quinta-feira, 16 de junho de 2016

[Resenha] Star Trek: Portal do tempo

|
Autora: A. C. Crispin
Páginas: 256
Editora: Aleph
Série: Passado, 1
Capitão Kirk, Spock e dr. McCoy descobrem que, durante uma viagem ao passado, Spock teve um filho. Agora, estão prestes a viajar mais uma vez através do portal do tempo a fim de resgatar esse filho, antes que seu planeta seja destruído. Resgatado, o garoto tentará aprender tudo sobre a Federação e sobre a cultura vulcana, enquanto a tripulação da Enterprise o conhece e se acostuma à sua presença. Mas seus dias de aprendizado são interrompidos quando uma invasão romulana pode mudar perigosamente o curso da história.



A Aleph não se contentou em ser lacradora lançando diversos livros de Star Wars, e resolveu também relançar Star Trek: Portal do tempo, o que nos leva a imaginar que vai ter mais obras dessa saga, eu espero! Sério, é muito amor por essa editora. (Vida longa e próspera. ♥) Sinceramente, eu não conhecia absolutamente nada da trama de Star Trek. Nunca assisti a série, nem os filmes, mas claro que, já havia visto imagens do famoso Spock e seu cumprimento. Eu não conhecia a trama mais por falta de oportunidade mesmo, então quando soube que a editora iria relançar essa obra, meu lado que ama ficção científica ficou todo faceirinho. 

A obra é tão curtinha que deu até tristeza, porque a história é muito empolgante e fácil de se envolver. Eu queria mais! Normalmente obras de ficção são meio confusas no início, mas em Portal do tempo desde o início consegui compreender tudo, a narrativa da autora é simples, o que nos leva a uma história dinâmica, mas com reviravoltas interessantes. É tudo muito viciante, confesso. Esta é uma obra excelente para quem não conhece muito o enredo, mas eu acabei ficando um pouco chateada de não entender algumas referências ou saber sobre situações que os personagens passaram anteriormente. 

Spock descobre que sua viagem no tempo a um planeta que não existe mais atualmente lhe rendeu um filho. Seu envolvimento com Zarabeth, uma nativa, ocorreu por conta de algum problema nessa viagem, já que vulcanos são extremamente desprovidos de sentimentos fortes assim. Spock precisa voltar novamente a este planeta e resgatar seu filho, Zar, antes que ele seja destruído pela explosão. O vulcano esperava resgatar uma criança, no entanto, o portal o leva muito tempo depois e lhe mostra que seu filho já é um homem crescido, e bastante parecido com o pai.

É interessante o relacionamento de Spock e Zar, pois por Zar ser metade vulcano, metade humano, ele espera uma relação diferente com o pai, e quando descobre que não terá isso, muda completamente sua forma de agir. Essa falta de afeto por parte de Spock faz Zar se sentir um pouco desamparado, parece que ele nunca estará a altura dos costumes vulcanos, e do próprio pai.

Spock é um personagem interessante e curioso, ao mesmo tempo que sinto essa necessidade de que deveria ter conhecido ele melhor por conta da série, fico contente de ter as primeiras impressões dele com essa trama. Eu quero muito conhecer melhor os vulcanos e sua cultura, que parece fabulosa e muito diferente. Sobre a história: é claro que ela não se baseia apenas em relacionamento pai-filho, e nem no aprendizado de Zar. Há também um confronto entre os romulanos e a Enterprise, o que tornou a leitura ainda mais viciante e sensacional. 

Meu primeiro contato com Star Trek foi incrível. Foi uma leitura muito fluída, eu amei a história toda, e mal posso esperar para ter mais livros dessa saga. Vou ser obrigada a assistir nem que seja os filmes! Recomendo!

12 comentários:

  1. oi Andressa! Eu amo a série, os filmes e tal, mas não consigo ler os livros, ainda não sei porque. Acho que tenho medo de não curtir. O Spock é um dos meus personagens favoritos, ele e o Kirk! Deve ter sido bem legal ver um pouco mais da cultura vulcana... to começando a rever minha vontade de não ler haha.
    BJs, Mari

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho problemas com essa série e com Star Wars tb.
    Primeiro que curto os filmes, são magníficos e tal, mas não morro por eles como a maioria das pessoas morre.
    Depois que eu fico com os filmes mesmo e já estou satisfeita, não tenho interesse algum em LER a obra toda, mas acredito que para os fãs de verdade deva ser um aprofundamento absurdo na história.
    Tenho certeza que virão outros milhões desse e fique tranquila, serão vem maiores hahahaha
    Eu, passo por essa. Valeu a dica mesmo assim!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  3. Oiii Andressa, tudo bem?
    Fiquei chocada porque realmente não sabia da existência da obra, sou completamente fanática por Star Trek e com toda certeza está indo para a minha listinha de compras.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá, Andressa.
    Sou meio velha e assisti a série hehe. Eu li uns dois livros dessa série que emprestei da biblioteca, mas pouco me lembro da história, só lembro que gostei. Não sabia que a editora estava relançando os livros, vou comprar com certeza.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andressa!
      Vi esse livro na livraria mas não me chamou a atenção. Esse gênero não faz muito meu estilo, gosto de livros que são mais próximos da realidade cotidiana.Essa coisa toda de portal do tempo, nave espacial e outras galáxias não são meu estilo! Já li muito, hj não mais! Mas conhecendo a livro através da sua resenha, com certeza posso indicá-lo para leitores que apreciam esse gênero!
      bj

      Excluir
  6. Olá Andressa,
    Vou confessar que esse gênero não faz meu estilo, acredito que para os fãs deve ser maravilho, e vou deixar a dica para os entendedores e adoradores da obra.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos,
    www.embarcandonaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  7. Helloo, tudo numa nice?!
    Sério, eu li Star Trek, mas fiquei com Star Wars na cabeça o tempo todo. Concordo com você sobre isso, de livros desse gênero serem um pouco confusos. Eu tive uma experiência de ler um livro de ficção científica e fiquei perdidinha. Eu gosto bastante do gênero, porém. Eu nunca nem assisti ao filme apesar da muita vontade, só para saber porque as pessoas falam tanto e para não ser tão desatualizada. Eu só não sei se leria o livro, porém o filme eu conferiria.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  8. Olá! Esse não é o tipo de leitura que me atrai, pois não curto ficção científica. Mas imagino que, para os fãs, deve ter sido um grande lançamento.
    Que bom que a leitura é fluida e que você fez uma boa leitura.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Andressa!!
    Quando vi que a Aleph ia lançar eu fiquei doida querendo. Tomei susto quando vi a "finura" do livro hahahah.
    Eu gosto muito dos novos filmes, o que me fez gostar bastante de Star Trek no geral. Preciso assistir os filmes antigos e a série, mas é tanta coisa que fico até perdida.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi Andressa!
    Hahaha, eu também não conhecia nada, nadinha a respeito desse universo. Mas meu noivo adora e não tive como não ficar imune já que moramos juntos. Ele me bombardeia de referências e informações e, apesar de eu ainda não ter visto filme/série, já estou por dentro de muita coisa.
    Parece ser um livro legal. Sei que ele (meu noivo) está super afim de ler e estou pensando em comprar pra ele no mês que vem. Aproveito e já leio também. Espero ter uma experiência tão bacana quanto a sua.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Andressa, tudo bem lindona? Sinceramente eu não consigo curtir ficção científica! Meu parceiro do blog amaaa, então com certeza vou indicar, mas dessa vez vou repassar a dica! Assim como vc, também nunca li ou assisti nada de Star Trek, só conheço o Spock de nome mesmo kkkk. Bjão


    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir