quinta-feira, 30 de julho de 2015

[Resenha] A caça

| 27 comentários
Autor: Jussi Adler-Olsen
Páginas: 462
Série: Departamento Q, 2
Editora: Record
Ao retornar das férias, o detetive Carl Mørck, do Departamento Q, encontra em sua mesa os arquivos do caso Rørvig. Que estranho. O caso não havia sido encerrado? O assassino dos dois irmãos mortos na casa de veraneio não se entregara nove anos depois do crime? Quem teria colocado aqueles arquivos ali? Alguém parece querer que o caso seja reaberto e Carl Mørck morde a isca.As pistas que encontra levam o detetive à alta-roda, ao mundo do mercado de ações, da indústria da moda e da cirurgia plástica. E também às sarjetas mais imundas e sinistras de Copenhage, onde conhece Kimmie, uma moradora de rua atormentada por vozes e que precisa roubar para viver. Kimmie parece estar sempre fugindo. E de fato está. Três poderosos homens estão atrás dela e não medirão esforços para encontrá-la, pois Kimmie parece saber algo capaz de ameaçar o futuro deles. Algo que pode ter a ver com o caso antes encerrado, mas que, infelizmente para os três, acaba de ser reaberto pelo incansável detetive Mørk.

1. A mulher enjaulada

*Podem ler sem medo, não contém spoilers. ;)

A caça é o segundo livro da série Departamento Q, escrita por Jussi Adler-Olsen. Quando soube que a Record iria trazer o segundo volume, não precisei nem ler a sinopse, pois eu amei o primeiro livro, e não aguentava mais de ansiedade para sair a continuação. Mas, não me perguntem qual dos dois é melhor, pois é muito difícil, os dois possuem características diferentes na trama, o suspense policial desta obra nos apresenta uma história que já mostra os culpados, enquanto no anterior tem todo um mistério sobre quem é a pessoa envolvida e seus motivos. A caça, apesar de já nos apresentar os "vilões", possui uma investigação surpreendente do início ao fim. Além disso, temos um contato melhor com esses personagens e suas personalidades marcantes. Por isso, é muito dificultoso escolher o melhor. Não tem como. Mas, posso comparar um ponto e dizer que A mulher enjaulada é bem menos violento que A caça. Nessa continuação as cenas são muito mais marcantes e repulsivas. Jussi descreve detalhadamente a crueldade e frieza dos personagens. 

terça-feira, 28 de julho de 2015

[Resenha] Quando o amor e o destino se encontram

| 21 comentários
Autora: Izabel Gomes
Páginas: 408
Editora: Petit
Numa trama amorosa, onde o amor de posse se registra de uma encarnação à outra, Violeta arquiteta um plano para eliminar a neta e Sofia, a babá, para obter o que deseja. Um enredo dinâmico e repleto de ensinamentos, que prenderá o leitor para descobrir sobre os misteriosos sonhos da babá, que unem o passado e o presente dos membros de seu ciclo afetivo em um desfecho emocionante!






Quando o amor e o destino se encontram é um romance espírita diferente da maioria dos que eu já li. Vários focam bastante nos espíritos vingativos, o que muitas vezes deixa a trama um pouco pesada, porém, nessa obra percebemos que ela é bem mais leve e com vários ensinamentos significativos, além de ter uma história linda. Como em todos os livros do gênero, há uma visão das vidas passadas da pessoa, e os motivos que levaram ela a situação atual. Izabel consegue encantar o leitor com um romance maravilhoso, quem não curte tanto o gênero por medo de ser algo muito religioso ou algo do tipo, pode ler sem receio. A trama traz ensinamentos, como eu disse, mas de forma dinâmica e leve.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

[Promoção] 1 ano de Malucas por Romances

| 7 comentários




Olá pessoal, tudo bem? O blog Malucas por Romances está comemorando seu primeiro aniversário, é um momento especial!! E junto com blogs parceiros estamos realizando um sorteio com 19 livros para 4 ganhadores.


 Regras da Promoção 

- A promoção começa no dia 27/07/2015 e termina no dia 27/08/2015.
- Cada blog é responsável pelo envio do seu prêmio.
- Cada blog tem até 50 dias para enviar o livro, contando a partir do dia em que recebermos o endereço do ganhador.
- Nenhum dos blogs se responsabiliza pelo extravio de prêmios.
- O ganhador tem 48h para responder o e-mail que será enviado com seus dados.
- É necessário residir em território brasileiro.
- Dúvidas? Envie um e-mail para malucas.romancescontato@outlook.com
- Após o prazo de 3 dias sem retorno do ganhador, um novo sorteio será realizado para substituir aquele que não responder ao e-mail; os demais ganhadores não perderão seus direitos ao prêmio neste caso, desde que respondam no prazo;

domingo, 26 de julho de 2015

Caixinha de correio #80

| 10 comentários

Boa tarde, pessoal! Tudo bem por aí? Aqui está ótimo, recebi vários livros lindos, só falta decidir qual ler primeiro! rsrs Venham conferir tudo o que eu andei recebendo!


