quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

[Parceria] André Cáceres e M. C. Pereda

| 10 comentários

Boa noite, pessoal! Eu venho anunciar os últimos autores parceiros do ano do Apenas um Vício! Espero que gostem. E uma ótima virada de ano para vocês, que 2016 seja um ano de ótimas leituras! :)



André Cáceres


André Cáceres é jornalista e escritor. Gosta de fantasiar sobre mundos que não existem, passados que não aconteceram e futuros que não chegaram.Escreveu entre 2013 e 2015 para o portal UOL e vai trabalhar no jornal O Estado de S. Paulo a partir de janeiro. Enquanto se prepara para concluir a graduação em jornalismo pela Cásper Líbero em 2016, já escreve seu segundo romance, intitulado Quando os Deses Sangram. O primeiro livro, Cela 108, será publicado pela editora Multifoco no final de 2015.
Em 2014, André ficou entre os vencedores do Desafio Scribe de Contos, organizado pela rede social de escritores Scribe em parceria com o TocaLivros e o Guia da Autopublicação, tendo seu conto Hotel Califórnia publicado na antologia do concurso. O autor mantém um dos perfis mais acessados do Scribe, publicando contos, crônicas e poemas com regularidade.


Livro


Cela 108 se passa na Pátria, um país fictício governado por uma ditadura que mata seus opositores e toma os bebês recém nascidos dos pais para doutriná­los, imprimindo vínculos emocionais com o Partido e cortando pela raiz qualquer discordância. Toda e qualquer manifestação artística e cultural é reprimida e o simples pensar se torna um ato político. O controle das massas parece ser total, no entanto um grupo de rebeldes sempre existiu, agindo por debaixo dos panos, e agora começou a ganhar força. Com os revoltosos se estruturando e incomodando o regime, a Pátria está cada vez mais próxima de um ponto de ebulição. A história de Cela 108 é a jornada do protagonista Dante ao seu inferno pessoal e a tentativa de um povo de se encontrar.
Após a trágica morte pelas mãos da ditadura da militante rebelde Beatrice, mulher que Dante amava, ele decide se unir à causa e se torna um agente duplo, se infiltrando aos poucos no alto escalão do governo para preparar uma revolução na Pátria. Mas será que tomar o poder é suficiente em uma sociedade corrompida? Ou o poder cega as pessoas?
Cela 108 é um romance distópico inspirado nos grandes clássicos do gênero, como 1984, Fahrenheit 451 e Admirável Mundo Novo, questionando as próprias ideologias e utopias em uma narrativa dinâmica e cheia de reviravoltas que faz o leitor se reconhecer assustadoramente na realidade retratada pela obra.



quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

[Resenha] Os bons segredos

| 21 comentários
Autora: Sarah Dessen
Páginas: 408
Editora: Seguinte
Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho. 


Eu nunca havia lido nenhuma obra da Sarah Dessen então, quando a Editora Seguinte ofereceu Os bons segredos para resenhar no blog, aproveitei a oportunidade. Sempre li muitos elogios quanto a escrita da autora, e a vontade de ler algo dela sempre foi grande, mas realmente faltou um empurrãozinho. Depois de finalizar a leitura entendi porque os leitores falam tão bem da Sarah, minha primeira experiência com a escrita dela foi sensacional. 

domingo, 27 de dezembro de 2015

Caixinha de correio #91

| 12 comentários

Boa tarde, pessoal! Está no ar a última caixinha de correio do ano! Essa semana chegou bastante coisa, mas ainda estou aguardando vários livros, sabem como é: Correios + Natal = sempre tem atrasos. :/ Vamos conferir?


Parceria



Recebi os lançamentos do mês da Aleph, e nem preciso dizer o quanto eu adorei, né? Uma edição mais linda que a outra, em breve tem resenha de todos eles!



A Seguinte entrou em contato de novo e ofereceu dessa vez Estrelas Perdidas para ler e resenhar no blog. Logo tem resenha!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

[Resenha] O maravilhoso mágico de Oz

| 11 comentários
Autor: L. Frank Baum
Páginas: 208
Editora: O melhor de cada tempo
Série: Mundo de Oz, 1
Dorothy é uma órfã que vive no interior do Kansas com seus tios. Inesperadamente, um ciclone a leva para uma misteriosa e fantástica terra, um lugar mágico e colorido, cercado por um deserto imenso e governado por um mago poderoso. Em seu caminho, Dorothy enfrenta muitos perigos como bruxas malvadas e monstros gigantes, mas conhece também três amigos incríveis que vão ajudá-la nessa jornada: um Espantalho que deseja um cérebro, um Leão que queria ser corajoso e um Homem de Lata que espera ganhar um coração. Os quatro se unem para encontrar o Mágico de Oz que, segundo dizem, pode realizar todos os seus desejos, e assim Dorothy poderá, finalmente, voltar à casa de seus tios.

Eu já havia lido esse clássico escrito por Baum, mas este é aquele tipo de história que você precisa reler muitas vezes, pela bela mensagem que traz e por ser tão cativante e leve. Quando eu vi essa edição da Vermelho Marinho, que saiu pelo selo O melhor de cada tempo, eu precisava muito ler. E foi através dela que descobri que na verdade há uma série sobre o mundo de Oz, imaginem a minha empolgação quando soube disso. Foi muito bom reler a obra, e poder entender coisas que antes não tinha reparado.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

[Resenha] Chamado às armas

| 15 comentários
Autora: Elle Casey
Páginas: 368
Editora: Geração editorial
Série: A guerra dos Fae, 2
Chegou a hora da guerra no segundo volume da série "A Guerra dos Fae! Em Chamado às Armas", os Fae da luz são convocados a fazer uma importante mudança e treinar seus dons mágicos para enfrentar os Fae das Trevas. Jayne Sparks e seus amigos Spike, Chase, Finn e Becky estão na iminência de uma guerra sangrenta e devem sofrer uma mudança, como crianças trocadas, para serem membros dos Fae da Luz com identidades mágicas. Poderão se transformar em elfos, ninfas, daemons, íncubos, anões e duendes verdes, querendo ou não aceitar suas novas identidades, desapontando-se com elas ou não. Como será resolvida a questão entre os Fae da Luz e os Fae das Trevas? Serão Jayne e seu grupo de amigos capazes de dar conta de uma missão tão espinhosa? Muitas respostas a estas perguntas, e outras tantas que foram provocadas pelo primeiro volume da série, serão respondidas aos leitores. E surgirão novos e fascinantes enigmas.

1. As crianças trocadas

Chamado às armas é o segundo volume da série A guerra dos Fae, escrito por Elle Casey. Eu havia dito na resenha do anterior que depois daquele final eu precisava desesperadamente ler o segundo, mas eu sou daquelas pessoas que se demora muito tempo para fazer algo, acaba perdendo o interesse. E foi mais ou menos o que aconteceu, não perdi o interesse em ler a continuação, mas sim de ler imediatamente, por isso a demora para sair a resenha. Essa obra foi uma ótima sequência, conseguimos conhecer melhor os personagens e entender esse mundo em que eles acabam se metendo.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Caixinha de correio #90

| 4 comentários

Boa noite, pessoal! Estou há semanas sem postar caixinha de correio, mas é que tem chegado pouca coisa, por isso deixei acumular. Tem bastante coisa bacana, vamos conferir?


Parceria



Na verdade não sou parceira - ainda, rs - da Seguinte, mas como eu me inscrevi, eles ofereceram o livro para os blogs não parceiros resenhar, e eu aceitei. Nunca li nada da autora, então estou bem curiosa para conferir a leitura!


 

Recebi da Editora Nacional os últimos lançamentos. Estou curiosa para ler Operação Harém. Em breve vai ter resenha dos dois livros.

sábado, 19 de dezembro de 2015

[Resenha] Elo

| 13 comentários
Autora: Imogen Howson
Páginas: 384
Editora: Farol Literário
Série: Elo, 1
Elissa costumava ter tudo: a atenção de todos, popularidade e um futuro promissor. Mas os três últimos anos fizeram sua vida mudar radicalmente: ela vem lutando contra terríveis visões, dores-fantasma e misteriosos hematomas que aparecem do nada. Depois de muitas idas e vindas a especialistas, surge uma promessa de cura, uma cirurgia para apagar a parte superativa do seu cérebro, que provoca tais alucinações. Às vésperas da operação, no entanto, Elissa faz uma descoberta chocante por trás daquelas visões: ela enxerga o mundo pelos olhos de outra garota.



Depois de terminar a leitura de Elo percebi o quão pouco a sinopse nos diz sobre a trama. Eu já havia gostado bastante da história, mas depois de tudo, me surpreendi demais com o que eu encontrei na obra. Eu não esperava nada do que foi descrito, exatamente por a sinopse não revelar quase nada. Talvez isso seja algo bom, fazer o leitor se surpreender, mas ao mesmo tempo, pode ser que o leitor não se interesse o suficiente e acabe não pegando o livro para ler, perdendo assim uma leitura incrível. Eu sou apaixonada por distopias, não teve nenhuma até hoje que não foi satisfatória e que não gostei, mas quando essa mesma distopia tem elementos de ficção científica, aí sim é muito amor envolvido. ♥ 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

[Parceria] Marcela Campbell, Marcio Sidney, Matheus Peleteiro e Sergio Rossoni

| 19 comentários

Boa noite, pessoal! Está no ar mais um post apresentando os novos autores parceiros do blog. Espero que gostem, e aguardem muitas resenhas!


Marcela Campbell

Marcela Campbell, 1994, estudante de psicologia, escritora do livro Aprendendo em Seis, criadora e palestrante dos projetos de combate ao bullying: Projeto Broto, formando violetas e Projeto Violeta; Aprendendo em Seis da literatura à realidade, jovem, escola e sociedade.












Livro


Aprendendo em Seis conta a história de seis jovens da hierarquia carioca que ficam na detenção por exatas seis semanas em um dos melhores colégios da cidade do Rio.
Abordando assuntos comuns nessa fase da vida pessoal e escolar, a narrativa passeia por temas já conhecidos, como o bullying, mas prezando os sentimentos daqueles que o sofrem. Também fala sobre o culto ao físico, a compulsão alimentar, a competitividade, a dificuldade de ser aceito pela sociedade e por si mesmo. Além disso, levanta questões acerca de preconceitos, rótulos e problemas familiares.
Apesar de todos terem suas próprias histórias, os seis encontraram na detenção uma maneira de atravessar todas essas dificuldades. Ali podem ser eles mesmos, sem máscaras nem mentiras, e entendem que, juntos, podem enfrentar o mundo.





segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

[Resenha] Operação Stormbreaker

| 31 comentários
Autor: Anthony Horowitz
Páginas: 160
Editora: Fundamento
Série: Alex Rider contra o tempo, 1
Alex passou por cima do homem, montou na bicicleta e partiu. A distância, um terceiro homem corria na direção dele. O garoto o ouviu gritar uma única palavra: “Pare!” Então houve o estampido de um tiro e uma bala passou zunindo.” O que pode ser pior do que descobrir que você passou toda a vida acreditando em mentiras? Foi isso o que aconteceu com Alex Rider depois da morte de seu tio, Ian, que o tinha criado desde pequeno. Ian não era um pacato gerente de banco, como o adolescente pensava, mas um agente do Serviço Secreto britânico assassinado brutalmente durante uma missão. O que Alex tinha a ver com essa confusão? Nada, até ser convocado a ajudar na investigação iniciada por Ian Rider. O agente vinha seguindo um empresário milionário, inventor de um supercomputador que seria doado às escolas públicas do país. O Serviço Secreto não engolia o altruísmo do homem e,depois do que houve com Ian,todos sentiam que precisavam saber quais eram as reais intenções do milionário antes que fosse tarde demais...Existiria mesmo uma ameaça? Só quem poderia ter certeza era Alex, que entrou na fábrica do empresário com a cara e a coragem (e alguns equipamentos espiões de alta tecnologia). Mas o jovem logo percebeu que precisaria de muito mais senão quisesse terminar como o tio. Será que Alex tem o sangue frio e a atração quase fatal pelo perigo de que todo espião precisa? Emoção, aventura e perigo do começo ao fim! Fique de olho no livro que deu origem ao filme Alex Rider contra o tempo.

A série Alex Rider contra o tempo está nos meus desejados há muito tempo, eu adoro livros com espiões, ainda mais sendo algo juvenil, tinha tudo para me ganhar, e depois de fazer a leitura foi realmente o que aconteceu. Operação Stormbreaker é um livro curto, mas que possui uma trama bem empolgante, leve e fácil. Não é uma trama com nada muito mirabolante, é uma história simples, por assim dizer, pois como eu disse, é mais juvenil. No entanto, o autor consegue nos cativar com o enredo criado. Foi uma leitura sensacional, e serviu bem para ler depois de uma obra mais densa.

sábado, 12 de dezembro de 2015

[Resenha] Quem teme a morte

| 12 comentários
Autora: Nnedi Okorafor
Páginas: 412
Editora: Geração
Numa terra devastada por uma hecatombe nuclear, uma jovem e misteriosa mulher com o incomum nome de Onyesonwu – que pode ser traduzido como Quem Teme a Morte – descobre que tem superpoderes e foi escolhida para salvar a humanidade. Este seria um romance distópico como qualquer outro se não transcorresse na África e sua autora não fosse a surpreendente Nnedi Okorafor, elogiada pelo prêmio Nobel nigeriano Woyle Soyinka. Fantasias, batalhas, tradições e alta tecnologia, sonhos, visões, discriminação racial e sexual, tudo se mistura numa narrativa tensa e poética que confere uma nova linguagem para os romances do gênero.

Eu não costumo ler muitos livros de fantasia, é quase como se eu tivesse ficado adulta demais para esse gênero literário. Mas resolvi aproveitar a oportunidade que a editora Geração me ofereceu e cai de cabeça nessa estória que apesar de futurista, tem sua essência centralizada na magia. E apesar do meu receio inicial, fui envolvida de uma forma bem positiva pelo enredo.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

[Promoção] 2 anos do Pausa para um livro

| 11 comentários

O Pausa Para Um Livro está completando dois anos de existência, e para comemorar o blog se uniu a outros 22 amigos para trazer diversos kits lindos para vocês. Foi tudo pensado com muito carinho e esperamos que todos possam participar.
Regras:
  • Será um vencedor para cada kit;
  • Comentar nesse post para validar sua participação deixando seu e-mail para contato;
  • Seguir as regras obrigatórias do formulário.
  • Período do sorteio 10/12/2015 a 10/01/2016;
  • O ganhador deve residir em território nacional;
  • Cada blog ficará responsável pelo envio do seu livro em até 45 dias ÚTEIS após o sorteio. 
  • Nenhum blog tem qualquer responsabilidade por extravio ou perda por conta dos Correios.
  • Os ganhadores deverá responder o e-mail em até 3 dias. Caso não o faça, será desclassificado e novo sorteio será feito.

domingo, 6 de dezembro de 2015

[Resenha] Quebra de confiança

| 16 comentários
Autor: Harlan Coben
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Série: Myron Bolitar, 1
No primeiro caso de Myron Bolitar, Harlan Coben nos faz mergulhar na indústria do sexo e nos negócios escusos por trás da contratação de grandes atletas. Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Talentoso, bonito, centrado e carismático, tudo indica que o rapaz também poderá arrematar milhões em contratos de publicidade.
Mas, ao mesmo tempo que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston.
Prestes a ser contratado em uma negociação que pode ser a maior de todos os tempos em sua categoria, Christian recebe o exemplar de uma revista que traz a foto de Kathy em um anúncio de disque sexo. Além disso, o caso acaba de ganhar mais um ingrediente de terror: três dias atrás, Adam Culver, pai dela, foi morto em um assalto bastante suspeito. Agora, com a ajuda de Win, seu melhor amigo, Myron tentará impedir que as notícias sobre a ex-noiva de Christian atrapalhem a carreira do rapaz e irá em busca da verdade – doa a quem doer.

Depois de ter lido Que falta você me faz, que foi meu primeiro contato com o autor, decidi que leria todas as outras obras já publicadas do Harlan Coben. Eu adoro o gênero policial, então era inadmissível que eu ainda não tivesse lido nada dele. E que arrependimento de não o ter conhecido antes. Como fã de histórias desse tipo, fiquei muito envolvida com a escrita do autor, ele consegue criar situações de tensão e reviravoltas em que o leitor não espera nada daquilo acontecer. E o elemento principal: as investigações são realizadas com muito humor e sem nenhuma ponta solta. Eu já havia ouvido falar de seu famoso personagem, Myron Bolitar, então resolvi iniciar a série de mesmo nome. 

sábado, 5 de dezembro de 2015

[Resenha] Doce perdão

| 21 comentários
Autora: Lori Nelson Spielman
Páginas: 322
Editora: Verus
Hannah Farr é uma personalidade de New Orleans. Apresentadora de TV, seu programa diário é adorado por milhares de fãs, e há dois anos ela namora o prefeito da cidade, Michael Payne. Mas sua vida, que parece tão certa, está prestes a ser abalada por duas pequenas pedras... As Pedras do Perdão viraram mania no país inteiro. O conceito é simples: envie duas pedras para alguém que você ofendeu ou maltratou. Se a pessoa lhe devolver uma delas, significa que você foi perdoado. Inofensivas no início, as Pedras do Perdão vão forçar Hannah a mergulhar de volta ao passado - o mesmo que ela cuidadosamente enterrou -, e todas as certezas de sua vida virão abaixo. Agora ela vai precisar ser forte para consertar os erros que cometeu, ou arriscar perder qualquer vislumbre de uma vida autêntica para sempre. Após o sucesso mundial de A lista de Brett, Lori Nelson Spielman retorna com este romance terno e esperto sobre nossas fraquezas tão humanas e a coragem necessária para perdoá-las - assim como para pedir perdão.

Depois de ter lido A lista de Brett, da Lori Nelson Spielman, e ter me apaixonado por sua escrita e enredo, não tinha como eu não ler seu novo livro, lançamento da Verus. Doce perdão também possui uma história linda e desafiadora, mas a comparação entre as duas tramas para por aí. Em sua nova obra, Lori nos dá uma lição de vida: o perdão. Saber perdoar é muito importante, mas o mais difícil é pedir perdão. Com um enredo leve, divertido e emocionante, a autora nos apresenta uma personagem muito humana, com medos e inseguranças como qualquer pessoa da sua idade, mas que cometeu alguns erros no passado.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

[Parceria] Editora Generale

| 17 comentários

Boa noite, pessoal! Venho anunciar a nova editora parceira do blog: a Generale, selo da Évora! Estou muito contente com a nova parceria, e espero que vocês curtam também! ;)


                                                     


Fundada por Henrique Farinha, a Editora Évora chega ao mercado com uma proposta inovadora, pautada em obras de qualidade, conteúdos de alta relevância e inovadores que agreguem valor e através deles, ajudem os leitores a realizarem objetivos e projetos pessoais e profissionais com excelência.O catálogo da editora contará com obras de ficção e não ficção, de autores relevantes nacionais e internacionais.


Algumas obras


Cheio de intrigas, mistério e horror, Apocalipse Zumbi é uma aventura de ficção eletrizante, com muitos elementos de realidade que mexerão com a mente e o coração dos leitores. Alexandre Callari oferece nesta obra o melhor do gênero zumbis e, ao mesmo tempo, cria um mundo à parte, que conta com suas próprias regras e lógica. Bem-vindo ao universo de Apocalipse Zumbi!

Branca de Neve e os sete anões não é uma história criada pela Disney, que adaptou o conto de fadas dos irmãos Grimm e produziu o longa-metragem infantil de maior sucesso da história. Originalmente um conto adulto do folclore oral europeu, Branca de Neve remonta a séculos de tradição, mesmo antes de os irmãos Grimm a registrarem pela primeira vez.

Pela primeira vez, o público brasileiro terá a oportunidade de apreciar o único romance escrito por Robert E. Howard, criador do personagem Conan, o Bárbaro. Neste livro, também são publicados três contos inéditos: "Além do Rio Negro", "As negras noites de Zamboula" e "Os profetas do Círculo Negro".

Uma banda formada por três amigos e dois irmãos, no auge da fama e do sucesso, decide que, após quatro anos longe de sua pequena cidade natal, finalmente é hora de voltar para casa. A princípio, viajam apenas para descansar e se recuperar da desgastante vida de artista e, para mais tarde, voltar à impiedosa rotina. Mas não é necessário muito tempo para que o passado venha resgatar histórias, conflitos, lembranças e um sentimento de nostalgia que havia sido deixado para trás.



Site | Facebook

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Pilha de leitura #31

| 11 comentários


Boa noite, pessoal! E está no ar a última pilha de leitura do ano. Em novembro li dez livros, e da pilha que tinha escolhido, apenas um dos livros ficou de fora. Foram leituras variadas e muito boas, mas espero que dezembro seja melhor ainda! ♥ Vamos conferir o que eu andei lendo?

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

[Resenha] Desaparecidas

| 17 comentários
Autora: Lauren Oliver
Páginas: 304
Editora: Verus
As irmãs Dara e Nick eram inseparáveis, mas isso foi antes — antes de Dara beijar Parker, antes de Nick perdê-lo como melhor amigo, antes do acidente que deixou cicatrizes no belo rosto de Dara. Agora as duas, que eram tão próximas, não estão mais se falando. Em um instante Nick perdeu tudo, e está determinada a usar o verão para conseguir sua vida de volta.Só que Dara tem outros planos. Quando ela desaparece, no dia de seu aniversário, Nick acha que a irmã está se divertindo por aí. Mas outra garota também sumiu — Madeline Snow, de nove anos — e, conforme Nick procura pela irmã, fica cada vez mais convencida de que os dois desaparecimentos podem estar conectados.
Neste livro tenso e cativante, Lauren Oliver cria um mundo de intrigas, perdas e suspeitas, enquanto duas irmãs buscam encontrar uma à outra — e a si mesmas.


Desaparecidas é o primeiro livro que eu leio da autora, eu solicitei por conta disso e também pela sinopse que me chamou a atenção. Um drama, duas irmãs, desaparecimentos... Foi impossível não querer ler. E depois de fazer a leitura da obra, virei fã da Lauren. Sabe aquele momento que você não sabe se ama ou odeia o autor? Tive meu coração despedaçado, mas ao mesmo tempo achei tudo incrível e bem pensado. Fui enganada, mas me senti satisfeita de ler algo tão genial. 

