem pelas quais são conhecidos, os Executores vão até lá, e contam com a ajuda de amigos poderosos para tentar pôr fim ao caos.




1. Coração de aço
2. Tormenta de fogo

Calamidade é o último livro da trilogia Os executores, do autor Brandon Sanderson, e publicado pela Editora Aleph. Desde o primeiro livro eu me vi fisgada pelo enredo, eu adoro tramas com heróis e poderes, mas Brandon conseguiu usar esses elementos para algo ainda mais grandioso e reflexivo. Essa trilogia nos mostra um mundo dominado por Épicos, pessoas que por algum motivo desenvolveram habilidades, e usam seus poderes para dominar cidades e amedrontar as pessoas. Essa realmente vai ser a última batalha, a última chance de salvar a humanidade. E, iniciar esse livro foi algo muito doloroso, é tão difícil se despedir de livros que nos conquistam. Porém, ao mesmo tempo eu estava muito empolgada para ter as respostas finais.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

[Resenha] Caixa de pássaros

| 9 comentários
Autor: Josh Malerman
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.






Caixa de pássaros é o livro de estreia do autor Josh Malerman, publicado pela Editora Intrínseca. Eu já estava com esse livro na estante há algum tempo, e por conta do lançamento do filme me obriguei a colocá-lo na TBR de dezembro, e finalmente eu li! Cada vez mais estão saindo adaptações de livros, e eu acho isso algo incrível. No entanto, a narrativa e história de Caixa de pássaros é algo que eu não consigo imaginar como um filme, então estou ansiosa e empolgada para conferir se pegaram a essência e como transformaram isso. Mas, estamos aqui para falar da leitura, então vamos lá!

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Séries para iniciar em 2019

| 2 comentários

Boa tarde, leitores! Mês passado eu mostrei que uma das minhas metas literárias era finalizar/continuar algumas séries de livros, agora eu quero mostrar para vocês as que eu quero iniciar esse ano. ~ que também são muitas ~

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

[Resenha] Perdão, Leonard Peacock

| 4 comentários
Autor: Matthew Quick
Páginas: 224
Editora: Íntrinseca
Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto. 



Perdão, Leonard Peacock, de Matthew Quick, foi uma leitura extremamente tocante e delicada. Esse é o primeiro livro que eu leio do autor, e foi uma experiência muito boa, apesar de ter temas tão pesados, porém, necessários. A escrita do Matthew é bastante realista, e nos faz pensar que há muitos Leonard Peacock no mundo, só esperando alguém para notá-los. Eu fiquei impactada com tudo o que encontrei no livro, sofri junto com o personagem, e a cada página a frustração só aumentava ao perceber que ninguém ao seu redor conseguia enxergar seu pedido de socorro. 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

[Resenha] Império dos Lobos

| 14 comentários
Autora: Kayla Olson
Páginas: 424
Editora: Plataforma21
Antes da guerra, a vida de Éden era fácil: ar-condicionado, sorvete e longos dias de praia. Tudo mudou quando veio a revolução.Agora, um poderoso grupo chamado Alcateia controla a Terra e seus recursos. Éden perdeu tudo. Eles assassinaram sua família e amigos, destruíram sua casa e a tornaram uma prisioneira. Ela, no entanto, se recusa a morrer nas mãos dos Lobos.
Éden sabe a localização do único ambiente seguro no mundo, um lugar chamado Refúgio – e ela está desesperada para alcançar a ilha.
Quando Éden finalmente chega a Refúgio, encontra outros que fugiram dos Lobos. Mas o alívio é apenas momentâneo: uma de suas novas parceiras desaparece. Embrenhando-se na floresta em busca da aliada perdida, rapidamente o grupo de Éden descobre que Refúgio é cheia de armadilhas letais e abriga um inimigo que
jamais imaginaram.
Esta ilha pode ser mais mortal que o mundo que Éden deixou para trás, mas lutar pela sobrevivência é tudo o que lhe resta para reconquistar a liberdade.


Império dos Lobos, da Kayla Olson, é uma mistura de distopia e ficção científica, e eu estava muito empolgada por esse livro. Eu recebi a obra da Plataforma21 e foi uma das minhas leituras de dezembro. O universo criado pela autora é muito envolvente e tem como pano de fundo desastres ambientais. Eu fui completamente fisgada por esse enredo, sou apaixonada por distopias, porém o final foi um banho de água fria em mim, principalmente quando eu descobri que é um volume único e eu não teria algumas respostas.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

[Resenha] João e Maria

| 2 comentários
Autor: Neil Gaiman
Páginas: 56
Editora: Intrínseca
O prestigiado escritor Neil Gaiman e o brilhante ilustrador Lorenzo Mattotti se encontram para recontar o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria. Em um texto poético, Gaiman revive a tradição dos contos de fada, dando profundidade à aventura dos irmãos, mas sem abandonar a autenticidade e o talento único de mesclar realismo e fantasia que o transformaram em um dos maiores autores de sua geração. Mattotti, por sua vez, dá um ar inteiramente novo ao clássico. Seus traços criam um jogo de luz e sombra, permitindo que o leitor desvende aos poucos a imagem, assim como os segredos da história de João e Maria.


Eu duvido que tenha alguém que não conheça a história de João e Maria! Eu conheci a fábula quando era criança e desde então ela ficou marcada em minha memória. Esse conto é um clássico, e foi escrita originalmente pelos irmãos Grimm de forma bem mais sombria da que conhecemos dos livros e desenhos. E é essa a proposta do autor Neil Gaiman e do ilustrador Lorenzo Mattotti ao recontar a história: trazer um clima mais sombrio e chocante. 

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

TBR de fevereiro

| 13 comentários

Boa noite, leitores! Tudo bem por aí? Vim mostrar a minha TBR para fevereiro! Eu resolvi separar apenas quatro livros, e vamos ver se sobra tempo para mais algum durante o mês.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Leituras de janeiro

| 14 comentários

Boa noite, leitores! Em janeiro eu li oito livros (um no kindle e dois no aplicativo do celular) e vim mostrar para vocês quais foram eles e o que eu achei. Vamos lá?!

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Caixinha de correio #138

| 0 comentários

Boa noite, leitores! Estou sumida há alguns dias daqui, mas hoje resolvi mostrar para vocês tudo o que eu recebi em janeiro na caixa postal. A primeira caixinha de correio do ano está bem recheada, vem conferir tudo! ♥