quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

[Resenha] Fora de mim

|
Autora: Sharon M. Draper
Páginas: 208
Editora: Vergara & Riba
Fora de Mim - A maioria das pessoas não se dá conta do poder das palavras. Para Melody Brooks, elas são como pequenos tesouros. Melody tem paralisia cerebral: não pode andar, não pode ir ao banheiro ou se alimentar sozinha, nunca disse uma palavra... e ela tem quase onze anos. Os médicos foram categóricos e disseram que Melody seria um fardo, mas seus pais sabiam do potencial da filha. Bastava apenas querer enxergar. Melody tem memória fotográfica, um rico vocabulário e uma sensível percepção da vida. Talvez seja a menina mais inteligente de sua escola. Mas quase ninguém consegue percebê-la. Não sabem que ela consegue ouvi-los, entendê-los e que tem muito a dizer. Melody quer tocar o mundo. Romper com os limites aparentemente intransponíveis impostos por seu corpo. Determinada, ela vai encontrar uma forma de mostrar que pode ir além e surpreenderá a todos.

Preciso confessar que quando a editora enviou de surpresa Fora de mim não dei muita atenção, tanto que nem li a sinopse. Mas, como achei essa capa tão bela, mesmo sendo simples, resolvi fazer a leitura do livro e me surpreender. Uma palavra para descrever ele? Emocionante! Logo nas primeiras páginas meu coração já ficou apertado ao saber sobre o que era a história.

Melody tem 11 anos, e paralisia cerebral: não fala, não anda, não faz nada sozinha. Uma criança presa em um corpo que não funciona. Porém, seu cérebro compensa tudo isso. Ela é muito inteligente, e ao contrário do que todos pensam, tem milhares de pensamentos que gostaria muito de conseguir expressá-los através da fala.

Pensamentos precisam de palavras. Palavras precisam de uma voz.
Adoro o cheiro do cabelo da minha mãe logo que é lavado.
Adoro a sensação do rosto do meu pai antes de ele se barbear: pinica tipo feno.
Mas nunca pude dizer isso pra eles.

Acompanhamos todo tipo de pensamento de Melody, e isso é muito angustiante e triste, pois é como se ela estivesse aprisionada. O mais triste é ver o quanto ela é normal em sua cabecinha, mas não pode mostrar nada disso. Para a maioria da pessoas ela é a retardada na cadeira de rodas, com paralisia, e provavelmente burra, que baba e solta grunhidos bizarros. Entretanto, conforme vamos lendo, percebemos que não é bem assim. Ela é alguém incrível, apesar de suas limitações.

Melody além de ter nascido desse jeito, precisa lidar com o preconceito. Na escola a sua turma é só de deficientes, e por isso, isolada. Ninguém presta atenção neles. Muitos riem porque ela baba, ou falam mal dela como se Melody não entendesse nada do que eles estão falando, ou então não tivesse sentimentos. Porém, apesar de tudo, ela sabe que vai chegar em casa e ter pessoas que a amam. Sua mãe se esforça muito para agradá-la e a cuida com carinho. É lindo essa paciência que ela tem, pois acredito que não deve ser uma situação nada fácil.

Se no início eu sofria com a personagem, quando fui avançando na leitura só conseguia sentir alegria por ver o quanto ela era uma batalhadora. Sem nunca desistir, sempre tentando achar um jeito de se fazer entender. De provar que merece ser tratada decentemente. As zoações dos colegas são algo que indignam, e que infelizmente acontecem muito. Ser tratado diferente por ter alguma deficiência é desolador, não sei como Melody não desabava.

Fora de mim tem uma trama tocante e singela. Tive um misto de emoções com Melody. Ela é uma personagem forte e incrível, daquelas que te motivam a sempre batalhar por algo, nunca desistir e nem nunca deixar que te julguem. A leitura flui de forma muito rápida, pois o livro tem algumas reviravoltas interessantes, que fazem o leitor ansiar para tudo dar certo para essa menina tão adorável. Fiquei realmente tocada com a obra, não esperava encontrar uma história tão delicada. A autora conseguiu criar algo único, pois sinceramente, nunca parei para pensar como são os pensamentos de uma pessoa nessas condições. As palavras são tudo o que restam para Melody, mesmo que apenas em sua cabeça. Leitura mais que recomendada! 

25 comentários:

  1. Caramba, se só lendo sua resenha eu me emocionei dirá lendo o livro mesmo. As pessoas são muito cruéis as vezes. Isso é algo que eu nunca vou entender. Deve ter sido emocionante se sentir na pele da Melody né?! Nunca tinha visto as coisas dessa maneira... Não falar, não impede de sentir..

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é um livro muito emocionante!! E também muito angustiante, pois é terrível ver o quanto ela queria se comunicar com as pessoas.. :/

      Excluir
  2. Meus olhos estão ardendo so com a resenha,imagine lendo o livro?
    Eu ainda não conhecia o livro. E pela capa não achei que era sobre uma garota com deficiência.
    Já estou amando a Melody <3 Tens pessoas que reclamam ainda da vida! Esse livro deve ser um tapa na cara da sociedade ><
    Com certeza vou querer ler :D
    Amei a resenha Dessa <3
    Beijos da Brubs


    Cantinho da Bruna | @cantinhodabruna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Livro muito emocionante, duvido quem ler não se sentir triste e tal...
      Leia mesmo Brubs!

