quarta-feira, 11 de setembro de 2019

[Resenha] Vilão

| 0 comentários
Autora: V. E. Schwab
Páginas: 364
Editora: Record
Duologia: Villains, 1
Victor e Eli, dois jovens brilhantes, arrogantes e solitários, se conheceram na Universidade de Merit e logo se deram bem, identificando um no outro a mesma sagacidade e a mesma ambição. No último ano da faculdade, o interesse em comum numa pesquisa sobre adrenalina, experiências de quase morte e poderes sobrenaturais lhes oferece uma possibilidade antes inimaginável: de que uma pessoa, sob as condições certas, seja capaz de desenvolver habilidades extraordinárias. No entanto, quando colocam em prática essa teoria, as coisas dão muito errado.
Dez anos depois, Victor foge da prisão, determinado a encontrar seu antigo amigo ― agora inimigo. Para localizá-lo, ele conta com a ajuda de uma garotinha, Sydney, cuja natureza reservada esconde uma habilidade sem igual, mas extremamente perigosa. Enquanto isso, há dez anos Eli tem uma única missão: erradicar todas as pessoas ExtraOrdinárias que encontra ― exceto sua ajudante, Serena, uma mulher enigmática e persuasiva, capaz de impor sua vontade a qualquer um.
Armado com poderes terríveis e movido pela lembrança da traição e da perda, Victor caça seu arqui-inimigo em busca de vingança e de um embate no qual sabe que um dos dois deve morrer.

Vilão, da V. E. Schwab, foi um dos melhores livros que eu li esse ano. Eu já gostava muito da escrita da autora, desde A melodia feroz, mas esse lançamento tem tudo o que eu gosto em uma leitura: fantasia, ficção científica, suspense e personagens nada perfeitos. O mais incrível dessa história é que não há um lado bom ou ruim, tudo depende do ponto de vista, e a autora explora bem isso ao nos apresentar dois personagens tão imperfeitos, cativantes à seu modo, e que são mais parecidos do que imaginavam.

domingo, 25 de agosto de 2019

[Resenha] Na boca do leão

| 0 comentários
Autora: Anne Holt
Páginas: 400
Editora: Fundamento
Série: Hanne Wilhelmsen, 4
Um crime misterioso abala um país.E, até que se descubra o culpado, todos são suspeitos.
Birgitte Volter era conhecida por governar com mãos de aço, ocupando com sua personalidade forte o cargo de primeira-ministra da Noruega. Quando, em uma tarde qualquer, ela é encontrada assassinada em seu gabinete, atrás de portas fechadas, o choque toma conta da nação. Determinada a elucidar esse mistério, a detetive Hanne Wilhelmsen interrompe suas férias para acompanhar o caso. No entanto, parece não haver pistas suficientes que levem ao assassino. Seria um crime político? Ou um assassinato por razões pessoais?
O jogo político bate de frente com a investigação criminal. A imprensa, em busca de respostas, acaba se tornando um empecilho para que a justiça seja feita. A disputa pelo poder e os segredos do passado são ingredientes que se somam à trama e tornam a missão de Hanne ainda mais complexa. Ela precisa descobrir quem é o assassino e sua motivação, antes que mais sangue seja derramado e o país convulsione. E o tempo está correndo. Será possível deter o criminoso antes que ele faça mais vítimas?

2. Números de azar
8. 1222

Na boca do leão é o quarto livro da série Hanne Wilhelmsen, da autora Anne Holt. Eu gosto muito dos livros dessa autora, porém, esse volume foi para mim o mais parado. Não consegui me apegar muito ao crime, que acabou ficando meio que em segundo plano. E, a detetive Hanne é uma personagem que tem pouco destaque nessa trama, o que foi uma pena, pois ela é incrível.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

[Resenha] A amante

| 0 comentários
Autora: Danielle Steel
Páginas: 280
Editora: Record
A grande dama do romance está de volta com uma trama de riqueza e poder, onde o amor e a liberdade podem ser os desejos mais perigosos. A beleza de Natasha Leonova foi sua salvação. Resgatada das ruas de Moscou pelo bilionário russo Vladimir Stanislas, há anos ela vive sob sua proteção em um mundo de luxo, glamour e negócios escusos, dos quais ela nada sabe. A casa deles é o mundo. A bordo de um incrível iate, eles vão para onde querem. Mas, para fazer parte da vida de Vladimir, ela tem de aceitar suas regras: nada de filhos ou casamento. Em troca de segurança e conforto, ela é dele e de mais ninguém. Theo Luca é filho de um dos maiores artistas do século XX. Ele herdou do pai não só o talento para a pintura como também um valioso patrimônio. Ele e a mãe frequentemente expõem as obras de Lorenzo Luca no restaurante que a viúva mantém em homenagem ao falecido marido em uma comuna na França. Theo é muito dedicado ao trabalho e luta para ser reconhecido como um grande pintor; porém, um belo dia, ele comete um erro grave: apaixona-se pela amante de um dos homens mais poderosos do mundo. Mas talentoso pintor é o retrato de um mundo novo, que abre os olhos de Natasha para uma realidade com a qual ela pensava que só poderia sonhar.


A amante, de Danielle Steel, foi lançado há alguns meses pela Editora Record, e é meu primeiro contato com a escrita da autora. Apesar de nunca ter lido nada dela, até então, eu sempre vi ótimos comentários sobre seus livros. Porém, iniciei essa leitura e me deparei com algo que me incomodou bastante: a autora repetir várias vezes a mesma descrição dos personagens. Quando eu me dei conta de que aquilo já tinha sido dito pela quinta vez, com algumas palavras diferentes, respirei fundo e decidi dar mais uma chance. No fim, me acostumei com a narrativa da autora e consegui me envolver com a história.

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

[Resenha] Proibido

| 0 comentários
Autora: Tabitha Suzuma
Páginas: 304
Editora: Valentina
Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

Proibido, da Tabitha Suzuma, é um livro com um tema polêmico: incesto entre irmãos, e que eu estava relutante em ler. Porém, desde que ele foi lançado tenho lido ótimas resenhas, dizendo que é uma história linda e que dá para entender a situação. E gente, não dá! Simplesmente não dá. Eles são irmãos, independente de a vida jogar responsabilidades em cima dos dois desde muito novos, nada é aceitável. Para começar, senti muita raiva daquela mãe que deixou duas crianças ficarem responsáveis pelos irmãos, contas e tudo mais. Esse livro é tão problemático que eu terminei e fiquei por horas pensando na história.

domingo, 28 de julho de 2019

[Resenha] The chase - A busca de Summer e Fitz

| 0 comentários
Autora: Elle Kennedy
Páginas: 314
Editora: Paralela
Série: Briar U, 1
Bem-vinda de volta aos jogos de hóquei e às festas da Universidade Briar! No primeiro spin-off da série Amores Improváveis, conheça a apaixonante e misteriosa Summer, irmã de Dean.
Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.
E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.
E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.
Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitzy deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo…
Ele sabe onde me encontrar.

The chase - A busca de Summer e Fitz é um spin off da série Amores improváveis (que, aliás, eu amo! ♥). Eu estava com muita saudade dos livros da autora, e foi muito bom poder reencontrar personagens queridos e conhecer novos nessa nova história. Elle Kennedy consegue criar tramas românticas que ao mesmo tempo passam alguma mensagem e são reflexivas. Fora que seus personagens são sempre carismáticos e apaixonantes. Esse é um new adult intenso e envolvente, e foi muito bom matar a saudade da Briar.

quinta-feira, 25 de julho de 2019

[Resenha] O lado obscuro

| 0 comentários
Autora: Tarryn Fisher
Páginas: 288
Editora: Faro Editorial
Considerada a obra mais visceral de Tarryn Fisher, você entenderá porque leitores de vários países o elegeram como um dos livros mais especiais de suas vidas.Quando a escritora Senna Richards acorda na manhã de seu aniversário, ela não está em seu quarto. Raptada e trancada numa casa em meio a uma tempestade de neve, ela precisa decifrar as pistas ligadas ao seu passado para conseguir fugir. Forjada pela dor, moldada pelo abandono, Senna se tornou uma mulher que destrói antes de ser destruída...Apenas uma pessoa conseguiu atravessar suas barreiras e conquistar sua confiança, mas isso aconteceu há muitos anos...“Isaac era um estranho, mas foi capaz de enxergar minhas feridas mais do que qualquer outra pessoa.”O cirurgião Isaac encontrou Senna em um momento de caos e vulnerabilidade, depois de um furacão que lançava cinzas sobre suas feridas. Ele a ajudou quando ninguém mais pôde, mas agora, tudo está diferente. Depois de tanto tempo distantes um do outro, os dois estão presos na mesma cabana, e podem ser consumidos por recordações que esperavam esquecer. Além do perigo que os cerca, a escassez de comida e água, e os jogos perigosos do raptor, um sentimento antigo começa a despertar, ameaçando romper novamente as defesas de Senna, o que pode ser fatal.

O lado obscuro, da Tarryn Fisher, é o nono livro que eu leio da autora e estou sempre sendo surpreendida. Tarryn mais uma vez cria um enredo diferente, envolvente, com personagens com defeitos e uma narrativa cheia de suspense. Quando eu recebi esse livro já sabia que seria uma leitura de tirar o fôlego e que não conseguiria largar até terminar. E por isso que eu amo essa autora, pode mandar mais, Faro Editorial! ♥

quinta-feira, 18 de julho de 2019

[Resenha] Libertados

| 6 comentários
Autora: T. M. Frazier
Páginas: 271
Editora: The gift box
Série: The Outskirts, 1
Sawyer quer ter a própria vida.Finn quer esquecer que um dia teve uma.
Depois de uma tragédia, Finn Hollis foge para o pântano para ficar sozinho. Até que Sawyer Dixon aparece, cheia de inocência para lá de quente, alegando ser a dona das terras a menos de quinze metros da porta de sua casa.
Sawyer o incomoda profundamente, mas sabe o que é pior ainda? Ela o faz desejar coisas. Coisas nas quais Finn não pensava há muito, muito tempo.
Finn quer Sawyer longe dali quase tanto quanto a quer em sua cama.
O pântano esta prestes a ficar muito, muito MAIS QUENTE.



Libertados é o primeiro volume da série The Outskirts, da autora T.M. Frazier, e publicado pela The gift box. Esse tipo de capa normalmente não me chama a atenção, e quando eu vi esse livro no kindle unlimited imaginei que seria uma história bem boba e carregada em cenas de sexo. Porém, a sinopse, mesmo que não revele muito, acabou me chamando a atenção e eu resolvi dar uma chance. E que livro mais maravilhoso! Eu li em algumas horas, pois a trama me envolveu completamente, e já estou ansiosa para continuar essa série.

segunda-feira, 15 de julho de 2019

[Resenha] Mulheres na luta

| 12 comentários
Autoras: Marta Breen e Jenny Jordahl
Páginas: 128
Editora: Seguinte
Há 150 anos, a vida das mulheres era muito diferente: elas não podiam tomar decisões sobre seu corpo, votar ou ganhar o próprio dinheiro. Quando nasciam, os pais estavam no comando; depois, os maridos. O cenário só começou a mudar quando elas passaram a se organizar e a lutar por liberdade e igualdade.
Neste livro, Marta Breen e Jenny Jordahl destacam batalhas históricas das mulheres — pelo direito à educação, pela participação na política, pelo uso de contraceptivos, por igualdade no mercado de trabalho, entre várias outras —, relacionando-as a diversos movimentos sociais. O resultado é um rico panorama da luta feminista, que mostra o avanço que já foi feito — e tudo o que ainda precisamos conquistar.


Mulheres na luta é um graphic novel lançado pela Seguinte, onde as autoras Marta Breen e Jenny Jordahl mostram um pouco da luta da mulher nos últimos cento e cinquenta anos em busca pela igualdade, liberdade e sororidade. Ele nos mostra o movimento feminista lá no início, onde os direitos da mulher eram nada. São mulheres que marcaram a história e nos permitiram continuar até hoje batalhando por isso.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

[Resenha] Raio de Sol

| 11 comentários
Autora: Kim Holden
Páginas: 448
Editora: Outro Planeta
Segredos.Todo mundo tem um.
Alguns são maiores que os outros.
Alguns, quando revelados,
Podem curar você...
E outros podem acabar com você.
Faça épico, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.
E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.


Raio de Sol, da Kim Holden, é mais um livro que eu peguei para ler no kindle unlimited por conta da capa e premissa. Já tinha lido algumas resenhas, mas não me lembrava direito do que esperar da leitura, e fui extremamente surpreendida com uma história emocionante e linda. Esse é um livro que você começa animada e quando menos espera tem o coração destruído. Não vou falar o motivo, mas é bom estar preparado. 

domingo, 7 de julho de 2019

Leituras de junho

| 0 comentários

Boa noite, leitores! Hoje é dia de mostrar o que eu li em junho! Eu consegui ler os sete livros que eu havia selecionado + um extra! Vamos conferir?

quinta-feira, 4 de julho de 2019

[Resenha] A era de ouro do pornô

| 0 comentários
Autor: Zeka Sixx
Páginas: 160
Editora: Multifoco
Max tem vinte e nove anos e mora sozinho em um apartamento em Porto Alegre. Faz bicos como tradutor e sonha em ser escritor, enquanto passa os dias bebendo, esperando o fim de um bloqueio criativo que o aflige há três anos. Você já leu essa história milhares de vezes, certo? Não exatamente. "A Era de Ouro do Pornô", primeiro romance de Zeka Sixx, autor do livro de contos "O Caminho dos Excessos" (Edição do Autor, 2015), parte de uma premissa aparentemente batida para se revelar uma fábula maldita, encharcada em álcool, sexo, cultura pop e niilismo. Mais do que Max, o anti-herói central, é a cidade de Porto Alegre, com seus habitantes - do sexo feminino, em especial -, o verdadeiro personagem do romance. O enredo se desdobra como uma montanha-russa, indo do sonho ao pesadelo num virar de página. "A Era de Ouro do Pornô" é uma sátira a uma geração que colocou sobre seus próprios ombros a necessidade de ser criativamente relevante.


Eu recebi há algum tempo A era de ouro do pornô do próprio autor, Zeka Sixx. Porém, fiz essa leitura somente agora. Eu iniciei sem me lembrar da trama, e foi uma surpresa. O primeiro ponto que eu gostei é que a trama é ambientada na cidade que eu moro: Porto Alegre. Então foi muito interessante saber exatamente de que rua ou local o autor estava falando.

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Caixinha de correio #143

| 1 comentários

Boa noite, leitores! Esses foram os livros que eu recebi em junho, tem bastante coisa para mostrar para vocês, são vários lançamentos incríveis! Vamos conferir?

sábado, 29 de junho de 2019

[Resenha] Vem comigo

| 3 comentários
Autora: Karma Brown
Páginas: 305
Editora: Verus
Tegan Lawson tem tudo o que poderia querer da vida, incluindo Gabe, seu marido amoroso, e um bebê a caminho. Mas um acidente deixa a vida de Tegan tão devastada como o carro do qual ela foi resgatada.
Entre a perda do bebê e a raiva incontrolável por Gabe, que estava dirigindo naquela noite, Tegan está afundando em tristeza. E, quando ela pensa que chegou ao fundo do poço, Gabe a lembra do ''pote dos desejos'', uma coleção das viagens e experiências dos sonhos do casal. E assim se inicia a aventura.
Dos tumultuados mercados da Tailândia até os sabores da Itália e as ondas do Havaí, Tegan e Gabe embarcam em uma jornada para escapar da tragédia e encontrar o perdão. Mas, quando as coisas tomam um rumo chocante no Havaí, Tegan é forçada a encarar a verdade - e a decidir se a vida ainda vale a pena, mesmo que não seja exatamente como ela sonhou.

Vem comigo é o livro de estreia da autora Karma Brown. Quando eu recebi a obra e li que os fãs de Comer, rezar, amar iriam gostar dessa história fiquei imediatamente temerosa. Eu não consegui finalizar a leitura dessa obra tão conhecida (e que rendeu um filme), então fiquei com medo de esse lançamento seguir pelo mesmo caminho. Mas, resolvi dar uma chance, e fui surpreendida com uma história linda e emocionante que fala sobre perda, superação, perdão, recomeços e amor. 

quarta-feira, 26 de junho de 2019

[Resenha] Um amor de inverno

| 9 comentários
Autora: Carrie Elks
Páginas: 320
Editora: Verus
Série: As irmãs Shakespeare, 2
A estudante de cinema Kitty Shakespeare está determinada a aproveitar ao máximo seu novo emprego como babá. Pode não ser exatamente a carreira que ela esperava quando mudou de Londres para Los Angeles, mas, graças ao hábito de travar em entrevistas, esta pode ser sua última chance de impressionar um dos maiores produtores de Hollywood ― se ela conseguir cuidar do filho dele direito, certamente o homem vai olhar para ela com mais atenção.
Pelo lado positivo, há muita neve na casa da família nas montanhas e ela sempre adorou crianças. Mas Kitty não contava se envolver com a família problemática do chefe, nem se sentir atraída por Adam, o irmão sexy e recluso. Adam Klein pode ser lindo, mas também é bruto e grosseiro e não está pronto para cair de quatro pela babá ― não depois do ano que ele teve. Tudo o que ele quer é se enfiar em sua cabana na floresta e se esconder do irmão que destruiu sua vida. Se ao menos ele conseguisse ignorar a maneira como Kitty faz seu coração disparar... Isso está longe de ser amor à primeira vista ― mas desde quando o caminho para um final feliz digno de cinema acontece sem tropeços?

1. Um verão na Itália

Um amor de inverno é o segundo volume da série As irmãs Shakespeare, da autora Carrie Elks. Eu amei o primeiro volume, Um verão na Itália, então estava muito empolgada por essa continuação, principalmente por saber que cada livro traria uma das irmãs. E apesar de a trama ser realmente um amorzinho, ela não conseguiu me envolver tanto quanto o livro anterior. E não é nem porque eu não gosto de inverno, aliás, a ambientação é muito bem detalhada e parece que realmente estamos cercados por neve e com um chocolate quente nas mãos. E a melhor coisa do mundo é um autor conseguir nos passar essa sensação.

segunda-feira, 24 de junho de 2019

[Resenha] 36 perguntas que mudaram o que sinto por você

| 12 comentários
Autora: Vicki Grant
Páginas: 335
Editora: Galera Record
Hildy e Paul têm as próprias razões para participar de um estudo do departamento de psicologia da universidade local que tem o intuito de "facilitar uma proximidade pessoal e, talvez, resultar em um relacionamento".
O experimento consiste em 36 perguntas, algumas inofensivas, como Quando foi a última vez que cantou sozinho?; outras nem tanto, como Qual sua mais terrível memória? As questões ajudam os dois a desnudar para o outro — e para si mesmos — sentimentos muitas vezes reprimidos.
Segredos são revelados; vulnerabilidades, expostas. Hildy e Paul chegam ao fim do questionário entre risos e lágrimas, e baiacus voadores! Mas a pergunta mais importante permanece: eles se apaixonaram?



Eu recebi da Galera Record o lançamento 36 perguntas que mudaram o que sinto por você, da Vicki Grant. Assim que eu vi essa capa fofa resolvi inciar a leitura, sem saber absolutamente nada do enredo, e que surpresa maravilhosa! Sabe aquele livro amorzinho que você não quer mais largar? E, é excelente para sair daquela ressaca literária. O romance é doce, leve e fofo, e a escrita da autora é muito fluída. Me envolvi completamente com a trama e personagens.

sábado, 22 de junho de 2019

[Resenha] Nunca jamais - Parte três

| 3 comentários
Autoras: Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Páginas: 144
Editora: Galera Record
Série: Never never, 3
No muito aguardado último volume da série Nunca jamais, Silas e Charlize devem mergulhar fundo em seu passado para descobrir quem são e quem querem se tornar. Correndo contra o tempo atrás das respostas, serão eles capazes de se reencontrar e reestabelecer os velhos laços, ou estará tudo perdido para sempre?







1. Nunca jamais
2. Nunca jamais - parte dois

Essa é a terceira, e última, parte de Nunca jamais, da Colleen Hoover e Tarryn Fisher. Eu estava muito ansiosa por esse final, pois os livros anteriores deixam o leitor totalmente alucinado por respostas. A premissa é muito interessante, desde o início entendemos que os dois personagens principais perderam a memória: eles não lembram quem são ou nada ligado a personalidade deles, como gostar de futebol, sabem apenas as coisas comuns, e isso tudo é muito estranho.

sexta-feira, 21 de junho de 2019

[Resenha] A maldição do guardião da pedra

| 4 comentários
Autor: Kazu Kibuishi
Páginas: 224
Editora: Fundamento
Série: O amuleto, 2
Emily e Navin conseguiram salvar a mãe das garras do Aracnopod. Mas, o poderoso veneno da criatura ainda percorre o corpo de Karen e ela parece piorar a cada minuto. Para curá-la, os irmãos e seus novos amigos - as criaturas frantásticas criadas pelo bisavô das crianças - viajam até a cidade de Kanalis, à procura de um médico. Lá, eles descobrem que somente a fruta de uma árvore rara poderá salvar a vida da mãe deles. Com a ajuda de Leon Barba Ruiva, um novo e misterioso aliado, Emily parte em busca do precioso fruto. Mas as forças do Rei Elfo estão logo atrás, dispostas a tudo para capturar a jovem Guardiã da Pedra. E os elfos não são os únicos adversários de Emily. Ela terá que lutar contra o próprio amuleto, que ameaça dominá-la com seu poder gigantesco. Será possível vencer duas batalhas ao mesmo tempo?

1. O guardião da pedra

**Possui spoilers do volume anterior 

A maldição do guardião da pedra é o segundo volume da série em quadrinhos O amuleto, do autor Kazu Kibuishi. Eu havia gostado bastante do primeiro volume e estava muito ansiosa por essa continuação, e não me decepcionei nem um pouco com a leitura. A trama está com muito mais ação e desenvolve os personagens de forma mais envolvente. 

quinta-feira, 20 de junho de 2019

[Resenha] A fúria e a aurora

| 4 comentários
Autora: Renée Ahdieh
Páginas: 336
Editora: Globo alt
Duologia: A fúria e a aurora, 1
Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado.
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga.

Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

A fúria e a aurora, da autora, Renée Ahdieh, é uma releitura do clássico As mil e uma noites. Eu nunca li a história original, mas já sabia um pouco sobre o que se tratava, e por isso fiquei muito animada por essa releitura. Renée conseguiu me envolver desde a primeira página e criou uma personagem forte e que tem grande destaque no enredo. Terminei essa leitura me perguntando o motivo de não ter lido antes. Me apaixonei pela ambientação e escrita da autora.

sexta-feira, 14 de junho de 2019

[Resenha] A fada mamãe e eu

| 9 comentários
Autora: Sophie Kinsella
Páginas: 176
Editora: Galera Júnior
Ella tem um grande segredo: sua mãe é uma fada. Aliás, todas as mulheres de sua família têm poderes mágicos e asas lindas. Além de uma Smartvarinha capaz de produzir os mais interessantes feitiços, como criar a festa de aniversário perfeita, acelerar a fila do supermercado e fazer lindos e deliciosos cupcakes. Mas a mãe de Ella também tem certa... dificuldade para operar sua Smartvarinha, e nem sempre seus feitiços acabam saindo do jeitinho que se imaginou a princípio. Sorte a dela ter Ella sempre por perto para ajudar a resolver as coisas e fazer tudo voltar ao normal.O novo livro de Sophie Kinsella, feito sob medida para os pequenos, traz uma mensagem sobre as virtudes da paciência e sobre como a vida familiar não precisa ser perfeita para ser divertida e repleta de amor.


A fada mamãe e eu, da Sophie Kinsella, é um dos lançamentos de abril da Galera Júnior. Eu não sabia que Sophie tinha um livro infantil e fiquei encantada! Eu gosto bastante das obras da autora e poder conhecer mais um gênero escrito por ela é algo maravilhoso. A editora não poderia ter acertado mais ao me enviar esse lançamento. Eu adoro livros infantis! ♥

terça-feira, 11 de junho de 2019

[Resenha] Meu Romeu

| 6 comentários
Autora: Leisa Rayven
Páginas: 407
Editora: Globo alt
Série: Starcrossed, 1
Cassie está prestes a realizar o grande sonho: estrelar um espetáculo na Broadway. O que ela não esperava era ter que enfrentar o reencontro com o ex-namorado, que será novamente protagonista ao seu lado, em uma peça cheia de romance e cenas quentes. Trabalhar com Ethan traz o passado à tona, e lembra a Cassie que o que existe entre eles vai muito além de simples química.





Meu Romeu é o primeiro livro da série Starcrossed, da autora Leisa Rayven. Esse é meu primeiro contato com a escrita da autora, e depois de ver tantos comentários positivos sobre essa série eu finalmente consegui ler esse primeiro volume. Porém, talvez por colocar tantas expectativas em cima da história, eu acabei não achando tudo isso. É uma leitura envolvente e apaixonante, mas sabe quando você termina esperando um pouco mais? 

domingo, 9 de junho de 2019

TBR de junho

| 3 comentários

Boa tarde, leitores! Essa é a minha TBR de junho e mais uma vez escolhi sete livros para ler no mês.

sexta-feira, 7 de junho de 2019

[Resenha] Quando ela desaparecer

| 8 comentários
Autor: Victor Bonini
Páginas: 272
Editora: Faro Editorial
Uma garota de dezesseis anos desaparece durante uma excursão escolar. Mas não se trata de qualquer garota. Dois anos atrás, ela esteve à beira da morte, e quando foi encontrada, ninguém acreditou que sobreviveria.
Agora, há dois meses desaparecida, não restam dúvidas de que esteja morta. Rastros de sangue e um colar arrancado são as únicas pistas. Pressionados, os policiais estão desesperados por respostas, mas ninguém na longa lista de suspeitos parece ter forte motivação para cometer um crime.
Até que o caso vira de cabeça para baixo e segredos muito bem enterrados emergem para revelar o lado cruel de um lugar aparentemente tranquilo. No meio de tantos possíveis culpados, os inocentes é que estão mais aflitos… porque alguns deles começaram a morrer.


Quando ela desaparecer é o último lançamento do Victor Bonini, e publicado pela Faro Editorial. Eu já li os outros dois livros do autor: O casamento e Colega de quarto, e mais uma vez fui surpreendida com uma trama cheia de suspense, sombria e envolvente. Eu estava muito animada por essa leitura, e não me decepcionei nem um pouco. Eu gosto tanto da escrita do autor que solicitei esse livro sem nem ler a sinopse. Sentiu o nível de confiança? < 3

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Leituras de maio

| 10 comentários

Boa noite, leitores! Vamos conferir os meus lidos de maio? Eu consegui ler oito livros novamente, mas não estou nem perto de dar um jeito nos 'não lidos' da estante, hahaha.

domingo, 2 de junho de 2019

Caixinha de correio #142

| 2 comentários

Boa noite, leitores! Hoje é dia de mostrar os meus recebidos de maio. Chegaram muitos livros de parceria por aqui, e eu vou mostrar todos para vocês, vamos lá?

sábado, 1 de junho de 2019

[Resenha] A paciente silenciosa

| 4 comentários
Autor: Alex Michaelides
Páginas: 350
Editora: Record
Um assassinato, uma verdade oculta. As raízes do silêncio são muito mais profundas do que se pode imaginar.
Alicia Berenson escreve um diário para colocar suas ideias em ordem. Ele é tanto uma válvula de escape quanto uma forma de provar ao seu adorado marido que está bem. Ela não consegue suportar conviver com a ideia de que está deixando Gabriel preocupado, de que está lhe causando algum mal.
Alicia Berenson tinha 33 anos quando matou seu marido com cinco tiros. E nunca mais disse uma palavra. O psicoterapeuta forense Theo Faber está convencido de que é capaz de tratar Alicia, depois de tantos outros falharem. E, se ela falar, ele será capaz de ouvir a verdade?



A paciente silenciosa, de Alex Michaelides, é um thriller psicológico que eu recebi na caixa V.I.B do Grupo Editorial Record. O livro foi lançado no final de abril, porém, só consegui trazer essa resenha para vocês agora. Eu simplesmente amo thrillers pelo simples fato de: 1. duvidar até da minha sombra; 2. me achar Sherlock Holmes e ser feita de trouxa no final; 3. acertar algumas suspeitas de vez em quando; 4. sentir na pele o conceito de blow my mind quando tem uma reviravolta muito foda! E com essa leitura foi quase tudo isso, exceto a terceira. Em nenhum momento suspeitei de nada. 

terça-feira, 28 de maio de 2019

[Resenha] Eu desaparecerei com a fria brisa de inverno

| 10 comentários
Autora: Anne Holt Muller
Páginas:332
Editora: Intempérie
Riley Harred trabalha em uma livraria em Surrey e desaparece em uma noite de verão voltando para casa. Conforme o tempo passa e as folhas de outono caem, as pistas vão desaparecendo no ar. Em seu cativeiro, Riley tenta entender a mente de seu raptor para sobreviver, mas as coisas que pareciam ser claras a primeira vista logo têm suas linhas borradas. Linhas cruzadas e vidas entrelaçadas.
E nenhum deles saíra de lá sendo o mesmo.





Eu desaparecerei com a fria brisa de inverno, da autora Anne Hølt Muller, e publicado pela Editora Intempérie, é um thriller de tirar o fôlego! Eu tinha acabado de terminar A filha do rei do pântano que fala sobre sequestro quando fui procurar no kindle unlimited algo para ler e me deparei com essa capa e título. Eu nem li a sinopse, simplesmente comecei a leitura, e me deparei com mais um enredo que envolvia sequestro. Eu me perguntei se aguentaria mais um enredo desses, afinal, nunca são leituras fáceis, e no fim me vi envolvida em tanto mistério e segredos, e eu precisava descobrir o que estava acontecendo.

quinta-feira, 23 de maio de 2019

[Resenha] O cara dos meus sonhos (ou quase)

| 6 comentários
Autora: Jenn Bennett
Páginas: 462
Editora: Plataforma21
E se você tivesse que atravessar o país para descobrir um grande amor?A cinéfila Bailey “Zibelina” Rydell troca mensagens com um nerd carismático igualmente apaixonado por filmes – Alex, seu crush virtual. Eles viviam separados por mais de mil quilômetros, até Bailey se mudar para a casa do pai na Califórnia – mais precisamente, para a mesma cidade de Alex.
Insegura e temendo que o Alex da vida real seja muito diferente de suas idealizações, Bailey não conta a ele que estão na mesma cidade. Ou que conseguiu um trabalho num museu “caça-turistas” local. Ou que ela está, pouco a pouco, sendo fisgada por um rapaz irritantemente atraente que trabalha no lugar – Porter Roth, cujo berço é uma lendária família de surfistas.
Só que a vida é muito mais complicada que qualquer filme, principalmente quando Bailey percebe a estreita fronteira entre ódio, amor ou seja lá o que estiver sentindo por Porter. Além disso, descobrir a verdadeira identidade de Alex mostra-se uma tarefa mais difícil do que ela imaginava.
Assim, conforme o verão passa, Bailey precisa decidir se permanece apegada a suas projeções de um Alex que ela nem sabe se existe ou se arrisca uma relação com Porter. Afinal, o cara dos seus sonhos não pode ficar só no mundo virtual. Mas o que Bailey não sabe é que Porter também guarda um segredo…

O cara dos meus sonhos (ou quase), da Jenn Bennett, é meu primeiro contato com a escrita da autora. Jenn tem também publicado no Brasil, A anatomia de um coração, também da Plataforma21. Essa história é quase um filme de sessão da tarde de tão gostosinha e leve que é! Eu iniciei a leitura de forma despretensiosa e quando menos esperei já estava totalmente envolvida com o enredo e personagens.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

[Resenha] Crianças do Éden

| 5 comentários
Autor: Joey Graceffa
Páginas: 266
Editora: Galera Record
Série: Crianças do Éden, 1
Em uma Terra envenenada e morta pelo homem, onde todos os animais e a maioria das plantas foram destruídos, o Éden é o último refúgio para o que restou da raça humana. Mas as medidas de controle populacional garantem que a existência de Rowan seja ilegal. A garota não pode frequentar a escola, fazer amigos, ou mesmo ser vista em público. Cada dia em que continua viva é um risco para sua família.
Cansada de viver escondida, Rowan decide pular os muros que a escondem, e, embora descubra ser fácil permanecer invisível quando não se existe legalmente, a noite de aventura pode acabar em tragédia. Cabe a Rowan usar toda sua habilidade para sobreviver em um mundo que a renega.



Crianças do Éden é o primeiro volume da série de mesmo nome, livro de estreia do autor Joey Graceffa, e publicado pela Galera Record. Eu recebi essa obra de surpresa da editora, e no outro dia já tinha iniciado a leitura. Essa é uma distopia com alguns elementos de ficção científica, e possui um enredo bem desenvolvido e que traz um tema muito real: a morte do planeta Terra. Essa premissa me deixou muito empolgada pela leitura, e o que eu encontrei no decorrer da narrativa foi ainda mais fascinante. 

quinta-feira, 16 de maio de 2019

[Resenha] Química perfeita

| 8 comentários
Autora: Simone Elkeles
Páginas: 428
Editora: Globo alt
Série: Química perfeita, 1
Brittany e Alex são de mundos opostos: ela é a menina perfeita com um futuro brilhante pela frente, ele o membro de uma gangue perigosa que não tem nada a perder. Os dois não teriam nenhum contato um com o outro, se não tivessem sido forçados a ser parceiros nas aulas de química do último ano. Alex sabe que qualquer relação que Brittany tenha com ele pode colocar em risco sua reputação impecável de boa aluna e namorada dedicada e, por orgulho e diversão, aposta com os amigos que consegue fazer com que ela saia com ele. No entanto, quanto mais se aproximam, mais fica evidente que eles têm algo em comum que ninguém parece perceber: nenhum dos dois é o que se esforça tanto para ser.



Química perfeita é o primeiro volume da série de mesmo nome, da autora Simone Elkeles. Esse livro já tinha sido lançado anos atrás por uma editora que não existe mais, e eu sempre tive vontade de ler, porém, estava esgotado. Ainda bem que a Globo alt, que já publicou outros livros da autora, resolveu relançar essa série e agora tive a oportunidade de conhecer a história de Alex e Britt. Apesar de suas mais de quatrocentas páginas essa foi uma leitura de poucos dias, porque é simplesmente impossível querer largar o livro.

domingo, 12 de maio de 2019

TBR de maio

| 6 comentários

Boa noite, leitores! Vim mostrar para vocês a minha TBR de maio. Eu escolhi sete livros, e já li três até o momento. Vamos conferir o que eu selecionei?!

sexta-feira, 10 de maio de 2019

[Resenha] Uma dobra no tempo

| 8 comentários
Autora: Madeleine L'Engle
Páginas: 240
Editora: HarperCollins Brasil
Série: Uma dobra no tempo, 1
Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar.
“Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.”
O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente... Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço.
Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.

Uma dobra no tempo é o primeiro volume da série de mesmo nome, da autora Madeleine L'Engle. Considerado um clássico da fantasia e da ficção científica esse livro irá nos levar em uma grande aventura pelo tempo e espaço de forma divertida e envolvente, com crianças carismáticas, e reviravoltas loucas. Essa obra é voltada público jovem, onde a autora trata de alguns assuntos de forma direta, e sem muitas explicações. Considerei algumas partes até mesmo um pouco bobas demais, porém, como eu adoro livros infantojuvenis isso não foi um problema para mim.

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Leituras de abril

| 7 comentários

Boa noite, leitores! Em abril eu consegui dar um gás nas leituras e li seis livros e dois e-books! Vamos conferir o que eu andei lendo? :)

domingo, 5 de maio de 2019

Caixinha de correio #141

| 1 comentários

Boa tarde, leitores! Vim mostrar para vocês os livros que eu comprei e recebi em abril. Depois de tirar as fotos e começar a guardar os livros percebi que já estou sem espaço na estante de novo, hahaha. Enfim... Tem bastante coisa, vamos começar?! ♥

sábado, 4 de maio de 2019

[Resenha] Por favor, ignore Vera Dietz

| 12 comentários
Autora: A. S. King
Páginas: 288
Editora: Novo Século
Vera Dietz e Charlie Kahn foram melhores amigos desde crianças até completarem 17 anos. Mas agora Charlie está morto. E morreu de uma maneira horrível e misteriosa. E morreu brigado com Vera.A vida não tem sido fácil desde então. Vera não sabe direito como agir, como pensar, o que sentir. Sua mãe foi embora quando ela tinha apenas 12 anos, e seu pai é adepto da filosofia de ignorar os problemas até que eles desapareçam por mágica.
Mas Vera precisa fazer suas entregas no Templo da Pizza. Precisa abrir o coração para o amor. Precisa concluir o Ensino Médio. Precisa colecionar palavras para a aula de Vocabulário. Precisa entender o que realmente aconteceu com Charlie.
Precisa seguir em frente.


Por favor, ignore Vera Dietz, da A. S. King, é o segundo livro que eu leio da autora. Minha primeira experiência com a escrita da King foi com Todo mundo vê formigas, um livro muito marcante, e desde então eu estava louca para conferir outras obras dela. E, pelo que pude perceber, a autora gosta de trazer assuntos importantes e reflexivos, mais uma vez me vi mergulhada em um enredo profundo.

sexta-feira, 3 de maio de 2019

[Resenha] Guerras secretas

| 8 comentários
Autor: Alex Irvine
Páginas: 304
Editora: Novo Século
Vingadores, X-Men, Quarteto Fantástico, Homem-Aranha: os maiores heróis do universo. Magneto, Doutor Destino, Ultron, Galactus: os maiores vilões. Convocados pelo onipotente Beyonder para um desafio interestelar, heróis e vilões deverão se confrontar no Mundo de Batalha, visando conquistar o maior prêmio que alguém jamais poderia cobiçar.







Guerras secretas, do Alex Irvine, é mais um livro da coleção Marvel, da Novo Século. Eu já falo isso em todas as resenhas, mas vou repetir: não acompanho nada dos quadrinhos desse universo, então minha experiência com esses romances é sem nenhuma comparação ou um entendimento maior das histórias. E, eu nem me importo com isso. Na verdade ter a oportunidade de conhecer o universo com algo além dos filmes é muito incrível, e eu estou adorando as leituras. 

terça-feira, 30 de abril de 2019

[Resenha] Naomi & Ely e a lista do não-beijo

| 7 comentários
Autores: David Levithan e Rachel Cohn
Páginas: 256
Editora: Galera Record
A quintessência menina-gosta-de-menino-que-gosta-de-meninos. Uma análise bem-humorada sobre relacionamentos. Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não-beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não-beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que... Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.




Naomi & Ely e a lista do não-beijo, do David Levithan e Rachel Cohn, é um livro que eu queria ler há muito tempo. E finalmente consegui fazer isso. Porém, confesso que eu acabei um pouco decepcionada com a leitura. Eu ADORO esses dois autores, mas essa combinação não ficou muito boa. Na verdade, eu não consegui me envolver muito com os personagens principais.

domingo, 28 de abril de 2019

[Resenha] Southernmost

| 11 comentários
Autor: Silas House
Páginas: 304
Editora: Tag Inéditos / Faro Editorial
Até onde seu amor pode ir? Após uma enchente que leva consigo a maior parte de uma cidadezinha do sul dos Estados Unidos, o pastor Asher Sharp oferece seu telhado a um casal homossexual. As respostas ao ato de solidariedade, entretanto mudam sua visão de vida - e o que vem depois pode fazê-lo colocar tudo a perder: sua esposa, presa no preconceito religioso; sua congregação, que o expulsa apos um sermão sobre tolerância; e seu filho, Justin, preso no meio de uma batalha por sua custódia. Em uma jornada que atravessa o país, Silas House nos conduz a uma bela reflexão sobre o amor, coragem e sobre as consequência de nossos atos.





Southernmost, de Silas House, é o livro de setembro da Tag Inéditos, e foi lançado há pouco tempo com a edição da Faro Editorial com o nome de: Rumo ao Sul. Então, quem não assina a caixinha tem a oportunidade de conhecer essa história incrível. Pela sinopse eu confesso que não estava esperando nada muito extraordinário, mas acabei me surpreendendo, e emocionando, bastante. A escrita do autor é muito fluída e leve, de forma delicada ele vai nos apresentando uma narrativa sobre aceitação e amor. 

quarta-feira, 24 de abril de 2019

[Resenha] A filha do rei do pântano

| 4 comentários
Autora: Karen Dionne
Páginas: 288
Editora: Verus / Tag Inéditos
Helena tem um segredo: ela é o fruto de um sequestro. Sua mãe foi raptada quando ainda era adolescente e mantida em uma casa escondida no pântano de Michigan. Nascida dois anos depois do sequestro, Helena aprendeu a amar sua infância fora do comum - e aprendeu, até mesmo, a amar seu pai, um homem selvagem e brutal. Quando ele escapa da prisão, ela precisa encarar o passado que ocultou tão habilmente do marido e das filhas. Em uma caçada de tirar o fôlego, ela faz de tudo para encontrar seu pai enquanto reexamina os episódios da infância que moldaram seu futuro.






A filha do rei do pântano, da Karen Dionne, é o livro de outubro da Tag inéditos (que será publicado pela Verus). Logo que eu vi esse título e capa eu fiquei extremamente empolgada para ler, mesmo sem saber sobre o que se tratava a história. E, começar a leitura no escuro não foi nem um pouco decepcionante, me vi totalmente envolvida nessa trama, um thriller psicológico bastante sombrio e profundo. 

sábado, 20 de abril de 2019

[Resenha] A mulher com olhos de fogo

| 4 comentários
Autora: Nawal El Saadawi
Páginas: 160
Editora: Faro Editorial
Esta ficção é baseada no relato verdadeiro de uma mulher que espera sua execução em uma prisão no Egito. Sua história chega até a autora, que resolve conhecer Firdaus para entender o que levou aquela prisioneira a um ponto tão crítico de sua existência. “Deixe-me falar. Não me interrompa. Não tenho tempo para ouvir você”, começa Firdaus. E ela prossegue contando sobre como foi crescer na miséria, sua mutilação genital, ser violada por membros da família, casar ainda adolescente com um homem muito mais velho, ser espancada frequentemente, e ter de se prostituir... até que, num ato de rebeldia, reuniu coragem para matar um de seus agressores, levando-a à prisão. Esse relato é um implacável desafio a nossa sociedade. Fala de uma vida desprovida de escolhas, mas que em meio ao desespero encontra caminhos. E, por mais sombrio que isso possa parecer, sua narrativa nos convida a experimentar um pouco dessa liberdade encorajadora através das transformações internas de Firdaus. O que acontece com ela é o despertar feminista de uma mulher.

A mulher com olhos de fogo, de Nawal El Saadawi, é uma história baseada em fatos reais. Sempre que eu pego livros baseados em histórias reais sei que vão ser leituras marcantes e que irão me deixar sem rumo ao terminar. E com esse lançamento da Faro Editorial não foi diferente. Terminei a leitura como se tivesse levado um soco no estômago. O livro é curto, com menos de duzentas páginas, mas consegue tocar o leitor com uma história sensível e triste.

sexta-feira, 19 de abril de 2019

[Resenha] Um acordo pecaminoso

| 5 comentários
Autora: Lisa Kleypas
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Série: Os Ravenels, 3
Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.
Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.
Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.


1. Um sedutor sem coração
2. Uma noiva para Winterborne

Um acordo pecaminoso é o terceiro volume da série Os Ravenels, da autora Lisa Kleypas. Eu estava muito ansiosa por esse volume, pois é protagonizado por uma das gêmeas, minhas personagens favoritas. E a minha surpresa maior foi ver personagens da série As quatro estações do amor nessa história! Eu amo essa outra série da autora e foi muito lindo ver Evangeline e Sebastian mais velhos e com filhos. Foi uma leitura encantadora e eu adorei poder conhecer melhor Lady Pandora.

terça-feira, 16 de abril de 2019

[Resenha] A canção das águas

| 7 comentários
Autora: Sarah Tolcser
Páginas: 432
Duologia: Plataforma21
Série: Jornada das águas, 1
Caroline Oresteia está prometida ao rio. Por gerações, sua família ouviu o chamado do deus do rio, que guiou suas embarcações em incontáveis viagens pelas terras fluviais. Aos dezessete anos, Caroline está preparada para conhecer seu destino, após anos ouvindo a voz das águas. Mas o deus do rio ainda não falou o seu nome – e se ele não o fez até agora, existe uma chance de que nunca o fará. Ela decide tomar as rédeas de seu próprio destino quando seu pai é preso por se recusar a transportar um caixote misterioso. Ao concordar em fazer a entrega em troca de sua liberdade, Caroline é pega em uma rede de políticas e mentiras, sem a ajuda do deus do rio e com perigosos piratas atrás da carga. Com tanta coisa em jogo, ela precisa escolher entre a vida que sempre quis e a que nunca imaginou para si.



A canção das águas é o primeiro volume da duologia Jornada das águas, da autora Sarah Tolcser. Essa é uma fantasia que me surpreendeu bastante. Sarah consegue nos guiar pelas águas de forma envolvente, com muitos piratas, lendas e seres místicos. O melhor de tudo é o livro ter uma personagem principal tão empoderada e corajosa quanto Caroline. Embarquei junto nessa aventura e quando menos percebi já não conseguia mais desgrudar da leitura. 

domingo, 14 de abril de 2019

[Resenha] Nunca jamais - Parte dois

| 3 comentários
Autoras: Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Páginas: 144
Editora: Galera Record
Série: Nunca jamais, 2
A segunda parte do suspense romântico de tirar o fôlego “Nunca Jamais” Um garoto abre os olhos e sequer se lembra que seu nome é Silas. O telefone toca... “Encontrou ela?”, pergunta a voz do outro lado da linha. Quem é ela? Quem sou eu? Charlie se vê presa em um lugar parecido com quartos de hospital (ou de um manicômio). Também não se lembra de nada, nem sequer do próprio rosto. O tempo passa e ninguém vem salvá-la. Ela precisa escapar por conta própria. Aos poucos, os dois descobrem que vêm perdendo a memória em períodos cíclicos. E também que se amam imensamente. Numa corrida para descobrir a razão dos apagões em suas memórias, Silas e Charlie acabam descobrindo muito mais sobre si e os mistérios que envolvem suas famílias. Mas muito em breve vão esquecer tudo de novo. E precisam estar juntos para evitar o pior.




Essa é a segunda parte do livro Nunca jamais, publicado pela Galera record. Eu havia sido completamente fisgada pelo enredo no livro anterior, e aquele final me deixou muito empolgada para saber mais. Eu demorei um pouco para começar a segunda parte porque queria que a terceira já estivesse quase sendo lançada, para não sofrer tanto de novo. E após terminar essa leitura, minha crítica continua a mesma: POR QUE UM LIVRO TÃO CURTO? Eu ainda acho muita maldade da Tarryn e Colleen de dividir a história em três partes. 

quinta-feira, 11 de abril de 2019

[Resenha] Garota em pedaços

| 9 comentários
Autora: Kathleen Glasgow
Páginas: 384
Editora: Outro Planeta
Além de enfrentar anos de bullying na escola, Charlotte Davis perde o pai e a melhor amiga, precisando então lidar com essa dor e com as consequências do Transtorno do Controle do Impulso - um distúrbio que leva as pessoas a se automutilarem. "Viver não é fácil". Quando o plano de saúde de sua mãe suspende seu tratamento numa clínica psiquiátrica - para onde foi após se cortar até quase ficar sem vida -, Charlotte Davis troca a gelada Minneapolis pela ensolarada Tucson, no Arizona (EUA), na tentativa de superar seus medos e decepções. Apesar do esforço em acertar, nessa nova fase da vida ela acaba se envolvendo com uma série de tipos não muito inspiradores.
Cansada de se alimentar do sofrimento, a jovem se imbui de uma enorme força de vontade e decide viver e não mais sobreviver. Para fugir do círculo vicioso da dor, Charlotte usa seu talento para o desenho e foca em algo produtivo, embarcando de cabeça no mundo das artes. Esse é o caminho que ela traça em busca da cura para as feridas deixadas por suas perdas e os cortes profundos e reais que imprimiu em seu corpo.


Garota em pedaços, da Kathleen Glasgow, foi publicado pelo selo Outro planeta (da Editora Planeta), e foi um soco enorme no estômago. Eu estava procurando algum livro para ler no kindle e quando vi esse título resolvi iniciar a leitura sem nem saber muito sobre o enredo. E, no fim, acabei bastante surpreendida com a obra, que nos mostra algo que é quase um tabu: automutilação. Esse livro nos mostra a realidade de muitos jovens que sofrem calados, e usam a dor para continuar sobrevivendo. 

segunda-feira, 8 de abril de 2019

[Resenha] Mil beijos de garoto

| 7 comentários
Autora: Tillie Cole
Páginas: 400
Editora: Outro Planeta
Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.




