sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

[Resenha] Os arteiros mágicos

|
Autor: Neil Patrick Harris
Páginas: 260
Editora: Plataforma21
Série: Os arteiros mágicos, 1
Carter é mais habilidoso do que imagina, mas ele não acredita em mágica de verdade. Quando os pais do garoto desaparecem, seu tio Velhaco o obriga a viver de trapaças nas ruas – até que Carter resolve escapar.
Ao fugir, porém, ele jamais esperava encontrar amigos e magia numa cidadezinha pacata da Nova Inglaterra. Mas, como num passe de mágica, tudo muda assim que o ambicioso B. B. Bosso e sua trupe de palhaços ladrões chega tocando o terror no lugar.
Depois de um fatídico encontro com Dante Vernon, o provedor local de truques de mágica, Carter encontra outros cinco jovens ilusionistas. Com trabalho em equipe e muita magia, eles farão de tudo para livrar a cidade das garras de Bosso. Os seis arteiros mágicos descobrirão, juntos, a amizade, a aventura e a autoconfiança nesta nova série que vai além de qualquer truque. Sim, respeitá-veis leitores, a magia existe – e ela está nas suas mãos.

Os arteiros mágicos é o primeiro livro da série de mesmo nome, do autor Neil Patrick Harris. Eu fiquei muito contente quando soube que Neil iria lançar um livro, eu adoro ele como ator e como pessoa. E, eu amei imensamente esse livro. Ele tem uma daquelas histórias infanto juvenil que leitores de qualquer idade conseguem se envolver e apaixonar pelo enredo e personagens. Minhas expectativas em relação a esse lançamento estavam muito alta, e todas foram superadas. Neil se mostrou mais uma vez fantástico, e trouxe muito do seu bom humor para a trama.

Outro ponto interessante e que me fez gostar ainda mais de Os arteiros mágicos é que temos personagens muito representativos nessa obra: um protagonista negro, uma cadeirante e uma garota adotada por um casal de homens. ♥ Temas como preconceito, discriminação e estrutura familiar são tratados em meio a uma aura de magia e muitas aventuras. O autor os trata de forma leve, incluindo também muito amor e amizade. 

Carter não é exatamente um órfão, mas seus pais simplesmente desapareceram certo dia. Desde então ele precisou morar com seu tio Velhaco, um homem traiçoeiro e que se aproveita das habilidades do sobrinho de fazer mágicas para distrair as pessoas enquanto ele as rouba. O menino está cansado de tudo isso, resolve então fugir do tio e parte em um trem com destino a pacata cidade de Mineral Wells. Lá, o garoto encontra o circo mais estranho de todos, onde a magia parece ser quase real, o que ele duvida profundamente.


B. B. Bosso é o dono do circo, e um homem muito ambicioso. Ele lembra constantemente Carter o seu tio Velhaco. E é nesse mesmo dia que ele conhece o Sr. Vernon, um homem que possui uma loja de truques de mágica e que possui alguns conselhos bastante valiosos e que farão o garoto repensar a oferta de se juntar ao circo. Carter que nunca teve amigos acaba conhecendo uma turma com as habilidades mais incríveis. Juntos, eles acabam se envolvendo em algumas enrascadas e descobrindo que Bosso está tramando algo terrível, e apenas eles podem impedir.

Essa é uma história repleta de coisas mágicas: seja de truques ou de muitas amizades. Carter é um garoto que não acredita em mágica. Theo tem alguns truques na manga, literalmente, e adoro música. Ridley é muito inteligente. Os gêmeos Izzy e Olly são extremamente carismáticos com seus shows de talentos. E Leila é extremamente habilidosa com cadeados e fechaduras, ela consegue se livrar de qualquer coisa. Os arteiros mágicos possuem diversas habilidades, e percebem que juntos conseguem combater qualquer coisa.

Os arteiros mágicos é um livro muito fofo, com personagens cativantes e um enredo envolvente. Eu estou curiosa para saber o que aconteceu com os pais de Carter, pois nesse primeiro livro não temos muitas respostas à respeito disso. E, aliás, para o primeiro livro da série o autor conseguiu desenvolver tudo muito bem. Eu quero muito ler mais histórias com esses arteiros. ♥

A edição da Plataforma21 está muito linda. A capa é sensacional e os detalhes internos são muito perfeitos. E, algo que eu descobri só quando comecei a ler: Neil fez um livro interativo. Durante a leitura o leitor pode ir desvendando alguns enigmas e também há algumas dicas de truques de mágica. Recomendo muito!

2 comentários:

  1. Oi, Andressa.
    Que livro mais fofo.
    Sou apaixonada por essa temática de mágica e circo. Já quero ler!!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Aii que coisa mais linda esse livro. Fantasia não é muito minha praia, mas de vez enquando gosto de me aventurar, saber que tem um livro tão mágico e ainda cheio de interatividade me deixou extremamente curiosa.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir