terça-feira, 2 de junho de 2015

[Resenha] Primeira alvorada - A lua

|
Autor: J. H Paschoal
Páginas: 192
Editora: Idea Editora
Série: Primeira Alvorada, 1
O jovem Arthur vive em um mundo congelado e muito perigoso, onde a união das pessoas em abrigos subterrâneos é o meio de vida mais seguro.Quando seu discreto avô morre, uma nova realidade sobre um passado misterioso começa a se revelar... .
Junto com Ânia, sua amiga sensível e fiel, e Sora, um soldado experiente, as circunstâncias levam-no para uma jornada incrível em busca da real história de seus ancestrais.
Sobreviver, descobrir seu mundo e decifrar o passado serão tarefas igualmente difíceis e exigirão muitas habilidades e inteligência.
“Primeira Alvorada: A Lua – Livro 1” abre a Trilogia Primeira Alvorada. Ficção Científica e Fantasia se misturam em batalhas épicas, máquinas incríveis, guerreiros corajosos e intuitivos.
Uma história surpreendente, cativante e repleta de ação e aventura!

A lua é uma distopia cheia de elementos de ficção científica, e o melhor: nacional. Paschoal criou um mundo intrigante e cheio de perigos. Iniciei a leitura sem nenhuma expectativa, pois nunca tinha lido resenhas sobre a obra, e por isso, apenas a sinopse não me inteirou totalmente do que esperar da trama. Como fã de uma boa distopia, me encantei desde o início com a história. Sabe aquele livro que te prende nas primeiras páginas? É esse. E olha que nem descobri como o mundo ficou daquele jeito, e apesar de isso ser comum no gênero - ou se ter apenas poucos detalhes do 'antes' -, eu fiquei extremamente curiosa para saber como tudo se transformou em um mundo congelado e, praticamente, inabitável.

Arthur mora em um abrigo subterrâneo, que não o protege apenas do Sol - que mata qualquer um -, mas também de espectros. Essa parte de quarta dimensão, e tal, me lembrou um pouco do anime Bleach, o que eu adorei! É quando seu avô morre e lhe conta que ele vem de uma família que virou uma lenda, que tudo muda. A partir daí a leitura fica eletrizante e praticamente difícil de largar. Eu adorei todos os elementos que o autor colocou na trama, e apesar de o livro ser tão curto, ele conseguiu desenvolver bem o enredo. Falei de tudo isso, mas sabe o que mais que tem? Robôs (conhecidos como SAM)! ♥

Arthur havia se tornado um descendente da família di Drako, membro da guarda superior e dono de um SAM chamado Drakon, que não sabia como abrir.

Só lendo para entender o quão incrível é A lua, a narrativa do autor é muito agradável, ele consegue envolver o leitor nos acontecimentos, que aliás, são sempre cheios de ação, o que só fez a leitura ser mais empolgante ainda. Os personagens possuem características marcantes, e muita coragem. Arthur não é daqueles que você sente pena frequentemente, ele não da tempo para isso, apenas ficamos imaginando qual a próxima loucura que ele vai se meter.

Adorei o livro, mais uma distopia que entrou para os favoritos, e mal posso esperar para ler os dois últimos volumes. Sim, é uma trilogia! <3 A lua possui lutas, mortes e intrigas, tudo que não pode faltar no gênero, depois de saber isso é só amor. Achei que para o primeiro livro o autor não enrolou muito na introdução, foi bem direto, deixando tudo intenso desde o início.

Se você está procurando uma leitura fascinante e bem escrita, com certeza A primeira alvorada é a dica. A leitura é rápida e fácil de se ambientar, mesmo não sabendo como tudo aconteceu. Espero que a continuação seja melhor ainda, pois estou muito curiosa para saber mais da família de Arthur e descobrir onde sua jornada irá levá-lo. Recomendado!

22 comentários:

  1. Já fiquei interessada pela capa, mas depois dessa resenha, serei obrigada a dar um jeito em ler esse livro. E só de pensar que tudo isso é um livro nacional, a empolgação só aumenta. Parabéns pela resenha, e espero que os próximos livros sejam tão bons quanto os primeiros e que você os resenhe aqui.
    Beijos,
    http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    não tinha visto nenhuma resenha mas já havia conferido do que se tratava lá naquela epoca da gincana de seu blog rsrs, fiquei muito empolgado com as sinopse, mas perdi, achei muito cara por um livro com tã poucas paginas
    Bjjks
    Passa Lá No meu Blgo - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nunca vi uma resenha sobre esse livro, apenas ouvi alguém comentando. A capa é muito linda, bem jeito de distopia mesmo, porém prestando atenção percebi que alguns personagens parece ter algumas referências a outras histórias que já li ou joguei, bem deve ser coisa da minha cabeça, até porque a história em si parece muito ser original. Adorei a referência com Bleach, agora mesmo que me deu vontade de ler, haha <3

    Beijos, Ahri Prado.
    cadeatoalha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Dessa, eu não sou fã de distopias.
    É um gênero que não consigo gostar.
    Mas acho que daria uma chance tanto pelo que você falou como por ser nacional.
    A capa é muito bonita.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Amiga tenho que confessar que fiquei fascinada com sua resenha, porque estou começando a entrar nesse mundo de distopia só agora e gostei bastante de tudo que você abordou sobre a história. O que me chamou atençao é o personagem morar no subterraneo em um mundo congelado. Mas eu percebi que você também não contou muito da história. Apenas deu seu ponto de vista né? Me deixou curiosa menina ! hahahahaha...Espero ter a oportunidade de fazer a leitura, porque me parece ser um livro bem envolvente e gostoso de ler. =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-navegue-lagrima_2.html

    ResponderExcluir
  6. Quando fala em distopia eu já fico ligado. haha Você sabe que eu adoro o gênero, não é mesmo?
    A premissa é bem diferente e eu gostei bastante. Interessante é pouco para o livro. E, com certeza, já vai para a minha lista de futuras compras. <3
    Distopia com lutas, mortes e intrigas é tudo de bom.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  7. Achei o enredo um pouco parecido com outras coisas que já vi por ai... dessa vez, acho que deixarei a dica passar. Gosto de distopias, mas nos últimos tempos, tenho encontrado algumas histórias repetitivas.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa,
    eu me apaixonei lendo a Lua, e O Céu será uma das minhas próximas leituras.
    Fico feliz de encontrar mais pessoas que tenham curtido assim como eu.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  9. Oii Andressa, tudo bem com você?
    Eu já conhecia o livro e achei a sinopse bem interessante, e agora depois da sua resenha não tenho dúvidas. O sol pode matar? Nossa, haha.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro :o Confesso que fiquei bem interessada em ler, sua resenha ficou ótima! Não conhecia nem o livro nem a editora! :/ Achei a capa linda!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que sempre fujo de séries, sabe? kkkk E esse livro não é do gênero que eu costumo ler, por isso não estava tão animada com ele, mas lendo a sua resenha fiquei bem curiosa em ler, pois quero ver o quão incrível o livro é.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Andressa, não conhecia o livro, mas já fiquei interessada, mesmo você não falando muito do enredo em si. Mas distopia-ficção é ainda mais interessante.

    A capa é bonita e parece ser bem significativa em relação ao congelamento.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Adorei a capa, a sinopse, a resenha <3 fiquei bem empolgada para ler esse livro e espero poder ler em breve. Se tiver e-book fica mais fácil ainda.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi oi!
    Eu não sou muito amiga das distopias, não consigo gostar de muitas, mas ultimamente algumas tem me surpreendido de forma muito positiva e pela sua resenha, acho que eu daria uma chance para Lua sim. Parece bem interessante essa coisa de viver num abrigo subterrâneo e tudo mais!
    Beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
  15. Nossa pela capa nunca diria que é nacional.
    Não leio muito sobre o gênero mas como vc disse que é curto e que vc amou com certeza quero dar uma chance. Como é uma trilogia vou ler só quando tiver todos bjs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Andressa!
    Eu até gosto de distopias, mas ultimamente tenho lido pouco do gênero, gostei da premissa do livro e fiquei ainda mais curiosa por se tratar de um nacional. Vou anotar a dica para conferir depois. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom?
    Gosto bastante de distopias e já anotei a dica desse livro. Fiquei ainda mais feliz por ser nacional.
    Só fiquei sem entender a presença dos robôs, mas obviamente a leitura esclareceria minhas dúvidas. A premissa do livro é bem instigante.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Andressa!
    Eu AMO distopias e amo saber que essa tenha sido escrita por um autor nacional. Ainda não conhecia o livro, mas a capa já me chamou atenção e sua resenha me fez ficar bem curiosa sobre ele. Espero conseguir adquirir um em breve não só porque sou fã do gênero, mas também porque quero conhecer mais dos escritores nacionais atuais.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Também gosto muito de distopias e é bom saber que uma nacional é tão boa e diferente, já que o gênero tem tido cada vez mais livros e um tanto parecidos.
    Adorei conhecer esse livro e com certeza vou ler. Bom demais saber que o autor conseguiu desenvolver bem a história mesmo em poucas páginas, estou bem curiosa para saber como ele conseguiu esse proeza e ver se realmente é bom mesmo.
    Dica anotada! Beijão!

    ResponderExcluir
  20. O livro parece interessante, mas me lembra de algo que já li, sabe qndo vc fica com a sensação que já leu algo assim
    bjo
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  21. Oi, flor!
    Adorei sua resenha e o livro parece ter uma premissa envolvente e divertida.
    Alias, parabéns pela resenha!
    Adorei os quotes também, acho que eles nos dizem muito a respeito de um livro.

    Valeu pela dica!
    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  22. Obrigado pelas palavras apenasumvicio! É esse tipo de resenha que serve como a principal recompensa para todo o trabalho feito. Espero que gostem de O Sol e O Céu também!
    JHPASCHOAL

    ResponderExcluir