terça-feira, 22 de novembro de 2016

[Resenha] Oráculo

|
Autora: Jackie French
Páginas: 256
Editora: Fundamento
Série: Oráculo, 1
AS PALAVRAS PODEM MUDAR O DESTINO? Uma pequena aldeia na Grécia antiga. É onde Nikko e sua pequena irmã, Thetis, nasceram. Mas eles estão destinados a coisas muito maiores do que serem simples pastores de cabras. Thetis é abandonada pelos pais logo depois de nascer, mas Nikko a resgata e promete cuidar dela para sempre. A menina cresce sem dizer uma palavra até os 5 anos, quando o dom da fala lhe é concedido. Mas tem um detalhe: ela só diz a verdade. E isso pode ser um grande problema! Um belo dia, a chegada de coletores de impostos muda completamente a vida dessas duas crianças. Elas são vendidas para um animador do rei e se tornam acrobatas para divertir a corte de Micenas. Será que esses dois irmãos terão talento suficiente para cair nas graças do Grande Rei ou irão falhar na hora mais decisiva de suas vidas? Será que Thetis continuará falando a verdade ou irá se calar para sempre? A incrível jornada de dois irmãos determinados a sobreviver de qualquer maneira começa agora.

Oráculo é o primeiro livro da trilogia de mesmo nome, e apresenta ao leitor uma história marcante, com uma ambientação incrível e personagens cativantes. Quando eu li a sinopse fiquei muito encantada por tudo, eu só fiquei triste que a obra tem um pouco mais de cem páginas, confesso que tive receio de que o enredo não fosse desenvolvido muito bem. Como é o primeiro livro, ele é bem introdutório e não tem grandes reviravoltas, mas, a autora consegue em poucas páginas envolver o leitor. 

Nikko, certa noite, vê que o pai está levando sua irmãzinha que recém nasceu. Ao perguntar para o irmão mais velho o que vai acontecer, descobre que meninas não são muito desejáveis, pois não ajudam no trabalho mais pesado, e seria necessário gastar com dotes para conseguir um marido futuramente. É chocante ver o pai se desfazendo da filha sem nenhuma piedade. Nikko mesmo sendo muito pequeno, vai até o local em que a irmã é largada e a salva de ser comida por lobos.

Quando Nikko chega ao amanhecer na vila, e todas as pessoas o vêem com um bebê no colo, seu pai não pode se negar a criá-la. A criança agora se chama Thetis, e graças a Nikko consegue ter uma vida perto da família. Porém, seu pai nega sua presença, ainda mais que a menina não fala. Porém, o que falta de amor por parte do pai e irmão mais velho, Thetis recebe da mãe e de Nikko. A mãe visita uma bruxa para que a mesma dê o dom da fala a filha. Porém, só o que sai da boca da menina desde então são verdades, o que a deixa em várias enrascadas.

Certo dia, quando os guardas do rei chegam à vila para recolher os impostos, as crianças acabam conhecendo o animador do rei. O pai delas não pensa duas vezes entre vender os filhos ou que a vila fique isenta dos impostos. Como este ano a colheita foi fraca, toda a vila acha muito bom que ele faça essa troca. É algo cruel com a mãe, mas a mesma não se manifesta muito. Nikko e Thetis passam a treinar para serem os novos animadores do rei. Se eles falharem, virarão escravos.

A história não tem muitas reviravoltas, mas ainda assim consegue ser interessante. Eu acredito que no próximo volume terá muito mais desenvolvimento da premissa criada pela autora. Eu gostei bastante da leitura, pode ser feita em poucas horas, e amei Thetis. A menininha é muito fofa e divertida. O relacionamento dos dois irmãos é lindo demais, Nikko protege ela com todo o amor. Eu fiquei aliviada que os dois não ficaram separados.

Apesar de o livro não ter nada de muito extraordinário, consegue ser uma leitura gostosa de fazer, e com um enredo bastante promissor. Eu gosto de leituras despretensiosas e leves, além de rápidas, claro, então gostei bastante deste primeiro volume. Eu estou ansiosa para conferir o próximo e descobrir se os irmãos conseguirão agradar o rei.

A edição da Fundamento está impecável, como sempre, as folhas são amareladas, a fonte tem um tamanho ótimo e a diagramação está incrível. A capa não é uma das mais bonitas da editora, mas consegue dar um ar de mistério. Esta obra é bastante juvenil, e como eu adoro o gênero, gostei muito de tudo. Recomendo!

7 comentários:

  1. Gostei bastante dessa sinopse,e nunca tinha visto esse livro em nenhum lugar,deve ser porquê os livros da Fundamento são poucos conhecidos.
    A historia me agradou muito,pois acho que a personagem principal é uma personagem fortíssima, uma coisa que eu adoro demais.Gostei também de não ter nada envolvendo romance,coisa que não sou muito fã, pois muitas vezes é algo forçado.
    Vou anotar aqui pra listinha da BF.

    ResponderExcluir
  2. Oi Andressa!!
    Fiquei curiosa com esse livro, que pelo jeito só foi uma introdução da história que há por vir.
    Confesso que achei um pouco estranho o pai se desfazer da filha e rapidamente mudar de ideia, só porque seu filho pequeno volta com ela nos braços. Acho que tem alguma coisa aí rsrs.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Quero saber quando é que as mulheres vão ser importantes pro andamento da coisa e os homens é que vão ser descartados hahaha sempre é assim nesse tipo de história. Mas a premissa não deixa de ser interessante e fiquei bem curiosa pra conhecer a menininha.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Achei a capa interessante e parece combinar com a história. Eu não tenho o hábito de ler fantasia. O primeiro volume de séries e trilogias costuma ser bem introdutório mesmo, sem muitas revira voltas e se a história consegue prender bem o leitor, foi um trabalho bem feito. Também gostei de saber que se trata de uma leitura rápida, adoro livros com essa característica.

    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oieee...ainda bem que esse é um livro rápido de ler e cheio de personagens incríveis com uma história promissora, gostei da resenha e vou adicionar ele na minha lista de desejados, pretendo seguir essa série.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Andressa, achei bem interessante esse livro, fiquei bem curiosa com o destino dos irmãos. Também gosto muito desse gênero juvenil. A Capa não é uma das mais bonitas mas achei ele interessante.
    Ansiosa para lê-lo!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  7. Oi Dessa, sua linda, tudo bem?
    Concordo com você que essa capa tem um tom, um ar de mistério. Já fiquei chocada com a atitude do pai deles, como assim dar a criança para os lobos, só porque ela é menina??? É muita crueldade mesmo. Já vi que irei me apaixonar é pelo imrão dela, achei lindo ele salvando-a primeiro e depois a amando e lhe protegendo. Nao conhecia o livro, mas vai para lista com certeza!!!
    Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir