domingo, 20 de agosto de 2017

[Resenha] Zootopia - A história do filme em quadrinhos

| 1 comentários
Páginas: 56
Editora: Pixel
Numa cidade incrível chamada Zootopia, você pode ser o que quiser, mas isso nem sempre é fácil. Judy hopps conquista seu sonho de ser policial, mas acaba trabalhando lado a lado com búfalos, leões, rinocerontes, ursos-polares e elefantes. Quando Judy tem a chance de trabalhar em um caso de verdade, sabe que precisa provar seu valor. O problema é que ela vai precisar da ajuda de Nick Wilde, uma raposa superfalante e trapaceira. Será que um coelho pode mesmo confiar em uma raposa?






Ultimamente tenho conhecido através dos quadrinhos da Pixel várias histórias de animações que eu ainda não assisti. Zootopia é uma delas, e após ler o livro, fiquei bastante empolgada para conferir a animação. Essas edições, além de lindas e caprichadas, são uma ótima oportunidade para aquelas pessoas que ainda não conseguiram assistir ao filme saber um pouco mais do enredo. Eu adoro animações, mas por falta de tempo acabo não assistindo tanto, então esta leitura serviu para me dar uma empolgada, e saber se eu gostaria de conferir o filme, o que eu quero!


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

[Resenha] O vespeiro

| 7 comentários
Autor: Kenneth Oppel
Páginas: 240
Editora: Galera Record
O celebrado autor Kenneth Oppel cria uma obra-prima que explora a diversidade e as deficiências, os medos e os sonhos e o que realmente une uma família. Algumas crianças veem o verão como um tempo de alegria e brincadeiras. Mas para Steve é apenas mais um período de preocupação e ansiedade. Seu irmão recém-nascido está lutando pela vida... E ninguém sabe se ele conseguirá vencer essa batalha. Como seus pais ficarão se o pior acontecer? Além de tudo, ainda há um vespeiro no telhado de sua casa... Ele é alérgico! Quando uma vespa-rainha invade seus sonhos com uma solução para todos os problemas, Steve acha que tudo se resolverá, ele só precisa dizer sim. Mas sim é uma palavra muito poderosa... Será possível voltar atrás?



O vespeiro é quase que uma fábula, com muita fantasia envolvida, mas também com problemas familiares e um personagem que precisa fazer escolhas difíceis, enquanto ele próprio lida com suas dificuldades. Eu solicitei a obra porque havia gostado muito da trama, mas como o livro demorou para chegar, acabei esquecendo sobre o que era, então iniciei a leitura sem saber nada. E que surpresa boa! A história é de uma leveza incrível. Todo esse tom de não saber o que é fantasia e o que é realidade é muito tocante. Apesar de ser um livro voltado para as crianças/jovens, qualquer adulto pode ler e se encantar com O vespeiro. Kenneth Oppel criou um enredo fascinante e muito intenso.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

[Resenha] Correndo para você

| 10 comentários
Autora: Rachel Gibson
Páginas: 248
Editora: Jardim dos livros
Série: Military men, 2
Stella Leon é uma bela mulher. Aos vinte e oito anos ela já viveu muitas aventuras em Miami, onde vive e trabalha como garçonete. Brigas, sensualidade e rock'n roll fazem parte de sua rotina. Mas o que está prestes a acontecer colocará sua vida de pernas pro ar!Um homem misterioso (e lindo) está à sua procura. Ele traz notícias de um passado que Stella não quer lembrar, e para onde não pretende voltar de jeito nenhum.
Por que ela deveria deixar tudo pra trás e ir com ele para o interior do Texas? Por algum motivo, Stella confia nele. Por alguma razão ela se sente totalmente quente perto dele...




Correndo para você faz parte da série Military men, porém, é o segundo livro - o primeiro ainda não foi publicado no Brasil -, da Rachel Gibson. Essa é a quarta ou quinta obra que eu já li da autora, e cada vez eu fico mais apaixonada pela escrita dessa mulher! Ela tem o dom de pegar histórias clichês e óbvias e transformar em algo fofo, romântico e muito apaixonante. É quase que impossível não gostar de suas tramas, ainda mais com personagens que cativam o leitor com personalidades tão marcantes. Eu iniciei a leitura já imaginando que iria amar o enredo, e não foi diferente.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

[Resenha] Tudo e todas as coisas

| 11 comentários
Autora: Nicola Yoon
Páginas: 280
Editora: Arqueiro
Tudo envolve riscos. Não fazer nada também é arriscado. A decisão é sua.
A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla.
Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly.
Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.



Tudo e todas as coisas é um livro que eu não tinha interesse de ler até assistir o trailer do filme, confesso. Eu ainda não assisti ao filme porque resolvi iniciar pela leitura. E bem, apesar de ter gostado da trama, ao mesmo tempo eu me senti um pouco decepcionada. Talvez por ter o filme saindo e tantas pessoas falando do enredo, eu acabei criando expectativas altas demais. Outro fator é que eu esperava chorar, sim, esse é o tipo de história que eu sei que irei chorar, porém, não foi o que ocorreu. Ok, é uma história bela, tocante e sensível, mas faltou algo para mim.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

[Parceria] Constelação Editorial

| 11 comentários

Boa noite, leitores! Estou aqui para anunciar a mais nova editora parceira do blog: Constelação Editorial. Eles estão com um lançamento mais lindo que o outro, eu me apaixonei pelas capas. Vamos conferir?

sábado, 12 de agosto de 2017

[Resenha] Um menino em um milhão

| 12 comentários
Autora: Monica Wood
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Quinn Porter é um guitarrista de meia-idade que nunca conseguiu deslanchar na carreira. Enquanto aguardava sua grande chance na música, foi um marido e pai ausente, e jamais conseguiu estabelecer um vínculo afetivo com o filho, uma criança obcecada pelo Livro dos Recordes e algumas peculiares coleções.
Quando o menino morre inesperadamente, alguém precisa substituí-lo em sua tarefa de escoteiro: as visitas semanais à astuta Ona Vitkus, uma centenária imigrante lituana.
Quinn assume então o compromisso do filho durante os sete sábados seguintes e tenta ajudar Ona a obter o recorde de Motorista Habilitada Mais Velha. Através do convívio com a idosa, ele descobre aos poucos o filho que nunca conheceu, um menino generoso, sempre disposto a escutar e transformar a vida da sua inusitada amiga. Juntos, os dois encontrarão na amizade uma nova razão para viver.
Um menino em um milhão é um livro sensível, poético e bem-humorado, formado por corações partidos e aparentemente sem cura, mas unidos por um elo de impressionante devoção pessoal.

Um menino doce, gentil, educado e muito atencioso, com um jeito peculiar de lidar com as pessoas, será o elo que ligará seus pais e a senhora de 104 anos, que imigrou para os Estados Unidos aos 4 anos, junto com sua família no ano de 1904, fugindo das perseguições na Lituânia, país que por muito tempo esteve sob domínio do Império Russo e que no final do século XIX começava a se reerguer como nação política e culturalmente. Justamente no ano que Ona e seus pais fugiram para os Estados Unidos, os lituanos tentavam restabelecer suas publicações em livros e instituições educacionais, que praticamente quase foram totalmente restringidas por conta da ocupação russa. Fugir para não perder a vida, além da identidade, foi o que aconteceu com muitas pessoas no país naquela época.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

[Resenha] Medo de palhaço

| 11 comentários
Autores: Marcelo Milici, Filipe Falcão, Gabriel Paixão, Matheus Ferraz e Rodrigo Ramos
Páginas: 288
Editora: Generale
Em sua primeira obra, a equipe do Boca do Inferno procura os arrepios por sob as gargalhadas ao adentrar neste aflitivo picadeiro desde os primórdios do circo, buscando explicações na história e na psicologia. Os autores instigam pesadelos em tons rubros ao contar sobre os assustadores carnavalescos bate-bolas, o mito dos palhaços ladrões de órgãos e John Wayne Gacy, o verdadeiro palhaço assassino. Ao todo são mais de cento e cinquenta obras analisadas, entre filmes, séries de TV, desenhos animados, livros e quadrinhos, explorando o medo de palhaços na cultura pop.



A equipe do Boca do inferno se reuniu e trouxe uma enciclopédia sobre palhaços: medos, onde surgiram, evolução, histórias reais e análise de filmes, desenhos, séries, jogos e quadrinhos. Esta é uma obra repleta de imagens, e mostra que teve uma boa base de pesquisa. É interessante ver que uma figura que tinha o intuito de divertir acabou com o tempo se tornando um ícone nos filmes de terror. Por isso, recomendo que os coulrofóbicos (quem tem medo de palhaços) não leiam esse livro. 

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

[Resenha] Guerra do rock

| 11 comentários
Autor: Robert Muchamore
Páginas: 320
Editora: Rocco Jovens Leitores
Série: Guerra do rock, 1
Doze bandas, três jovens, uma competição que pode mudar suas vidas para sempre. Ambientado no subúrbio de Londres, Guerra do rock é um romance original e emocionante sobre música, sonhos e a difícil passagem para a vida adulta, protagonizado por três jovens de personalidades e origens diferentes, cujos destinos se cruzam numa batalha de bandas. Jay toca guitarra e sempre sonhou em ser músico; Summer cuida da avó e tem uma voz maravilhosa; Dylan estuda numa escola de elite e não liga muito para nada, mas acaba obrigado a se juntar a uma banda por um de seus professores. Com referências musicais que vão de Led Zeppelin e Beatles a Metallica e Coldplay, entre muitas outras, o livro acompanha a trajetória dos três personagens ao longo do eletrizante reality show Guerra do rock, uma espécie de The Voice de bandas de rock, e aborda temas como relações familiares, drogas, delinquência juvenil, conflitos raciais e distúrbios psicológicos.


Guerra do rock é o primeiro livro de uma série de mesmo nome, e irá contar a história de três jovens e suas bandas. Robert Muchamore é também autor da série Cherub, e só depois de terminar a leitura eu fui me dar conta disso. Robert sabe escrever livros para jovens muito bem, sua linguagem é fácil e simples, suas narrativas são divertidas e fáceis de se envolver. Eu encontrei tudo isso nesse novo livro do autor, e eu gostei muito da leitura. Para o público alvo, eu acho que a trama é muito bem desenvolvida. 

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

[Resenha] Confissões

| 12 comentários
Autora: Kanae Minato
Páginas: 176
Editora: Vestígio
Seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar.
O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão.
Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança. Narrado em vozes alternadas e com reviravoltas inesperadas, Confissões explora os limites da punição, misturando suspense, drama, desespero e violência de forma honesta e brutal, culminando num confronto angustiante entre professora e aluno que irá colocar os ocupantes de uma escola inteira em perigo.


Confissões foi um livro que me conquistou já na sinopse, porém, eu confesso que assim que recebi o exemplar e vi quantas páginas tinha - menos de duzentas -, fiquei com o pé atrás em relação ao desenvolvimento de uma trama tão interessante e, aparentemente, intensa. Seria possível um enredo desses ser contado em tão poucas páginas? E, sim! Foi possível, e foi inacreditável. Foi uma leitura muito diferente do que eu estou acostumada, a narrativa da autora é excelente e faz o leitor não querer largar o livro até o próximo capítulo. A história é tensa e incrível, vários temas importantes são retratados na obra em relação a problemas sociais no Japão, a criação dos filhos e até mesmo crimes cometidos por crianças.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

[Resenha] O jogo

| 14 comentários
Autora: Elle Kennedy
Páginas: 343
Editora: Paralela
Série: Amores improváveis, 3
Talentoso, inteligente e festeiro, Dean Di Laurentis sempre consegue o que quer. Sexo, notas altas, sexo, reconhecimento, sexo… É sem dúvida um galanteador de primeira, e ainda está para encontrar uma mulher imune ao seu charme descontraído e seu jeito alegre de encarar a vida. Isto é, até ele se envolver com Allie Hayes. Em uma única noite, essa jovem atriz cheia de personalidade virou o mundo de Dean de cabeça para baixo. E agora ela quer que eles sejam apenas amigos? Dean adora um desafio, e não vai medir esforços para convencer essa mulher tão linda quanto teimosa de que uma vez não é suficiente. Mas o que começa como um simples jogo de sedução logo se torna a experiência mais incrível e surpreendente de sua vida. Afinal, quem disse que sexo, amizade e amor não podem andar de mãos dadas?


O jogo é o terceiro volume da série Amores improváveis, da autora Elle Kennedy. Cada livro conta a história de um casal, e nesta obra, teremos a história de Dean Di Laurentis, o maior pegador do campus. Eu confesso que nos livros anteriores o personagem não havia me chamado muito a atenção, desde o início eu fiquei muito curiosa para ler a história de Tucker, que é um cara muito fechado e uma incógnita para mim. Mas, eu confesso que me surpreendi com Dean. Este foi de longe o romance mais quente e sensual da série. A autora mantém a mesma fórmula: romance fofo, leve e divertido, mas deixa muito mais apimentado, levando o leitor à loucura!

domingo, 6 de agosto de 2017

[Resenha] Ivy Pocket e o segredo do diamante

| 13 comentários
Autor: Caleb Krisp
Páginas: 336
Editora: Rocco Jovens Leitores
Repleto de humor e fantasia, Ivy Pocket e o segredo do diamante é o primeiro de uma trilogia britânica que conta as peripécias de uma menina órfã esperta, charmosa, auto-confiante e... muito desastrada. Em sua primeira aventura, Ivy se vê abandonada em Paris, sem nenhum centavo e completamente perdida. Quando uma duquesa a incumbe de entregar um colar incrível (e possivelmente amaldiçoado) a uma menina chamada Matilda, em seu aniversário de 12 anos, Ivy enxerga a chance de retornar a Londres e embarca num navio para cumprir a missão. A partir daí, a intrépida protagonista conhece uma série de personagens improváveis e se envolve em muitas confusões e mistérios, incluindo um ataque de estranhas criaturas nanicas que usam vestes de monges. Será que Ivy conseguirá entregar o colar a Matilda e, principalmente, chegar sã e salva à última página?


Ivy Pocket e o segredo do diamante é um livro juvenil muito fofo. Eu fiquei encantada com essa capa, e a leitura foi muito divertida. Ivy é uma personagem inacreditável, que garotinha mais convencida e desastrada. Sem papas na língua ela acaba proporcionando os diálogos e situações mais malucos. Eu já esperava uma leitura encantadora, mas me surpreendi ainda mais com a trama. Esse é o tipo de leitura que você pode intercalar com outra mais complexa. O livro tem um bom divertimento, e o desenvolvimento da trama é cheio de ação.


sábado, 5 de agosto de 2017

[Resenha] Emoções em prosa e versos

| 13 comentários
Autora: Suely Abardes
Páginas: 88
Editora: Ler Editorial
Com o objetivo de transmitir ao leitor um pouco de poesia, Suely Abardes nos apresenta textos que abordam os mais variados aspectos da vida, traduzindo sentimentos e emoções ante o cotidiano, o amor, a natureza e os diversos temas que afligem a alma.Os conflitos entre o ser espiritual e o material, e as reações do ser humano em suas relações com todos esses contextos, também estão presentes nesta obra, inspirada nas experiências da própria autora ou através da visão de outras pessoas frente a tais experiências.






Emoções em prosa e versos é um livro de poesias que retrata as emoções de todos os jeitos e sensações. Há textos sobre amor, a vida, o cotidiano, lembranças e outros assuntos do nosso dia a dia. Eu adoro livro de poesias, mas não tenho o costume de ler muitos. Por isso, resolvi solicitar esse lançamento. Apesar de ter lido em um dia a obra, até mesmo para poder trazer a resenha para vocês, essa será uma leitura que eu farei sempre. Vou reler várias poesias e textos, pois eles são muito reflexivos e fazem um bem danado a alma.


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

[Resenha] Eu, você e a garota que vai morrer

| 12 comentários
Autor: Jesse Andrews
Páginas: 288
Editora: Fábrica231
Livro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível.



Eu, você e a garota que vai morrer é uma obra muito bem humorada, mas que não chega a ser tão dramática assim. Eu confesso que estava esperando uma leitura realmente no nível de ACEDE, porém, não chega nem perto. Apesar disso, não considerei o livro ruim, apenas me decepcionei com ele. Mas, claro que a trama tem seus pontos positivos e acabou que sendo uma leitura agradável e gostosinha de fazer. Mas já informo, não vá ler esperando algo que vai mudar completamente seu mundo ou te fazer chorar milhares de lágrimas.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

[Resenha] Inevitável

| 13 comentários
Autora: Joy Fielding
Páginas: 368
Editora: Onyria
Casey Marshall tem tudo na vida: é linda, rica, tem amigas maravilhosas e um marido amoroso. Para completar sua felicidade, ela e seu marido, Warren, pretendem começar uma família. Mas, quando tudo parecia perfeito, o inesperado acontece: um carro em alta velocidade atropela Casey, que fica em coma. Completamente incapacitada em uma cama de hospital, a consciência de Casey retorna aos poucos e ela se torna testemunha silenciosa do que acontece ao seu redor. Consciente, mas incapaz de se mexer, ver ou se comunicar, ela descobre que seu acidente na verdade não passou de uma tentativa de assassinato. Mas quem poderia odiá-la a ponto de querer matá-la? E por quê? Trancada no próprio corpo, Casey logo percebe que seu assassino está muito mais perto do que ela poderia imaginar... E tudo o que ela quer é levantar da cama e fugir. Ah, se ela pudesse... Dentro de sua mente, Casey está gritando socorro. Mas quem poderá ouvi-la?


Inevitável  tem uma sinopse que chama a atenção logo de cara. Eu adoro esse tipo de suspense em que precisamos descobrir quem é o assassino, e por isso fiquei tão empolgada pela leitura. Porém, o mais marcante na trama é Casey e sua condição: ela está em coma. Ela não tem controle de seu corpo, mas está lúcida e consegue escutar tudo o que falam ao seu redor. É angustiante para o leitor saber que Casey está trancada dentro de si mesma e não pode fazer nada. A autora escreveu um thriller psicológico muito envolvente e intenso. É a primeira obra que eu leio da Joy, e gostei bastante.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Pilha de leitura #51

| 15 comentários

Boa noite, leitores! Está no ar o post com a pilha de leitura de julho! Vem conferir tudo o que eu li mês passado, e o que eu pretendo ler em agosto. Eu consegui ler todos os livros que eu coloquei na lista, e ainda entraram mais uns. Eu li treze livros, e todas foram leituras muito boas!

terça-feira, 1 de agosto de 2017

[Top comentarista] Agosto

| 15 comentários

Boa noite, leitores! O top comentarista de agosto irá presentear a pessoa que mais comentar no blog com o livro F*ck Love! Confiram as regras!

Regras:

Para validar sua participação é necessário comentar neste post com um e-mail válido. Só serão contabilizados os comentários de quem se inscrever neste post;
Apenas os comentários feitos nos posts de 01/08 até 31/08 serão válidos para o Top, exceto promoções e resultados;
Só será contabilizado um comentário por post, independente de quantos você fizer;
Os comentários precisam ser relevantes, um "Quero ler" não valerá, nem algo do tipo que mostre que a pessoa não leu o post;
 Dia 01/09 sairá o resultado;
✓ Será feito um sorteio entre aqueles que tiveram mais comentários;
Os livros serão enviados em até 45 dias. O blog não se responsabiliza por extravios.

[Resultado] Top Comentarista Julho

| 10 comentários

Boa noite, leitores! Está no ar o resultado do top comentarista de julho. Nove pessoas comentaram em todos os posts, então tem sorteio para decidir o ganhador. :)

A ordem de sorteio é:
1. Bruna Lago
2. Caroline Garcia
3. Herica Lima
4. Lana Silva
5. Lili Aragão
6. Lily Viana
7. Nayane Evylle
8. Raquel Rodrigues
9. Rudynalva

E a ganhadora é...