segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

[Resenha] Gelo negro

| 14 comentários
Autora: Becca Fitzpatrick
Páginas: 304
Editora: Intrínseca
Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança.
Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.


Gelo negro é um thriller que me prendeu a atenção do início ao fim. Depois de ter lido Sussurro, também da Becca Fitzpatrick, e não ter gostando tanto, me vi envolvida com esse outro livro da autora, que possui uma trama cheia de suspense e mistério. Depois dessa leitura até resolvi dar mais uma chance para a série Hush hush, eu li bem na época que tinha dado aquele bum de pessoas elogiando e tal, e acho que coloquei muitas expectativas. Lembro que fiquei decepcionada e pensei: sério que vocês acham esse livro tudo isso? Enfim, voltando a Gelo negro...

sábado, 26 de janeiro de 2019

Séries para finalizar/continuar em 2019

| 8 comentários

Boa noite, leitores! No início do mês eu postei sobre as minhas metas literárias para 2019, e uma delas era sobre continuar algumas séries. Vim mostrar para vocês as que eu escolhi para dar continuidade - são muitas que eu preciso fazer isso. :(

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

[Resenha] A era dos mortos - Parte II

| 11 comentários
Autor: Rodrigo de Oliveira
Páginas: 320
Editora: Faro Editorial
Série: As crônicas dos mortos, 6
O último livro da saga AS CRÔNICAS DOS MORTOS. Zumbis, tiranos e rebeldes travam sua derradeira batalha pela sobrevivência da espécie humana.
Os trágicos acontecimentos que dizimaram os habitantes da Serra Catarinense levaram Sarah e Fernando a caminhos diferentes, o que só reforçou o desejo de derrubar o terrível ditador Otávio a qualquer custo.
Separados, os jovens enfrentam uma odisseia pela sobrevivência, em meio a navios abandonados, grupos em guerra e trabalho escravo. Agora, todos sabem que Otávio detém as mais poderosas armas de guerra já concebidas e está disposto a usá-las contra qualquer um que fique em seu caminho.
A sensação de segurança desaba e qualquer comunidade pode ser o próximo alvo. Enquanto isso, os zumbis atingem um novo patamar de evolução, tão letal que nenhum exército é capaz de detê-los. Finalmente, o ser humano não tem mais como combater os mortos-vivos.

1. O vale dos mortos
1.5. Elevador 16
2. A batalha dos mortos
3. A senhora dos mortos
4. A ilha dos mortos
5. A era dos mortos, parte I

A era dos mortos - Parte II é o sexto, e último, livro da série As crônicas dos mortos, do Rodrigo de Oliveira. Eu acompanho essa série desde o primeiro lançamento, então a angústia por sair a continuação sempre foi presente, e cada livro novo que lançava, e eu lia, fui me apaixonando ainda mais pela escrita e trama do autor. Essa é uma das séries de apocalipse zumbi que eu mais gosto, sério! Quando eu li A era dos mortos - parte I foi me dando uma tristeza de finalizar a série, mas quando enfim iniciei essa segunda parte, comecei a aceitar o fim. Sim, vou sentir saudade dos personagens, mas o autor termina de uma forma que eu consegui lidar que acaba ali, daquele jeito.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

[Resenha] A seleção

| 5 comentários
Autora: Kiera Cass
Páginas: 368
Editora: Seguinte
Série: A seleção, 1
Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto.
Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa.
Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...




Olha quem finalmente leu A seleção! Esse é o primeiro livro da série de mesmo nome, da autora Kiera Cass, lançado pela Seguinte. E, eu amei a leitura! Eu adoro livros de distopia, e o grande diferencial dessa é que tem todo esse ar de contos de fadas e reality show, o que tornou o enredo interessante e envolvente. É claro que por conta de todo furor em cima do livro eu já imaginava que seria uma leitura muito boa, mas acabei gostando bem mais do que o esperado. 

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

[Resenha] Replay

| 2 comentários
Autor: Marc Levy
Páginas: 238
Editora: Suma
Tudo que Andrew Stilman queria era uma segunda chance. Após partir o coração da mulher que amava, seu maior desejo era voltar no tempo e consertar os erros, mas isso é impossível – ou, ao menos, era o que ele pensava.
Na manhã do dia 9 de julho de 2012, durante sua caminhada matinal às margens do Rio Hudson, o prestigioso repórter Andrew Stilman é violentamente atacado, sem conseguir ver o criminoso. Após sua morte, o inesperado acontece. O jornalista não vê uma luz no fim do túnel, nem muito menos abre os olhos no céu, mas acorda dois meses antes de seu assassinato. Quando acorda, Andrew está de volta ao dia 9 de maio do mesmo ano. Ele vai reviver os dois próximos meses atento a qualquer detalhe que possa ajudá-lo a descobrir quem o agrediu – ou melhor, irá agredi-lo – dois meses depois.
Do coração de Nova York até as ruas de Buenos Aires, Andrew vive uma aventura repleta de reviravoltas, enquanto tenta salvar a própria pele e não decepcionar seu grande amor mais uma vez. O protagonista de Replay, best-seller de Marc Levy, além de consertar os erros que cometeu, terá de correr contra o tempo para tentar evitar sua morte e encontrar seus possíveis assassinos.


Replay é meu primeiro contato com a escrita do autor Marc Levy, publicado pela editora Suma. Eu sempre li muitas resenhas falando bem dos livros dele, porém, nunca tinha tido a oportunidade de ler. Na verdade, Replay estava há alguns bons anos na minha estante, só faltava um empurrãozinho. E agora eu finalmente posso dizer que já li algo do Marc Levy! E, eu já quero ler mais obras do autor, pois essa história foi muito surpreendente e a escrita dele é bastante envolvente. Como eu já tinha esse livro na estante resolvi começar a leitura sem relembrar a sinopse, o que nesse caso acabou se tornando algo ainda mais empolgante.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

[Resenha] A febre

| 14 comentários
Autora: Megan Abbott
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Na Escola Secundária de Dryden, Deenie, Lise e Gabby formam um trio inseparável. Filha do professor de química e irmã de um popular jogador de hóquei da escola, Deenie irradia a vulnerabilidade de uma típica adolescente de 16 anos. Quando Lise sofre uma inexplicável e violenta convulsão no meio de uma aula, ninguém sabe como reagir.Os boatos começam a se espalhar na mesma velocidade que outras meninas passam a ter desmaios, convulsões e tiques nervosos, deixando os médicos intrigados e os pais apavorados. Os ataques seriam efeito colateral de uma vacina contra HPV?
Envoltos em teorias e especulações, o pânico rapidamente se alastra pela escola e pela cidade, ameaçando a frágil sensação de segurança daquelas pessoas, que não conseguem compreender a causa da doença terrível e misteriosa.


A febre, da autora Megan Abbott, é um livro de suspense e estava nos meus desejados desde que eu fui em um encontro da Editora Intrínseca e a trama foi apresentada. O ritmo da narrativa cresce a cada momento que novas teorias são jogadas, e a autora em nenhum momento nos dá uma pista concreta. Eu fui avançando na leitura me perguntando onde tudo ia chegar. Uma cidade com um lago misterioso, acontecimentos estranhos, meninas com reações bizarras... Sério, qual o sentido de tudo? É paranormal? Fantasia? Psicológico? Durante a leitura são vários e vários questionamentos, e tudo isso só serviu para me fazer ficar grudada no livro até terminar.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

[Resenha] Os Caras de Fantasma

| 5 comentários
Autor: John Flanagan
Páginas: 307
Editora: Fundamento
Série: Brotherband, 6
Hal e seus companheiros foram pegos por uma monumental tormenta quando partiram de Clonmel e por isso acabaram desviando de seu curso. Atracaram em uma terra tão distante que Hal não conseguiu reconhecê-la ou identificá-la nos mapas. E, mesmo sem avistar nenhum habitante no local, a tripulação do Garça-Real tinha uma sensação horripilante de que estava sendo observada. De repente, o silêncio foi rompido quando um urso gigantesco atacou duas crianças. Os garças entraram em ação e salvaram os garotos, ganhando, assim, o reconhecimento e a amizade da população. Mas não houve tempo para um merecido descanso ou comemoração! Os Caras de Fantasma, uma tribo selvagem e cruel que pinta os rostos de branco, estavam a caminho para saquear e destruir a vila. Os garças não poderiam deixar isso acontecer! Pelo menos, não sem uma boa luta.

1. Os exilados
2. Os invasores
3. Os caçadores
4. Os escravos 
5. A montanha


Os Caras de Fantasma é o sexto volume da série Brotherband, do autor John Flanagan e publicado pela Editora Fundamento. A série faz parte do mesmo universo de Rangers, porém, com outros personagens e voltado mais para a cultura viking. Quem acompanha o blog sabe o quanto eu adoro Brotherband, todos os livros que eu li até agora foram fascinantes e muito envolventes, e em Os Caras de Fantasma isso não mudou. Então, você sabe que está viciada em uma série quando já leu cinco volumes dela em um ano, pois é. Essa resenha não tem nenhum spoiler, mas você pode conferir as resenhas anteriores para se situar melhor na história.  

domingo, 13 de janeiro de 2019

Loja Apenas um vício ♥

| 11 comentários

Vocês sabiam que o Apenas um vício tem uma lojinha (@lojaapenasumvicio) com produtos de papelaria e decoração? São itens perfeitos para os amantes de livros, seja para decorar a estante ou escrever as leituras do mês no planner. Alguém gosta de post it? Temos vários modelinhos, e é algo que não pode faltar para aquela leitura maravilhosa, concordam?

E temos uma novidade, a loja agora tem um site onde você pode fazer suas compras: Loja Apenas um vício

Nos sigam no perfil da loja e confiram as novidades! :)

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

[Resenha] Simon vs. a agenda Homo Sapiens

| 13 comentários
Autor: Becky Albertalli
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.


Eu percebi que dezembro foi o mês de ler livros que viraram adaptações! Eu ainda não assisti Com amor, Simon, mas resolvi me aventurar na leitura antes de fazer isso. Simon vs. a agenda Homo Sapiens é um romance LGBT, escrito por Becky Albertalli e lançado pela Editora Intrínseca. Eu estava com um pouco de receio de começar essa leitura e acabar não gostando (por causa de tanta gente falando bem), mas foi bem pelo contrário, eu me apaixonei pela história, e principalmente por Simon.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

[Resenha] Uma garota entre nós

| 8 comentários
Autora: Cecily von Ziegesar
Páginas: 320
Editora: Galera Record
Série: It girl, 2
Passar vergonha na frente de todo o colégio e desrespeitar o comitê disciplinar tornam Jenny realmente popular no colégio. Mas a fama não é nada, Jenny está totalmente apaixonada. O único problema é que ele é namorado de
sua colega de quarto. Além disso, Tinsley Carmichel – que todos pensavam que tinha sido expulsa – está de volta e quer recuperar seu posto de “A Garota”.






Uma garota entre nós é o segundo volume da série It girl, da autora Cecily von Ziegesar. Essa série tem como foco a personagem Jenny Humphrey, de Gossip girl. Como eu falei na resenha do livro anterior, eu amo Gossip girl! Poder acompanhar um personagem dessa forma é algo incrível, mesmo que a Jenny dos livros seja bem diferente da série de TV. Eu ainda quero a Jenny barraqueira e ousada. Ela está muito calma e inocente, e eu espero que nos próximos livros isso mude um pouco, ou então ela vai ser comida viva naquele colégio.

domingo, 6 de janeiro de 2019

Metas literárias para 2019

| 10 comentários

Boa noite, leitores! Vamos falar sobre metas literárias? Eu, particularmente, nunca criei muitas metas. Em 2018 me propus a ler 100 livros (e consegui ler 127! \o/) e selecionei uns 90 livros da minha estante que eu queria muito ler e coloquei em um potinho para ir sorteando a cada mês. But, esse ano eu resolvi criar mais desafios/metas.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

[Resenha] Amor em jogo

| 17 comentários
Autora: Simone Elkeles
Páginas: 360
Série: Wildcards, 1
Editora: Globo livros
Ashtyn Parker já está acostumada a ser abandonada, e aprendeu a não se deixar envolver demais em nenhum relacionamento. Quando sua irmã mais velha volta para casa, depois de dez anos, com um enteado a tiracolo, ela não quer saber de nenhum dos dois. O que Ashtyn não esperava é que o tal garoto mal-encarado e sem nenhum limite seria também... Irresistível.
Depois de ser expulso do colégio interno em que estudava, Derek Fitzpatrick não teve outra escolha senão ir morar com a esposa de vinte e poucos anos de seu pai, que está viajando pela Marinha. Além de ter que aturar a madrasta, ele recebe a notícia de será obrigado a se mudar da Califórnia para sua cidade natal, Illinois. A vida não tinha mesmo como ficar pior...
Ashtyn se esconde atrás de uma fantasia da vida perfeita: boa aluna, a única menina – e capitã! – do time de futebol americano da escola e namorada do quarterback promissor. Tudo parecia um conto de fadas. Ainda assim, ela se sente deslocada, e tem um plano para deixar tudo pra trás e correr em busca da bolsa de estudos em alguma faculdade bem longe de sua vida atual.
Tudo o que Derek menos quer é participar de mais um drama familiar – já bastam os seus. Agora, ele se vê preso a uma casa estranha, com pessoas que não conhece e em uma cidade bem diferente do que está acostumado. O que ele não esperava era que aquela garota briguenta e fã de junk food seria capaz de mexer tanto com seus sentimentos. Ainda mais ele, tão acostumado a descartar meninas por aí.
Para azar – ou sorte!? – de Ashtyn e Derek, o destino ainda guarda mais uma reviravolta na manga. Mesmo com hábitos, ideias e sonhos completamente opostos, um desejo incontrolável surge entre os dois e, juntos, eles enfrentarão o desafio de vencer os preconceitos e os tabus da cidade em que vivem, além de seus próprios medos, para se entregarem completamente a uma paixão avassaladora.

Amor em jogo é o primeiro livro da série Wildcards, da autora Simone Elkeles, e publicado pela Globo Livros. Sabe aquele young adult com todos os clichês possíveis, mas que ainda assim consegue envolver? Eu iniciei essa leitura sem muitas expectativas, e acabei totalmente surpreendida com um romance leve, uma escrita fluída e personagens cativantes. Esse é um gênero (YA) que eu gosto bastante por sempre abordar alguns temas importantes, nesta obra vamos conhecer uma garota - a única - que joga no time da escola de futebol americano.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Pilha de leitura #68

| 6 comentários

Boa noite, leitores! Vamos para a última pilha de lidos de 2018 e a primeira TBR de janeiro! Eu li vinte e dois livros em dezembro (férias, sua linda ♥), deu para colocar um pouco das leituras em dia. Eu consegui ler vários livros que estavam há um tempo na estante, e espero que durante o ano eu consiga fazer mais disso. Vamos dar uma conferia rápida nas minhas leituras?

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Caixinha de correio #137

| 5 comentários

Boa noite, leitores! Estou aqui para mostrar os livros que eu recebi em dezembro. ♥ Tem algumas comprinhas também, mas nesse ano vou colocar como meta não comprar nada. Tenho mais de trezentos livros não lidos na estante e isso é muito vergonhoso, hahaha. Vamos conferir o que chegou por aqui?