segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

[Resenha] Coração de aço

|
Autor: Brandon Sanderson
Páginas: 392
Editora: Aleph
Série: Executores, 1
Tudo começou com Calamidade, que surgiu nos céus como uma estrela de fogo, e que ninguém sabe o que é realmente: seria algo alienígena, ou então um experimento do exército norte-americano? Seus efeitos, entretanto, podem ser sentidos algum tempo após seu surgimento: pessoas comuns passam a ter poderes que desafiam as leis da física e da lógica. Parece que uma nova era está para surgir. E surge: os nomeados Épicos não apenas se tornam poderosos, mas também ganham uma sede insaciável de poder e parecem perder toda sua humanidade no processo, deixando o resto da população à mercê de suas vontades e caprichos. Dentre eles o mais poderoso é Coração de Aço, um ser invulnerável a qualquer tipo de ataque e com capacidade de manipular e transformar objetos inorgânicos em metal, que decide tomar a cidade de Chicago e ali estabelecer seu império.
Dez anos se passam e os Épicos governam com poder absoluto, com todos os direitos e nenhum dever, se apossando de tudo o que querem a seu bel-prazer, e matando aqueles que ousam desafiá-los. Não existe nada e ninguém que possa impedi-los. A exceção a essa regra são os Executores, humanos normais, munidos de tecnologia de ponta que se utilizam de táticas de guerrilha para derrubar e matar o maior número possível de Épicos. O sonho de David, um jovem criado em um orfanato/fábrica de Nova Chicago é juntar-se aos Executores e destruir Coração de Aço, o homem que matou seu pai e mudou sua vida para sempre.


Coração de aço é o primeiro volume da trilogia Executores, do autor Brandon Sanderson. Eu li o primeiro livro da série Mistborn do Brandon, e simplesmente amei sua escrita. Então, eu estava bem ansiosa por esse lançamento. Eu adoro histórias de heróis com poderes e tudo mais, e realmente assim que vi o título e a capa da obra achei que se trataria disso, porém, o autor nos surpreende com um enredo onde as pessoas com poderes são vilões. Iniciei a leitura sem reler a sinopse, então não lembrava de quase nada da história, por isso, fui extremamente surpreendida com tudo o que eu encontrei. Dizer que o livro é maravilhoso é pouco, tanto que, é até difícil fazer uma resenha boa o bastante, está bem difícil...

O livro inicia com uma cena de alguns anos antes, logo que os Épicos surgiram, e mostra o dia em que o pai de David foi assassinado por Coração de aço. Após isso, Coração de aço domina Chicago, sendo um dos mais poderosos, ele faz com que até mesmo outros Épicos realizem suas vontades. David então está mais velho, e a cidade mostra-se um caos completo. Algumas pessoas ainda têm alguns privilégios, mas nem todos estão salvos das maldades de Coração de aço. O sonho de David é entrar para os Executores, um grupo que tem o intuito de acabar com todos os Épicos, ou quantos for possível.

David tem muita vontade de se vingar de Coração de aço, e sua vida toda se baseia em estudar todos os épicos e descobrir a fraqueza de cada um. Entrando para os Executores ele sabe que terá uma chance maior de derrotar aquele que matou seu pai. E o garoto consegue entrar para o grupo, não é fácil, mas consegue. Percebemos que os integrantes são pessoas comuns, porém, corajosas e que dispõem de uma tecnologia alta que os dá uma vantagem contra os Épicos.


O enredo criado pelo autor faz com que o leitor não queira desgrudar do livro. Eu achei incrível a forma com que ele tratou a questão do "poder". Quem disse que ter poder faz com que todos queiram virar super-heróis? Não. O autor mostra que o poder corrompe as pessoas, e é isso o que acompanhamos: caos, busca por mais poder, destruição e desesperança. Porém, esse cenário não faz com que todos percam as esperanças de que alguém irá salvá-los, temos David e o resto dos Executores para comprovar, e na realidade, são eles que pretendem mudar isso.

A leitura é extremamente fluída, pois a narrativa segue um ritmo constante, com sempre algo acontecendo, e com revelações bombásticas no final. Eu não esperava nada daquilo, e terminei a leitura sem saber como lidar psicologicamente com tudo. O autor tem uma escrita ágil, envolvente, e sabe criar personagens cativantes. Cada um deles, a sua maneira, possui traços marcantes e que fazem o leitor se identificar em algum momento.


Coração de aço é um livro que foge do padrão, além de sua originalidade, o enredo tem uma ambientação muito intensa e sombria. Um dos Épicos deixou a cidade toda na escuridão, há anos não tem Sol, e é incrível que eu li todo o livro imaginando todas as cenas dessa forma: escura, sombria e sufocante. Eu estou ansiosa para ler a continuação, o final deixa no ar aquela dúvida de como tudo irá prosseguir daqui pra frente. 

A edição da Aleph está linda! A capa é perfeita e a diagramação foi feita com carinho, esse livro é maravilhoso. Se você procura uma leitura diferente, que irá te deixar empolgado do início ao fim, recomendo que leia esta obra.

24 comentários:

  1. Olá!
    Também achei essa capa muito bem feita. Daquelas que dão vontade de ter na estante.
    O que mais amo no gênero fantasia é a liberdade que o autor tem para mostrar sua criatividade. Tenho certeza que a visão de Chicago do autor é única, uma cidade já envolta em histórias reais que mais parecem enredo de fantasia
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa, tenho que confessar que ao ver essa capa em alguns sites achei que se tratava de um quadrinho e ainda não tinha lido nenhuma resenha ou mesmo a sinopse do livro e gostei muito do que li aqui, a história parece ser original e bem diferente do que tenho lido, uma fantasia e tanto e fiquei bem interessada. O autor tratar sobre o fato do poder corromper as pessoas é bem interessante e se pensarmos bem uma critica atual, afinal temos muitos exemplos de pessoas a quem são dados poderes para ajudar a sociedade e no entanto o que ocorre é a corrupção. Ótima dica e se tiver a oportunidade vou querer ler sim ;)

    ResponderExcluir
  3. Uau, nada sabia sobre esse livro. Julguei pela capa e achei que se tratasse de outra história sobre super-heróis. Que bom que me enganeeeeei. Curti saber que se tratam de vilões com super-poderes. Que medo disso, porque acredito que seria o que aconteceria se alguém descobrisse ter poderes. Não há, entre nós, uma pessoa com a ética dos super-heróis que deseje proteger inocentes. Há, sim, pessoas dispostas a protegerem a si mesmas e aos seus somente. Vou ler, com certeza! Gostei de ver que o protagonista é alguém comum, tentando se vingar pela morte do pai.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parece ser uma história cheia de ação e aventura. Essa é a primeira vez que eu vejo, um personagem com poderes sendo o vilão e realmente isso me chamou a atenção. Eu ainda não tinha ouvido falar desse autor, mas já amei.
    Amei sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler Coração de aço, mesmo não conhecendo a escrita do autor. Também amo livros com poderes, e nunca li nada sobre um vilão super poderoso. Não li Mistborn, mas só ouso comentários positivos sobre como a escrita do autor é fluida, e como ele sabe detalhar cenas de ação e explicar o que está acontecendo. Pela resenha já pude perceber que a história foge do comum e que preciso ler!

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Quando vi a capa pensei ser um livro sobre o Batman ;-;

    Li a sinopse e fiquei meio receoso, muita informação para um livro só, mas a sua resenha mandou embora esse pensamento, foram tantos elogios ao conjunto da obra em si que não tem como ficar com medo de não gostar do livro :3

    O que mais achei interessante - além de ter heróis - é o fato de você ter mencionado que o autor explora esse lado negro do que é ter um devido poder, o que quase nunca vejo em obras literárias e no ramo cinematográfico. Eu quero ler, a trilogia já foi para a listinha. ❤

    Abs!

    ResponderExcluir
  7. Oi Andressa.
    Não tinha ouvido falar sobre esse livro!
    O autor realmente criou uma história original, pois geralmente quem tem superpoder é um dos "mocinhos" e não um vilão.
    A leitura parece ser bem elétrica, com muita ação e reviravoltas.
    Já coloquei na minha lista de desejados!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Outro livro que está na minha wishlist, logo quando fiquei sabendo sobre o que se tratava. Confesso que não sou uma fã de livros com personagens com super poderes, mas este livro me chamou muito a atenção, e preciso conhecer mais sobre a obra.

    ResponderExcluir
  9. Olhando pela capa (que é linda) achei que se tratava de super-heróis ou algo parecido como o superman. Mas percebi pela sinopse e pela resenha, que não leva para esse lado. Achei legal você destacar que tudo se passa na escuridão, que não existe sol. Isso faz com que só cresça a minha vontade por saber mais sobre o livro que parece ser muito bom.
    Ótima resenha.
    Beijos.
    http://www.livrofilia.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, além de ter uma capa linda a sinopse desse livro conquista qualquer um, a impressão que passa é que a trama é sombria (adoro). Tenho certeza que a trilogia será maravilhosa. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Dessa!
    Desde sua divulgação eu estou com vontade de conferir essa leitura. Normalmente não dou muita atenção aos livros da Aleph, não fazem muito o meu estilo de leitura, mas tem sido uma feliz exceção e, agora, depois da sua resenha, mal posso esperar por fazer a leitura! Essa atmosfera mais densa e toda a abordagem sobre o quão podemos ser corrompidos pelo poder é definitivamente algo que foge do padrão comum das histórias de heróis e vilões e, portanto, muito bem vinda. Parabéns pela ótima resenha, e valeu muito (o reforço da) dica.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas infelizmente ele não me chamou tanto a atenção. Fantasia não é meu gênero favorito, então vou passar a dica para meu irmão, que adora o gênero.

    ResponderExcluir
  13. Oiii!

    Por não ser bem meu estilo, eu não sabia sobre a obra e nem fazia muita questão de conhecer, porém, sua resenha tá tão bem escrita que me encantei.
    A capa está linda e parece uma boa obra!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Olá tudo bem?
    Adorei conhecer um pouco sobre Coração de Aço e me chamou muita atenção o fato de os vilões é que tem poderes e como você foi surpreendida por isso. Me interessei também pelo fato de a escrita do autor ser tão viciante que o leitor não consegue desgrudar do livro. Com certeza eu leria!
    Sua resenha ficou maravilhosa, sempre que leio uma resenha sua aumento minha lista de leituras kkk
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Olá...
    Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro, mas parece ser realmente sensacional... É tão bom quando uma leitura nos envolve e nos surpreende positivamente... Fiquei curiosa para ler esse livro e também tentar visualizar cada cena em um ambiente escuro e sombrio... Com certeza quero fazer essa leitura em breve...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  16. Gosto muito de livros de poderes *_*
    Essa de que pessoas com poderes são os vilões é um diferencial e tanto, não conhecia Coração de aço, mas gostei muito da resenha

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    eu já tinha visto esse livro por ai mas nunca tinha lido uma resenha sobre ele e olha que resenha ein?! Adoro esse tipo de enredo e a forma como falou de como o autor aborda esse contexto de super-herois de uma forma inovadora me faz querer lê-lo desesperadamente (ou nem tanto).
    abraços!

    ResponderExcluir
  18. Oi Dessa, sua linda, tudo bem?
    Estou sempre procurando por leituras fortes, originais, essa são as melhores. Não conhecia esse livro, mas o catálogo da Aleph é excelente. É comum nas histórias de heróis com poderes, a velha máxima de que o poder traz uma grande responsabilidade. Sacrifícios serão necessários e com certeza essas pessoas serão testadas e terão que tomar decisões muito difíceis. Por isso é fácil que a maioria seja corrompida. Adorei essa trama da busca pela vingança daquele que matou seu pai. E pela forma como esse livro lhe envolveu, tenho certeza de que é uma obra incrível. Não vejo a hora de ler!!! Sua resenha ficou ótima!!!

    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. David me lembrou muito o Batmam, assim como na historia do Batman no Coração de aço David que se vingar. Nunca li livros com super heróis, além de historia em quadrinhos. E muito dificulta de imagina as lutas, por exemplo? Já nas historias em quadrinhos já possui os desenhos, e fica fácil a criação da nossa imaginação. Enfim, criei bastante expectativas sobre o livro, pois gosto de super heróis, de super-poderes e afins. Por isso, acredito que essa leitura agradável pra mim por gosta desse mundo. O unica desafio mesmo será não ter imagens hahah, mas vamos ver o que acontecer, já coloquei na minha lista de leitura

    ResponderExcluir
  20. Já tinha lido algumas resenhas sobre essa história e fiquei bem curiosa sobre o livro. Achei bem interessante o autor do livro colocar que como as pessoa podem mudar de atitudes quando o poder e dado a elas. Sem dúvida esse primeiro livro foi um sucesso e espero que a sua continuação seja da mesma forma.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Eu já estou a um tempo bastante curiosa com Coração de Aço. Queria muito entender a história e ver como o autor criou o vilão. Adorei a sua resenha e as fotos. Só conhecia a capa e parece ter uma diagramação linda.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  22. Andressa, não sou muito de ler livros desse estilo mas esse parece ser esplêndido!
    Gostei da forma em que o autor usou o protagonista para vingar a morte do pai, logo lembrei rapidamente do Batman. A parte gráfica está incrível, nada a declarar sobre.
    Espero poder ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Já tinha visto esse livro, mas ainda não tinha parado para ver sobre o que era a serie e lendo a resenha ela me surpreendeu muito, gostei muito da ideia do enrendo e como o autor discute essa ideia de herói e poder, parece ser um livro leve, envolvente e surpreendente e se tiver oportunidade quero muito ler !!

    ResponderExcluir
  24. Gosto de livros de ação e aventura, mas esse não faz meu gênero. É muito fantasioso para mim.

    ResponderExcluir