terça-feira, 31 de outubro de 2017

[Resenha] A hora do lobisomem

| 8 comentários
Autor: Stephen King
Páginas: 152
Editora: Suma de Letras
O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto. Agora,a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’sMill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu,um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada. Um clássico de Stephen King,com as ilustrações originais de Bernie Wrightson.




A hora do lobisomem faz parte da coleção Biblioteca Stephen King, que a editora Suma está relançado clássicos do autor. Em capa dura e com ilustrações originais de Bernie Wrightson, essa é uma obra linda de se ter na estante. Como eu nunca li nenhum dos livros do King de terror, eu fiquei bem contente de poder ler esse relançamento. Eu já sabia que essa não era uma das obras mais memoráveis do autor em se tratando de terror, mas resolvi começar por algo rápido e leve. E eu gostei bastante da forma como ele conduz a história e descreve as cenas.


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

[Resenha] Os exilados

| 10 comentários
Autor: John Flanagan
Páginas:352
Editora: Fundamento
Série: Brotherband, 1
O pequeno e franzino Hal nunca conheceu o pai, um dos maiores guerreiros que defenderam o reino de Escândia. Bem diferente dele, Hal em nada se parecia com um forte e bravo lutador, características valorizadas por seus conterrâneos, tradicionalmente valentes homens do mar. Isso e o mais o fato de ele ser filho de uma escrava vinda de Araluen o tornava um estrangeiro em seu país. Mesmo sentindo-se exilado entre seu povo, havia algo que aproximava Hal dos outros garotos - o Brotherband, ou 'irmãos em armas' - um conjunto de treinamentos que simulava as atividades da tripulação de um barco, com equipes que competiam entre si em testes de resistência e força e aprendiam as habilidades necessárias para se tornarem guerreiros invencíveis. Rejeitado pelos líderes dos demais grupos, Hal junta-se a seu grande amigo Stig e a outros renegados e forma o próprio time. Mas um fato inesperado poderá mudar o destino dessa equipe incomum e levá-la a navegar por mares perigosos, rumo a aventuras e batalhas.

Os exilados é o primeiro volume de Brotherband, com uma história ambientada no mesmo universo de Rangers, outra série do autor John Flanagan, e que fez um grande sucesso. Apesar de ter lido apenas os três primeiros livros de Rangers, eu gostei bastante da série, então quando soube sobre uma nova trama, pensei: "azar que nem terminei a outra ainda, mas quem liga, né?", hahaha. E gente, que história mais envolvente! Já me apaixonei por Brotherband, mas prometo que vou tentar ler todos os livros antes de ler algo novo do autor. Eu simplesmente amo esse tipo de leitura, cheia de fantasia, aventura e muita ação. Foi impossível não acabar comparando com Rangers, que possui menos ação, mas ambas tramas são igualmente envolventes e com personagens marcantes.

domingo, 29 de outubro de 2017

Caixinha de correio #123

| 12 comentários

Boa tarde, leitores! Essa pilha enorme aí em cima são os livros que eu recebi em outubro. Por conta da greve dos correios, teve pedidos atrasados, e então chegou tudo junto. Pelo menos vou ter o que ler em dezembro nas minhas férias! < 3 Vamos conferir o que eu recebi? :)

sábado, 28 de outubro de 2017

[Resenha] Apocalipse - A verdade final

| 10 comentários
Autor: Luiz Afonso Caprilhone Erbano
Páginas: 202
Editora: Inverso
Apocalipse A Verdade Final trata da eterna luta entre o Bem e o Mal, inspirado no conceito bíblico do Apocalipse transportado para os dias atuais, com personagens hodiernos baseados em figuras clássicas do cristianismo. As vidas dos personagens centrais se desenrolam de acordo com o destino selado de cada um até o inevitável encontro, no qual apenas um lado poderá sair vencedor.








Apocalipse - A verdade final, do escritor Luiz Afonso  Caprilhone Erbano, foi um livro que me interessou por conta do tema. Solicitei para a editora Inverso a obra, e coincidentemente, acabei lendo no mesmo mês o livro Os quatro cavaleiros - que também é sobre o apocalipse -, porém, ambas as obras são bastante diferentes uma da outra. Esse é um tema com bastante a explorar, e Luiz Afonso resolveu focar mais na parte religiosa, e não tanto na 'fantasia', como fez Veronica Rossi ao inserir em um enredo original os cavaleiros do apocalipse. 

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

[Resenha] Jantar secreto

| 10 comentários
Autor: Raphael Montes
Páginas: 360
Editora: Companhia das Letras
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.



Jantar secreto é meu primeiro contato com a escrita do Raphael Montes, e depois de ter lido tantos comentários positivos sobre seus outros livros, finalmente eu li algo do autor. Agora eu entendo o motivo de tanto rebuliço à respeito das obras do Raphael, sua escrita é simplesmente vívida demais. Una isso com um enredo de embrulhar o estômago e você terá uma leitura perturbadora e reflexiva. O autor aborda assuntos e estereótipos marcantes, fazendo o leitor se perguntar diversas vezes como nós reagiríamos se tivéssemos que passar por situações semelhantes. Apesar de ser uma leitura chocante, e realmente recomendada para quem tem estômago mais forte, o sarcasmo e humor negro presente na trama fez com que a leitura fosse excelente. Eu confesso que as cenas descritas me deixaram enojada, não apenas pelos detalhes, mas pelas escolhas e decisões dos personagens também. 

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

[Resenha] Wild cards: O começo de tudo

| 10 comentários
Autor: George R. R. Martin
Páginas: 480
Editora: Leya
Série: Wild cards, 1
Com início das publicações em 1987 e chamado pelos fãs de romance-mosaico, a série Wild Cards volta a 1945 para contar a saga dos seres atingidos pelo xenovírus Takis-A, o vírus da Carta Selvagem. A Segunda Guerra Mundial acabou e o mundo começava a se preparar para a reconstrução, até que uma nave espacial um tanto estranha cai na Terra, e um ser alienígena tão excêntrico quanto seu veículo começa a anunciar que estamos em perigo, que um vírus - que ele não sabe ao certo o que pode causar aos humanos - caiu na Terra. Mas era tarde demais... O vírus se espalha no céu de Nova York e aos poucos começa a contaminar o resto do mundo. No começo ninguém sabia se era uma bomba química ou atômica, até que as primeiras pessoas começaram a morrer ou se transformaram em seres bizarros ou extremamente poderosos. O vírus ficou conhecido com carta selvagem, afinal, como num jogo de baralho, nunca se sabia qual carta ou qual mutação no caso poderia tirar.

A série Wild cards já foi publicada aqui no Brasil até o oitavo volume, e eu fui iniciar a leitura apenas agora, pois é. Eu confesso que sempre tive vontade de ler essa série, tanto por ter George Martin como grande referência quanto pela trama no estilo heróis e vilões. No entanto, logo que surgiu o primeiro livro por aqui, as críticas foram bem negativas. Muita gente que eu conheço não gostou nem um pouco da obra, então eu dei uma desanimada e resolvi esperar um pouco - anos - para me aventurar nessa história. E bem, depois de tanto tempo, consegui iniciar a leitura sem me preocupar com tudo o que eu já havia lido. 

terça-feira, 24 de outubro de 2017

[Resenha] O voo da vespa

| 10 comentários
Autor: Ken Follett
Páginas: 416
Editora: Arqueiro
Freya é o nome da deusa nórdica do amor. Também é o codinome da mais recente invenção nazista, de acordo com uma mensagem interceptada pelas forças aliadas. A inteligência britânica desconfia que é graças a ela que os alemães estão conseguindo abater os bombardeiros ingleses a uma velocidade tão alarmante.
Hermia Mount, uma analista do MI6, é recrutada para ajudar a descobrir qual é essa nova arma. Tendo morado a vida inteira na Dinamarca, ela possui contatos valiosos que poderão auxiliá-la em sua missão. Do outro lado do mar do Norte, numa ilha dinamarquesa ocupada pelos alemães, o estudante Harald Olufsen descobre uma instalação estranha dentro da base militar nazista. Ele não sabe o que é, mas não se parece com nada que já tenha visto, e ele precisa contar para alguém.
Em Copenhague, o detetive Peter Flemming colabora com os alemães para desvendar quem está repassando informações de dentro do país nórdico para os aliados britânicos.
Numa Europa praticamente dominada pela Alemanha, a vida dessas três pessoas se entrelaça de forma irreversível, e quando um decrépito avião bimotor se transforma no único meio de fazer a verdade chegar até as forças aliadas, o destino delas poderá mudar o rumo da guerra – e da história.

Romances históricos retratados na época da Segunda Guerra Mundial estarão sempre na lista de leitura de alguém, e o livro O Voo da Vespa que conta uma história de dois jovens dinamarqueses em busca da liberdade na época da invasão nazista, foi o meu escolhido para ser a minha primeira leitura do famoso e amado escritor Ken Follett.

domingo, 22 de outubro de 2017

[Resenha] Um fantasma em Londres

| 10 comentários
Autora: Sarah Kilimanjaro
Páginas: 256
Editora: Petit
Richard William Stuart foi um lorde na Inglaterra do século 18. Fidalgo de temperamento difícil, caiu numa armadilha e foi assassinado cruelmente. No plano espiritual, resolveu se vingar de seus traidores, assustando e provocando sofrimento nas pessoas. Depois de muito tempo vivendo uma existência vazia, como um fantasma perdido nas ruas de Londres, acaba resgatado. A partir desse momento, a vida de Richard toma um novo rumo, quando lhe é permitido o retorno à Terra, desta vez no Brasil. Como alguém tão conflituoso reagirá ao ter a oportunidade de reencontrar aqueles com os quais teve contato na encarnação anterior e lhe causaram tanto sofrimento? Uma história repleta de paixão, tragédia, vingança e perdão.



Um fantasma em Londres é um romance espírita, psicografado por Sarah Kilimanjaro. A obra vai retratar bastante sobre perdão e reencarnação. Fazia um bom tempo que eu não lia um livro do gênero, e é sempre bom ler mensagens que mudam nossa perspectiva sobre a vida. A Petit sempre lança livros maravilhosos, e esse não é muito diferente. A ambientação inicial é sensacional: Londres no século 18. Essa foi uma leitura incrível do início ao fim.

sábado, 21 de outubro de 2017

[Resenha] Dentista sinistra

| 10 comentários
Autor: David Walliams
Páginas: 384
Editora: Intrínseca
Alfie é um menino de 12 anos que tem pavor de dentista. Ele tem tanto medo que há seis anos não pisa em um consultório dentário, desde que sofreu um grande trauma ao arrancar um dente. Quando uma nova dentista chega à cidade, Alfie percebe que há algo sinistro em torno dela. Ele e a amiga Gaby resolvem dar uma de detetives, a fim de descobrir por que a nova dentista, a Srta. K. Nall, anda distribuindo doces sem açúcar e uma pasta de dentes que mais parece um ácido capaz de fazer buraco em pedras.
Mas o pobre Alfie vai se ver em uma grande enrascada quando sua investigação o levar a ficar amarrado na cadeira da dentista enquanto ela arranca todos os seus dentes.




Todos já devem estar cansados de saber o quanto eu adoro livros do gênero juvenil e infantojuvenil, principalmente quando possuem ilustrações. Por isso, sempre tive muita vontade de ler os livros do David Walliams que a editora Intrínseca tem lançado. Só pelas capas e títulos dá para perceber o quanto as histórias devem ser divertidas e leves. Eu consegui Dentista sinistra em uma promoção, e finalmente consegui tempo para ler. E gente, que amorzinho de história. É tão bom pegar algo que seja mais descontraído e rápido de ler. Este é o primeiro livro que leio do autor, e já estou ansiosa para conferir outros dele!

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

[Resenha] Sementes de outono

| 11 comentários
Autor: Blair F. Carvalho
Páginas: 192
Editora: Pandorga
Depois de completar um curso teórico em busca de seu brevê de piloto de avião, Laurent se viu envolto em um grave acidente, ocorrido em seu primeiro voo prático. Esse infortúnio o levou a meses de internação e outros tantos na recuperação de sua memória. Como num passe de mágica, ao sair pela última vez do prédio de seu analista, se defrontou com uma colega do Ensino Médio, Glória — na verdade, uma paixão platônica que ele escondera dentro de si a sete chaves. Coisa parecida também ela guardava somente para si, o que os levou a se interessarem profundamente um pelo outro. Desse encontro nasceu um grande amor que, embora fervoroso, foi bruscamente interrompido durante quase dois anos. Quando, enfim, se possibilitou o rompimento das amarras, o primeiro obstáculo se efetivou, iniciando uma busca infindável por mais de dois outros anos pelo paradeiro de Laurent. Mas, quando tudo começa a ficar indefinido, o destino conspira, aumentando as possibilidades de um desfecho inimaginável para ele.


Eu recebi Sementes de outono da Pandorga de surpresa. Era um dos lançamentos do mês, e após ler a sinopse eu havia ficado bastante interessada na trama. E por o livro ser tão curtinho, fiquei ainda mais animada para iniciar a leitura. Então, resolvi colocar na pilha de leitura de setembro. E bom, ainda bem que o livro era curto, senão minha decepção seria maior. Eu só não abandonei a leitura porque eu odeio fazer esse tipo de coisa. Em toda a minha vida de leitora eu só abandonei dois livros. Pois é. 

terça-feira, 17 de outubro de 2017

[Resenha] Quando a Bela domou a Fera

| 11 comentários
Autora: Eloisa James
Páginas: 320
Editora: Arqueiro
Série: Contos de Fadas, 2
Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Eu simplesmente sou apaixonada por releituras de contos de fadas. Esse é aquele momento que eu confesso que quando soube que Quando a Bela domou a Fera era uma releitura, eu nem li a sinopse, apenas solicitei para a editora. Iniciei a leitura e me surpreendi muito ao perceber que era um romance de época. Eu nunca li uma releitura desse gênero, então fiquei ainda mais empolgada para conferir a história que Eloisa James criou. Este livro faz parte de uma série de releituras da autora, e é o segundo volume. Porém, como cada obra possui uma história diferente, é possível ler fora de ordem. Como o título já sugere, a trama é baseada na história de A Bela e a Fera, e eu me apaixonei por tudo. Eloisa reescreve a trama de forma delicada e própria.

domingo, 15 de outubro de 2017

[Resenha] O amor está no ar

| 11 comentários
Autora: Jennifer Echols
Páginas: 398
Editora: Pandorga
Aluna do ensino médio, Leah Jones ama voar. No ar, ela facilmente se esquece de sua vida com sua mãe, sempre ausente, no bairro humilde de uma cidade praiana de Carolina do Sul. Quando seu instrutor de voo, Sr. Hall, contrata a garota para pilotar aviões em sua empresa de propagandas em banner, Leah considera o emprego sua porta de entrada para a vida longe do estacionamento de trailers. Mas quando ele morre subitamente, ela teme que sua carreira como piloto de aviões tenha chegado ao fim.
Porém os jovens filhos do Sr. Halls, Alec, o garoto de ouro, e Grayson, o viciado em adrenalina, resolvem continuar o negócio do pai. Embora Leah tenha uma queda pro Grayson há anos, ela receia em se envolver em um negócio que agora parece que não vai muito longe. Até que Grayson descobre um dos piores segredos da menina. Com isso em mãos, ele a obriga a pilotar por uma razão que ele também não revela, uma razão relacionada a Alec. Agora Leah se encontra no meio de uma batalha entre irmãos, e a consequências podem ser desastrosas.

O amor está no ar é o segundo livro que eu leio da Jennifer Echols, mas já consegui perceber que a autora não escreve aqueles young adult cheio de clichês. Os seus dramas não são bobos, e seus personagens possuem uma bagagem emocional bastante intensa. E não é que eu não goste desses dramas adolescentes que eu falei, eu adoro! Mas, é sempre bom ler algo diferente e que emociona o leitor. E foi assim que eu me senti com essa leitura, extremamente tocada pela trama. O romance inserido na obra não é nem um pouco imediato, sendo quase inexistente, o que deixou aquela ansiosidade para algo acontecer ainda maior.

sábado, 14 de outubro de 2017

[Resenha] Mulher-Maravilha: Sementes da Guerra

| 13 comentários
Autora: Leigh Bardugo
Páginas: 400
Editora: Arqueiro
Série: Lendas da DC, 1
Antes de se tornar a Mulher-Maravilha, ela era apenas Diana.
Filha da deusa Hipólita, Diana deseja apenas se provar entre suas irmãs guerreiras. Mas quando a oportunidade finalmente chega, ela joga fora sua chance de glória ao quebrar uma lei das amazonas e salvar Alia Keralis, uma simples mortal.
No entanto, Alia está longe de ser uma garota comum. Ela é uma semente da guerra, descendente da infame Helena de Troia, destinada a trazer uma era de derramamento de sangue e miséria. Agora cabe a Diana salvar todos e dar seu primeiro passo como a maior heroína que o mundo já conheceu.




Esse ano é dela. Saiu o filme que bateu recordes de bilheteria, e aproveitando a onda, uma editora americana revolveu chamar grandes escritores do mercado de livros jovem adulto para reescrever histórias com uma perspectiva jovem para os famosos heróis da DC Comics. 

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

[Resenha] Os quatro cavaleiros

| 12 comentários
Autora: Veronica Rossi
Páginas: 350
Editora: Galera Record
Série: Riders, 1
O que você faria se descobrisse que se tornou um dos Cavaleiros do Apocalipse? Da mesma autora da Trilogia Never Sky. Nada além da morte pode impedir Gideon Blake de conquistar seu objetivo de se tornar um soldado americano. Bem, o problema é que ele morreu. Por algum tempo. Enquanto se recupera do acidente que deveria ter sido fatal, Gideon nota que seus ferimentos estão cicatrizando muito rapidamente. É um milagre. Se você considerar um milagre o fato de se tornar um dos quatro cavaleiros do Apocalipse. Gideon é Guerra. E ele precisa se unir aos outros cavaleiros, Fome, Morte e Peste, para, juntos, proteger uma chave que a Ordem quer ter em mãos para abrir as portas de um reino infernal na Terra, ameaçando escravizar todos os humanos.


Os quatro cavaleiros é o primeiro livro da série Riders, escrito por Veronica Rossi - autora também da trilogia Never sky -, e essa é uma fantasia diferente de tudo o que eu já li do gênero. Fui extremamente surpreendida pela trama e pela maneira que a autora quis narrar sua história. Com uma narrativa ágil, Veronica vai nos levando através de um enredo sombrio e intrigante. Ao decorrer da leitura fui ficando cada vez mais envolvida com os personagens, que são bastante marcantes para a história.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

[Resenha] Confesse

| 14 comentários
Autora: Colleen Hoover
Páginas: 320
Editora: Galera Record
Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.




Eu li Nunca jamais, da Colleen Hoover em parceria com Tarryn Fisher, porém, Confesse é o primeiro livro solo da autora que eu leio. Sim, como eu ainda não tinha lido Colleen Hoover? É inegável que essa autora tem boas críticas e é a queridinha de muitos leitores. E depois de terminar a leitura desse livro eu preciso concordar com tudo o que falam sobre ela. Hoover tem uma escrita sensível e cativante, fiquei apaixonada pela trama e personagens. A autora conseguiu me emocionar já no prólogo, e foi quando eu percebi que a leitura ia me arrebatar. 

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

[Resenha] Vilões?

| 14 comentários
Autores: Vários
Páginas: 124
Editora: Sinna
Espelho, espelho meu, por que ninguém pode ser mais bela do que eu?! Era uma vez em um reino, uma princesa e um príncipe que tiveram o tão sonhado “felizes para sempre”, apesar de lutarem bravamente contra todos os obstáculos impostos pela vilã.
Dragões, maçãs envenenadas, rocas de fiar, ganchos...
Mas, quem era aquela vilã? Quem era o tão temido vilão dos contos de fadas? Muitos já se perguntaram se eles realmente eram maus, mas poucas vezes foi dada a eles a chance de contar suas verdadeiras histórias.
Essa é a oportunidade de saber que nem todos tiveram seus finais felizes. Conheça o outro lado do reino, daqueles que foram esquecidos, os terríveis vilões. VILÕES?!



Vilões? é uma obra com dezesseis contos, de diversos autores, com um tema muito fascinante: vilões dos contos de fadas! Eu adoro tudo que se refere ao tema: releituras, contos, etc. Então, eu fiquei bem animada por esse livro, pois eu adoro livros de contos, e achei a combinação perfeita. O livro é bem curtinho, assim como alguns dos contos, então não vou me aprofundar em cada um.

domingo, 8 de outubro de 2017

[Resenha] Sempre vivemos no castelo

| 14 comentários
Autora: Shirley Jackson
Páginas: 200
Editora: Suma
Merricat Blackwood vive com a irmã Constance e o tio Julian. Há algum tempo existiam sete membros na família Blackwood, até que uma dose fatal de arsênico colocada no pote de açúcar matou quase todos. Acusada e posteriormente inocentada pelas mortes, Constance volta para a casa da família, onde Merricat a protege da hostilidade dos habitantes da cidade. Os três vivem isolados e felizes, até que o primo Charles resolve fazer uma visita que quebra o frágil equilíbrio encontrado pelas irmãs Blackwood. Merricat é a única que pressente o iminente perigo desse distúrbio, e fará o que for necessário para proteger Constance. "Sempre vivemos no castelo" leva o leitor a um labirinto sombrio de medo e suspense, um livro perturbador e perverso, onde o isolamento e a neurose são trabalhados com maestria por Shirley Jackson.



Um livro clássico cuja leitura é obrigatória nas escolas americanas e sua autora Shirley Jackson é reconhecida como uma das principais na literatura americana, que influenciou diversos escritores contemporâneos como Stephen King e Neil Gaiman.

sábado, 7 de outubro de 2017

[Resenha] Lulu e O segredo debaixo das coisas

| 14 comentários
Autor: Fabrício Carpinejar
Páginas: 32
Editora: Edelbra
Este livro traz um tipo de personagem normalmente distante das histórias infantis: Lulu é uma menina com deficiência auditiva. Fabrício Carpinejar apresenta de forma poética e com uma percepção muito singular, o cotidiano de uma menina observadora e sensível. O cotidiano de Lulu é diferente? Tudo para Lulu é menos complicado do que pode parecer, assim como são simples as coisas para todas as crianças. E neste livro as ilustrações de Serena Riglietti enchem de cor a poesia das coisas simples.




Como Lulu e O segredo debaixo das coisas são livros bem curtinhos e rápidos de ler, resolvi fazer uma resenha dupla, já que as tramas são bem leves e rápidas. Eu adoro as edições da Edelbra, pois alguns de seus livros são em capa dura, como no caso de Lulu. Vou começar a resenha por esta obra, do autor Fabrício Carpinejar. Eu fico surpresa com a quantidade de obras que o autor já escreveu. E mais ainda por ter vários livros para adultos e crianças. Eu gosto bastante da escrita dele.


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

[Resenha] Lindo de viver

| 14 comentários
Autora: Holly Smale
Páginas: 280
Editora: Fundamento
Série: Geek girl, 3
Meu nome é Harriet Manners e eu sempre serei uma geek!Harriet achou que sua vida ficaria bem mais calma quando parou de trabalhar para a designer Yuka Ito. E, por um lado, ela estava certa. Desde suas aventuras no Japão, Harriet não recebe um único trabalho de modelo, e o pessoal da agência não tem lembrado que ela existe.
Porém, como Harriet já deveria saber, sua vida nunca é calma! E aventura é o que não vai faltar quando a família inteira da garota se mudar para Nova York. Lá, Harriet vai morar no coração do mundo e mal pode esperar para viver como em um filme e parar de se preocupar com o fato de sua melhor amiga e de seu namorado parecerem ocupados demais para se importar com ela.
Mas, assim que Harriet e a família chegam aos Estados Unidos, as coisas começam a ir de mal a pior. O imóvel que os pais de Harriet alugaram não é um apartamento minúsculo no centro da cidade, como nos filmes, mas sim uma casa que fica a uma hora de Manhattan. Ninguém no bairro tem interesse em fazer listas de amizade ou falar com ela. E a governanta que foi contratada para ensinar Harriet faz a garota sentir-se mais incompetente a cada aula. Quando seu agente Wilbur liga e a chama para fazer um trabalho, ela não resiste à tentação de se entregar ao mundo da moda de novo, mesmo que vá contra a vontade de seus pais.
E agora? Será que a geek favorita de todos vai conseguir sobreviver do outro lado do Atlântico?

1. Geek girl
2. Desastre fashion

E a geek mais fofa de todas está de volta! Harriet mais uma vez nos encanta com seu carisma. Eu estava com saudades dessa garota, e felizmente tive oportunidade de ler o terceiro livro da série. Lindo de viver faz parte da série Geek girl, e nos apresenta uma personagem adorável, que acabou se envolvendo no mundo da moda, e nos conquistando com sua simplicidade e jeito de ver a vida. Eu estava muito empolgada por essa leitura, e não me decepcionei nem um pouco. 

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

[Resenha] Graça & maldição

| 17 comentários
Autora: Laure Eve
Páginas: 350
Editora: Galera Record
Um thriller que mantém a magia ambígua até a narrativa ganhar asas e levar o leitor por uma viagem intensa, estranha e envolvente. Como todos os outros na pequena cidade, River é obcecada pelos Grace. Fenrin, Thalia e Summer Grace são carismáticos, charmosos e ricos — e há boatos de que sua influência se estende aos mais altos degraus da política mundial. Se você não ama um deles, quer ser exatamente como um deles. Especialmente River, a nova aluna da escola local... Que de repente é acolhida pela família que todos reverenciam e temem em igual medida. Ela é diferente. Mas o que os Grace não sabem é que a garota não está na cidade por acaso; ela sabe exatamente o que está fazendo. Ou não?




Sabe aquele livro com uma premissa muito interessante, e que de bônus tem uma capa e diagramação linda? Agora acrescente um ar de mistério e magia, tornando a empolgação para ler ainda maior. Então, inicie a leitura e perceba que a obra vai te decepcionar até o final com diálogos clichês, uma personagem principal irritante e superficial, uma narrativa confusa e uma história sem coerência nenhuma. Ok? Assim, temos Graça & maldição. O livro tinha tudo, tudo mesmo, para ser uma leitura incrível, mas me decepcionou em todos os sentidos. E isso é ainda pior quando você fica cheio de expectativas por um livro. Chegou em um momento da narrativa que eu fiquei me perguntando aonde a autora queria chegar?! 

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Pilha de leitura #53

| 19 comentários

Boa noite, leitores! E vamos para mais uma pilha de leitura: li dez livros em setembro, mas quatro ficaram de fora da última pilha, acabei me arrastando na leitura de Wild cards e não consegui ler mais nada. Apesar disso, gostei bastante da quantidade de livros lidos. Vamos conferir um pouco de cada obra?

domingo, 1 de outubro de 2017

Caixinha de correio #122

| 19 comentários

Boa noite, leitores! Venham conferir o que eu recebi no mês de setembro na minha caixa postal. Estou aguardando vários pacotes ainda, então tenho pouca coisa para mostrar. Vamos lá?!

[Top comentarista] Outubro

| 20 comentários

Boa noite, leitores! O top comentarista de outubro irá presentear a pessoa que mais comentar no blog com o livro Confesse, da editora Galera Record! Confiram as regras!

Regras:

Para validar sua participação é necessário comentar neste post com um e-mail válido. Só serão contabilizados os comentários de quem se inscrever neste post;
Apenas os comentários feitos nos posts de 01/10 até 31/10 serão válidos para o Top, exceto promoções e resultados;
Só será contabilizado um comentário por post, independente de quantos você fizer;
Os comentários precisam ser relevantes, um "Quero ler" não valerá, nem algo do tipo que mostre que a pessoa não leu o post;
 Dia 01/11 sairá o resultado;
✓ Será feito um sorteio entre aqueles que tiveram mais comentários;
Os livros serão enviados em até 45 dias. O blog não se responsabiliza por extravios.

[Resultado] Top Comentarista Setembro

| 17 comentários

Boa noite, leitores! Está no ar o resultado do top comentarista de setembro. Oito pessoas comentaram em todos os posts, então tem sorteio para decidir o ganhador. :)

A ordem de sorteio é:
1. Camila Rezende
2. Giulianna Santicioli
3. Janaina Silva
4. Lily Viana
5. Ludyanne Carvalho
6. Marlene Conceição
7. Naiara Fidelis
8. Sâmella Raissa

E a ganhadora é...