segunda-feira, 13 de agosto de 2018

[Resenha] Mais que amigos

|
Autora: Lauren Layne
Páginas: 224
Editora: Paralela
Série: Love unexpectedly, 1
Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento. Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo? 


Mais que amigos é o primeiro livro da série Love Unexpectedly, escrito por Lauren Layne e publicado no Brasil pela Paralela. A trama é aquele clichê que você encontra em outros livros, e até mesmo em filmes, e apesar de não me importar com isso, eu senti falta de algo mais marcante dentro do enredo. A leitura não me envolveu o suficiente, apesar disso, é boa para passar o tempo. Eu realmente não me arrependi de ler, porque a trama é tão leve e gostosinha, que ficou difícil me importar tanto assim com o fato de não ter nenhum diferencial.

Parker e Ben são melhores amigos desde a faculdade, e sempre mostraram que homem e mulher podem ser amigos sem ter segundas intenções. Os dois até mesmo dividem um apartamento. Parker é apaixonada pelo namorado, Lance, e Ben é o típico mulherengo. Então, realmente não há nenhum envolvimento romântico entre os dois. Ben foge de relacionamento, e está muito feliz assim.

A amizade entre eles é algo realmente muito amorzinho: as brigas para usar o banheiro, o companheirismo, os dois realmente conhecem muito um ao outro. Eu iniciei a leitura já imaginando o que ia rolar, é meio óbvio, mas normalmente nesses casos é o desenvolvimento ou algum elemento dentro da história que acaba fazendo a grande diferença. E, infelizmente, eu não consegui achar nada do tipo nessa obra.


Parker leva um pé na bunda do namorado e percebe que é jovem e precisa aprender a curtir a vida, assim como Ben. Ela então decide que sexo casual é a melhor forma de dar a volta por cima. Essa decisão deixa Ben um pouco enciumado, afinal, ele é homem e sabe como eles pensam. Ele não está muito satisfeito com sua melhor amiga saindo com outros caras.

Parker decide que Ben é a melhor pessoa para ajudá-la nesse recomeço, só que as coisas saem do controle quando eles cruzam uma linha sem volta. A amizade deles nunca mais será a mesma. E eles ficam cada vez mais indecisos sobre seus sentimentos.

Mais que amigos é uma leitura rápida e fofinha, mas não passa disso. Se você procura algo diferente, talvez seja melhor não iniciar a leitura com tantas expectativas. A obra não tem grandes reviravoltas, e os altos e baixos na vida dos personagens não são muito marcantes. Se você procura algo para passar o tempo ou até mesmo sair de uma ressaca literária, essa obra é uma boa indicação. Os personagens são cativantes, e nos fazem torcer por um final feliz. 

A capa do livro é muito fofa, e combinou bem com a ligação que vemos entre Ben e Parker dentro da história. Os dois realmente se divertem juntos.

15 comentários:

  1. Não sendo algo meloso, tipo água com açúcar, irei ler sim, pois a história me atraiu. Anotei o nome aqui, só não tenho uma previsão.

    ResponderExcluir
  2. Ah, quero ler esse livro, mas não vou com tanta sede ao pote.
    Parece que é apenas uma leitura agradável.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Andressa,
    A premissa de Mais que Amigos é bem clichê mesmo, mas me deixou curiosa para saber como essa história irá de desenvolver. Adoro quando um romance começa com uma amizade, esta que Parker e Ben irão provar que pode sim existir entre um homem e uma mulher. Em um livro curto a autora conseguiu retratar sentimentos verdadeiros e puros sobre um amor que vai nascendo aos poucos e conquistando o leitor. Só talvez ela tenha pecado um pouco em algumas questões. Esse livro é bem o que tenho procurado para intercalar com leituras mais densas e assim que possível quero adquirir um exemplar.

    ResponderExcluir
  4. A premissa realmente tem tudo para não apresentar nada muito novo, mas gosto de livros assim para passar o tempo e curar uma ressaca literária. Acho muito fofo quando dois amigos descobrem que estão apaixonados. Vou anotar a dica aqui!

    ResponderExcluir
  5. Oi Andressa!
    Eu já li algumas resenhas sobre esse livro e a maioria era falando muito bem. Algumas vezes precisamos de uma história mais leve, para sairmos de uma ressaca literária ou até mesmo de uma leitura mais pesada. Mas não gosto tanto da ideia de sexo casual e tudo mais.
    Dessa vez, passo a dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu adorei essa história. Dei boas risadas com a loucuras deles ainda como amigos e curti como foram crescendo e desenvolvendo o relacionamento ao longo da trama, mesmo com vários clichês.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Olá, Andressa!

    Eu gosto de clichês.rsrs Tudo bem que quando é muito óbvio ou excessivo me irrita, mas em geral gosto muito. E Mais que Amigos é um livro no qual pretendo apostar. Gosto de relacionamentos que se constroem a partir da amizade, de laços mais profundos. E penso que é uma história que vai funcionar para mim. Que irei amar!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?

    Eu não li essa história, pois a própria sinopse não me chamou a atenção. Não ligo muito para clichês - leio muitos livros assim e não me importo se for bem executado -, porém realmente parecia que não havia nada mais. Pelo jeito estava correta e não há algo a mais na trama, então só lerei se for um momento em que preciso de uma obra sem expectativas e que simplesmente me ajude a passar o tempo (como parece ser o caso dessa).

    Adorei a resenha e agradeço a indicação, mesmo assim :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Dessa!
    Eu sou romântica de carteirinha e amo um clichê, então ainda que também goste de enredos por trás do casal, histórias mais leves como esse livro parece ser me cativam do mesmo jeito quando quero algo para distrair mesmo. Ele foi muito elogiado por muita gente, se não fosse pelo lado mais sensual eu leria, rs Uma pena que você não tenha curtido tanto justamente pela falta de enredo além do romance, mas ao menos a leitura ainda foi gostosinha. E concordo com você, não importa o clichê, o negócio é a forma como o autor vai desenvolver e o que mais vai abordar em torno dele,
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ Sonhando aos Vinte ♥

    ResponderExcluir
  10. Eu já não curto muito romances, aí quando ainda é clichê, sem nada novo para agregar, aí que corro mesmo. Que bom que a leitura é leve e rápida de se fazer, pode até ser um bom livro para sair de uma ressaca literária, mas não sei se iria me agradar.
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  11. Eu gostei bastante dessa história, justamente por sua simplicidade e previsibilidade. Gosto de ter obras como esta ao alcance das mãos, uma trama sem grandes dramas, que segue o roteiro e não me faz cair do cavalo inesperadamente. Claro que também amo tramas mais densas e complexas, cheias de reviravoltas. Mas tem dias que suspirar com um romance clichê já me basta e faz muito bem.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    O hype em torno desse livro foi alto e intenso, não tinha uma rede social que não falasse desse livro haha, apesar de ser o tipo de livro que costumo ler e gostar, evito ler livros hypados, acabo me decepcionando. Apesar disso, sinto curiosidade em saber como a relação de Ben e Parker virou algo romântico, e desejo conhecer essa história em breve.

    beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Andressa,
    Eu tive problemas com esse livro. Eu sabia que ele era leve e para entreter apenas, mas sabe quando você espera um pouco mais? Fui com muita sede ao pote e me decepcionei um pouco. Achei a protagonista meio chatinha em algumas escolhas, mas, o outro livro que li da autora - Em pedaços - me conquistou completamente e em todos os sentidos imagináveis!
    Adorei suas impressões!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  14. Oie!

    Eu sou uma pessoa completamente apaixonada por cliches e romantismo. Amo esse tipo de livro e por isso desejei esse livro logo quando vi o lançamento, mas ele não fluiu tão bem assim em um primeiro momento, por isso, dei uma pausa na leitura, li outros livros e pretendo retomar a leitura dele em breve, mas ja irei com menos expectativas, ainda mais ao ver que o problema não foi apenas comigo.

    beijos

    ResponderExcluir
  15. Essa capa me lembra catalogo da Avon, aquela parte de pijamas sabe??? hahahahahah salvo isso, quero ler o livor porque acho que este tipo de romance é bem indicado entre uma leitura mais densa.
    Beijos

    ResponderExcluir