domingo, 22 de janeiro de 2017

[Resenha] O grande Gatsby

|
Autor: F. Scott Fitzgerald
Páginas: 204
Editora: Geração Editorial
Obra-prima de F. Scott Fitzgerald, este clássico do século XX retrata a alta sociedade de Nova York na década de 1920, com sua riqueza sem precedentes, festas nababescas e o encanto das melindrosas ao som do jazz. O sol em ascensão desse universo cintilante e musical é o enigmático milionário Jay Gatsby, ao redor do qual orbitam três casais glamorosos e desencontrados, numa trama densa, repleta de intrigas, paixões e conflitos que precipitam o trágico eclipse. Recriação soberba de um dos períodos mais prósperos da história dos Estados Unidos, O grande Gatsby é uma crítica mordaz à insensibilidade e imoralidade revestidas de ouro da chamada Era do Jazz, e um dos melhores romances — talvez o melhor — já escritos nesse país.




Gosto muito de ser surpreendida por um livro, principalmente por um clássico da literatura. Eu levemente sabia do que se tratava o livro, mas não esperava um romance romântico. Jurava que o Gatsby fosse apenas um fanfarrão, mas não um personagem tão misterioso que pode enganar à primeira vista se você se deixar levar só por resumos e filmes, pois é no livro que você percebe toda a verdade escondida por trás de um cara incompreensível aos olhos dos outros personagens, e até para o narrador da história que não o suporta e já deixa claro logo de início.

Ao mesmo tempo que O Grande Gatsby - primeiro livro do F. Scott Fitzgerald que leio e o mais famoso deste autor - parece simples na construção do enredo, as 200 páginas foram capazes de mostrar todo um panorama da época, onde os acontecimentos narrados pelos olhos de um rapaz que está começando a vida em Nova York - Nick Carraway - pode parecer apenas o relato da vida de luxo, festas, bebidas e sonhos de conquistas do povo americano, com jovens materialistas aproveitando suas vidas no pós-guerra; no fundo, cheio de simbolismos e metáforas, isso pode passar batido, se somente focarmos no quão intragáveis e difíceis alguns personagens se tornam com o passar das páginas.

O Fitzgerald usou em sua obra elementar, com a experiência de uma vida cheia de festas, bebidas, e momentos de prazer, ao som de muito jazz ao lado da sua Zelda, pra contar basicamente sua vida e o que ele queria falar da geração que seria considerada "perdida" com o passar dos anos.

Gatsby sonhou tanto e criou um mundo para ele; deu festas e montou um cenário perfeito para rever o que ele deixou no passado, mas quando finalmente o que ele tanto planejou, aconteceu, as coisas não puderam seguir o mesmo rumo, pois muito do que ele esperava da pessoa que ela era quando ele a conheceu, não continuava igual; assim como ele.

Não quero dizer o quê e o porquê das coisas, pois espero que você mergulhe no livro sem saber muita coisa, pois ironicamente eu peguei um spoiler desse livro lendo um outro livro, então comecei a leitura já sabendo do seu desfecho, mas se você prestar atenção, o próprio narrador já fala que nada termina bem para o Gatsby.

Jay Gatsby é um personagem fácil de gostar, assim como o Nick. Eles se tornam vizinhos e isso os aproxima, mas o problema são os outros e a forma como algumas atitudes e ações desses outros personagens afetarão para sempre a vida dos vizinhos de gramado.

Não sei bem como definir, mas um livro se torna clássico, pois além do que está escrito - um homem em busca de um amor do passado - acaba mostrando mais do que aparenta: as pessoas que estavam se formando naquela época no país; a base do crescimento intenso que os EUA viveria e que logo deflagraria na crise do capitalismo americano, onde as oportunidades - que foram crescentes para alguns - se tornariam escassas para todos. 

Um livro fundamental, onde eu meio que peguei pra mim essa ideia de: você tem que saber onde pisa e o que almeja, pois no fundo todos buscam alguma coisa, mas cada um dá importância com base naquilo do que se é por dentro. Se a importância dessa busca é real pra você ou apenas uma forma de mostrar para os outros que você é igual a eles, então você precisa pensar muito antes de agir, e mesmo assim vai cometer erros.

25 comentários:

  1. Confesso que não costumo ler clássicos da literatura, portanto quando comecei a ler sua resenha imaginei que não me interessaria pela leitura, porém me vi surpreendida por um livro tão envolvente. Por não conhecer muito sobre essa história e os personagens acho que esse e um livro pelo qual deveria me aventurar.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dranda!
    Faz um tempinho que comprei esse livro. Uma edição linda de capa dura. <3
    Pretendo ler em breve. Sua resenha me deixou mais curiosa, pois eu acreditava que o livro seria um pouco tedioso por conta da linguagem.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Não li o livro nem vi os filmes rsrs
    Na verdade não tenho vontade. As resenhas que li sempre são positivas mas não consigo me atrair por esse livro

    ResponderExcluir
  4. Olá
    O que falar desse livro cume nunca li mas já guardo muita paixão para o mesmo? Eu vi o filme interpretado pelo Leonardo di Caprio e achei muito massa. Fiquei sabendo que o filme foi baseado em livro quase dois meses depois de ver o filme kkk. Enfim,,adorei a sua resenha e espero gostar tanto do livro quanto do filme. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Até hoje nunca consegui finalizar um clássico, tenho muita vontade em ler livros clássicos, mas nunca engrena a leitura. Ainda não assisti o filme e nem li o livro, vejo muitos comentários bons, no entanto não me senti atraída por esse livro ainda, por isso deixarei a dica mais para o futuro.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiee Dandra ^^
    Eu sempre vejo menções desse livro em outros livros (adoro personagens que adoram literatura...haha'), mas nunca tinha sentido vontade de conhecer a história antes. Sua resenha me fez mudar de ideia. A forma como você falou do personagem, destacando suas qualidades, me deixou curiosa. Já tinha visto sobre o filme antes, mas acho melhor o livro primeiro, né?
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Nossa, faz um tempinho que li o livro, to precisando reler. Eu adoro clássicos, mas tenho lido pouco. Esse livro foi um misto de sentimentos para mim, eu gostei, mas detestei algumas partes, porque o protagonista é difícil. Concordo contigo em muitos pontos. parabéns pela resenha. :)

    bjs!

    ResponderExcluir
  8. Que capa maravilhosa. Nunca tinha vistou ou ouvido falar desse livro, mas confesso que depois da sua resenha o enredo me pareceu bem instigante. Adoro romance com intriga. E é bem pequenininho, 200 páginas, dá pra ler em um dia. Ele tem continuação? Por que você falou que viu spoiler, fiquei curiosa. Não que eu goste de spoiler, odeio! Kkkk

    ResponderExcluir
  9. Eu não imaginava que essa história fosse relacionada com romance também, rs. Realmente é um livro clássico que as pessoas comentam muito. Tem até o filme com o DiCaprio mas que não assisti, mas tenho vontade. Fiquei bem curiosa para conhecer toda jornada dele.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Realmente é bom ser surpreendida por um livro. É ruim mesmo pegar spolier, ainda bem que você não colocou e deixou para a gente mergulhar na história. O livro parece ser interessante, e pela sua resenha mostra como você realmente gostou do livro. Anotei a dica. Beijos'

    ResponderExcluir
  11. Só por saber que há uma crítica social, já o olhei com outros olhos! *.* Não sei se vou gostar da leitura, mas com certeza vou ler! Parece que o conteúdo é muito interessante e a leitura é dificíl, mas acredito que irá valer a pena (espero kkkk). Bjus!

    ResponderExcluir
  12. confesso que ainda não conhecia o livor, mas os temas tratados nele tem um cunho pessoal enorme e consegue me fazer querer lê-lo. Gosto de clássicos, eles sempre trazem melhor conteúdo do que muitos de hoje em dia. Pretendo conhecer este livor mais profundamente, o cunho histórico dentro da narrativa é bem interessante.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Sempre quis conhecer esse do F. Scott Fitzgerald, mas acabou que nunca tive a oportunidade de ler e também não assistir ao filme O Grande Gatsby, mas esse livro está na minha lista de leitura e quero ler ele ainda, achei bem legal saber que temos um personagem que nos apresenta muito mais do que esperamos, estou bem curiosa para poder essa historia !!

    ResponderExcluir
  14. Primeira vez que li uma resenha sobre o livro e gostei dele. Os pontos que mais chamaram minha atenção foi o fato de que o mesmo se tornou um clássico e que aborda coisas que vão além do que aparentam. Enfim, espero um dia ter a oportunidade de ler e gostar assim como você.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oiii! nunca tinha ouvido falar do livro e nem do autor, confesso que não gosto muito de clássicos, mas confesso que o livro ate despertou minha atenção, e a mensagem que você tirou dele é realmente muito importante, fico feliz que o Gatsby é facil de gostar, e lendo a sinopse parece ser um livro bem chatinho, mas através da resenha da pra ver q o livro vai mais além do que as coisas aparentam, e também gostei de saber que ele não era esse fanfarrão que pensava !

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Lendo a sua resenha a impressão que ficou em mim é que esse livro tem uma grande mensagem nas entrelinhas, algo que o leitor tem que ficar atento para pegar. Eu estou com um projeto de ler um clássico por bimestre, talvez eu consiga coloca-lo mais para frente.

    ResponderExcluir
  17. Eu gosto muito de livros que vem com um cenário antigo e de uma época que teve tava história pra contar. Ainda mais quando autor consegue expressar e escrever de um certo modo que a gente possa saber tudo o que se passa. Com certeza é clássico que merece ser lido!

    ResponderExcluir
  18. Gostei da resenha, realmente o livro é um clássico né, ainda não vi ao filme e nem tive a oportunidade de ler, parece ser bom, e fico feliz em saber que o livro é um romance romântico hahaha, espero gostar e conhecer melhor o Gatsby.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  19. Essa capa é maravilhosa!

    Até hoje só vi o filme, mas tenho muita vontade de pegar o livro para lê-lo, deve ser mais incrível ainda.

    É muito bom quando um livro nos surpreende! Ainda mais com tantas reflexões e sentimentos que nos causa.

    Ótima resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  20. Dandra, ainda não havia lido nenhuma resenha desse livro, estava pensando em ver o filme porque tem o Leonardo DiCaprio haha ♥, mas nem cheguei a assisti-lo, mas posso que você me deixou bem curiosa sobre o que aconteceu com o Gatsby. Como uma das minhas metas de leitura esse ano é ler um clássico, irei inclui-lo na lista.
    Todo esse cenário antigo é tão incrível quando se retrata em um livro, quando nós mesmo o montamos é a parte mais divertida.

    ResponderExcluir
  21. Não sabia que esse livro tinha um romance romântico, fiquei mais animada agora pra ler. Vou tentar ler futuramente e espero gostar. E adorei "até o narrador da história que não o suporta e já deixa claro logo de início".

    ResponderExcluir
  22. Eu nunca dei muita bola para esse livro e me parece que fiz uma enorme besteira em não ter dado uma chance à ele antes do assistir o filme...
    E olha que mesmo com minha paixão pelo DiCaprio, somente esse ano que vi a adaptação - que eu curti, mas ela meio que entrega alguns spoilers como o final do Gatsby...
    Mesmo assim, finalmente fiquei curiosa e querendo conhecer melhor a história - que deve ser ainda mais incrível do que percebi ao ver o filme :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  23. Olá
    eu quero muito ler e ver o filme mas ainda to criando coragem e tempo pois parece algo mais exigente do que leio haha muito legal sua resenha e dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá! Eu fico muito mal em dizer isso, porém eu simplesmente tenho um problema com clássicos, a leitura nunca engrena e eu acabo desistindo antes mesmo da metade do livro :( Não conhecia essa obra, na verdade, nem o filme, rs. Mas devo dizer que lendo a sua resenha me interessei muito por ela, ainda mais por saber que existe uma crítica social por trás dele.

    Beijos,
    Blog Anne & Cia.

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Sempre tive uma certa curiosidade em ler esse clássico, mas para ser sincera eu não me pego sentindo vontade em ler ele no momento. Talvez porque não estou pronta para enfrentar um clássico dos bons, na hora que eu amadurecer mais minha mente, com certeza irei correr para lê-lo. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir