quinta-feira, 9 de julho de 2015

[Resenha] Minha querida Aline

|
Autor: Marcelo Vinicius
Páginas: 114
Editora: Multifoco
Mais que uma história de amor, esta obra traz a trajetória de um jovem apaixonado, porém devastado, narrando suas aflições amorosas ao próprio leitor. Ele conta sobre um amor não correspondido, intenso e tempestuoso. Desde o início, ele soube que sua amada Aline não poderia ser sua, pois ela não gostava de garotos.
Mas o tempo é um martírio para as almas envoltas pela paixão. Com o convívio diário, o jovem se apaixonava cada vez mais por ela. Passeios na universidade, longas conversas, reflexões, confissões foram momentos que contribuíram para fazer com que se esquecesse do mundo e só visse importância em Aline.
Ele não consegue esquecê-la e se culpa por isso. Por vezes, depois de tomar atitudes que beiravam a loucura para tentar conquistá-la, justificando-as com a teoria do amor puro (visão particular desse jovem em relação à citação de Nietzsche “aquilo que se faz por amor está acima do bem e do mal”), sabia que nunca poderia tê-la, mas, ao contrário de outros livros, aqui, esse amor não o fortalece, e sim, o destrói. Assim, encontramos a contradição de uma alma, que vai da extrema contração do ódio à redenção pelo amor.

Minha querida Aline
 não ia entrar para a Pilha de livros do mês, mas olhei o livro, tão fininho, e pensei, por que não? Resolvi colocá-lo na lista de leituras, que foi a segunda do mês, e como eu esperava, foi bem rápida de ler. Sinceramente não lembrava mais sobre o que se tratava, então me surpreendi bastante com tudo o que eu encontrei. A história é diferente e perturbadora, mas calma, nada muito extremo. 

Um jovem universitário é quem narra Minha querida Aline, o que nos faz ficarmos muito próximos dele, já que seu diário contém todos seus sentimentos e angústias. O rapaz é apaixonado por Aline, uma amiga que, infelizmente - para ele -, gosta de mulheres. Então algo acontecer entre os dois é impossível, para desespero dele. É assim que acompanhamos sua obsessão pela garota, além de nos surpreendemos com algumas ideias mirabolantes que passam por sua cabeça para tentar conquistar a amiga.

Enquanto eu era feliz ao lado dela, porque a amava como uma mulher, ela era feliz ao meu lado, por achar, penso eu, que é no sofrimento e no fracasso existencial, profissional ou amoroso que se comprovam os verdadeiros amigos.

A narrativa do autor é bem direta e fluída, porém, senti falta de um aprofundamento do personagem, não senti nada por ele. Apenas senti sua loucura um pouco exagerada, e fiquei temerosa por Aline. Mas realmente não consegui me prender ao personagem ou a história em si. Porém, adorei a mensagem nas entrelinhas que o autor passou. 

Se o livro não fosse tão curto, acho que teria me agradado mais. Os dois personagens são intrigantes e possuem certo carisma. Porém, me irritei muito com essa obsessão do jovem, eu sei que é ruim não ter seu amor correspondido, mas chega uma hora que a pessoa precisa se tocar e seguir em frente. 

Um diário que irá mostrar os sentimentos mais perturbadores quando o amor está em jogo, além de tratar de um assunto muito atual: a homofobia. Vale a pena a leitura, mesmo com os pontos negativos. A edição está muito bem feita, não encontrei nenhum erro.

23 comentários:

  1. Olá
    já tinha visto alguns comentários sobre o livro, mas foram bem poucos rsrs, achei a resenha bel legal e a capa bem feita rsrs, vou dá mais uma pesquisada sobre o livro e ver se consigo comprar
    Bjks
    Passa Lá no meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas como estou querendo ler coisas nacionais (tipo, muito) vou procurá-lo. Vale a pena dar uma olhada, né? :D beijos,
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Dessa, nunca tinha ouvido falar do livro.
    Não curto muito personagens obsessivos quando a outra pessoa não tá nem aí.
    Porém, por ele ser curtinho acho que leria sim para saber as ideias mirabolantes do cara.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Olá, gostei da resenha, já havia lido algo sobre o livro pela blogosfera.

    ResponderExcluir
  5. OI!
    Gostei do enredo do livro, parece uma proposta bacana, pena que você não tenha curtido alguns aspectos. Espero ter a oportunidade de lê-lo, pois curti.

    ResponderExcluir
  6. Oi flor, não conhecia o livro e curti muito a capa, porém fiquei meio assim com a trama por causa dos pontos que citou. Mas como li um livvro bem parecido(Precisava de Você) e curti muito a ideia, quando eu puder lerei esse também pra ver o que vou achar.

    Gostei muito da sua resenha e da sua sinceridade.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não conhecia o livro, mas achei bem interessante.
    Me identifico porque já passei por isso, quando eu era mais nova, eu gostava de um amigo que era gay hahaha sente a tristeza =[
    Mas é bem isso mesmo, vida que segue.
    Fico temerosa com a leitura por alguns pontos que você citou, mas acho que o leria sim.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  8. Oiie
    eu li a resenha desse livro no blog da Sil e fiquei curiosa para ler.
    Sabe, eu concordo com você sobre a pessoa se tocar que as vezes não tem mais o que fazer e é necessário seguir em frente.
    Adorei sua resenha.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Dessa, não sei se eu leria, ou não.
    A proposta é até interessante, mas ao mesmo tempo parece um pouco mais do mesmo.
    Por isso não desperta assim tanto interesse.
    Me deixou em cima do muro.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Dessa!!
    Já li algumas resenhas desse livro, mas nenhuma que abordou o livro como você o fez!! Acho que vou colocar Minha Querida Aline na lista de livros para ler quando der... Me interessei pela história e quero saber como ele trata a homofobia!
    BEijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  11. Oi Andressa, tudo bem?
    Gostei da premissa do livro e fiquei curiosa com o desfecho, para saber se o personagem se livrou de sua obsessão.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  12. Há uma resenha desse livro no meu blog, mas o não fui eu quem escreveu. Acho que o ponto central da história é mesmo a questão da obsessão, que pode ser um sentimento muito destrutivo. Eu tenho vontade de ler o livro, mas ainda não tive tempo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi ^^

    Até o momento eu não conhecia o livro, mas tua resenha me motivou a lê-lo logo. Apesar de ser curtinho, espero aproveitar a leitura, já que a premissa desta história me pareceu interessante!

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Não conhecia o livro, mas não sei se leria, pois você falou que não se conectou com o personagem e se tivesse esticado mais a história teria um envolvimento maior.
    Vou deixar passar.
    Adorei sua opinião sincera.
    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Olá, eu li no mês passado, é uma leitura mega rápida e o autor tem um escrita bem fluida mesmo, mas como você não consegui me apegar ao personagem e achei alguns pontos negativo no livro que não me fez gostar muito dele, mas sem duvida é uma leitura valida =)

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  16. Oii!
    Poxa, eu não conhecia o livro, mas achei a proposta muito interessante! Fiquei curiosa em conhecer a história, mas me desanimei um pouco quando você sentiu falta de desenvolvimento do personagem. Geralmente, quando não me conecto com o personagem, a leitura não flui, fico empacada. Espero que, se algum dia eu tiver oportunidade de fazer a leitura, isso não aconteça comigo.

    Beijos!
    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
  17. Olá, fiquei imaginando como um autor pega uma premissa tão boa e não consegue desenvolver mais a história, pois vejo que ela poderia ter sido melhor explorada. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  18. Achei a proposta do livro interessante, mas acho que não iria simpatizar muito com os personagens... Detesto ser indiferente a um personagem, principalmente quando é o protagonista :/
    Gostei da resenha, super objetiva.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi Andressa.
    Você sempre lê livros bem interessantes e esse não é diferente.
    mesmo tendo alguns pontos negativos acho que seria uma boa leitura e fiquei curiosa para saber o desfecho entre os personagens.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  20. Nossa, esse livro parece ser bem conturbado. Não sei se leria ele, mas achei a premissa inovadora.
    Beijos

    www.itgeekgirls.com

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, mas fiquei curiosa, imagino o desespero do jovem ao ser apaixonado por Aline e deve ser bacana acompanhar essa história, só é uma pena não ter tido um aprofundamento no personagem.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá Andressa! Tudo bem?
    Gente mais que resenha intrigante, adorei \o/ Eu adoro livros que retratam esse tema, sempre é bom ver opiniões diversas sobre o mesmo tema e como o autor irá expor.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos Pão de Queijo!

    ResponderExcluir
  23. Olá! Não tinha visto nada desse livro, e a obsessão dele pela menina dominou totalmente o livro não é?! Pena que você não gostou tanto assim, adorei sua resenha!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir