quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

[Resenha] A era dos mortos - Parte II

|
Autor: Rodrigo de Oliveira
Páginas: 320
Editora: Faro Editorial
Série: As crônicas dos mortos, 6
O último livro da saga AS CRÔNICAS DOS MORTOS. Zumbis, tiranos e rebeldes travam sua derradeira batalha pela sobrevivência da espécie humana.
Os trágicos acontecimentos que dizimaram os habitantes da Serra Catarinense levaram Sarah e Fernando a caminhos diferentes, o que só reforçou o desejo de derrubar o terrível ditador Otávio a qualquer custo.
Separados, os jovens enfrentam uma odisseia pela sobrevivência, em meio a navios abandonados, grupos em guerra e trabalho escravo. Agora, todos sabem que Otávio detém as mais poderosas armas de guerra já concebidas e está disposto a usá-las contra qualquer um que fique em seu caminho.
A sensação de segurança desaba e qualquer comunidade pode ser o próximo alvo. Enquanto isso, os zumbis atingem um novo patamar de evolução, tão letal que nenhum exército é capaz de detê-los. Finalmente, o ser humano não tem mais como combater os mortos-vivos.

1. O vale dos mortos
1.5. Elevador 16
2. A batalha dos mortos
3. A senhora dos mortos
4. A ilha dos mortos
5. A era dos mortos, parte I

A era dos mortos - Parte II é o sexto, e último, livro da série As crônicas dos mortos, do Rodrigo de Oliveira. Eu acompanho essa série desde o primeiro lançamento, então a angústia por sair a continuação sempre foi presente, e cada livro novo que lançava, e eu lia, fui me apaixonando ainda mais pela escrita e trama do autor. Essa é uma das séries de apocalipse zumbi que eu mais gosto, sério! Quando eu li A era dos mortos - parte I foi me dando uma tristeza de finalizar a série, mas quando enfim iniciei essa segunda parte, comecei a aceitar o fim. Sim, vou sentir saudade dos personagens, mas o autor termina de uma forma que eu consegui lidar que acaba ali, daquele jeito.

Sarah e Fernando são o grande destaque nessa trama. Depois dos últimos acontecimentos as crianças acabaram tomando direções diferentes. Então em narrativas alternadas acompanhamos como a vida de cada um está. Alguns anos se passam, e ele já são jovens, mas que ainda carregam em si a vontade de se vingar de Otávio, um ditador cruel e sem escrúpulos, que destruiu tudo aquilo, e aqueles, que mais amavam.

Os zumbis estão cada vez mais inteligentes, tornando até mesmo para um exército ser difícil de destruí-los. Porém, para Sarah e Fernando isso não é o mais assustador. Ambos precisam lidar com a terrível guerra que se aproxima. Eles precisam retomar a ilha e tirar Otávio do poder, ou as outras comunidades correm o risco de desaparecer.


Esse livro é cheio de reviravoltas, quando você pisca algo importante está para acontecer, e normalmente é uma situação ruim. Já falei que só acontece coisa ruim nesse livro? O autor não nos dá nenhum descanso, eu sofri a todo momento, e a sensação de que algo ia dar certo foi ficando cada vez mais distante. 

Sarah e Fernando têm o mesmo espírito de luta de Ivan e Estela, o que deu uma saudade imensa daqueles dois. Ver o que eles conquistaram se transformar em algo podre desse jeito, com corrupção e abuso de poder, foi muito triste. O autor mostra que mesmo em situações em que as pessoas deveriam se unir a fome por poder acaba sendo mais forte, e mostra o pior lado do ser humano. 

A era dos mortos é um livro incrível e muito envolvente. O desfecho foi agradável, eu achei que foi excelente para o final de uma série, e muito surpreendente. E, as palavras finais foram bem impactantes, pena eu não poder falar mais. Se você procura uma história com zumbis não pode deixar de conferir As crônicas dos mortos, recomendo! 

10 comentários:

  1. Oi Andressa,
    Nunca fui de ler livros de zumbi, e conheci As Crônicas dos Mortos depois que virei parceira da Faro e já li muita resenha boa da série. Certamente por ser o último livro da saga deve dar um nó no coração mas bom que o final foi recompensador isso vale a pena, vou tentar os livros, acho que tna na hora

    ResponderExcluir
  2. Uaau! Não conhecia a série, nem o autor. Essa é a primeira resenha que leio sobre e apesar de não me ligar muito no tema zumbis, conheço uma pessoa que adora!! Vou indicar essa leitura para ela, pois também adora literatura nacional! =D

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andressa!
    Eu comprei os quatro primeiros livros da série numa feira do livro e estou super ansiosa para começar. Só ouço elogios à obra do Rodrigo e espero não me decepcionar.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. É lindo ver um autor brasileiro fazer uma saga assim. Não li nenhuma obra dele mas sei que ele fez um ótimo trabalho e que é muito elogiado. Eu imagino o seu sofrimento no último livro e claro que teria muitas cenas de tirar o fôlego.

    ResponderExcluir
  5. Oi Andressa!
    Agora sim, vou procurar essa série para ler, desde que tenho acompanhado as continuações ficava na expectativa de saber quando sairia o último livro e agora acabou minha espera kkk, dica anotada, vou ver para comprar todos de uma vez, estou já curiosa para saber o final da história, parabéns sua resenha me instigou a ler. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. O primeiro livro dessa série que vi foi Elevador 16, mas não li por não curtir a temática.
    Parabéns pela sua resenha, ficou excelente!

    ResponderExcluir
  7. Oi Andressa.
    Do catálogo da Faro Editorial, essa série é a única que não me chama atenção.
    Acho as capas bem assustadoras e apesar do enredo parece repleto de bons elementos e continuar sendo eletrizante, ainda assim não me vejo lendo essa série.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar dessa série, mas confesso que não despertou minha curiosidade. Eu tenho uma preguiça enorme de histórias envolvendo zumbis e o fato de ser uma série grande aumenta ainda mais o meu desânimo. No entanto, deu para perceber o quanto você se envolveu com essa leitura e fico feliz que o livro tenha encerrado bem a série.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá Andressa!!!
    Faz um bom tempo que não leio nada com zumbis, pois realmente são histórias que pra mim não funcionam. Porém, se o autor conseguiu despertar todas essas emoções e você esperou por cada lançamento é porque realmente o livro vale a pena e eu já estou anotando a dica para quem sabe num futuro próximo me dar mais uma chance com esses mortos vivos.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Hehehe, Andressa

    Então... Dessa série eu só li o spin-off Elevador 16. Achei a escrita do autor legal mas.nao me.empolguei pra ler a série completa. E olha que curto zumbis hehehe


    Bacana ela ter sido finalizada de maneira incrível. Talvez não fosse legal se o autor estendesse ao ponto da trama se perder, né? Fico feliz que vc tenha aproveitado bem a série...


    Bjs,
    Valéria

    ResponderExcluir