quarta-feira, 29 de junho de 2016

[Resenha] O caderninho de desafios de Dash e Lily

| 12 comentários
Autores: David Levithan e Rachel Cohn
Páginas: 256
Editora: Galera Record
Série: Dash e Lily, 1
O novo livro de David Levithan e Rachel Cohn que juntos escreveram Nick e Nora Uma noite de amor e música acompanha a dupla Lily e Dash. Ela está doida pra se apaixonar e, pra encontrar o par perfeito, decide criar um caderninho cheio de tarefas e deixá-lo na livraria mais caótica de Manhattan. Quem encontra o moleskine é Dash, e os dois começam a se corresponder e trocar sonhos, desafios e desejos no caderninho, que vai se perdendo nos mais diversos lugares de Nova York.



O caderninho de desafios de Dash e Lily é uma obra escrita por David Levithan e Rachel Cohn. Eu já havia lido outro livro publicado por esses dois autores, Nick e Norah, no entanto, não gostei tanto assim dessa junção de escritas, e a trama acabou não me cativando. Então, eu confesso que fiquei com certo receio ao solicitar este lançamento mas, como eu achei a trama muito fofa, resolvi dar uma chance mesmo assim. E que bom que eu fiz isso. A obra serviu para tirar a má impressão que eu tive anteriormente, e acabou sendo uma leitura que me surpreendeu bastante.

terça-feira, 28 de junho de 2016

[Resenha] Um chapéu cheio de céu

| 4 comentários
Autor: Terry Pratchett
Páginas: 336
Editora: Bertrand Brasil
Série: Uma aventura da Tiffany Dolorida, 2 (Discworld, 32)
Tiffany Dolorida, alguns anos após suas aventuras no tenebroso Reino das Fadas, deverá colocar seus talentos em bruxaria novamente à prova ao embarcar em mais uma aventura: deixar sua casa e suas terras para trás e se tornar aprendiz de uma bruxa de verdade. Mas o que ela não sabe é que uma criatura incorpórea e sagaz está lhe perseguindo, um ser ancião e incompreensível do qual nem mesmo a Madame Cera do Tempo (a maior bruxa do mundo) poderá protegê-la. Dessa vez, serão úteis as habilidades de roubos, briga e bebedeira dos Nac Mac Feegle, os Pequenos Homens Livres, ou deverá Tiffany depender única e tão somente de si?



Um chapéu cheio de céu é o segundo volume da série Uma aventura da Tiffany Dolorida, e eu gostei muito mais dessa continuação. A nova aventura de Tiffany é muito mais desenvolvida e cheia de reviravoltas. Eu gostei do primeiro, mas agora com a personagem mais certa do caminho que quer seguir foi mais fácil me envolver. Essa série possui em cada livro uma história única com começo, meio e fim, porém, é bastante aconselhável que seja lido na ordem, já que entre as duas obras a personagem tem dois anos a mais.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

[Resenha] O quarto dia

| 10 comentários
Autora: Sarah Lotz
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Em O Quarto Dia, Sarah Lotz conduz o leitor por uma viagem de réveillon que tinha tudo para ser perfeita. Mas às vezes o novo ano reserva surpresas desagradáveis...
Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro.
As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis.
Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.

Este é o segundo livro da autora publicado no Brasil, e apesar de ter o primeiro livro na minha estante, resolvi solicitar e ler esse na frente do anterior. Recentemente fiz uma entrevista para trabalhar em navio, então admito que estou aliviada de não ter sido aprovada. Hahaha.

Apesar da sinopse ir mais para o lado da teoria da conspiração e não revelar praticamente nada, vou tentar dar um gostinho do enredo sem spoiler para atiçar a curiosidade.

domingo, 26 de junho de 2016

[Resenha] Três coisas sobre você

| 11 comentários
Autora: Julie Buxbaum
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.





Assim que eu li o tal e-mail (leia, POR FAVOR) no site da editora, quando estava olhando os futuros lançamentos, tratei logo de colocar esse livro na minha lista de quero ler, pois ficar com um nó na garganta e a curiosidade aguçada por causa de umas poucas palavras lidas, isso só acontecia com a Meg Cabot, e ainda por cima essa capa é muito linda, e é meio emborrachada, e a palavra fofinho sempre me vem em mente por causa da cor da capa e sua textura, rs.

sábado, 25 de junho de 2016

[Resenha] Os pequenos homens livres

| 1 comentários
Autor: Terry Pratchett
Páginas: 304
Editora: Bertrand Brasil
Série: Uma aventura da Tiffany Dolorida, 1 (Discworld, 30)
Um perigo oculto, saído de pesadelos, vem trazendo uma ameaça diretamente do outro lado da realidade. Armada com tão somente uma frigideira e seu bom senso, a pequena futura bruxa Tiffany Dolorida deve defender seu lar contra fadas brutais, cavaleiros sem cabeça, cães sobrenaturais e a própria Rainha das Fadas, monarca absoluta de um mundo em que realidade e pesadelo se entrelaçam. Felizmente, ela contará com uma ajuda inesperada: os Nac Mac Feegle da região, também conhecidos como os Pequenos Homens Livres, um clã de homenzinhos azuis ferozes, ladrões de ovelhas, portadores de espadas e donos de uma altura de mais ou menos quinze centímetros. Conseguirão eles salvar as terras quentes e verdejantes de Tiffany?


Os pequenos homens livres faz parte da série Uma aventura da Tiffany Dolorida, e também do universo de Discworld. Eu nunca li essa série, Discworld, então gostei de saber que a obra poderia ser lida separadamente. Foi uma ótima forma de me inteirar no mundo criado pelo autor, e até mesmo em sua escrita. O que mais me surpreendeu é que a leitura foi extremamente fluída, pois Terry Pratchett consegue envolver e encantar o leitor com uma fantasia maravilhosa e cheia de diversão.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

[Resenha] Sensacionalista

| 9 comentários
Autores: Vários autores
Páginas: 192
Editora: BelasLetras
Você fica on-line e não sabe mais o que é verdade e o que é mentira? De repente você se dá conta de que a realidade parece piada e as piadas poderiam ser reais? Aquele seu amigo depressivo e autodestrutivo exibe uma vida radiante e cheia de significado no Facebook? O apocalipse é um dia sem o Whatsapp? Então seja bem-vindo ao mundo do Sensacionalista, o portal de humor da internet com 2,5 milhões de fãs mais isento que você já conheceu... Depois de ler este livro, você vai ter certeza que, se no futuro alguém resolver estudar nossa geração, pelo menos vai se divertir muito e talvez chegue à conclusão de que tudo não passou de uma grande farsa.

Podem me perguntar se eu moro em uma caverna, mas realmente não conhecia esse site. Quando eu recebi Sensacionalista da editora pela parceria de 2016, não fazia ideia sobre o que era, até que comecei a ler as resenhas que estavam saindo nos outros blogs, e achei simplesmente sensacional (desculpe o trocadilho)! Eu realmente fico abismada com algumas notícias nem um pouco úteis e totalmente desnecessárias que vejo por aí, por isso achei a leitura extremamente divertida.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

[Novidades] Gente e Única

| 1 comentários

Janeiro

O lema não oficial da Guarda Costeira martelava na cabeça de Bernie Webber depois de ter sido convocado para resgatar os tripulantes de um petroleiro que se rompera ao meio, numa das mais aterrorizantes tempestades de inverno da costa norte-americana. As chances de sobrevivência dele e dos três outros jovens que o acompanhariam na missão eram mínimas. Nessa mesma noite, um segundo petroleiro também se partira ao meio a poucos quilômetros do primeiro, e outra equipe de resgate estava em busca dos sobreviventes da outra embarcação. Aquele 18 de fevereiro de 1952 ficaria para sempre na memória de todos os envolvidos.
Horas decisivas é o resultado da extensa pesquisa de dois autores que uniram forças para escrever sobre um dos resgates marítimos mais extraordinários da história. Quase sessenta anos depois daquela noite fatídica, o relato ainda tira o fôlego dos leitores, além de ter inspirado uma superprodução da Disney estrelada por Chris Pine.


Fevereiro


Um pouco mais do que isso é tudo de que você precisa para deixar sua casa limpa e organizada. Parece pouco tempo, mas com as 500 dicas práticas de Donna Smallin seu trabalho vai se tornar muito mais rápido e fácil.













Março


Mais de dois anos se passaram desde que Alice seguiu um Mordedor com orelhas de coelho e entrou em um buraco, o que deu início a uma série de acontecimentos que mudaram a vida dela e a de todos que moram no País das Armadilhas. A Guarda Vermelha resolvera conceder trégua; Alice havia reinstaurado a paz entre humanos e Mordedores e, sob a liderança dela, os humanos tinham conseguido fundar a primeira comunidade real e verdadeiramente organizada desde a Insurreição — uma cidade chamada País das Maravilhas.
Entretanto, o aparente estado de paz é rompido depois de diversos ataques dos Mordedores e Alice se vê rejeitada pelas mesmas pessoas por cuja liberdade ela lutou. Agora precisa voltar ao País das Armadilhas para desvendar essa nova conspiração que ameaça o País das Maravilhas. E fazer isso significa ficar frente a frente com sua maior e mortal adversária — a Rainha Vermelha.
Não é preciso apresentar a Bel e a Fran, autoras deste livro, mãe e filha. Criadoras do canal Bel para Meninas e do Penteados para Meninas, encantaram o Brasil com uma forma de ver a vida de um jeito mais divertido, espalhando a felicidade e a simplicidade.
No mundo da Bel, é possível falar de brincadeiras, comidas e acontecimentos da vida cotidiana com a leveza dos olhos de uma criança. Neste livro totalmente colorido, Bel e sua mãe vão contar suas melhores ideias para estimularem pessoas de todas as idades a se divertirem juntas.



Conquiste aquele cara em 60 dias oferece uma nova perspectiva para o velho problema de relacionamentos. Este livro não é como os outros que você já viu no mercado, pois foi escrito por um “especialista por experiência” que conta suas observações e interpretações das situações pelas quais passou ao longo de sete anos de estudo.
Blake Lavak nos apresenta um livro motivador, inspirador e que nos faz refletir, compartilhando as estratégias que têm sido testadas por um grupo pequeno de mulheres que o autor identificou como especialistas em relacionamentos. Aborda diretamente confusões que surgem para a mulher atual entre feminismo e masculinidade e oferece ações práticas para vencer no jogo mais importante da sua vida. Este livro vai capacitar as mulheres a terem confiança para usar todos os seus pontos fortes no intuito de obter e manter o homem dos seus sonhos.
Uma proposta na qual o autor oferece diferentes técnicas infalíveis e permite que a leitora se adapte e decida, por si própria, quais quer usar. Algumas delas podem parecer chocantes e provocativas, mas seus impactos psicológicos e emocionais sobre os homens são reais, poderosos e duradouros. Os princípios contidos neste livro vão encorajá-la a se empenhar de forma diferente no processo de namoro.
Se você não resiste a uma série e é uma daquelas pessoas que assistem a muitas ao mesmo tempo, fica indignado quando uma delas é cancelada, vive esperando por novos episódios e novas temporadas, então, aceite: você é um de nós, um viciado em séries.
E viciado em série passa por todo tipo de apuro: você não vê a hora de voltar para casa para assistir o próximo episódio porque não consegue parar de pensar: “AHH, O QUE VAI ACONTECER?”, ou quando você precisa conversar com alguém sobre o que aconteceu no final de temporada, mas seu amigo ainda não assistiu e você não quer dar spoiler ou, pior: quando você teve que desligar o computador pois já tinha virado a noite e chegou a hora de trabalhar (e a temporada não acabou!). Agora você tem como resolver – ou pelo menos aliviar – todas essas preocupações que são sintomas de um amante de séries.
Este livro foi criado para você desabafar todas as suas angústias e frustrações do mundo das séries, o suspense de cada episódio, as risadas que nunca esquecerá daquela série de comédia que todo mundo já assistiu, e também para não se perder entre tantas séries queridas. Conte tudo o que quiser compartilhar sobre essa sua relação de dependência dos seriados da televisão.

terça-feira, 21 de junho de 2016

[Resenha] Anna vestida de sangue

| 6 comentários
Autora: Kendare Blake
Páginas: 252
Editora: Verus
Série: Anna, 1
Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro.Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas. Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?


Anna vestida de sangue era uma obra que eu estava com as expectativas lá em cima, e que não me decepcionou nem um pouco! Gente, que livro é esse?! Sabe aquela leitura que te prende do início ao fim? É isso e mais um pouco. Está até sendo difícil fazer essa resenha, pois parece que nada do que eu diga irá ser o suficiente. Mas, eu espero que vocês acreditem em mim, pois essa é uma leitura cheia de pontos positivos, com uma trama bem desenvolvida e uma temática que, eu particularmente, adoro: fantasmas. Sério, depois que eu li a série A mediadora, da Meg Cabot, nenhuma obra com fantasmas me prendeu tanto, até eu ler Anna vestida de sangue

domingo, 19 de junho de 2016

Caixinha de correio #102

| 7 comentários
Boa noite, pessoal! Depois de quase um mês sem postar a caixinha de correio, resolvi tomar vergonha na cara e juntar tudo o que eu recebi durante esse tempo. E olha, é muita coisa, preparem-se! 


Parceria



Recebi da Aleph os últimos lançamentos de Star Wars! ♥ Sim, vai ter muita resenha ainda! Que capas lindas são essas? A editora está arrasando muito!



Da Paralela recebi O acordo, uma obra bastante interessante, e que me conquistou com essa capa descontraída e fofa. Não vejo a hora de ler.



Recebi o livro que faltava da solicitação do mês passado. Junto com a obra, veio um bloquinho muito lindo. Iniciei hoje a leitura e estou amando!


 

Recebi a solicitação da Fundamento: Os últimos sonhadores e Time Riders, ambas as obras me deixaram bastante intrigada, tenho absoluta certeza que vou amar as leituras! Junto com essas obras a editora me mimou e enviou os dois próximos livros da série Cherub. Eu resenhei o primeiro, O recruta, aqui no blog e não vejo a hora de conferir essas continuações! Obrigada, Fundamento! ♥

sábado, 18 de junho de 2016

[Resenha] Ligeiramente seduzidos

| 10 comentários
Autora: Mary Balogh
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Série: Os Bedwyns, 4
Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas.
Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes - prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança.
Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém.
2. Ligeiramente maliciosos

Eu comecei a série Os Bedwyns pelo segundo livro, Ligeiramente maliciosos, mas mesmo assim me encantei de imediato por esses irmãos. A família é grande, são seis irmãos, e o mais maravilhoso de tudo é descobrir personalidades diferentes. Cada livro tem a história de um deles, então pode ser lido fora de ordem. Eu realmente preferia ter começado pelo primeiro, pois assim não perco nada em questão aos personagens que ainda irão aparecer, mas como não deu... Ligeiramente seduzidos é o quarto volume da série, e conta a história de Morgan Bedwyn, a caçula e mais bonita de todos os irmãos. 

sexta-feira, 17 de junho de 2016

[Resenha] Vamos juntas?

| 10 comentários
Autora: Babi Souza
Páginas: 144
Editora: Galera Record
Toda mulher já se sentiu insegura na hora de sair sozinha na rua. O risco de ser abordada, perseguida ou assediada é uma realidade. Mas, um dia, uma moça chamada Babi Souza teve uma ideia simples e revolucionária: da próxima vez em que você estiver sozinha, olhe para os lados. Pode ter outra mulher andando na mesma direção. Por que não vão juntas?Logo, o movimento Vamos Juntas? conquistou moças em todo o Brasil, se tornando um símbolo de união feminina e feminismo, na defesa por direitos iguais entre homens e mulheres. Aos poucos, muitas mulheres mudaram sua forma de enxergar o dia a dia e a moça ao lado.
Além de dados sobre o feminismo, que mostram como ainda há tanto a ser conquistado, este guia traz relatos de mulheres que aprenderam, junto ao Vamos Juntas?, a enxergar companheiras umas nas outras. A se unir, ao invés de rivalizar.


Parado há dois meses na minha estante, esse livro não solicitado à editora, mas que eu teria que ler em algum momento, subiu para o topo da minha lista graças a minha curiosidade depois de ver uma entrevista da autora do livro e projeto, de mesmo nome, no programa Encontro com Fátima Bernardes. E agora, depois de finalizar a leitura, bateu aquele arrependimento por não ter lido antes.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

[Resenha] Star Trek: Portal do tempo

| 12 comentários
Autora: A. C. Crispin
Páginas: 256
Editora: Aleph
Série: Passado, 1
Capitão Kirk, Spock e dr. McCoy descobrem que, durante uma viagem ao passado, Spock teve um filho. Agora, estão prestes a viajar mais uma vez através do portal do tempo a fim de resgatar esse filho, antes que seu planeta seja destruído. Resgatado, o garoto tentará aprender tudo sobre a Federação e sobre a cultura vulcana, enquanto a tripulação da Enterprise o conhece e se acostuma à sua presença. Mas seus dias de aprendizado são interrompidos quando uma invasão romulana pode mudar perigosamente o curso da história.



A Aleph não se contentou em ser lacradora lançando diversos livros de Star Wars, e resolveu também relançar Star Trek: Portal do tempo, o que nos leva a imaginar que vai ter mais obras dessa saga, eu espero! Sério, é muito amor por essa editora. (Vida longa e próspera. ♥) Sinceramente, eu não conhecia absolutamente nada da trama de Star Trek. Nunca assisti a série, nem os filmes, mas claro que, já havia visto imagens do famoso Spock e seu cumprimento. Eu não conhecia a trama mais por falta de oportunidade mesmo, então quando soube que a editora iria relançar essa obra, meu lado que ama ficção científica ficou todo faceirinho. 

quarta-feira, 15 de junho de 2016

[Novidades] Faro Editorial

| 0 comentários
A Perversa - Tarryn Fisher 
A série que se tornou um fenômeno de publicação independente e já vendeu mais 600.000 exemplares! 


Sobre a obra

Leah Smith finalmente vive um momento muito especial. Conquistou aquele que considera o “homem da sua vida”, mas não está completamente feliz.
Leah se sente insegura, como se fosse sempre a segunda opção e sua vida atual, como um castelo de cartas, pudesse desabar a qualquer momento...
E, mais do que sentir, ela sabe que Caleb nunca a olhou com aquele brilho especial que dirigia a Olivia. Então, se por um lado se sente vitoriosa, por outro, percebe quanto é desgastante e trabalhoso manter a sua conquista.
Agora, oficialmente casada com Caleb, ela vai até as últimas consequências para manter unidos os pedaços de uma vida construída por segredos, mentiras e trapaças. E, quem sabe, amor.
Mas não é assim que devemos fazer para lutar por quem amamos?


Sobre a autora

Tarryn Fisher é autora best-seller do The New York Times. É cofundadora de um blog de moda e coautora de uma série com Colleen Hoover. Tarryn reside na área de Seattle com sua família. Ela adora dias chuvosos, Coca-Cola, café e sarcasmo, e acha que o Instagram é o novo Facebook. @tarrynfisher - http://www.tarrynfisher.com


terça-feira, 14 de junho de 2016

[Resenha] Rick e Cath

| 9 comentários
Autora: Eva Zooks
Páginas: 244
Editora: Ler Editorial
Série: Recomeçar, 1
Tudo que eles precisam para recomeçar é confiar na força do amor. O amor não escolhe hora nem lugar para acontecer. Muito menos as tragédias. Rick e Cath se veem separados por suas escolhas, mas uma fatalidade volta a uni-los.
Será que o amor que sentem um pelo outro é grande o suficiente para superar esse imenso desafio e fazer com que voltem a caminhar juntos, enfrentando as dificuldades?
Ou a tragédia que os abalou poderá separá-los de vez?



Antes de tudo: que capa mais fofa é essa, gente? É muito amor! Eu confesso que solicitei a obra principalmente por essa capa, mas claro que a premissa me interessou bastante também. Eu adoro histórias de superação, não consigo resistir. Rick & Cath faz parte da série Recomeçar, e esse primeiro volume foi bem envolvente e lindo. Eu tenho algumas ressalvas, que mais adiante vocês vão descobrir quais são, mas eu acabei gostando de tudo, pois é uma leitura leve e rápida.

domingo, 12 de junho de 2016

[Resenha] O recruta

| 15 comentários
Autor: Robert Muchamore
Páginas: 296
Editora: Fundamento
Série: Cherub, 1
CHERUB é uma agência de espionagem.
Seus agentes têm entre 10 e 17 anos e costumam passar despercebidos no mundo dos adultos, que não veem uma criança ou adolescente como ameaça. Oficialmente, esses agentes não existem. Mesmo para um adolescente, a rotina de James Choke era conturbada até demais - ele nunca procurava confusão, mas estava sempre metido em uma. E as coisas só pioraram quando a mãe do garoto morreu no mesmo dia em que ele foi expulso da escola depois de uma briga com uma colega de classe. James foi mandado para uma instituição para órfãos, onde encontra garotos com histórias ainda piores que as dele e que invariavelmente sairiam dali direto para uma curta e tensa vida de crimes.  Quando pensou que nada poderia mudar seu destino, James foi surpreendido com um convite para tornar-se um agente da CHERUB. Ele agarrou a chance e começou um treinamento que testou todos os seus limites físicos e psicológicos. A primeira missão de James foi infiltrar-se em uma comunidade onde um grupo de terroristas poderia estar se escondendo. Mas será que ele estava realmente pronto para agir sem despertar suspeitas? Será que vai suportar a pressão de cumprir uma tarefa tão arriscada? O garoto terá que entender que no jogo de espiões da vida real não existe "continue" ou "restart". E que falhar não é uma opção.

O recruta é o primeiro volume da série Cherub, do autor Robert Muchamore. Consegui essa obra em uma troca no Skoob, e como estou na onda do Book Jar, finalmente peguei ela para ler. Eu adoro os livros da Fundamento, e não é só porque sou parceira, gosto desde sempre. ♥ O recruta não me decepcionou nem um pouco no quesito 'espiões'. E o mais interessante de tudo é que, apesar de esses espiões serem crianças, a leitura não é nem um pouco infantil. Robert desenvolve a trama de forma bastante intensa, o que faz ser mais marcante ainda termos protagonistas tão jovens e cheios de responsabilidades adultas.

sábado, 11 de junho de 2016

[Resenha] A oportunista + Sorteio

| 12 comentários
Autora: Tarryn Fisher
Páginas: 256
Editora: Faro Editorial
Série: Amor e mentiras, 1
Olivia Kaspen acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória.Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta.
E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo.
Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith.
Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado.
Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos.


Se você acha que a obra se baseia em um simples triângulo amoroso, sinto informar (ou talvez vocês gostem), mas não é bem assim. A sinopse pode fazer aparentar desta forma, porém, a trama é muito mais que isso. Prepara-se para seus sentimentos entrarem em conflito, seu julgamento falhar e surtar um pouco. Eu não estava preparada para isso, então a leitura foi imensamente inesperada, mas não menos empolgante. Já li outra obra da Tarryn, e ela tem o dom, simples assim. Ela consegue fazer o leitor entrar, não literalmente, claro, para dentro do enredo e se imaginar nas mesmas situações. Fora que seus personagens, pelo menos em A oportunista, não são nem um pouco santos. Eles têm defeitos, erram, não pensam nas consequências e tudo mais, e é isso que faz a leitura ser ainda mais emocionante.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

[Resenha] Confissões on-line

| 17 comentários
Autora: Iris Figueiredo
Páginas: 240
Editora: Generale
Série: Confissões on-line, 1
Prudência é uma característica que só consta no sobrenome de Mariana Prudente. A menina viu sua vida mudar de cabeça para baixo em poucos meses: perdeu a popularidade, o namorado, a melhor amiga e o grande sonho de fazer um intercâmbio. Agora, Mariana vê seu nome rabiscado nas cabines do banheiro da escola e escuta fofocas sobre ela pelos corredores do colégio e fica sem rumo. O vestibular se aproxima, sua irmã está enlouquecida por causa do casamento marcado, e tudo que ela quer é não pirar enquanto suporta os últimos meses no ensino médio.Sem lugar para desabafar, Mari vê no ambiente virtual uma chance de descarregar todas as angústias do mundo off-line, criando o vlog "Marinando". Com sua banda preferida como trilha sonora, ela conta com a ajuda de Arthur e Carina para mergulhar no mundo virtual e esquecer os problemas do mundo real. Com uma câmera na mão e alguns vídeos na internet, Mariana Prudente vê sua vida mudar mais uma vez, pois chegou a hora de sair dos bastidores e ser a protagonista novamente.


Conheço a Iris desde o tempo de Orkut, nos fóruns da vida de Percy Jackson, e aliás, foi ela quem me apresentou o Skoob, do qual não vivo sem hoje em dia, porém, esse conhecer é superficialmente. Nunca conversei muito com ela, mas cheguei a acompanhar seu blog, e soube de suas publicações. Finalmente li algo da Iris, e fiquei muito satisfeita com Confissões on-line. A obra tem totalmente a cara da autora: jovem, leve, divertida e fofa. Eu não sabia bem o que esperar, e no fim, me surpreendi bastante. Adoro tramas juvenis que apresentam dramas adolescentes, e até mesmo, alguns assuntos mais sérios. Então, não ache que a obra é bobinha ou algo do tipo, pois não chega nem perto disso.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

[Resenha] Cinco porquinhos

| 8 comentários
Autora: Agatha Christie
Páginas: 328
Editora: Globo
Cinco porquinhos é um dos maiores clássicos do clássico detetive belga Hércule Poirot. Tudo começa com uma carta, seguida então da presença de sua autora, Carla Lemarchant: "uma jovem alta e esbelta de vinte e poucos anos; o tipo de mulher jovem para quem definitivamente se olhava duas vezes". Trata-se de, triplamente, pedir para Poirot resolver um crime, desfazer uma injustiça e limpar um nome. O crime, o assassinato de seu pai, o célebre pintor (e ainda mais célebre mulherengo) Amyas Crale; a injustiça, a condenação de sua mãe, a bela Mrs. Crale, pelo assassinato; o nome, a dessa mesma Mrs. Crale, já falecida (estamos dezesseis anos depois do crime), que sua filha jura ser inocente, apesar de todas as provas em contrário. Resta, naturalmente, encontrar então o verdadeiro assassino, uma das cinco pessoas que estavam na casa do pintor naquele dia fatídico...


Não tenho uma experiência muita vasta em leitura de livros da rainha dos livros policiais, a Agatha Christie. Com essa última leitura, li um total de apenas três obras dela, e foi totalmente fora da ordem cronológica; li apenas porque as sinopses me deixaram curiosa. Então ainda estou tentando entender a mente tão brilhante dessa mulher, que quando acho que vou adivinhar quem é o assassino, sou mais uma vez surpreendida. 

segunda-feira, 6 de junho de 2016

[Resenha] Luz e trevas

| 15 comentários
Autora: Elle Casey
Páginas: 384
Editora: Geração
Série: A guerra dos Fae, 3
Jayne Sparks está mais destemida, engraçada e rebelde do que nunca, tendo que enfrentar os problemas causados acidentalmente pelo duende Tim, aprender a manipular melhor seus poderes com O Verde, conhecer traições de um grande amigo e descobrir quais são os motivos secretos pelos quais há uma guerra incessante entre Faes das Trevas e Faes da Luz. Seus poderes podem torná-la vulnerável às manipulações dos Fae das Trevas, e ela poderá torna-se prisioneira de forças inimigas. Mas sua astúcia sempre estará lá.


1. As crianças trocadas
2. Chamado às armas


Pode conter spoilers dos livros anteriores.

Luz e trevas é o terceiro livro da série A guerra dos Fae, e depois de terminar a leitura constatei que minha relação com Jayne é totalmente bipolar. No primeiro livro eu amei ela, no segundo não suportei, e nesse terceiro eu voltei a gostar. Pois é. Nessa obra ela está menos chata e teimosa, e bem que poderia diminuir os palavrões, porque chegou em um momento que já nem é mais tão engraçado, mas enfim, realmente consegui suportar Jayne dessa vez, espero que isso continue no próximo volume.

sábado, 4 de junho de 2016

[Parceria] Editora Gryphus

| 5 comentários
 


Conheçam a nova editora parceira do blog: GRYPHUS! (E do selo Geek! ♥) Gente, o catálogo deles é sensacional, eu fiquei muito contente em ser parceira deles. Vamos conferir um pouco mais da editora?

GRYPHUS é um animal mitológico que tem a cabeça e as asas da águia e o corpo do leão.
A Gryphus Editora nasceu desse conceito e imagem, unindo a dupla qualidade de sabedoria e força, sempre buscando abordar questões fundamentais para o mundo contemporâneo, publicando obras de ficção, não-ficção, e livros para crianças.

Algumas obras


Depois de ficar perdido numa ilha remota do Pacífico por cinco anos, o playboy bilionário Oliver Queen volta para casa determinado a ser um vigilante que luta contra o crime e a corrupção. Mas em meio aos esquemas da própria família, as agendas ocultas dos amigos e os segredos do seu próprio passado, nada é o que parece. Quem são os heróis e os vilões de Starling City?
Este livro é um guia completo sobre os personagens de Arrow, a série de TV de sucesso da Warner Bros.; são examinados seus alter egos, histórias pessoais e relações mais importantes. O conteúdo abrange figuras clássicas dos quadrinhos assim como personagens totalmente novos; esta é uma leitura essencial para qualquer fã de Arrow que quer explorar mais a fundo este mundo rico e sombrio.
Do aclamado cineasta Christopher Nolan, diretor de A origem (Inception) e da trilogiaBatman – O Cavaleiro das Trevas (Batman - The Dark Knight), INTERESTELAR é a crônica de um grupo de exploradores que se aproveita de um recém-descoberto buraco de minhoca para ultrapassar os limites das viagens espaciais tripuladas e assim conquistar as grandes distâncias de uma jornada interestelar. Enquanto viajam, estão em risco o destino do planeta... Terra...e o futuro da raça humana. INTERESTELAR será o primeiro de uma série de livros que o novo selo editorial GRYPHUS GEEK oferecerá a seus leitores. O selo será dedicado à publicação de obras de ficção que remetam ao universo geek a partir de filmes, seriados de televisão ou livros originais. Ao lançar os livros Supernatural, a Gryphus Editora constatou existir um amplo público formado por leitores jovens adultos, ávidos por novidades desse segmento. GRYPHUS GEEK foi criado exatamente para atender essa demanda, oferecendo obras de prestígio e qualidade desse fascinante universo geek.
O livro INTERESTELAR consegue explicar com clareza a teoria do físico Kip Thorne, que inspirou esta incrível história de ficção científica. Não é por nada que o filme, estrelado por Matthew McConaughey e Anne Hathaway,tornou-se imediatamente um cult mundial. No entanto, graças ao livro, com suas 268 páginas, as complexas e sofisticadas teorias desenvolvidas por Kip Thorne ficam accessíveis à maioria dos leitores. O filme, por sua vez, até pela sua própria linguagem e natureza, não consegue ‘traduzir’ toda a profundidade e dimensão da história. Um livro profundo e interessante, para aqueles que viram o filme e para os que se preocupam com o futuro da humanidade. 
Supernatural – O Guia de Caça de Bobby Singer, é o mais novo lançamento da Gryphus Editora sobre a série de TV Supernatural, que vai ao ar no Brasil nos canais Warner Channel e SBT, sem contar o fenômeno na internet (entre blogs, redes sociais e fóruns). O seriado conta a história dos irmãos Dean e Sean Winchester, que atravessam os Estados Unidos combatendo todo o tipo de ameaças sobrenaturais, de demônios e fantasmas, a espíritos, bruxas e vampiros. O guia de caça de Bobby Singer é livro de instruções que Bobby Singer, amigo de John Winchester, pai de Dean e Sam, que os conhece desde criancinhas, deixou para os dois e para todos os caçadores de monstros. Agora, o leitor vai ter acesso às informações contidas neste precioso livro, que ajuda Sam e Dean a combaterem incríveis criaturas sobrenaturais...




quinta-feira, 2 de junho de 2016

Nova colunista do blog!

| 39 comentários


Olá pessoas! Meu nome é Dandra, e sou a nova colunista aqui do blog, e estou muito feliz em fazer parte da equipe.

Meu envolvimento com blogs é antigo. Antes mesmo desse sucesso estrondoso de blogs e canais falando sobre livros na internet, eu fazia parte de fórum de livros da Galera Record, lá em 2008/2009, onde tudo que eu mais gostava de fazer era chegar do trabalho ou faculdade e sair correndo pra saber das novidades: se alguém havia comentado em algum tópico novo, se haviam fotos, promos e brincadeiras, escolha do primeiro leitor que iria ler um lançamento, sorteios escondidos na newsletter (isso aqui era concorrido), e muita interação com pessoas que gostavam dos mesmos livros que eu; e disso surgiu uma galera que resolveu postar suas impressões de leitura em blogs, e a partir dai cada pessoa foi seguindo seu caminho. Alguns mantiveram a determinação e foram além, e outras até tentaram, tipo eu, mas desanimaram pelo caminho, por falta de tempo, vontade, e foco. 

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Pilha de leitura #37

| 13 comentários

Boa noite, leitores! Está no ar a nova pilha de leitura do mês de junho. Eu consegui ler em maio todos os livros que eu escolhi, mais um extra, totalizei em 13 livros lidos e fiquei muito contente com o resultado. Esse mês foi bem difícil escolher um favorito, pois várias histórias me encantaram de diferentes formas. Vamos conferir um pouco sobre cada leitura?