quinta-feira, 10 de agosto de 2017

[Resenha] Guerra do rock

|
Autor: Robert Muchamore
Páginas: 320
Editora: Rocco Jovens Leitores
Série: Guerra do rock, 1
Doze bandas, três jovens, uma competição que pode mudar suas vidas para sempre. Ambientado no subúrbio de Londres, Guerra do rock é um romance original e emocionante sobre música, sonhos e a difícil passagem para a vida adulta, protagonizado por três jovens de personalidades e origens diferentes, cujos destinos se cruzam numa batalha de bandas. Jay toca guitarra e sempre sonhou em ser músico; Summer cuida da avó e tem uma voz maravilhosa; Dylan estuda numa escola de elite e não liga muito para nada, mas acaba obrigado a se juntar a uma banda por um de seus professores. Com referências musicais que vão de Led Zeppelin e Beatles a Metallica e Coldplay, entre muitas outras, o livro acompanha a trajetória dos três personagens ao longo do eletrizante reality show Guerra do rock, uma espécie de The Voice de bandas de rock, e aborda temas como relações familiares, drogas, delinquência juvenil, conflitos raciais e distúrbios psicológicos.


Guerra do rock é o primeiro livro de uma série de mesmo nome, e irá contar a história de três jovens e suas bandas. Robert Muchamore é também autor da série Cherub, e só depois de terminar a leitura eu fui me dar conta disso. Robert sabe escrever livros para jovens muito bem, sua linguagem é fácil e simples, suas narrativas são divertidas e fáceis de se envolver. Eu encontrei tudo isso nesse novo livro do autor, e eu gostei muito da leitura. Para o público alvo, eu acho que a trama é muito bem desenvolvida. 

Jay tem uma família grande, sua mãe teve muitos filhos, e muitas vezes isso o incomoda, pois as pessoas debocham e comentam. Ele é filho de um policial, e bem diferente da maioria dos irmãos que são todos meio brutamontes e violentos. Ele e seus melhores amigos possuem uma banda, mas depois de uma desastrosa competição em que o baterista foi terrivelmente mal, ele decide pegar um novo baterista. A ideia não é bem aceita, e ele acaba sendo expulso da banda. Jay ama tocar, ama música, e ele pretende fazer disso sua carreira, ele leva muito a sério a música. Junto com os irmãos, ele monta uma nova banda, a JET.

Dylan estuda em um colégio interno, e percebemos que por lá tudo é muito rígido. Ele tenta a todo custo fugir dos esportes, mas quando é expulso da aula de música - que ele usava como desculpa para não entrar para o time de rúgbi -, o treinador resolve forçá-lo a jogar. Dylan acaba tentando de tudo para voltar para a aula de música. Mas, ele acaba conseguindo entrar para uma banda com Eve e Max, e percebe que gostaria de seguir o caminho de seu pai, um grande astro do rock.


Summer mora sozinha com a avó doente. A condição financeira delas é muito ruim, muitas vezes a garota anda com as roupas sujas, ou então não tem o que comer. Sua bela voz chama a atenção de Michelle, uma grande encrenqueira e que vem de uma família rica. A garota faz de tudo para que Summer entre para sua banda, e consegue. 

Aos poucos vamos conhecer melhor esses personagens, e muitos outros que também fazem parte da trama. As três bandas irão participar de uma competição que poderá mudar suas vidas. E acompanhamos desde a formação até o empolgante dia. Todos os personagens passam por algum problemas no caminho, e eles próprios possuem alguns dramas pessoais. A história é contagiante, divertida e leve.

Guerra do rock tem uma leitura fluída, a narrativa é intercalada entre as três bandas, e é muito bacana conhecer cada uma. Perto do final eu achei algumas cenas meio bobas e desnecessárias, mas tirando isso, eu curti bastante a obra. A trama nos mostra que devemos lutar por nossos sonhos, por mais pequeno ou difícil que eles possam parecer. Três jovens que tentam alcançar o que tanto desejam. 

A capa está muito linda, tem uma visual bem rock'n'roll! Eu estou animada para ler a continuação, o final deixou algo bem empolgante pelo que esperar para o próximo volume. Recomendo a leitura!

11 comentários:

  1. Esses livros são bem interessantes para aqueles momentos em que desacreditamos de nós mesmos e pelo que vi traz uma lição de que é possível conquistar tudo quando acreditamos nos nossos sonhos.
    O bom desse público é que o livro dá pra ser bastante leve ne? Como você falou, os diálogos acabam sendo bem divertidos. Acho que deve ser legal acompanhar essas bandas :)
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto uma resenha sobre esse livro. Apesar de não ler tantos livros nesse gênero, gostei da premissa intercalada entre as três bandas e a vida dos personagens. Como adoro rock, gostei da capa e espero que tenha letras das músicas no livro *-*

    ResponderExcluir
  3. Amo livros com músicas envolvidas!
    Não sabia dessa série e vou planejar para ler!
    Parece ser muito boa, pensei que fosse jovem demais, porém a história parecer ser bem mais do que só isso!
    Beijoss.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a premissa do livro e pelo menos eu, nunca li algo que fosse parecido quanto a história, gostei do livro ser intercalado entre os três protagonistas e mostrar as dificuldades de cada um para conseguir seguir seus sonhos, fiquei com muita vontade de poder ler esse livro e a capa também está muito linda, bem no estilo rock 'n' roll mesmo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    O livro tem uma proposta interessante, mas sinceramente não me chamou a atenção.
    Mas para quem gosta de enredos com temas musicais, com certeza uma ótima dica.
    Sua resenha está muito bem escrita. Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu não sabia que este livro faz parte de uma série, a história parece ser boa, bem interessante ser sobre a história de três jovens e suas bandas, que bom que é possível conhecer um pouco sobre cada uma das três bandas, fiquei bem curiosa para conferir a história deste livro e adicionei ele em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  7. A capa ficou realmente muito bonita, e tem uma premissa bem legal.
    Porém não faz meu gênero de leitura, pois não desperta minha atenção.
    Mas creio que para quem gosta de música é uma boa pedida realmente.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    A capa realmente e muito bonito, além de ser simples. A historia tem uma premissa muito maravilhosa, não sou muito de ler livros assim mas esse conquistou a minha atenção e pretendo ler em breve.. Amei a resenha estar super fofa e a trama também está incrivél.

    ResponderExcluir
  9. Amo livros que se correlacionam com música, banda, e rock, por isto quando me deparei com está obra, logo quis ler. E agora lendo sua resenha estou ainda mais decidida a ler está obra. Gostei do fato o livro ser intercalado entre as bandas, onde vamos conhecendo cada personagem, seus sonhos, objetivos, e problemas pessoais, mas nada disto abalam o caminho pela busca do sucesso. Acredito que por se o primeiro livro, este seja apenas uma introdução do que estar por vir.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Andressa.
    A trama do livro não me empolgou muito. Achei um pouco teen para mim.
    Acho que se fosse um filme, eu iria gostar rs Como o filme a Escola do Rock.
    Provavelmente não irei ler, mas achei a capa bem bonita!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Andressa!
    Quando comecei a ler a resenha, achei que o livro traria as criações das bandas de rock inglesas...kkkkkkkkk
    E bom ver que é uma ficção, porque amo rock e saber as intenções de como a banda foi criada e as motivações dos participantes dela para cantarem, é linda!
    E ainda tem as letras das músicas, né?
    Bom final de semana!
    "...Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante..."(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir