terça-feira, 9 de maio de 2017

[Resenha] Morte lenta

|
Autor: Matthew Fitzsimmons
Páginas: 320
Editora: Faro Editorial
Série: Gibson Vaughn, 1
Dez anos atrás, Suzanne, uma garota de 14 anos, simplesmente desapareceu sem deixar qualquer vestígio. Filha do então senador Benjamin Lombard, agora poderoso vice-presidente dos EUA, o caso continua sem solução e se transformou numa obsessão nacional.
Para Gibson Vaughn, renomado hacker e mariner, trata-se de uma perda pessoal. Suzanne era como uma irmã para ele. No décimo aniversário do desaparecimento da garota, o ex-chefe de segurança de Benjamin Lombard pede a ajuda de Gibson para realizar uma investigação secreta e entrega a ele novas pistas.
Assombrado por memórias trágicas daqueles dias, Gibson acredita ter agora a chance de descobrir o que realmente aconteceu. Utilizando as suas habilidades, já em suas primeiras pesquisas descobre uma rede de múltiplas conspirações em torno da família Lombard e se depara com adversários poderosos – e perigosos – que farão qualquer coisa para silenciá-lo. Ao mexer no vespeiro, novas informações e personagens vêm à tona, a identidade de Gibson é revelada, tornando-o igualmente vulnerável. E enquanto navega por essa teia perigosa de fatos, ele precisa estar sempre um passo à frente se quiser descobrir a verdade… e se manter vivo.

Morte lenta
, do autor Matthew FitzSimmons é o primeiro livro da série Gibson Vaughn. A trama possui um suspense policial arrebatador, a Faro Editorial lançou um thriller incrível. Eu estava ansiosa para iniciar a leitura deste livro, e todas as minhas expectativas foram superadas. Este é aquele tipo de história que você não consegue imaginar de nenhuma forma o que pode ter acontecido. E os detalhes só são explorados no final, fazendo o leitor ficar enlouquecido de curiosidade por respostas. 

Suzanne desapareceu quando tinha 14 anos, porém, por ser filha de um senador na época, que atualmente é vice-presidente, o caso ganha repercussão todo o ano. No décimo aniversário do desaparecimento da garota, as imagens da última vez em que ela foi vista voltam a aparecer. No entanto, ano após ano, o caso continua sem solução. 

Gibson sempre possuiu uma habilidade excelente na internet, o adolescente acabou hackeando o senador Benjamin Lombard, e expondo a corrupção dentro do senado, porém, seu pai que acabou sendo incriminado. Algum tempo depois, ele encontrou o pai morto no porão de casa. Gibson foi preso, mas teve a opção de ser um fuzileiro naval, o que se mostrou muito útil para o governo com as habilidades que ele tinha.

A relação de Gibson e Suzanne sempre foi como de irmãos, os dois passaram a infância juntos, pois o pai de Gibson trabalhava para o senador Lombard. Então, a morte do pai e o desaparecimento de Suzanne foi um baque enorme para o garoto. Dez anos depois, Gibson tem a chance de reabrir o caso da garota quando um ex-chefe de segurança de Lombard o contata com pistas novas. É quando ele percebe que ainda há uma esperança, e ele irá fazer de tudo para desvendar esse mistério que por anos o atormentou.

A investigação se mostra extremamente perigosa, pois há pessoas que não querem que o caso seja solucionado. É impossível saber em quem se pode confiar, e Gibson acaba que confiando apenas nele mesmo. Os perigos são enormes, e o suspense ganha um ritmo frenético e cheio de ação. Eu me vi envolvida em uma história chocante e cheia de mistérios. Nada é o que parece, por isso é tão difícil descobrir o que pode ter ocorrido.


As reviravoltas, que chegam mais no final da leitura, são surpreendentes. O autor desenvolve muito bem as pistas, com alguns flashbacks algumas perguntas vão sendo respondidas aos poucos. Em alguns momentos, apenas o personagem entendeu algo, que o leitor ainda não conseguiu captar, e eu acho esse tipo de narrativa muito empolgante. O autor tem uma escrita fluída e envolvente. 

Morte lenta tem uma leitura rápida, é um suspense que não vai te deixar desgrudar do livro. Eu gostei bastante da obra, e fiquei empolgada que é apenas o primeiro livro de uma série, já estou muito curiosa para ler o próximo. Gibson é um personagem carismático, e além da facilidade com computadores, ele também tem uma percepção boa de tudo ao seu redor.

A capa deste livro está muito linda. O título é texturizado e o resto da capa é metalizada. A edição está deslumbrante, mas desta vez, eu achei a fonte pequena. Não é nada que atrapalhe tanto assim a leitura, mas é impossível não se surpreender, pois a editora sempre traz uma fonte um pouco maios. Se você procura uma leitura envolvente e cheia de ação, Morte lenta é a recomendada. 

15 comentários:

  1. Olá Andressa!
    Esse tipo de livro não é bem meu estilo, Ação policial, sem contar que fico louca com conspirações, não me aguento de raiva para ver os vilões se ferrarem. Fiquei um pouco curiosa e ansiosa para ver o Gibson se vingar das injustiças contra ele e também descobri o que aconteceu com a filha do vice-presidente, mas não sei se essa seria uma estória que prenderia minha atenção. Enfim, beijos Andressa

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa, tenho procurado mais sobre suspenses policiais ultimamente,tanto pra variar nas minhas leituras quanto pelo fato que temos tido ótimos lançamentos e esse parece ser um deles. A resenha tá bem empolgante e gostei muito de saber que o livro tem uma leitura fluida e cheia de reviravoltas e ação. Já tá na lista e espero poder lê-lo logo logo ;)

    ResponderExcluir
  3. Apesar de não ter costume de ler livros com as temáticas, suspense investigativo, da para perceber que o autor construiu uma trama envolvente, ainda mais pelo fato de haver várias pistas, que no decorrer da estória vão se encaixando como um quebra cabeça, e acaba nos surpreendendo durante a leitura. Realmente a capa dessa obra está lindíssima, e é impossível passar despercebido.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro livros policias. Não sou de ler muitos, mas quando escolho um sei que vai ser arrebatador, porque geralmente me guio muito pelas resenhas. A sua mesmo m deixou bem curiosa, esse livro parece que prende o leitor e você quer saber mais e mais a cada página.. Gostei bastante da indicação, não conhecia essa série ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Apesar de não curtir muito suspenses (meu coração não colabora), fiquei curiosa em relação a essa história.
    Já quero saber o desfecho dessa investigação, o que aconteceu com a garota, o que vai acontecer com o investigador e blábláblá... rsrs
    Achei a capa super interessante, chama demais a atenção.
    Sério, sua resenha me deixou animada pra ler essa obra!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Andressa!
    Amo livros de suspense, investigações, e esse parece ser dos mais tensos, deixando o leitor encontrar algumas respostas apenas no finalzinho. E é bacana ver um ''detetive'' fora dos padrões rs Amo reviravoltas e surpresas, então acho que irei gostar bastante da trama.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Com suspense e muitos perigos, isso já me convenceu. Ultimamente tenho visto varias resenhas sobre esse livros e a cada uma que leio a minha vontade aumenta. Concordo sobre a capa, e fico feliz que é muita leitura rapida.

    ResponderExcluir
  8. Olá Andressa,
    Já tinha lido uma resenha sobre esse e me encantou pela historia dele, amo muito investigação, misterio e tenta descobrir o que aconteceu.. Gostei bastante dele e quero ler para tenta descobrir o desfecho da trama. Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  9. Oi Andressa,
    É um thriller policial, mas que trás muitos elementos na trama como questões políticas e traumas não superados. É uma ficção, mas o autor foi além ao explorar temas bastante reais como o desaparecimento de jovens, o favorecimento de quem poder e a dificuldade de seguir em frente quando uma tragédia acontece. Gostei de saber que Morte lenta faz parte de uma série e acredito que tem tudo para conquistar os leitores do gênero.

    ResponderExcluir
  10. Andressa!
    Gosto demais de romances policiais, carregados de suspense e cheio de reviravoltas, fico acompanhando cada detalhe para ver se consigo desvendar o mistério.
    Bom ver que tem alguns flashbacks, porque como se passaram 10 anos, saber um pouco dos fatos anteriores, ajuda a ter uma visão mais ampla da história.
    Gostaria de poder apreciar a leitura.
    FELIZ DIA DAS MÃES!
    “Sê humilde para evitar o orgulho, mas voa alto para alcançar a sabedoria.” (Santo Agostinho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. eu adoro livros com romances policiais
    já fiquei aqui só pela sua resenha desesperada para saber o que foi que aconteceu e uma história que aconteceu tanto tempo antes o recurso do flash back é bastante importante
    deve ser angustiante ver o personagem entender algo e você não..
    por na minha lista de desejados

    ResponderExcluir
  12. Ai, amo demais esse gênero!
    Já coloquei na lista de leitura ;)
    Achei linda a capa, me chamou muito a atenção.
    Não tive a chance de conhecê-lo antes... muito obrigada pela indicação ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Lendo a resenha fiquei bem curiosa para poder ler esse livro, parece ser uma historia bem envolvente e com uma mistério que nos faz ficar grudados nas paginas, gostei muito de todo esse enrendo e estou bem curiosa para saber mais, parece que o autor consegue criar uma trama bem elaborada e que nos prende, se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Dessa!
    Tenho tentado dar mais chance à romances policiais e thrillers esse ano, e esse tem uma premissa bem intrigante mesmo, principalmente pelos personagens ao redor do protagonista que não querem que o caso seja desvendado, o segredo por trás disso tudo deve ser mesmo grande e intenso de se descobrir, e não nego que fico curiosa. Mas infelizmente, ainda assim, não me atraiu de fato à pensar em fazer a leitura por hora. Ainda assim, guardarei a dica, até porque ao envolver questões como computação e o fato do personagem ser tão bem desenvolvido e carismático me deixaram positiva de que deve ser mesmo uma ótima leitura - ainda mais sabendo que flui bem, mesmo com flashbacks; sempre que encontro esse recurso fico com medo de arrastar a leitura, mas bom saber que não é o caso de Morte Lenta. Quem sabe um dia não leia? De qualquer forma, valeu a dica de novo!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  15. .... Tive já vontade de comprar o livro e ler e acabei desistindo por causa dessa capa tosca e sem graça, não sei em quantas esparrelas eu já caí por causa de ver isso, achar aquilo, e afinal de contas não vi graça na leitura. Há bem pouco eu comprei e li o livro O Casal que Mora ao Lado, tudo apontava para aquela mega história e no final das contas eu me decepcionei e não vi tanta graça assim como achei que poderia ser. De qualquer modo, creio, diante de resenhas assim, quem sabe eu mude de ideia, não é???

    ResponderExcluir