quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

[Resenha] O invisível

|
Autor: Mats Wahl
Páginas: 232
Editora: Butterfly
Um fenômeno inexplicável aconteceu com Hilmer Eriksson. De repente, ele ficou invisível! Ninguém consegue enxergá-lo! Na sala de aula, seus colegas não notam sua presença. Hilmer escuta as conversas, movimenta-se entre as pessoas, mas elas não percebem que ele está no ambiente... O detetive Harald Fors está à sua procura; Hilmer foi considerado desaparecido! Aproveitando-se de sua invisibilidade, o jovem resolve desvendar o mistério na companhia do policial. Fors suspeita que a cruz suástica, símbolo de triste recordação - a qual mãos anônimas grafitaram em alguns lugares -, tem relação com o sumiço de Hilmer, que não agüenta mais viver sem ser notado...


Quando li a sinopse de O invisível me lembrei muito do filme, de mesmo nome, e descobri que é um remake do filme sueco Den Osynlige, adaptação que fizeram do livro de Mats Wahl. Como eu gostei bastante do remake, fiquei bastante curiosa para conhecer a leitura da obra, e por isso solicitei da editora parceira, Buttefly. Não via a hora de ler, só me decepcionei um pouco com o tamanho, achei que seria mais bem explorado esse lance do garoto invisível, mas não foi o que ocorreu, o livro é bem curto.

Mesmo o autor não se aprofundando tanto na trama e a narrativa da história ser superficial, eu gostei do que li. A narrativa do Mats é bem fluída e simples, e os acontecimentos ocorrem de maneira incrível, apesar de rápido demais. Todo o mistério do livro me empolgou bastante para ler, e por isso deixei de lado os pontos negativos, ao meu ver, e o final que foi meio decepcionante...

Quando Fors mencionou seu nome, protestou.
- Ei, eu estou aqui.
Mas ninguém pareceu ouvir.

Hilmer um dia vai para a escola e percebe que ninguém o enxerga, ele está invisível. Nesse meio tempo o detetive Fors vai até a escola comunicar o desaparecimento de Hilmer e interrogar colegas e amigos dele. O garoto sabe que algo ruim aconteceu com ele, mas não se lembra de nada. Nem sabe porque está invisível. É angustiante as partes em que ele tenta se comunicar com alguém, mais ainda quando com o tempo ele vai tendo certeza que algo aconteceu... Ele vai se sentindo cansado, quase já não tem forças para acompanhar as pessoas.

O livro nos mostra o desaparecimento de um aluno, e esse próprio aluno acompanhando as investigações sem poder dizer que ele está ali perto. Também lemos bastante sobre violência, xenofobia e nazismo. Alguns jovens rebeldes "nazistas" acham que os imigrantes não merecem viver ali. Que eles são um estorvo. E assim, vamos vendo o ódio e violência dessa turma, e as coisas horríveis que aprontam.

O invisível teve uma leitura bem dinâmica, uma pena o autor não ter se aprofundado na trama, pois algumas coisas terminaram sem explicação. Eu gostei bastante da história, mas me choquei com as pessoas que não gostavam dos imigrantes e se achavam melhores que os outros. Pura violência! E Hilmer foi um personagem que apesar de ter aparecido, não teve tanto foco. Não sabemos direito quem é Hilmer, do que ele gosta, quem faria algo contra ele... Recomendo o livro, é rápido e gostosinho de acompanhar as investigações.

29 comentários:

  1. Oi Dessa..
    Tinha lido a sinopse desse livro em algum lugar, mas não sabia que tinha filme.
    Adorei os temas abordados. Esse seria um livro que gostaria de ler.
    Adorei conhecer um pouco mais.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez que ouço falar sobre o livro, me parece uma leitura não somente de ficção, mas também uma linguagem metafórica quanto a viver e não ser visto pelo mundo.

    Abraços,
    http://www.revolucaonerd.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dessa!
    Não conhecia o livro e achei bem interessante. É o tipo de livro que eu leria em "uma sentada", já que adoro essa temática. Livros com investigações sempre chamam muito minha atenção.; Vou colocar na minha lista de quero ler. ;)
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente da para ler o livro em uma sentada, viu. É uma leitura bem rápida. :D

      Excluir
  4. Amiga a sua resenha me chamou bastante atenção sobre o livro, porque eu nunca tinha ouvido falar. Acho que já vi o filme também viu? Se não me engano. Mas já faz muito tempo. Mas pelo que vc falou eu fiquei bastante interessada na história, porque como pode uma pessoa sumir assim e não saber como sabe? Seilá, tipo, acho que seria um livro que eu pegaria para ler sim, porque me deixou bastante curiosa. Adorei.

    E olha amiga, queria te falar uma coisa, peço desculpas por n ter passado antes, mas andei um pouco atarefada com as coisas da VIDA e deixei um pouco os comentários de blogs de lado. Mas estou aqui cumprindo a minha visitinha. Espero que esteja bem.

    Se cuida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será? Tem aquele ator que fez o filme do dragon ball sabe? rsrs
      A trama é bem intrigante, pena que é curtinha. :/

      Excluir
  5. Oi!
    Ainda não assisti esse filme, nem conhecia o livro.
    Apremissa é bem interessante. Uma pena que o autor não se aprofundou e acabou deixando a narrativa muito superficial e corrida.
    Não seria um livro que eu teria interesse em ler no momento.
    Beijos

    >> Concorra a um vale presente de R$ 50,00 e R$ 20,00 na promoção 2015 da Sorte. Não fique fora dessa!<<
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente... Se ele tivesse desenvolvido mais a história ia ser melhor ainda!

      Excluir
  6. OI, Dessa.

    Não conhecia esse livro e nem que havia um filme.'-'
    Mas mesmo com a sua resenha explicando e apontando algumas coisas que não curtiu, mas dizendo que a leitura é válida. Eu não fiquei afim de ler. >.<

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena! Apesar disso a leitura é bem rápida.

      Excluir
  7. Me pareceu uma leitura única pelo que disse, mas ao mesmo momento me senti um pouco receoso pela capa (confesso) sei que não deveria julgar um livro pela capa, mas alguns não tem jeito.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa não é muito atrativa mesmo, mas combinou com a história. :3

      Excluir
  8. Oie, Dessa.

    Me chamou bastante atenção o enredo. Especialmente por envolver temas fortes como nazismo e xenofobia. Com certeza vou ler. Já ouvi falar muito sobre o filme, só não imagino porque não o assisti, já que a sinopse sempre me chamou atenção. Deve ser porque sou meio esquecida hahah
    Já estou seguindo o blog. Espero sua visitinha no Me Livrando!

    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Gosto bastante de livros que fluem rapidinho e a história cativa, uma pena que ele não se aprofundou tanto, como você disse :/

    Beijos,
    Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nunca nem vi o filme. Sério... essa capa é ridícula. E este bigodinho? Godwhy! Vi que o enredo é bem simples e também não tem muita coisa em que ele deixa intenso. Achei bem tenso essa de escola e ser invisível. Se fosse eu, seria a pessoa mais feliz do mundo. A parte mais ruim é o fim, ter terminado sem explicações.
    Abraços Dessa,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa até que combinou com a trama viu... rsrs
      Acho que uma hora tu ia cansar de ser invisível. hahaha

      Excluir
  11. Oi, Dessa!
    Que bom que gostou da história. Parece um livro bom pra passar o tempo, mas não despertou tanto a minha atenção.

    Beijos, Fer.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Apesar do Hilmer ter ficado em segundo plano, acredito que esse tema é bem propício. Ainda mais agora com o mundo do jeito que está...
    Adorei e quero ler!!!

    Bjks

    Lelê -- http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, Dessa. Tudo bem?
    Não conhecia o filme, então a resenha do livro foi totalmente nova para mim.
    A premissa é bem interessante e eu acho que vou querer ler, principalmente por também ter esse clima de investigação.
    Ótima resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de janeiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  14. Leituras dinâmicas ajudam o ritmo de leitura fluir. São sempre bem vindas. Confesso que lendo sua resenha, não lembro de ter visto filme, muito menos ter lido. Adoro livros do gênero, mas acho que só funcionam quando a trama é bem elaborada, não? :/

    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo não sendo tão elaborado, funcionou pra mim. Ainda mais que é uma leitura bem rápida.

      Excluir
  15. Poxa, que falha essa do autor em não explorar bem o personagem principal...

    ResponderExcluir
  16. Me interessei pouco pelo livro, pena que faltaram algumas informações no livro.
    Mais mesmo assim bela sua resenha.

    ResponderExcluir
  17. Olá Dessa!
    Que capa hein, curti não rs.
    Gostei da sinopse, e da resenha, e apesar das ressalvas, leria sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Nem sabia que tinha um filme com esse nome. A capa do livro é bem feia né.
    Sei lá, não me interessei muito pelo enredo, não foi uma coisa que me chame a atenção e saber que ficaram coisas sem explicações não ajuda muito na vontade de ler também.

    ResponderExcluir
  19. Oi !
    Gostei muito de saber que o livro e um remake do filme não gostei muito do autor não se aprofunda na historia muito porque livros mas superficiais acaba deixando buracos na trama e também não gostei de saber que o final foi decepcionante mais são raros pra mim os finais que realmente gosto !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é difícil um final agradar... rsrs

      Excluir