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

[Resenha] Star Wars: Marcas da guerra

| 15 comentários
Autor: Chuck Wendig
Páginas: 408
Editora: Aleph
Série: O despertar da força, 1
O que aconteceu depois da destruição da segunda Estrela da Morte? Qual o destino dos remanescentes do Império Galáctico e dos antigos Rebeldes, agora responsáveis pela fundação da Nova República? Marcas da guerra é o primeiro livro do cânone oficial a mostrar o que acontece depois do clássico Episódio VI: O retorno de Jedi, dando pistas sobre o que podemos esperar da nova trilogia que se inicia com o O despertar da Força, a ser lançado nos cinemas em dezembro.
Nesse novo panorama galáctico, vamos descobrir que a guerra ainda não chegou ao fim... e que os traumas deixados por ela ainda serão sentidos por muitos e muitos ciclos. Capitão Wedge Antilles, almirante Ackbar, almirante Sloane, o garoto Temmin e a mãe, Norra Wexley, a caçadora de recompensas Jas Emari, o antigo agente imperial Sinjir: novos personagens e velhos conhecidos dos amantes da saga, que sempre estiveram envolvidos na luta, agora devem escolher o lado a que deverão jurar lealdade. Deverão colocar-se ao lado da Nova República, procurando estabelecer um novo governo democrático na galáxia? Ou juntar-se às fileiras imperiais, na tentativa de voltar ao poder absoluto depois das mortes dos lordes Sith Palpatine e Darth Vader?

Fiquei muito contente quando eu recebi a prova de Marcas da guerra, pois além de ser a primeira vez que eu recebo uma prova, é do universo de Star Wars ♥. Uma obra importante desse universo, que se passa entre o episódio VI e VII. O episódio VII, intitulado como O despertar da força, será lançado no dia 17 de novembro, e é uma das adaptações mais esperadas. Star Wars é uma série conhecida mundialmente, e com essa obra é possível o leitor saber o que aconteceu depois da queda da segunda Estrela da Morte e da morte de personagens tão importantes como Palpatine e Darth Vader. Não sou fãzona de Star Wars, mas pelo pouco que assisti - sim, não terminei todos os filmes ainda! x_x - e li, é impossível não gostar da trama e dos personagens. Eu adoro ficção científica, e o universo criado por George Lucas é algo fantástico, e como pudemos perceber, muito vasto. É incrível a quantidade de livros que são lançados por diversos autores, todos muito empolgantes, e o melhor de tudo é que a Aleph está trazendo todos eles para os fãs.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

[Resenha] Sr. Daniels

| 25 comentários
Autora: Brittainy C. Cherry
Páginas: 322
Página: Record
Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.
Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.
Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Eu recebi Sr. Daniels há alguns meses da editora em uma ação para ajudar na divulgação da obra, porém, a leitura foi ficando, e ficando... Quase todo mês coloquei esse livro na Pilha de leitura, mas ele sempre acabava ficando para a próxima, por isso decidi que de novembro não passava. E, me perdoem a palavra, puta que pariu, porque eu não li antes? Uma história que me conquistou totalmente, ainda bem que eu li a maior parte do livro em casa, porque dizer que chorei feito um bebê é pouco. Fazia muito tempo que eu não chorava tanto com uma leitura, que sofrimento! O melhor de tudo foi pegar o livro sem saber absolutamente nada da trama. Eu vi diversas opiniões sobre a obra por cima, e todas elogiaram, mas foi muito bom iniciar sem saber, pois eu estava esperando um rumo para a história e foi para outro bem diferente logo no início. Adoro ser surpreendida. ♥

domingo, 22 de novembro de 2015

Caixinha de correio #89

| 15 comentários
Boa noite, pessoal! Está no ar mais uma caixinha de correio, e como a anterior, está bem recheada! Vamos conferir o que eu andei recebendo? ;)


Parceria


Recebi as solicitações do mês do Grupo Editorial Record. Já li outro livro da Lori e amei a leitura, então estou bem ansiosa para ler Doce Perdão. E Desaparecidas me interessou muito pela sinopse, nunca li nada da Lauren, vamos ver se é bom!

sábado, 21 de novembro de 2015

[Parceria] F. P. Trotta, Marcelo Antinori e Melissa Tobias

| 6 comentários

Boa noite, pessoal! Hoje vou mostrar para vocês mais autores nacionais que o blog conseguiu parceria. Espero que gostem, e em breve vou trazer as resenhas. 


F. P. Trotta

Franco Poltronieri Trotta nasceu em São Paulo, no início dos anos 90, mas logo se mudou para o Rio de Janeiro. Cursou faculdade de Administração de Empresas enquanto produzia eventos noturnos em inúmeras casas cariocas, estabelecendo festas semanais em clubes cariocas conhecidos, como a extinta Nuth Lagoa, o TV Bar e a The Week Rio. Em 2011, se juntou ao Rock In Rio e assinou a produção da àrea VIP, sendo responsável pelas vendas corporativas junto das promoters Alicinha Cavalcanti e Carol Sampaio. Em 2012, produziu o festival espanhol Sónar no Arena Anhembi em São Paulo e em 2013 retornou para mais uma edição do Rock In Rio.
Alfabetizado inicialmente em inglês, Franco viveu em Detroit na adolescência, onde se formou no Proficiency in English, dos exames Crambridge ESOL. Intergaláctica é seu primeiro livro publicado no Brasil. Escrito originalmente em inglês e chamado de Intergalactic, o livro ganhou sua versão em português escrita pelo próprio autor.
O lançamento de Intergaláctica e a aprovação unânime dos críticos e resenhistas fez com que a conclusão da duologia, "Interdimensional", fosse anunciada para o começo de 2016. F. P. lançará ainda em Novembro de 2015 um livro autobiográfico de tragicomédia entitulado "A Vida Ilegal do Meu Irmão Gêmeo Malvado".