      Excluir
  3. Oi Dessa! Aí meu Deus! Esse livro deve ser um amor. Amei a resenha e já me envolvi com a história só através do que você disse. Deve ser encantador ver por outra perspectiva a deficiência de Melody.
    Bjim!
    Tammy
    LivreandoFacebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É encantador e muito delicado, recomendo essa leitura para todos!

      Excluir
  4. Oi Dessa, tudo bom?
    A premissa desse livro parece ter uma história cativante e emocionante. Realmente a visão da Melody é algo novo para mim e com certeza me emocionaria bastante e me colocaria para pensar. Isso me lembra um filme chamado O Escafandro e a Borboleta, que fala sobre um cara que sofreu um acidente e fica com a mente ativa. Porém, ele só consegue mexer os olhos.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Não conhecia o filme, vou dar uma pesquisada depois. Nunca tinha lido nada do tipo e me emocionei!

      Excluir
  5. Adorei sua resenha. Não conhecia este livro
    infelizmente, mas a história realmente me deixou cativado. Ainda não li nenhum
    livro desse tipo, mas eu gostei e achei muito
    emocionante.

    ResponderExcluir
  6. Oi Dessa, sua linda, tudo bem?
    Nossa, estou triste. Pois me toquei como isso acontece, quantas Melody existem. Será que ela se comunica de alguma forma? Com algum aparelho? Seria desesperador ela nunca se comunicar, nunca mexer nada. Como sabem o que ela está pensando? Como sabem o que ela quer? O que ela precisa? Tenho certeza de que esse é um daqueles livros que marcam, que nos ensinam. Linda sua resenha Dessa!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!
      Verdade, existem muitos como ela... ://
      Você precisa ler para descobrir como ela se comunica! hahaha *malvada*

      Excluir
  7. Oie,
    não conhecia o livro. É incrível quando isso acontece ne? Não damos a menor importância para ele e ele vem e nos surpreende.
    Não faz muito meu estilo de leitura

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Dessa.

    Deve ser um livro muito tocante mesmo. Deve ser uma vida bem solitária a que a Melody vive. Mas não sei se nesse momento leria esse livro, talvez em um outro momento. Mas adorei saber de Fora de mim.
    Uma pergunta o livro possui diálogos?

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio de Carnaval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Possui sim!
      E assim que der leia mesmo, vale a pena!

      Excluir
  9. Amiga gostei do livro, porque me pareceu ser bastante tocante
    e também esses tipos de história sempre nos trás alguma lição de vida.
    Isso é o que eu mais gosto em um livro pra te falar a verdade.
    Tenho que te dar os parabéns, até porque você foi bastante objetiva em sua resenha
    e eu fiquei muito interessada em ler. O problema é TEMPO...o santo TEMPO, porque são tantos livros para serem lidos que eu não consigo dar conta nem dos que tenho aqui em casa hahahaha...Mas eu vou colocar ele na minha lista, porque assim que eu puder vou ver se compro e leio. Parabéns pela sua resenha viu? Continue assim.

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tocante mesmo, Sil!
      Coloca na lista mesmo, vale a pena passar algumas leituras, viu? rsrs
      Obrigada! <3

      Excluir
  10. Esse livro parece carregar muita carga sentimental e ser muito interessante. Realmente um livro com um tema totalmente diferente dos usuais.

    ResponderExcluir
  11. Melody deve passar por vários processos complicados, afinal, lidar com paralisia cerebral é algo bastante complicado.
    Parece realmente uma obra carregada de sentimentos e que me interessou completamente. Imagino que lidar com preconceitos é bastante difícil e foi isso que me chamou a atenção.
    Vou querer ler para sentir esse misto de sentimentos que a obra proporciona. Adorei.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é muito difícil a situação dela, e bem triste. Mas é um livro bem tocante e lindo, vale a pena ler!

      Excluir
  12. Oi Dessa..
    Gosto de leituras com esse toque de drama. Ainda não conhecia o livro, mas adorei a capa e sinopse.
    A personagem te tocou mesmo ein, fiquei curiosa.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ai, já to em conflito aqui entre querer muito ler e não querer ler pra não sofrer.
    Nunca tinha visto esse livro mas nossa, to sem palavras agora. Nunca parei pra pensar no que uma pessoa com esse tipo de doença/dficiencia sente ou pensa. A gente sabe que eles não são retardados mas não da atenção mesmo assim. Muito complicado isso.
    A capa realmente encanta muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também nunca tinha parado para pensar, e é bem triste, viu? :/

      Excluir
  14. Esse livro deve ser incrível, só de ler a resenha já quase chorei. Preciso conhecer a Melody, sempre quis saber como crianças com paralisia cerebral se sentiam e acredito que esse livro será muito interessante!

    Beijos ;*
    Resenhista LivreandoFacebook e Proseando com uma BibliophileFacebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é uma ótima pedida para descobrir como funciona essa situação!*O*

      Excluir
  15. Gente, acho que não tenho estrutura pra esse tipo de livro não rs Acho que histórias tristes assim me deixariam triste tbm pq querendo ou não muitas vezes a gnt sente o q o personagem sente,né?

    ResponderExcluir