quinta-feira, 15 de junho de 2017

[Resenha] O livro ilustrado dos maus argumentos

|
Autor: Ali Almossawi
Páginas: 64
Editora: Sextante
Diante das discussões cada vez mais absurdas nas redes sociais, Ali Almossawi resolveu resgatar uma dose – necessária e urgente – de lógica para a era da internet. O resultado é este livro acessível, que explica, com divertidas ilustrações, as 19 principais falácias que tornam insustentáveis tantos argumentos e debates.
Você aprenderá a reconhecer frequentes abusos da razão, como a falácia do espantalho (em que se deturpa o argumento do outro para poder atacá-lo com mais facilidade), o apelo a uma autoridade irrelevante e a bola de neve (em que uma proposição é desacreditada sob a alegação de que levará inevitavelmente a uma sequência de eventos indesejáveis).
Os desenhos mostram animais cometendo erros de argumentação. O coelho acha que uma estranha luz no céu só pode ser um disco voador porque ninguém consegue provar o contrário (apelo à ignorância). O leão não acredita que a emissão de gases do gado prejudica o planeta porque, se isso fosse mesmo verdade e tivéssemos que eliminar as vacas, ele teria que comer grama, um resultado altamente indesejável (argumento a partir das consequências).
Assim, ficará mais fácil escapar das armadilhas da lógica que se espalham por todos os lugares, dos debates no Congresso aos comentários no Facebook. Indispensável para qualquer pessoa que cultive o hábito de ter uma opinião, este livro é um antídoto contra raciocínios fracos.



Hoje em dia ter opinião é o que te marca e te posiciona socialmente, e isso vale para qualquer assunto. E nem adianta tentar ficar em cima do muro, parece que todos precisam ter e saber argumentar sobre tudo, ainda mais que a grande maioria possui um aparelho que dá acesso a informações e acontecimentos a qualquer momento, em qualquer lugar do mundo, e ainda uma falsa sensação de que tudo o que você precisa saber está ao seu alcance. Não é bem assim que as coisas funcionam. A complexidade de vários fatores podem fazer várias pessoas enxergarem o mesmo assunto de forma completamente diferente. Uma manchete, tragédia, sensacionalismo ou entretenimento, tudo acaba sendo mais do que apenas as linhas do título de destaque. Mas será mesmo necessário abrir a boca (ou digitar no twitter) pra falar o que você pensa, quando nem se tem conhecimento e noção sobre a profundidade do assunto em questão? E isso é o que mais acontece. Opiniões vazias, sem reflexão e principalmente: lógica argumentativa. 

Esse é o ponto que levou o autor, Ali Almossawi, que tem mestrado em Engenharia de Sistemas pelo MIT e em Engenharia de Software pela Universidade de Carnegie Mellon, a criar esse livro: "[...] formalizar o raciocínio traz benefícios como clareza de pensamento e expressão, aumento de objetividade e autoconfiança. A capacidade de analisar os argumentos dos outros também ajuda a perceber o momento certo de se retirar de discussões infrutíferas."




Neste pequeno livro, o autor mostra que a lógica é uma das ferramentas que ajuda a sustentar uma argumentação e aprimorar discussões; e com a ajuda de 19 desenhos do design colombiano, Alejandro Giraldo, o autor discorre ao explicar a origem da falácias lógicas (erro no raciocínio usado para fazer a transição de uma proposição para a outra, resultando num argumento falho) e como fugir delas. 


É um livro prático, que merece ser consultado sempre que possível para não se deixar levar por: Argumento a partir das consequências; Falácia do espantalho; Apelo a uma autoridade irrelevante; Equívoco; Falso dilema; Causa questionável; Apelo ao medo; Generalização precipitada; Apelo à ignorância; Nenhum escocês de verdade; Falácia genética; Culpa por associação; Afirmação do consequente; Apelo à Hipocrisia; Bola de neve; Apelo à popularidade; Ad Hominem (ao homem); Raciocínio circular; Composição e divisão. 

Eu li, reli alguns, fiquei sem entender outros (e daí li novamente) e assim aprendi ou dei o primeiro passo a começar a perceber essas falhas argumentativas que estão presentes no nosso dia a dia. Leve em consideração que neste livro apenas princípios básicos são apresentados. Se você quiser se aprofundar, recorra a bibliografia e se jogue na pesquisa.

7 comentários:

  1. Todos cometem falhas, ainda mais na internet. Falam sem pensar, comentam coisas sem sentido, vêem matérias que não são verídicas.
    Se eu achei a premissa dessa obra interessante? Com certeza!!!
    Fiquei super curiosa e acredito que dê pra aprender bastante com essa leitura.
    Esses princípios básicos que são passados e a lógica me chamaram bastante a atenção.
    A edição parece estar um capricho!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Que livro super diferente e interessante. Os ilustrações dele são maravilhosos, a forma de como o autor fez a ilustrações e explica como dando uma dicas sobre falhas, e sabe que todo mundo é humano e temos falhas. A premissa dele é incrível!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dandra, é muito comum hoje em dia vermos pessoas expressando opiniões sobre determinados assuntos sem que tenham o verdadeiro conhecimento sobre ele, a internet facilita isso e achei interessante a premissa do livro, e acho que ele é sim um bom ponto de partida pro tema e as ilustrações vem pra somar e ajudar na compreensão do que o autor propõe. Acho que assim como você irei ler e reler partes pra poder fixar e entender. Curti a dica ;)

    ResponderExcluir
  4. Eu achei esse livro bem diferente, imagino que não seja uma leitura fácil e rápida, até porque aprender a se "defender" de certos argumentos errôneos não deve ser algo que se aprenda com uma única leitura. Como você disse em algumas vezes foi necessário um repetição para aquela instrução surgir efeito.
    Achei bem legal e com certeza seria uma leitura pra mim, parece bem engrandecedor do conhecimento.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Dandra!
    A verdade é que com a praticidade da tecnologia na atualidade, nosso cérebro tem 'pensado' menos e menos ainda, temos buscado formas de questionamento que levam a um raciocínio mais preciso para nossas conclusões. Acabamos nos tornando 'marionetes' das manchetes e das opiniões alheis, infelizmente.
    Gostei da premissa desse livro, deve ser bem interessante de verdade.
    Bom final de semana!
    “Saber envelhecer é a grande sabedoria da vida.” (Henri Amiel)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Dandra, tudo bem?
    O que não falta hoje em dia são pessoas distribuindo opiniões a torta e a direita sobre um assunto, sem ao menos saber do que se trata.
    Esse livro relata exatamente o que anda acontecendo atualmente, e eu achei maravilhosa essa ideia do autor de traduzir esses ensinamentos desta maneira, e com ilustrações tão maravilhosas. Adorei o livro e inclusive quero ler e recomendar para muitas pessoas por aí.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Dandra ;)
    Não conhecia o livro ainda, mas achei a premissa bem curiosa.
    Realmente essas falhas que você mencionou estão presentes no nosso dia a dia, e temos que tentar aprendi com isso. E como você disse bem, hoje não adianta mais tentar ficar em cima do muro!
    Bjos

    ResponderExcluir