sexta-feira, 27 de julho de 2018

[Resenha] Um verão na Itália

|
Autora: Carrie Elks
Páginas: 280
Editora: Verus
Série: As irmãs Shakespeare, 1
Férias de verão gratuitas em uma bela villa na Itália. A condição? Dividir a casa com seu maior inimigo... O primeiro volume da série As irmãs Shakespeare. Cesca Shakespeare chegou ao fundo do poço. Depois de escrever uma peça de teatro premiada que acabou em desastre, o bloqueio criativo se instalou, sem previsão de ir embora. Seis anos mais tarde, ela acabou de perder mais um emprego pavoroso e está prestes a ser despejada de seu apartamento. Pior ainda, suas irmãs não fazem ideia de como sua vida vai mal.
Assim, quando seu padrinho lhe arruma uma temporada de verão em uma bela villa italiana, sem ter de pagar nada por isso, Cesca concorda, meio a contragosto, em ir para lá e tentar escrever uma nova peça. Isto é, antes de descobrir que a casa pertence a seu arqui-inimigo, Sam Carlton.
Tendo acabado de ver seu nome em todas as manchetes pelas razões erradas ― mais uma vez ―, o galã de Hollywood Sam Carlton precisa de um lugar para se esconder. Que opção melhor do que a linda villa desocupada de sua família à beira do Lago Como? Só que, quando ele chega, descobre que a casa não está tão desocupada quanto ele esperava. Ao longo do quente verão italiano, Cesca e Sam terão de confrontar o passado. E o que começa como uma hesitante amizade rapidamente se torna uma atração intensa ― e depois uma aventura ardente.
Uma coisa é certa: este será um verão abrasador... Esta é a nova e deliciosa série da autora best-seller Carrie Elks. Você vai conhecer a família Shakespeare: quatro irmãs, quatro histórias... quatro maneiras de encontrar o amor verdadeiro.


Um verão na Itália é o primeiro volume da série As irmãs Shakespeare, da Carrie Elks. Eu recebi o livro na caixinha do V.I.B, e iniciei a leitura já esperando uma história fofa e envolvente. E sim, a história é tudo isso e mais um pouco. Me envolvi muito com os personagens, e quando eu percebi, não consegui desgrudar do livro. O romance é um daqueles que aquece seu coração e te faz dar vários suspiros. O melhor de tudo é a ambientação: Itália! ♥ É possível imaginar todos os cenários, e ficamos com muita vontade de conhecer todos os lugares descritos.

Cesca foi a única que seguiu os passos da mãe em relação ao teatro. Ela escreveu uma peça em homenagem a sua mãe, que morreu, e que tem tudo para ser um sucesso. Para ajudar, no elenco tem o galã Sam Carlton, que ajudará a premiada peça a ser assistida por todos. Na última hora, Cesca vê o desastre acontecer: Sam desiste da peça, e ela é um fracasso antes mesmo de começar. A jovem nunca mais consegue escrever nenhuma outra história. Seis anos depois disso, ela se vê em vários empregos frustrados e que não duram muitos meses. O aluguel nunca é pago na data certa. E tudo começa a ruir aos poucos.

Suas três irmãs possuem suas próprias vidas, e por isso Cesca não pede ajuda. Seu pai tem seus próprios problemas, e não é uma opção voltar a morar com ele. Quem aparece para salvá-la é seu padrinho, que consegue um emprego que vai ajudá-la em todos aspectos: dinheiro, um teto para dormir e um lugar para ter inspiração e voltar a escrever suas peças. Apesar de recusar de imediato, ela acaba sendo convencida de que essa é a melhor opção para colocar sua vida nos eixos. Cesca então vai para a villa italiana, com uma bela paisagem, e muito vinho.


O que era para ser um lugar tranquilo, acaba se tornando um pesadelo. Sam Carlton é filho dos donos da villa, e após fugir dos paparazzis depois de um escândalo em que se envolveu, ele resolve passar um tempo na Itália. Cesca fica extremamente irritada ao ficar cara a cara com Sam, e o homem não faz ideia do motivo de tanto ódio, ele mal se lembra dela, o que piora ainda mais a situação.

Cesca poderia muito bem voltar no mesmo dia a ter que ficar embaixo do mesmo teto que seu inimigo, porém, ela nem pensa em deixá-lo ganhar essa. O relacionamento dos dois é bem cão e gato, o que protagoniza algumas cenas divertidas demais. Sam é um homem que aparenta ser superficial e garanhão, mas aos poucos vamos sabendo um pouco mais de sua vida, família e o que aconteceu naquela época em que abandonou a peça, e assim percebemos que ele é muito mais do que a mídia apresenta dele.

Eu gostei bastante da escrita da autora, ela é leve e fácil de se envolver, e o romance vai nos conquistando aos poucos. Os personagens são marcantes e possuem suas próprias feridas para curar. Eu fiquei muito curiosa para conhecer as outras irmãs de Cesca, e não vejo a hora de poder ler os livros em que ela serão as protagonistas. 

A capa desse livro é bem verão, e combina muito com a história. Recomendo a série! A leitura é fluída, leve e divertida.

10 comentários:

  1. Ah, não tenho muita expectativa em relação a esse livro.
    Gostei da resenha, conseguiu me deixar interessada; achei que seria uma história água com açúcar.
    E ter essa ambientação na Itália é incrível.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tenho lido muita coisa boa desse livro nos blogs e igs literários, o que está me deixando muito curioso para ler. Eu acho que irei subi-lo na linha lista de leitura e acabar com essa minha curiosidade rapidinho.

    Gustavo
    http://www.leituraenigmatica.com

    ResponderExcluir
  3. Alias, saudades receber caixinha do VIB, ne? Hahahah eu amei essa história demais, é super curtinha e li com uma facilidade sem igual, sem contar que os personagens são extremamente apaixonantes, Cesca é tão azarada que chega a ser engraçado.

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Sempre tive o sonho de conhecer a Itália, então não posso ver obras que tenham esse país como cenário que já quero ler. Tô bem ansiosa para fazer essa leitura, pois ouvi alguns comentários que a autora gosta de colocar e mexer com as emoções dos leitores.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Andressa!
    Pra começar, achei a fonte do título do livro uma gracinha! [de cara já dá vontade de ler o livro por causa dela!] Pelo o que você contou, a história é muito bem encaixadinha e o casal me pareceu ótimo! (os cães e gatos sempre rendem muitas cenas ótimas mesmo!) Já quero ler :3 Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Andressa!

    A capa desse livro é muito linda! Daria vontade de ler o livro só por causa da capa!rsrs Mas eu li algumas resenhas sobre ele e o fato da protagonista ser uma infantil, imatura que guarda ressentimento demais e permite que um único fato dite a sua vida (como a desistência do ator no último momento) me desanimou muito. Já não sei se leria, sinceramente. :( Fico feliz que você tenha pensado diferente, que tenha gostado tanto e aguarde ansiosa pelas histórias das outras irmãs!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Que história mais linda!
    Estou curiosa com o livro e ainda tenho certeza que vou querer conhecer mais sobre as irmãs.
    Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas já anotei na minha lista de futuras leituras. Muito interessante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Oiiii,

    Toda vez que eu vejo uma resenha deste livro eu fico morrendo de vontade de ler. Ele parece ser muito amorzinho, e eu adoro quando as coisas começam em um relacionamento “cão e gato” porque as coisas acabam não sendo tão de repente assim, elas meio que são construídas. Eu espero poder conferir a leitura deste livro em breve e poder me encantar com a escrita da autora e com o enredo.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Concordo que a capa é belíssima e tem cara de verão, verão europeu. Não conhecia a autora, e o plot não me atraiu muito. Achei que pode uma leitura bacana pra um momento de ressaca, entre uma leitura mais pesada e outra. Mas a dica é bacana.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  10. Olá... conheci esse livro no mochilao da Record e me interessei por ele imediatamente por ser muito o meu estilo de leitura. Achei sua resenha bem interessante e aumentou ainda mais a minha vontade de ler a obra.

    Beijos

    ResponderExcluir