Parceria


Recebi o lançamento Marca da escuridão, nova série da Sylvia Day. Eu estou ansiosa para ler, adoro os livros dessa autora. E claro, tem exemplar para vocês também!



Chegaram os primeiros livros de parceria com a Vermelho Marinho! ♥ Esses livros são muito lindinhos! Em breve tem resenha deles.



Recebi surpresa da Record e Bertrand! Estou ansiosa para ler A garota no trem, parece um livro e tanto! E Para onde vai o amor? é bem curtinho, então logo trago resenha. 



Minhas solicitações do mês do Grupo Editorial Record chegaram também! Adoro os romances de época da Cabot. ♥

sábado, 25 de julho de 2015

[Novidades] Faro Editorial

| 12 comentários

Boa noite, pessoal! Venho com uma grande novidade da editora Faro Editorial: ela está apostando em dois autores nacionais. Eu adorei a trama de ambos, em breve vou trazer resenha para vocês. E espero que os autores façam sucesso!


Faro Editorial

Um garoto sofreu com um acontecimento terrível.
Para não enlouquecer, ele começa a escrever um diário que o inspira a recomeçar, a fazer algo novo a cada dia. O que não imaginou foi que agindo assim ele se abriria para conhecer pessoas muito diferentes: a cabelo de raposa, o James Dean não-tão-bonito e a menina de cabelo roxo, e que sua vida mudaria para sempre!
Prepare-se para se sentir quase atropelado de uma forma intensa, seja pelas fortes emoções do primeiro amor, pelas alegrias de uma nova amizade ou pelas descobertas que só acontecem nos momentos-limite de nossas vidas.
Estar vivo e viver são coisas absolutamente diferentes!



Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento. Primeiro, um par de chinelos. Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso.
Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente.
Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento.
Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?

sexta-feira, 24 de julho de 2015

[Resenha] Tubarão + Sorteio

| 55 comentários
Autor: Peter Benchley
Páginas: 276
Editora: DarkSide
Devore ou seja devorado Você não está vendo, mas ele está lá no fundo, observando suas pernas se mexerem nas águas turvas. A mais perfeita máquina assassina da natureza, o predador que mantém seu posto no topo da cadeia alimentar desde a época dos dinossauros. Um torpedo de carne, ossos e dentes. Não há para onde fugir. Se você sempre devorou livros, chegou a hora da revanche. Tubarão é o clássico romance de Peter Benchley que deu origem ao primeiro blockbuster de Steven Spielberg. Mas, mesmo antes do sucesso na telona, o frenesi alimentar de Jaws se transformou num fenômeno de vendas. O best-seller internacional foi o principal responsável em elevar a fera de barbatanas dorsais ao status de perfeita encarnação do mal. Se já existiu um bicho-papão na natureza, ele está dentro d’água. A história se passa em Amity, um balneário ficcional situado em Long Island, Nova York. Quando o corpo de uma turista é encontrado na praia o chefe de polícia Martin Brody ordena o fechamento das praias da região.

*Livro cedido em parceria com a DarkSide

Assisti Jaws quando criança, mas confesso que não lembro muito do filme, no entanto, assim mesmo fiquei muito feliz quando soube que a DarkSide iria lançar, finalmente, uma nova edição de Tubarão. Eu adoro esses filmes antigos, e é melhor ainda quando há o livro, então claro que eu queria muito conferir a trama! Tubarão foi escrito em 1974, por Peter Benchley. Este clássico deu origem ao filme, dirigido por ninguém menos que Steven Spielberg. Eu recebi da editora as duas edições: brochura e capa dura, e uma está mais linda que a outra!

quarta-feira, 22 de julho de 2015

[Resenha] Festim das 12 cadeiras

| 38 comentários
Autor: Elvis DelBagno
Páginas: 164
Editora: Schoba
Ao comprar um conjunto de 12 cadeiras russas para o jantar anual, um casal homossexual descobre um tesouro embaixo do estofado de uma delas. Com as contas bancárias transbordando, os milionários resolvem manter o tesouro na cadeira e doá-lo ao primeiro convidado que se sentar nela. No entanto, eles percebem que isso será um problema quando um dos convidados não comparece ao jantar.Estruturando-se nas comédias de costumes, nos deparamos com uma crítica social de um humor ácido extravasante dos diálogos preconceituosos dos personagens mais bizarros que poderiam surgir numa sociedade cheia de interesses.
Narrado de forma corrida como um roteiro cinematográfico e com diversas referências à cultura popular, o autor traça uma paródia ao clássico conto russo 12 cadeiras, de Ilf and Petrov, e ao filme Festim Diabólico, de Alfred Hitchcock.


Festim das 12 cadeiras é aquele tipo de livro que te surpreende desde o início. Eu mesma, apesar de saber pela sinopse que era uma paródia, me surpreendi com o tom sarcástico que o autor deu à obra, quase "sem noção", por isso eu penso que quem ler irá achar uma leitura diferente, talvez algo até fora da zona de conforto literária. Mas não tenham medo, o livro tem exatamente essa proposta: tratar de assuntos cotidianos de forma divertida e um pouca tosca.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

[Resenha] A tenda vermelha

| 26 comentários
Autora: Anita Diamant
Páginas: 304
Editora: Sextante
Na Bíblia, as mulheres ocupam um lugar à sombra, por isso ficamos privados de sua sensibilidade na descrição dos acontecimentos. Numa narrativa envolvente, Anita Diamant resgata esse olhar feminino e dá vida às personagens bíblicas, recriando o ambiente em que viveram, seu cotidiano, suas provações e suas paixões.
Filha de Jacó e Lia, Dinah - cuja trajetória é apenas sugerida no Livro do Gênese - é a figura central desta trama, que começa com a história das quatro esposas de Jacó, a quem ela chama de "mães": Lia, Raquel, Zilpah e Bilah. O amor delas e o legado que lhe transmitem servem de apoio durante a fase de trabalho duro da juventude, no ofício de parteira e na vida nova em uma terra estrangeira. À medida que cresce, Dinah observa tudo o que se passa no deserto: as conquistas, a rivalidade entre os irmãos, a sensualidade intuída, a aspereza do relacionamento entre os homens, a complexidade dos sentimentos das mulheres, a construção de um povo descrita a partir da saga de um núcleo familiar. De espectadora, ela passa a protagonista, e são seus amores, medos, descobertas e perdas que vão sendo narrados no cenário mais amplo de um mundo bíblico de caravanas, pastores, agricultores, príncipes, escravos e artesãos.

Por alguma razão, algumas das resenhas mais complicadas de escrever são justamente a respeito dos meus livros preferidos. Quem sabe, porque eu sinta que não vou conseguir transmitir toda a essência do eu achei do livro ou do quanto ele é especial para mim, e que eu quero que seja para você também, querido leitor. E A tenda vermelha se enquadra nessa categoria de livro preferido e resenha difícil de sair.

domingo, 19 de julho de 2015

[Novidades] Grupo Editorial Record

| 2 comentários

Boa tarde! Tenho vários lançamentos do Grupo Editorial Record para mostrar para vocês, então preparem a listinha para anotar os desejados! <3



Grupo Editorial Record

Após governar o povo do ocidente por décadas como Alto Rei dos bretões, Artor deve se preparar para enfrentar seu mais perigoso inimigo: a morte. Agora um homem idoso, o rei da Britânia precisa encontrar formas de manter seu legado vivo junto a uma nova geração de nobres que não compartilha de seus princípios e ideais. Mas os planos de Artor logo são ameaçados pela visita de um homem peculiar ao Tor de Cadbury: Modred, rei dos brigantes e sobrinho de Artor, filho bastardo de sua irmã Morgause. Charmoso e elegante, Modred se infiltra entre os membros da corte, plantando a semente da discórdia que ameaça lançar por terra todos os avanços conquistados pelo rei ao longo dos anos. Enquanto isso, Gawayne, um dos mais leais cavaleiros de Artor, sucumbe à tentação e se submete aos prazeres de Miryll, a jovem senhora da ilha de Salinae Menor. Gawayne, porém, desconhece as verdadeiras intenções de sua nova amante. Unindo-se aos pictos, uma tribo pagã que há muito tempo foi expulsa de suas terras, Miryll planeja encontrar um cálice com supostas propriedades divinas e, com ele, destronar Artor. Em meio a todos esses problemas, enfrentando ameaças do passado, o Alto Rei dos bretões precisará tomar decisões difíceis para manter viva sua lenda.
Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, filha de Burke Traherne, o marquês de Wingate se vê numa situação complicada. Por um lado, tem consciência de que a Srta. Mayhew é exatamente o que a jovem precisa, mas, ao admiti-la em sua casa, o marquês é obrigado a controlar a atração que sente pela moça. O grande inconveniente é que o cargo que ela ocupa a impede de se tornar uma de suas amantes. E Burke vive sobre o juramento de nunca mais se casar, depois de ter flagrado a ex-esposa num ato de traição. Já a Srta. Mayhew não consegue parar de pensar em um homem pelo qual jurou nunca se apaixonar, e esconde um escândalo do passado.
Ousará a bela moça lutar contra seus desejos e os fantasmas que parecem persegui-la? O homem que frequenta seus sonhos mais despudorados e o que habita seus piores pesadelos aproxima-se cada vez mais, e ela não sabe por quanto tempo mais conseguirá suportar.
Quatro milhões de libras. Para Jessica Wild, este é um valor que ela nunca mesmo, em seus sonhos mais loucos, conseguiria ter. Porém, é mais ou menos o quanto ganha quando sua amiga Grace morre e a deixa como herdeira. O único obstáculo entre Jess e a fortuna é um detalhezinho no testamento: seu nome aparece como Sra. Jessica Milton. A questão é que... bem... Grace sempre perguntava sobre a vida amorosa de Jess. Ela, por sua vez, descrente no amor e na felicidade conjugal, acabou inventando um namorado — que viria a se tornar seu marido — de mentira. O sortudo foi Anthony Milton, seu chefe. E agora Jess se vê em um beco sem saída: a única maneira de conseguir a herança é se casar com Anthony. Em cinquenta dias. E sem que ele saiba o verdadeiro motivo.
Jessica então terá de usar todas as manobras possíveis para conseguir o sucesso da nova empreitada: o Projeto Casamento.
No instante em que Lucy conhece Nate em Veneza, durante o intercâmbio da faculdade, ela tem certeza de que é o amor da sua vida. Com toda a magia do primeiro amor, eles se beijam ao pôr do sol sob a Ponte dos Suspiros, o que, segundo a lenda local, os uniria para sempre. Passados dez anos, porém, eles perderam contato por completo. Até que Lucy se muda para Nova York, e o destino faz com que se reencontrem. E se reencontrem. E se reencontrem. Mas o Nate atual é muito diferente do que ela conheceu aos 19 anos, e Lucy preferia o antigo. Será que ele é mesmo sua alma gêmea? Como ela conseguirá se livrar dele? Afinal “para sempre” pode ser muito tempo...
Uma comédia romântica original e mágica sobre o que acontece quando o sonho de toda menina de encontrar sua alma gêmea se torna verdade.
Abby nunca foi de se preocupar com hábitos saudáveis. Aos 28 anos, ela acaba de fundar a própria empresa de web design, e sua rotina parece consumir todo o seu tempo. Ela não tem a menor ideia de quando foi a última vez que deu um beijo apaixonado. E o pior: mal tem tempo para comer, malhar então... nem pensar.
Mas quando sua melhor amiga a convida para participar de um clube de corrida, a jovem empresária encontra uma motivação: Oliver, charmoso e bem-sucedido médico que parece estar interessado em suas investidas. Seu primeiro dia de corrida, entretanto, não acaba como imaginou e ela jura que nunca mais vai correr. Até o dia em que sua assistente Heidi revela ser portadora de esclerose múltipla. A partir daí, Abby vê nas corridas uma forma de arrecadar fundos para a pesquisa da cura para a esclerose. Só que ela precisa de muito fôlego para gerenciar a empresa, lidar com sua operadora de seguro para arcar com o prejuízo de um motoqueiro que ela atropelou por acidente, e ainda conquistar o Dr. Sexy. Mas o que Abby não imagina é que pode estar correndo atrás do homem errado...
Depois de quase oito séculos em busca de respostas, Will finalmente começou a desvendar os mistérios que cercam sua existência. E, juntamente com Eloise, a garota que parece ser a chave para o seu destino, embarcou em uma jornada que pode conduzi-los à verdade... se conseguirem sobreviver. Para ter alguma chance de derrotar seus inimigos, Will precisa, primeiramente, saber contra quem está lutando. Para isso, a dupla decide retornar para a Escola da Abadia de Marland e investigar o passado do vampiro, sem imaginar que essa missão pode colocar a vida de Eloise em risco. Para proteger sua amada, o vampiro terá que descobrir mais sobre Wyndham e as profecias. Mas será que ele encontrará as respostas de que precisa a tempo? E, ao salvar Eloise, estará sacrificando a si mesmo? Nesta eletrizante sequência, Will entrará em uma batalha da qual nem todos poderão sair com vida.
Ex-atriz, mesmerista profissional e suspeita de assassinato, Cordelia Preston foge da Inglaterra para os Estados Unidos, onde se junta ao circo. Ela está acompanhada de sua filha Gwenlliam, uma talentosa acrobata — e neta do cruel duque de Llannefydd.
Determinado a reaver Gwenlliam e silenciar Cordelia permanentemente, o duque envia o inescrupuloso Sr. Doveribbon à Nova York para rastreá-las. E elas logo descobrirão que a terra das oportunidades é também palco de disputas entre perigosas gangues e as autoridades locais. Em O Circo dos Fantasmas, Barbara Ewing evoca a vida no século XIX a partir da agitação da Nova York dos anos 1840 e pinta um vívido e fascinante retrato de uma cidade cheia de personalidade, onde mãe e filha devem aprender a enfrentar seus medos mais obscuros e seguir em frente... Ou serão destruídas.
Para todas as pessoas, Rachel Young é a menina certinha — só tira dez, se veste com as melhores roupas e vive a mais perfeita vida! Mal sabem elas que Rachel esconde segredos de seus pais ricos e de seus irmãos controladores — a jovem vive em busca de adrenalina, apostando corridas contra estranhos com seu Mustang GT em estradas escuras. Seu outro segredo? Isaiah Walker, um cara com quem ela não deveria nem conversar. Mas, quando o órfão tatuado e com intensos olhos acinzentados vem em seu resgate, ela não consegue tirá-lo da cabeça. Isaiah também tem segredos. A última coisa de que ele precisa é se envolver com uma riquinha que quer passear pela periferia para se divertir — por mais angelical que ela possa parecer. Mas, quando o gosto dos dois pelas corridas de rua coloca ambos em perigo, Isaiah e Rachel têm seis semanas para encontrar uma saída. Seis semanas para descobrir até onde estão dispostos a ir para salvar um ao outro. No novo volume da série iniciada com No limite da atração, você vai conhecer melhor o sombrio Isaiah, além de matar as saudades de Noah, Echo, Beth e Ryan.
Quando C.J. Walker, um garoto de nove anos, encosta no braço da amiga de sua mãe no velório e sussurra o desejo de que ela não estivesse morta, só está tentando fazer a coisa certa. Mas, no momento em que a mulher desperta, a tempestade que se segue não pode ser contida. Pessoas aterrorizadas, dentro e fora das fronteiras da cidade, exigem saber quantos de seus entes queridos podem ter sido enterrados vivos pelo mesmo agente funerário, ou por qualquer outro. Porém a prova de que C.J. Walker pode realmente despertar os mortos é filmada em segredo e então veiculada publicamente. Em uma única manhã, a mãe de C.J., Lynn, vê sua casa se tornar uma fortaleza e seu filho, um alvo. Indivíduos de luto, desesperados para que a morte abandone seus entes queridos; representantes da mídia e de organizações médicas e científicas; influentes líderes religiosos e poderosas agências governamentais, todos mexem seus pauzinhos para ganhar uma posição de vantagem e influência e obter máximo controle sobre o dom mais poderoso de que já se teve notícia.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

[Resenha] Eu estive aqui

| 22 comentários
Autora: Gayle Forman
Páginas: 240
Editora: Arqueiro
Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.
Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

Eu estive aqui
é o primeiro livro que leio da autora, e eu gostei muito, adorei sua escrita e desenvolvimento da trama. Desde o início sabia que ia ser uma leitura deprimente, e realmente foi. Suicídio é um assunto pesado e intenso, mas a autora conseguiu deixar a narrativa com uma leveza incrível. É claro que o leitor fica chateado com a situação toda, mas a forma com que Galye abordou o tema deixou a leitura mais fácil, mas ainda assim, como eu disse, deprimente. E não poderia ser diferente. Quando alguém morre, ficamos pensando na vida que ela poderia ter. Quando alguém se mata, pensamos no que ela deixou para trás: dor, tristeza, uma família que, provavelmente, a amava. Por isso, senti muita pena da família de Meg.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

[Resenha] Entrelinhas

| 29 comentários
Autora: Tammara Webber
Páginas: 347
Editora: Verus
Série: Entrelinhas, 1
Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer - e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme. Os astros parecem estar se alinhando para realizar o seu desejo, até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. Emma Pierce acaba de receber uma oportunidade de ouro após anos atuando em comerciais e filmes para TV. Fazer o papel principal em um filme de grande orçamento, contracenando com o lindo Reid Alexander, deveria ser a realização de um sonho. Mas o coração de Emma esconde uma fantasia secreta: ela quer ser uma garota normal. Entrelinhas é o primeiro volume da série homônima de Tammara Webber, autora que já conquistou os leitores brasileiros com livros como Easy e Breakable. Embarque em mais esta história arrebatadora, que vai deixar você querendo muito mais.

Já li tantos elogios sobre os outros livros da Tammara Webber que eu não pensei duas vezes na hora de solicitar Entrelinhas. O livro possui uma história leve, envolvente e que arranca suspiros do leitor. Estou acostumada com alguns clichês, mas a autora me enganou direitinho, jurava que ia acabar com certo casal, mas me surpreendi que não foi assim. Lá pela metade da leitura já sabemos como tudo vai ficar no final, mas nem por isso fiquei menos surpresa e empolgada com a narrativa. 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

[Resenha] Jackaby

| 31 comentários
Autor: William Ritter
Páginas: 256
Editora: Única
Série: Jackaby, 1
"Eu sou um homem de razão e da ciência. Acredito no que vejo e posso provar, e o que vejo geralmente é difícil para os outros compreenderem. Até onde eu descobri, tenho um dom ímpar. Isso me permite ver a verdade quando os outros só enxergam ilusão. E há muitas ilusões, muitas máscaras e fachadas. Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com vista para os bastidores.” Abigail Rook deixou sua família na Inglaterra para encontrar uma vida mais empolgante além dos limites de seu lar. Entre caminhos e descaminhos, no gelado janeiro de 1892 ela desembarca na cidade de New Fiddleham. Tudo o que precisa é de um emprego de verdade, então, sua busca a leva diretamente para Jackaby, o estranho detetive que afirma ser capaz de identificar o sobrenatural. Contratada como assistente, em seu primeiro dia de trabalho Abigail se vê no meio de um caso emocionante: um serial killer está à solta na cidade. A polícia está convencida de que se trata de um vilão comum, contudo, para Jackaby, o assassino com certeza não é uma criatura humana. Será que Abigail conseguirá acompanhar os passos desse homem tão excêntrico? Ela finalmente encontrou a aventura com a qual tanto sonhara. Prepare-se para desvendar este mistério!

Quando a Única Editora anunciou o lançamento de Jackaby quis ler na mesma hora! Um romance policial misturado com fantasia, o que poderia dar errado? Nada! Funcionou perfeitamente bem, foi uma leitura diferente para algo do gênero e muito interessante. Jackaby, como diz na capa, é uma mistura de Sherlock Holmes com Doctor Who. Excêntrico, inteligente e divertido, é impossível não se encantar com essa figura tão carismática e que nos fornece momentos de pura aventura.

domingo, 12 de julho de 2015

Caixinha de correio #79

| 12 comentários

Boa tarde, pessoal! Confiram o que eu recebi nas últimas duas semanas ♥, alguns livros estavam atrasados - valeu, Correios! -, mas finalmente chegaram e já quero ler todos!


Parceria


Recebi um kit lindo da Arqueiro do novo livro da Gayle Forman. Nunca li nada dessa autora, estou ansiosa para iniciar a leitura! E veio por engano o livro da Lycia Barros, que também nunca li nada dela, mas quero conferir a obra mesmo assim. *-*



Chegou da Aleph o segundo livro da trilogia Thrawn, adorei o primeiro, estou louca para iniciar esse! ♥



Do Grupo Editorial Record chegou a continuação de Departamento Q (<3) e o novo livro da Tammara Webber, que eu já iniciei e é muito bom!



Recebi Festim das 12 cadeiras da Schoba. Renovamos a parceria com eles. <3



Da Coquetel recebi um livro de ligar os pontos, há anos que não faço isso, então adorei a surpresa!



A Butterfly enviou um livro de colorir e lápis de cor, muito lindo, como não amar essa parceria? ♥



Da Vergara & Riba recebi Na ponta dos pés, achei essa capa muito bonita, estou curiosa para inciar a leitura!

sábado, 11 de julho de 2015

[Novidades] DarkSide

| 1 comentários

Boa noite, pessoal! A DarkSide está mais uma vez arrasando nos lançamentos, e eu não poderia deixar de mostrar para vocês! Vamos conferir?


DarkSide





É só um jogo. Isso é o que pensa Henrik “HP” Peterson, protagonista daTrilogia The Game, ao aceitar um convite anônimo, via celular, para participar de missões inusitadas
pelas ruas de Estocolmo. Mas a cada tarefa cumprida, e devidamente compartilhada na rede, ele tem a sensação de que a brincadeira está ficando séria demais. Será paranoia? Ou será que HP está realmemte caindo numa poderosa rede de intrigas, com conexões que poderiam chegar aos responsáveis pelo assassinato do primeiro ministro sueco em 1986 ou até mesmo aos ataques do 11 de setembro? Quem afinal está por trás desse JOGO? Você tem coragem de investigar? Então você precisa ler [O Jogo], primeiro livro da Trilogia The Game, de Anders de la Motte. Uma saga eletrizante que combina a escola sueca de suspense (vide Stieg Larsson) com o vazamento de informações no mundo pós Edward Snowden. Anders de la Motte é um ex-policial e diretor de segurança de informação de uma das maiores companhias de TI do mundo. Está desenvolvendo uma série para a TV americana com o produtor executivo de Homelande 24 Horas. A Trilogia The Gameconta a história de HP, o pequeno trambiqueiro que está só contando o tempo necessário para largar o subemprego e voltar a receber o seguro social. A outra jogadora é a detetive Rebecca Normén, recém promovida para o grupo de elite do Serviço de Segurança sueco. Enquanto sua carreira decola quase por acaso, mensagens anônimas deixam claro que segredos do seu passado não estão tão bem guardados assim. Fenômeno em diversos países, a Trilogia The Gameé surpreendente, divertida e assustadora na medida certa. Um thriller dos tempos de hoje, onde tudo o que acontece numa tela touchscreen já não pode mais ser considerado virtual. [O Jogo]é só o primeira volume desta instigante trilogia que a editora DarkSide traz com exclusividade para leitores e players brasileiros. Então, quer jogar?



Os fãs de Back to the future vão ter uma noticia ótima, a DarkSide irá lançar o livro! Isso mesmo! 



E tem também a capa do segundo volume de Ciclo das trevas, que linda! <3



E aí, gostaram das novidades? :)

sexta-feira, 10 de julho de 2015

[Novidades] Gente e Única

| 1 comentários

Boa noite! Venham conferir os últimos lançamentos da Única e Gente! <3


Única

Eram olhos repletos de esperança — esperança irracional, espantosa e, às vezes, até irritante. Esperança de que, de alguma forma, tudo daria certo, mesmo quando estava claro que seu sonho lhe escapava como areia por entre os dedos de uma criança.
Naomi Rye simplesmente odeia quando chega o verão e ela é obrigada a ficar com sua mãe socialite em East Hampton. Afinal, ela definitivamente não pertence àquele mundo de glamour e adolescentes mimados. No entanto, tudo pode ser diferente neste verão, pois a casa vizinha foi alugada pela linda e misteriosa Jacinta Trimalchio, que sabe como impressionar com suas festas suntuosas e selvagens e, claro, seu badalado blog Incrivel.com.
Jacinta tem as próprias razões para se aproximar de Naomi: Delilah Fairweather. O envolvimento dessas garotas poderá culminar em grandes tragédias, e o mundo de riqueza e esbanjação cuidadosamente construído por aqueles jovens ricos poderá cair em pedaços. Naomi agora precisa decidir se está disposta a ser puxada por essa vida que por tantos anos rejeitou, ou se enfim cederá aos encantos da misteriosa e fascinante vizinha.

Gente

Intenções não são meramente objetivos. Elas vêm da alma, de algum lugar profundo dentro de nós, onde temos clareza acerca de nossos desejos sinceros de felicidade, aceitação, saúde e amor.
Todos nós, em dado momento da vida, nos sentimos soterrados pela rotina e pelas responsabilidades. Lidar com o trabalho, cuidar dos filhos, nutrir um relacionamento, gerir a casa... É tanta coisa a fazer em tão pouco tempo que nos esquecemos de prestar atenção em como estamos de fato vivendo.
Mallika Chopra quer mudar esse cenário. Por isso, trabalha incentivando homens e mulheres a buscarem mais propósito para si. Nesta tocante narrativa, repleta de altos e baixos e de amor e compaixão, ela nos conduz pelos seis passos para uma vida em que nossas intenções enfim se concretizam.


Mitologia como você sempre quis: sem embaraços e com muito bom humor.
Quem nunca se interessou por mitologia que atire a primeira flecha... ops, pedra! A verdade, porém, é que a gente acaba se perdendo entre tantos mitos, tantos deuses e deusas e monstros, tantos nomes e acontecimentos. E vários pontos ficam meio sem resposta na nossa cabeça:
Quem Zeus puniu por desobediência?
De quem Hera se vingou?
Quais são, afinal, os 12 trabalhos de Hércules?
Édipo era mesmo apaixonado pela mãe?
Essas respostas – e muitas outras – estão neste livro!


Os 49 segredos que vão salvar sua pele no trabalho e fazer você se destacar de verdade!
Para ser contratado, promovido, respeitado e para não sentir como se nunca soubesse o que realmente está acontecendo ou o que seu chefe quer de você, é preciso descobrir os atalhos que o levam a dar a resposta certa, não importa a pergunta.
Para ajudá-lo nesse grande desafio, Geoffrey James, autor reconhecido internacionalmente por sua visão prática sobre o mundo profissional, revela os passos para que você supere suas maiores dificuldades, sejam elas:
Sentir-se travado na hora em que mais precisa se comunicar com aqueles que têm poder para melhorar sua posição.
Ter de gerenciar não só a si mesmo como também seu chefe e sua equipe para que as coisas enfim aconteçam.
Ter de lidar com conflitos de cunho pessoal dentro da empresa – o que dá muito mais trabalho do que trabalhar de fato.
Estar em meio a uma check-list de pendências na qual todas são urgentes.
E tantas outras situações que tiram sua paz – e que acontecem com todo mundo.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

[Resenha] Minha querida Aline

| 23 comentários
Autor: Marcelo Vinicius
Páginas: 114
Editora: Multifoco
Mais que uma história de amor, esta obra traz a trajetória de um jovem apaixonado, porém devastado, narrando suas aflições amorosas ao próprio leitor. Ele conta sobre um amor não correspondido, intenso e tempestuoso. Desde o início, ele soube que sua amada Aline não poderia ser sua, pois ela não gostava de garotos.
Mas o tempo é um martírio para as almas envoltas pela paixão. Com o convívio diário, o jovem se apaixonava cada vez mais por ela. Passeios na universidade, longas conversas, reflexões, confissões foram momentos que contribuíram para fazer com que se esquecesse do mundo e só visse importância em Aline.
Ele não consegue esquecê-la e se culpa por isso. Por vezes, depois de tomar atitudes que beiravam a loucura para tentar conquistá-la, justificando-as com a teoria do amor puro (visão particular desse jovem em relação à citação de Nietzsche “aquilo que se faz por amor está acima do bem e do mal”), sabia que nunca poderia tê-la, mas, ao contrário de outros livros, aqui, esse amor não o fortalece, e sim, o destrói. Assim, encontramos a contradição de uma alma, que vai da extrema contração do ódio à redenção pelo amor.

Minha querida Aline
 não ia entrar para a Pilha de livros do mês, mas olhei o livro, tão fininho, e pensei, por que não? Resolvi colocá-lo na lista de leituras, que foi a segunda do mês, e como eu esperava, foi bem rápida de ler. Sinceramente não lembrava mais sobre o que se tratava, então me surpreendi bastante com tudo o que eu encontrei. A história é diferente e perturbadora, mas calma, nada muito extremo. 

terça-feira, 7 de julho de 2015

[Resenha] A lista negra

| 20 comentários
Autora: Jennifer Brown
Páginas: 272
Editora: Gutenberg
E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.

Depois de muito tempo na minha lista de desejados, finalmente li o livro A lista negra, lançado pela Editora Gutenberg. Uma história dramática, triste e envolvente, iniciei a leitura já com o coração apertado. É a primeira vez que leio esse tipo de trama, me surpreendi de ler tão detalhadamente algo que acontece muitas vezes por aí. Infelizmente, o bullying é algo normal, assim como essas vítimas se cansarem e revidarem de alguma forma.

domingo, 5 de julho de 2015

[Novidades] Arqueiro e Saída de emergência

| 4 comentários

Boa noite! Venham conferir os últimos lançamentos da Arqueiro e Saída de emergência. Já vão fazendo a listinha de desejados de julho. Não sei vocês, mas a minha já está enorme. :(


Arqueiro

Primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, esta é uma emocionante história de uma jovem que sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar. Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar. Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle. No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz. As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso. 
Com as lendas e tradições da Irlanda correndo em seu sangue, Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido... Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Muitas mulheres passaram pela cama de Connor, mas nenhuma havia descoberto o caminho para seu coração. Meara tem olhos escuros, pele morena – herança do lado cigano de sua família – e corpo de deusa. Os rumos dela e os de Connor se cruzam diariamente. Ele leva turistas em caminhadas para observar falcões. Ela os guia em cavalgadas pelo campo. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez.
Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação. Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos. Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta. Neste desfecho da série, os leitores ficarão ainda mais apaixonados por Emily e Gavin, envolvidos em uma jornada de perder o fôlego e acelerar a pulsação. 
No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi. Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido. Ao descascar as diversas camadas do caso, Dave logo se vê travando uma perigosa guerra de inteligência contra um investigador corrupto, um cordial e desconcertante chefe da máfia, uma jovem linda e sedutora e um assassino bizarro que tem a altura e os traços de uma criança – aparência que lhe rendeu o apelido de Peter Pan. A uma velocidade assombrosa, reviravoltas assustadoras começam a ocorrer e Dave é sugado com força cada vez maior para dentro de um dos casos mais sombrios de sua carreira. 
Não é preciso ser nenhum gênio para perceber que a vida de Drew Silver é uma sequência de decisões equivocadas. Faz quase uma década que sua banda de rock emplacou uma música, filha única de mãe solteira. Desde então, a banda se separou, sua mulher o largou e Silver tem assistido a vida passar, tocando em casamentos – quando aparece algum – e descontando os cheques cada vez menos frequentes que recebe pelos direitos autorais de seu único sucesso. Silver então descobre que a ex-mulher está prestes a se casar de novo e que a filha adolescente, Casey, está grávida. Para completar, depois de sofrer um derrame que o deixa incapaz de controlar a língua e guardar para si o que pensa, ele precisa de uma cirurgia no coração. Diante desse cenário, o músico fracassado depara com a pergunta decisiva: será que vale a pena salvar uma vida tão mal vivida? Assim, sob o olhar exasperado da família, ele toma a decisão radical de se recusar a fazer a cirurgia e dedicar o pouco tempo que lhe resta a tentar consertar o relacionamento com Casey e aproveitar a vida – mesmo que ela não dure muito. Com diálogos rápidos, irônicos e sagazes, Jonathan Tropper confirma sua habilidade em retratar com humor e perspicácia o lado oculto da família moderna.



Saída de emergência

Três personagens, três histórias, três Brasis. Ligados através do tempo, do espaço e da realidade.
Edson é um empresário de celebridades, tentando sair das favelas de São Paulo em um futuro não muito distante. Um encontro aleatório o fez cair no mundo perigoso da computação quântica, sem ter para onde fugir em um Brasil em que cada rosto e centavo é rastreado.
Marcelina é uma produtora de TV que sai pelas ruas do Rio em busca do sucesso que lhe trará fama. Quando uma ideia para um programa a faz rastrear os traços do mais infame goleiro do futebol brasileiro, se envolve em uma antiga conspiração que ameaça não só a sua vida, mas também a sua alma. Padre Luís é um missionário jesuíta que vasculha as profundezas da Floresta Amazônica do século XVIII em busca do padre renegado que tenta estabelecer um império. Mas o que ele encontra aí põe em cheque a sua fé e a própria realidade.

sábado, 4 de julho de 2015

[Resenha] O espelho de Cassandra

| 22 comentários
Autor: Bernard Werber
Páginas: 560
Editora: Bertrand
O que você faria se pudesse prever o futuro, mas ninguém acreditasse?
Cassandra Katzenberg, de 17 anos, nunca teve uma vida normal. Sem lembranças de sua existência até os 13 anos, quando seus pais faleceram em um atentado no Egito, a jovem é considerada excêntrica, até mesmo louca, por todos à sua volta. Principalmente após começar a ter visões do futuro, tal qual sua homônima da mitologia grega, prevendo grandes tragédias para a humanidade com uma assustadora riqueza de detalhes.
Determinada a recomeçar sua vida em outro lugar, a jovem Cassandra Katzenberg foge da escola onde estudava, levando consigo um misterioso relógio que calcula sua probabilidade de morrer dentro de cinco segundos. Na fuga, encontra uma aldeia onde pessoas banidas da sociedade vivem em um verdadeiro Estado livre e independente. É ali que suas premonições finalmente serão ouvidas, e encontrará aliados com os quais poderá contar na tentativa de salvar o mundo das tragédias iminentes que somente ela tem conhecimento.

Sabe aquele livro que te conquista já pela sinopse? Foi assim com O espelho de Cassandra. Amei a trama e mal podia esperar para ler, tanto que quando ele chegou aqui em casa eu corri para iniciar a leitura, e bem... Que decepção! E não por a história ser ruim, mas por estar esperando uma coisa e ela ser outra completamente diferente. Talvez se eu não tivesse lido a sinopse e imaginado uma coisa, eu teria gostado mais da leitura. A trama do autor é realmente incrível, mas não tive como não desanimar.