quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

[Resenha] Sobrenatural

|
Autora: Paige McKenzie
Páginas: 304
Editora: Fábrica 231
Série: Sobrenatural, 1
Sunshine Griffith é uma garota que acaba de fazer dezesseis anos. Depois de sua mãe receber uma proposta de emprego, as duas se mudam para a fria cidade de Ridgemont, em Washington. A transição de Austin, uma cidade acalorada do Texas, para Ridgemont já é bem complicada para Sunshine, mas esse é o menor de seus problemas. Logo ela descobre que além de seu quarto ser todo, hum..., bem rosa, sua nova residência é uma casa poeirenta e assombrada. À medida que os fenômenos vão ficando mais frequentes, assustadores e perigosos, a mãe de Sunshine vai demonstrando um comportamento mais estranho. Restará a Sunshine aceitar seu destino e – juntamente com Nolan, a única pessoa que acredita na garota e seu único amigo na cidade – salvar sua mãe de um futuro tenebroso.


Sobrenatural é um livro com um tema que eu adoro muito: fantasmas. Eu confesso que nunca havia lido uma história - com fantasmas - que me deixasse tão aflita quanto essa. O livro não é de terror, não se enganem se virem em algum lugar algo do tipo, mas o suspense é bastante intenso. Me senti vendo um filme de suspense e aguardando algo ruim acontecer. E em outras vezes, até mesmo tive medo de alguns barulhos dentro de casa. Solicitei esse livro por conta da capa e sinopse, mas a leitura se mostrou melhor do que eu esperava.

Sunshine e a mãe, Kate, estão se mudando para Ridgemont, uma cidade de clima frio e pouco acolhedora. Deixando uma melhor amiga para trás e um lar agradável, a garota resolve apoiar a decisão da mãe de se mudar, afinal, ela conseguiu o emprego que tanto esperava. No entanto, a casa em que elas estão morando tem algo de incomum. É sempre tão frio lá dentro, e algumas coisas estranhas estão acontecendo. Sunshine tenta fazer com que sua mãe perceba, porém, ela nunca acredita. Passos, objetos fora do lugar, o cheiro de bolor, a voz de uma garotinha... será que Sunshine está enlouquecendo ou é sua mãe que não consegue perceber que tem algo diferente naquela casa? Tudo indica que a casa delas é mal assombrada, e a garota precisa arrumar uma forma de provar isso.

Sunshine é uma garota corajosa, sério! Se fosse comigo, já tinha saído correndo daquela casa sem nem olhar para trás. Mas, ela faz questão de tentar entender o que está acontecendo, e ainda por cima provar que é verdade. Nolan, um garoto que ela conhece no colégio, acaba se aproximando dela. Seu avô sempre acreditou em fantasmas, mas nos últimos anos de sua vida, as pessoas já não pensavam que era um hobbie esquisito, e sim, que ele era louco. Nolan faz questão de provar que seu avô estava certo, por isso, entra nessa aventura junto com Sunshine para descobrir quem é o espírito que está dentro da casa e como eles podem ter provas.

Sobrenatural é um livro bastante jovem, a trama não é muito complexa, e como eu falei, a história não é de terror. A história é leve, tem seus momentos de suspense, que pode mexer com as pessoas mais medrosas - como eu -, mas apesar de ser voltado para o público jovem, a parte sobrenatural é bem explorada, e vai além do termo fantasmas. A autora insere no enredo um elemento a mais, que deixou a leitura ainda mais empolgante. Além de Sunshine, há outro narrador na história, que aparece de vez em quando, em momentos de grande necessidade. Percebemos que ele é alguém importante, e que parece saber bastante sobre a garota. Quem será ele?!

Essa foi uma leitura muito fluída, eu amei a história, e estou curiosa para ler a continuação e entender um pouco mais sobre esse elemento que eu falei que a autora colocou no enredo. A trama vai se desenvolvendo aos poucos, e a cada revelação ou novo mistério que surge, tudo fica ainda mais intenso. Fazia um tempo que eu não lia um livro sobrenatural tão envolvente. Recomendo a leitura para quem gosta de um suspense leve.

8 comentários:

  1. Haha... já eu fujo de histórias assim, mesmo não sendo de terror só de saber que há fantasmas já sinto um medinho. Também não sou muito fã de suspense.
    Eu achei a capa interessante, diferente até... mas não é um livro que eu queira ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa!

    Essa capa chama a atenção de todos! Mas nunca pensei que seria uma história de fantasmas, para mim seria de terror mesmo.
    Eu morro de medo mais do suspense do que do terror hahahaha No terror já mostra rápido o "monstro" e no suspense dá mini sustos até chegar no susto principal!

    Eu tb teria saído da casa no primeiro barulhinho estranho que ouvisse hahahahaha Esses protagonistas são muito corajosos xD
    Os pais nunca acreditam no que os filhos falam referente a assombrações e sempre acabando se dando mal!

    Nunca li livro sobre fantasmas mas acabei me interessando por este! Já está na minha lista =D
    Parabéns pela resenha, fala ao mesmo tempo muito e pouco sobre o livro e nos faz correr para ler!

    Um beijo!
    Laís T.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Andressa. No que acreditar? Acho que esse "ar de mistério" dado pela autora traz teorias. Afinal, tudo pode não passar de uma paranóia, e provar que tudo é verdade, pode ser inútil. Se a mãe nunca presenciou nada, é porque de fato a casa pode não ser mal assombrada. Ou, será que tem alguém que está tentando amendrotar a Sunshine, por algum motivo ou objetivo?

    ResponderExcluir
  4. Sempre imaginei pela capa e título que este livro seria algo mais voltado pro terror, e medrosa que sou nunca havia dado uma chance a leitura por causa disso, porém agora ao me deparar com sua resenha e notório que a trama tem algo mais voltado pro sobrenatural, onde nos depararemos com muitos mistérios, que me deixou bastante curiosa ao ponto de querer ler sim este livro.

    ResponderExcluir
  5. Andressa!
    Gosto também de histórias com fantasmas e como falou que a trama não é nada tãao mirabolante e de pouco complexidade, deve ser uma leitura fácil de encarar e não sou nada medrosa, por isso me interessei ainda mais.
    Não conhecia o livro e gostei, porque gosto de suspense, mesmo que aqui não seja daqueles horripilantes, esteja mais para o lado do mistério.
    Uma boa série a ser seguida na leitura.
    Desejo Um domingo fabuloso e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Chega de velhas desculpas e velhas atitudes! Que o ano novo traga vida nova, como o rio que sai lavando e levando tudo por onde passa.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Oi Andressa!
    Eu imaginava que seria mais terror, não um suspense leve, mas gosto dos dois gêneros. Achei a história bem original, acho que é porque nunca li nada de fantasmas, e esse elemento surpresa que a autora inseriu chama atenção, deixa o leitor curioso. Não sabia que teria continuação, espero que seja tão boa quanto esse livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu gostei do livro. A trama é bem envolvente com um suspense incrível, não li livros desse estilo mas me deixou bastante curiosa a história.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  8. Oi, adorei a resenha, eu pensei que era um livro de terror, mas saber que não é me fez colocar ele na minha lista e estou bem curiosa para ler.

    ResponderExcluir