Mil beijos de garoto, da Tillie Cole, e lançado pelo selo Outro planeta, foi uma das minhas leituras de fevereiro do kindle. Essa obra não estava nos meus desejados, mas como eu já tinha lido algumas resenhas e a trama tinha me interessado resolvi dar uma chance. E, no fim das contas foi uma leitura muito emocionante e fofa. Porém, tive minhas ressalvas, e por isso acabei não dando cinco estrelas.

sexta-feira, 5 de abril de 2019

TBR de abril

| 15 comentários

Boa noite! Para a minha TBR de abril escolhi quatro livros (porque o medo de floopar é grande), e eu nem acredito que já estou na metade do terceiro (eu ouvi um amém?!), então dessa vez estou realmente confiante que vou conseguir aumentar meu ritmo de leitura.

terça-feira, 2 de abril de 2019

Leituras de março

| 7 comentários

Boa noite, leitores! Março foi mais um mês em que as minhas leituras foram vergonhosas. Eu li cinco livros, e todos eram leituras de poucos dias, que acabaram se estendendo por semanas. Vamos conferir o que eu andei lendo?

domingo, 31 de março de 2019

Caixinha de correio #140

| 1 comentários

Boa noite, leitores! Está no ar a caixinha de correio com tudo o que eu recebi nesse mês de março. Tem bastante coisa para mostrar, então vamos lá! ♥

sexta-feira, 29 de março de 2019

[Resenha] Guardiões da Galáxia: Caos na galáxia

| 11 comentários
Autor: Dan Abnett
Páginas: 416
Editora: Novo Século
Quando os poderosos Vingadores... Bem, eh, não, este livro não é sobre eles. Na verdade, este livro não é sobre ninguém lá muito famoso. Enfim...
Os Guardiões da Galáxia tinham tudo para ser a equipe mais heroica do Multiverso sério, você deu uma boa olhada no uniforme de Rocket Raccoon na capa? Mais heroico, impossível. Mas até eles têm uma queda por grana. E quando Rocket Raccoon e Groot não estão por aí protegendo a Galáxia, estão cuidando de suas contas bancárias.
Mas as coisas nem sempre são fáceis, né? Menos ainda quando um pegajoso, incivililzado e rude alienígena badoon, em busca de um androide fugitivo, começa a invadir bares e interromper drinks absolutamente perfeitos. Rocket e Groot intercedem (por razões puramente altruístas, é claro) em favor do androide um gravador rigelliano mais coerente do que feijoada sem linguiça que todo mundo parece querer conhecer.
Rocket Raccoon e Groot precisam descobrir o quanto vale o tal gravador. E, bem, salvá-lo. Mas terão que fazer isso com o Império Kree e a Tropa Nova em sua cola. A ajuda virá de inesperados célebres convidados! Tiros serão disparados por armas irracionais, insanas e inumanas! Naves espaciais colidirão, e a morte gloriosa será iminente. Tudo isso em apenas um dia de trabalho da dupla mais bizarra da Galáxia.


Guardiões da Galáxia: Caos na galáxia, do autor Dan Abnett, é mais um livro da coleção Marvel, da Novo Século. Esse já é o segundo livro que eu leio, e mais uma vez fui surpreendida com uma história envolvente. E, diferente de A morte do Capitão América, essa trama é muito mais divertida, e não poderia se esperar menos já que temos como protagonistas Rocket Raccoon e Groot. Eu amei os filmes de Os guardiões das galáxias, e esses dois personagens são os meus preferidos. Rocket é um guaxinim modificado muito inteligente e bom com armas, além de ser impulsivo, sarcástico e bastante desbocado. Já Groot é mais reservado e tímido, porém, muito altruísta e proporciona alguns diálogos muito engraçados, mesmo que só use a linguagem do 'eu sou Groot'.

domingo, 24 de março de 2019

[Resenha] Banidos

| 5 comentários
Autora: Liz Braswell
Páginas: 224
Editora: Galera Record
Série: As nove vidas de Chloe King, 1
Chloe King parece uma adolescente normal. Vai à escola, discute com mãe e se apaixona. Mas perto de seu aniversário de 16 anos, ela desconfia que pode não ser assim tão comum. A visão noturna, os reflexos super-rápidos e as garras são algumas das pistas... Ao descobrir o que é — e de onde vem — ela logo percebe que não está sozinha. Alguém quer pegá-la. A qualquer custo. Ela tem nove vidas. Mas serão o bastante?





Banidos é o primeiro volume da série As nove vidas de Chloe King, da autora Liz Braswell e publicado pela Galera Record. Eu já conhecia a trama por conta do seriado, que infelizmente foi cancelado, e que era muito bom! Então, resolvi iniciar essa leitura para conhecer melhor a história e dar continuidade no que eu não tive respostas. No entanto, eu acabei me decepcionando com a leitura. Ela não foi o que eu esperava, tanto que eu iniciei no kindle na metade de 2018 e só fui finalizar em janeiro, eu simplesmente não consegui me envolver com o livro. Mas, como eu odeio abandonar leituras, resolvi insistir mais um pouco e finalmente terminei. 

quinta-feira, 21 de março de 2019

[Resenha] Mensageira da Sorte

| 8 comentários
Autora: Fernanda Nia
Páginas: 424
Editora: Plataforma21
Em pleno Carnaval carioca, durante uma confusão em um protesto contra a AlCorp – uma corporação que controla o preço dos alimentos e medicamentos no país – Cassandra Lira, ou Sam, passa a ser uma mensageira temporária no Departamento de Correção de Sorte (DCS), uma organização extranatural secreta incumbida de nivelar o azar na vida das pessoas. Para manter esse equilíbrio, os mensageiros devem distribuir presságios de sorte ou azar para alguns escolhidos. O primeiro "cliente" de Sam é justamente o seu vizinho e colega de classe, Leandro. O garoto é um youtuber em ascensão e a ajuda dela, na forma de uma mensagem sobre nada menos que paçocas, impulsiona Leandro a fazer um vídeo que o levará para o auge da fama. O que Sam não sabe é que o rapaz também é um ávido participante dos protestos contra os abusos da AlCorp, comprometido a expô-los em seu canal, independentemente dos riscos que possa correr, e a garota se vê obrigada a usar a sorte do DCS para protegê-lo. Mesmo que não entenda por que foi escolhida para trabalhar para o Destino, logo ela se vê no meio de uma rede de intriga, corrupção e poder. Ainda lidando com a culpa pela morte do próprio pai e com seus sentimentos por Leandro, Sam embarcará na jornada de desmascarar a quadrilha que está deteriorando o sistema da Justiça, tanto a natural quanto a extranatural, e fazer com que a balança do Destino se equilibre outra vez.

Mensageira da Sorte é um livro que deu o que falar antes mesmo de ser lançado, e eu estava muito empolgada por essa leitura. Com uma premissa original e atual, Fernanda Nia consegue nos envolver com sua escrita leve e personagens cativantes. E, o melhor de tudo é a parte fantasiosa que ela insere no enredo, o que deixou tudo ainda mais fantástico.