Livro

Uma conspiração para controlar o rumo da mais importante expedição espacial da história da humanidade. 3 de Maio de 2031 - No dia de lançamento da aguardada expedição da NASA para explorar a lua de Júpiter, uma das candidatas para habitar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins acorda de um coma após meses batalhando contra uma meningite aguda.Junto com seus pacientes Stryker, Ripley e sua amiga Lina, eles descobrem que fazem parte de um crescente quebra-cabeça envolvendo uma corporação geopolítica underground chamada A Firma, que planeja sabotar a missão, usufruindo de uma nova tecnologia para saquear a nave e destiná-la para um planeta habitável localizado dezessete anos luz da Terra. O quarteto então inicia uma operação para descobrir a verdade por trás da conspiração, mergulhando de cabeça na maior expedição planetária da história da humanidade.


sexta-feira, 20 de novembro de 2015

[Resenha] Futilidade ou O Naufrágio do Titan

| 22 comentários
Autor: Morgan Robertson
Páginas: 112
Editora: O melhor de cada tempo
Futilidade ou O Naufrágio do Titan conta como o maior navio do mundo naufragou, em sua primeira viagem, após bater em um iceberg, exatamente, como viria a acontecer com o malfadado Titanic. Quem poderia imaginar que uma novela do final do século XIX se tornaria célebre por ter praticamente previsto o maior acidente náutico de todos os tempos?
Mais do que o livro que profeticamente previu o naufrágio do Titanic, Futilidade é a história de John Rowland, um ateu convicto que embarca como marinheiro no navio, e Myra Selfridge, uma jovem cristã que foi o grande amor de sua vida. Os problemas só aumentam quando um capitão trapaceiro tenta colocar tudo a perder. Myra e Rowland encarnam, assim, os conflitos científicos e religiosos da virada do século, quando a ciência, mais do que nunca, se sobrepôs à religião. Ao leitor, resta a dúvida: teria sido coincidência ou providência?

Como não se interessar por uma obra que conta a história de um navio que colidiu com um iceberg e naufragou? Porém, apesar de parecer muito com a história do Titanic, Futilidade ou O Naufrágio do Titan foi escrito mais de uma década antes desse grande momento. Saber isso só me interessou mais ainda, e foi a razão de eu solicitar a obra. Um clássico que previu um acontecimento famoso, que rendeu até um filme. Arrepiante um autor escrever sobre algo que aconteceria anos depois, não é?

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

[Parceria] Gisele D'Angelo, Marcelo Costa e Marcelo Vinicius

| 10 comentários
Boa noite, pessoal! Eu estava um pouco atrasada com o post de divulgação dos novos autores parceiros, mas finalmente consegui trazer para vocês! Alguns livros já foram resenhados no blog, outros vão ser em breve. Mas, fiquem de olho que essa semana tem mais posts divulgando o resto dos parceiros. Vamos conferir os três primeiros?



Gisele D'Angelo

Olá! meu nome é Gisele D'Angelo nasci em São Paulo em 1974, mas posso dizer que tive a felicidade de crescer no interior, onde moro desde 1978.
Também tive o privilégio de ter pais que sempre me estimularam a ler, e incentivavam meu gosto pela escrita. Ainda tive a sorte de ter avós maravilhosos, onde até hoje eu e meus primos temos lindas recordações de nossos queridos Téte e vó Angelina que mesmo em sua simplicidade, proporcionavam-nos momentos mágicos!
Sempre fui apaixonada por ler e escrever, adorava as aulas de ditado, e ainda mais quando podia alçar voo e soltar a imaginação nas redações. Sempre estive rodeada por histórias e livros de todos os conteúdos. Acredito no poder transformador da leitura, e entendo que nosso coração sempre tira algum proveito ao abrir um livro, que nos leva a lugares fantásticos, mesmo que estejamos sentados no delicioso sofá de nossa casa. Por isso, SEMPRE tenho livros comigo, onde quer que eu vá... Acho também que através da leitura podemos exercer o hábito de questionar, e isso que nos faz crescer a cada dia mais.
Hoje consigo dedicar boa parte de meu tempo a essa paixão que sempre esteve dentro de mim: de levar histórias ao maior número de pessoas possível.

Livro

Havia numa floresta, há muito tempo atrás, uma comunidade de bichos que tinha Nonca como o sábio conselheiro de todos.
Com seu semblante tranquilo, sua presença apaziguava todo e qualquer animal que o procurasse. E assim, dia após dia, o sábio Nonca aconselhava a todos.
E entendendo que todo aquele conhecimento deveria ser partilhado para trazer paz e alento, Hades, o guardião da floresta, decidiu anotar algumas das conversas que considerava de conteúdo esclarecedor. E ali, todos os dias, ele anotava as histórias que eram partilhadas ao redor da fogueira. E muitos e muitos anos se passaram...
Um dia, enquanto descobria lugares nunca antes explorados pelo homem, Renan, um famoso explorador encontrou esse manuscrito. Maravilhado com tantas histórias inspiradoras, decidiu partilhar com o maior número de humanos possível.
E assim você agora recebe os manuscritos da floresta, para entreter sua mente, alimentar seu espírito e inspirar sua alma...



segunda-feira, 16 de novembro de 2015

[Resenha] Descendente

| 15 comentários
Autora: Lesley Livingston
Páginas: 280
Editora: Jangada
Série: Starling, 2
A última coisa de que Mason Starling se lembra é do trem cruzando uma ponte. Uma explosão, uma luz ofuscante, e então a escuridão. Agora ela está só, perdida em Asgard e a única maneira de voltar para casa é encontrar a Lança de Odin, uma poderosa relíquia deixada por deuses já desaparecidos. Fennrys, o Lobo, sabe tudo sobre Asgard. No passado ele esteve preso lá. E vai fazer de tudo para encontrar e trazer de volta a garota que roubou seu coração. Mesmo que isso signifique ter de descer ao traiçoeiro Mundo dos Mortos. Mas o tempo está se esgotando, e Fenn sabe algo que Mason desconhece: se ela empunhar a Lança, dará início a uma profecia terrível. E ela não apenas retornará a seu mundo. Ela o destruirá.

1. Starling

Descendente é o segundo livro da série Starling. Eu estava ansiosa para iniciar essa leitura, pois apesar de não ter gostado muito do primeiro livro por conta do romance extremamente chato, fiquei empolgada pela trama em si. E posso dizer que esse livro é bem melhor. Sim, o segundo livro da série conseguiu ser melhor. Pois é. Nessa obra temos romance, sim, mas bem mais moderado, já que os dois passam boa parte longe um do outro - por motivos que eu não vou contar -, então a história e ação ficaram em primeiro plano, ainda bem! Quem ainda não leu Starling pode ficar tranquilo que não vai ter spoilers.

domingo, 15 de novembro de 2015

Caixinha de correio #88

| 18 comentários

Boa noite, pessoal! E está no ar mais uma caixinha de correio! E olha, essa semana ela está lotada! Chegaram várias surpresas lindas por aqui. Vamos conferir?  ♥



Parceria



Recebi um kit lindo da Verus de Vire a página, veio uma mini lousa, boneco de vodu (hahaha) e um exemplar a mais para vocês! Quem quer?



Recebi surpresa da DarkSide também: chegou Social killers e Hellraiser! E um canivete personalizado da editora, que já foi confiscado pelo meu noivo. u_u ♥

sábado, 14 de novembro de 2015

[Resenha] Alice no país das Armadilhas

| 7 comentários
Autor: Mainak Dhar
Páginas: 256
Editora: Única
Série: Alice no país das Armadilhas, 1
O planeta Terra foi devastado por um ataque nuclear, e boa parte de sua população se transformou em Mordedores, mortos-vivos que se alimentam de sangue e, com sua mordida, fazem dos humanos seres como eles. Alice é uma jovem humana de 15 anos que mora no País das Armadilhas, nos arredores da cidade que um dia foi Nova Déli, na Índia. Ela nasceu nessa nova realidade aterrorizante e teve de aprender a se defender sozinha desde cedo. As coisas mudam quando Alice decide seguir um Mordedor por um buraco no chão: ela descobre a estarrecedora verdade por trás da origem das criaturas e se dá conta da profecia que ela mesma está destinada a consumar — uma profecia que se baseia nos restos chamuscados do último livro encontrado no País das Armadilhas, uma obra chamada Alice no País das Maravilhas . Uma mistura incomum de mitos, teorias conspiratórias e Lewis Caroll, Alice no País das Armadilhas pode parecer mais uma história de zumbi, mas é uma metáfora instigante de como tendemos a demonizar aquilo que não compreendemos.

Eu fiquei enlouquecida quando soube do lançamento de Alice no país das Armadilhas, pois amo releituras, e saber que era uma distopia com zumbis só contribuiu ainda mais para meu interesse em ler. No entanto, não posso dizer que esta obra seja propriamente uma releitura. O autor inicia com cenas parecidas da trama original, mas o caminho que ele segue é completamente diferente. Alice no país das Maravilhas foi usado como base para a trama, e eu realmente gostei do enredo criado. Porém, como fã de zumbis, não curti como eles foram retratados. Confesso que foi original eles serem vistos como vítimas e que poderiam viver lado a lado com os humanos, mas eu queria que eles fossem totalmente o oposto, queria mais sangue, mais violência e mais terror. Afinal, zumbi sempre me lembra isso. Então nesse sentido eu me decepcionei, ainda mais por eles não serem tanto o foco, e sim, uma consequência de algo maior.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

[Novidades] Gente e Única

| 7 comentários
Título: Só se vive uma vez
Subtítulo: Listas para você rir dos seus erros e não cair nas mesmas roubadas
Selo: Única Editora
ISBN: 978-85-67028-80-4
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Páginas: 144
Gênero: Criativo/gift book
Lançamento: Novembro de 2015
Quem nunca caiu em uma roubada? Seja por ter se apaixonado pelo cara errado, confiado numa “aminimiga” ou exagerado na bebida e quase perdido a dignidade... E, pior ainda, quem nunca repetiu essas mesmas roubadas? Este livro traz listas, questionários e diagramas para preencher que, além de fazê-la se conhecer melhor e aumentar a autoestima, vão ajudá-la a estipular novas metas e lembrá-la de não cometer os mesmos erros pela segunda — ou décima segunda — vez!

Título: O segredo da queima de 48 horas
Subtítulo: Perca peso rapidamente. Resultados de 1 ano em 8 semanas. 15 minutos diários. Exercite-se em casa.
Autor: Vinícius Possebon
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0081-9
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 200
Gênero: Esportes e lazer/ saúde, fitness e beleza
Lançamento: Novembro de 2015
Você tentou todas as dietas da moda e passou horas na academia sem obter resultados? Já abandonou as esperanças de encontrar um programa de emagrecimento que não tome tanto de seu tempo, não seja maçante e não se baseie numa dieta alimentar muito restritiva? Vinícius Possebon, personal trainer e coach especializado em saúde e boa forma, criou um método revolucionário e com ele já ajudou milhares de pessoas no Brasil a mudar seus hábitos e adquirir a forma física que sempre desejaram: o sistema Queima de 48 Horas, ou Q48, o programa número 1 de emagrecimento do país. O treinamento Q48 é focado em exercícios de alta intensidade e combina alimentação equilibrada e sem sacrifícios com a liberdade de realizar os treinos em casa — apenas 15 minutos diários para obter resultados de 1 ano em 8 semanas! Neste livro, Possebon traz informações sobre os princípios científicos que norteiam o Q48, como ele foi criado, por que é tão efetivo e, ainda, apresenta alguns estudos de casos de pessoas que aderiram a essa proposta e transformaram sua vida. E mostra que é possível, sim, emagrecer sem ser refém da academia e escravo das dietas malucas que o fazem sentir fome e logo perder a energia e a motivação.

Título: Extraordinariamente
Subtítulo: Transforme sua maneira de pensar e conquiste o sucesso profissional
Autor: Sharron Lowe
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0083-3
Tradutor: Cissa Tilelli Holzschuh
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 200
Gênero: Carreira/ desenvolvimento profissional
Lançamento: Novembro de 2015
Não há coisa pior do que enxergar quem você é agora e comparar isso com quem poderia ter se tornado. Este livro existe para ajudar as pessoas que se veem frustradas, ou que estão inseguras e não se sentem no controle do próprio futuro profissional e, portanto, não acreditam que podem obter o que querem. E, sobretudo, este livro se destina a quem está exausto, sentindo-se apático e sem energia, dinamismo e entusiasmo. Sharron Lowe é coach de marcas globais de luxo como Chanel, Calvin Klein, Estée Lauder, Clinique, Parfums Christian Dior e Lancôme, e desenvolveu técnicas para transformar essas marcas e as pessoas que trabalham nelas, tornando-as verdadeiras máquinas de sucesso e poder. Depois de ter milhares de clientes transformados, Lowe apresenta neste livro um método para que você também se transforme e crie um sucesso à prova de revezes. Lembre-se do lema da autora: Se você constantemente repete suas ações, sempre obterá os mesmos resultados.


terça-feira, 10 de novembro de 2015

[Resenha] Eu sou a lenda

| 15 comentários
Autor: Richard Matheson
Páginas: 384
Editora: Aleph
Uma impiedosa praga assola o mundo, transformando cada homem, mulher e criança do planeta em algo digno dos pesadelos mais sombrios. Nesse cenário pós-apocalíptico, tomado por criaturas da noite sedentas de sangue, Robert Neville pode ser o último homem na Terra. Ele passa seus dias em busca de comida e suprimentos, lutando para manter-se vivo (e são). Mas os infectados espreitam pelas sombras, observando até o menor de seus movimentos, à espera de qualquer passo em falso... Eu sou a lenda, é considerado um dos maiores clássicos do horror e da ficção científica, tendo sido adaptado para o cinema três vezes.



Esse é um daqueles momentos em que você amou o filme, mas que depois de ler a obra, sabe que não teria gostado tanto assim se fosse ao contrário. Sim, o livro é muito melhor! Desde que a Aleph anunciou o lançamento de Eu sou a lenda eu estava louca para fazer a leitura. Na época em que assisti a adaptação de 2007, com Will Smith, eu não sabia sobre a obra, então quando eu descobri esse detalhe fiquei muito empolgada, pois eu curti bastante o filme, e sabia que a leitura não ia me decepcionar. Escrito em 1954, o autor nos mostra um mundo pós-apocalíptico diferente e original. É absurdamente incrível a trama criada por Richard Matheson, e quem disse que um livro escrito há tanto tempo, e com um tema que hoje em dia já está um pouco saturado (vampiros), ia continuar fazendo tanto sucesso? Podemos atribuir isso ao enredo proposto e a mensagem que a leitura passa. 

domingo, 8 de novembro de 2015

Caixinha de correio #87

| 10 comentários
Boa noite, pessoal! Estou meio sumida do blog, mas é que as coisas andam um pouco turbulentas por aqui. Vamos conferir os livros que eu recebi durante a semana? ♥



Parceria



Recebi da Aleph a prova não revisada de Marcas da Guerra, do universo de Star Wars. Eu estou ansiosa para iniciar a leitura, quero fazer isso antes de lançar o novo filme. <3



Da Única chegou um livo que eu estava ansiosa demais para receber: Alice no país das armadilhas. Muito em breve tem resenha para vocês!

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

[Resenha] Olho por olho

| 21 comentários
Autoras: Jenny Han e Siobhan Vivian
Páginas: 320
Editora: Novo Conceito
Série: Olho por olho, 1
Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena…
Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho…
No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas.  Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!

Olho por olho estava nos meus desejados há muito tempo. Eu adoro tramas adolescentes que têm vinganças, fofocas, adolescentes ricos e esnobes. Algo bem tipo Gossip girl, sabe? Porém, a obra é muito mais que isso, ela fala também sobre bullying, além de ter um toque meio sobrenatural na trama. Todos esses elementos deixaram o enredo ainda mais bacana, como eu gosto deste tipo de história, mesmo não sendo mais adolescente hahaha, curti bastante a leitura. Eu gostei bastante da forma que as autoras narraram, intercalando entre as três personagens principais, foi muito útil para entendê-las melhor e saber o motivo que cada uma tinha para se vingar.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

[Resenha] Intergaláctica

| 17 comentários
Autor: F. P. Trotta
Páginas: 279
Editora: Livros ilimitados
Série: intergaláctica, 1
Uma conspiração para controlar o rumo da mais importante expedição espacial da história da humanidade. 3 de Maio de 2031 - No dia de lançamento da aguardada expedição da NASA para explorar a lua de Júpiter, uma das candidatas para habitar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins acorda de um coma após meses batalhando contra uma meningite aguda.Junto com seus pacientes Stryker, Ripley e sua amiga Lina, eles descobrem que fazem parte de um crescente quebra-cabeça envolvendo uma corporação geopolítica underground chamada A Firma, que planeja sabotar a missão, usufruindo de uma nova tecnologia para saquear a nave e destiná-la para um planeta habitável localizado dezessete anos luz da Terra. O quarteto então inicia uma operação para descobrir a verdade por trás da conspiração, mergulhando de cabeça na maior expedição planetária da história da humanidade.

Eu fiquei muito contente quando o autor F. P. Trotta entrou em contato para que o blog resenhasse seu livro, pois além de me sentir a última bolachinha do pacote - cof, cof -, eu fiquei encantada pela trama, que é de um gênero que eu adoro: ficção científica. ♥ O autor informa que a edição recebida é sem revisão, já que o livro foi originalmente escrito em inglês, e depois traduzido para o português, então encontrar alguns erros não foi algo que me incomodou. Iniciei a leitura já amando o primeiro capítulo, que tem todo um mistério no ar, e quando finalmente a historia começa, somos jogados em um enredo que mistura ficção com fantasia de forma muito interessante.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

[Resenha] Vida após o roubo

| 14 comentários
Autora: Aprilynne Pike
Páginas: 264
Editora: Bertrand Brasil
Kimberlee Schaffer talvez fosse linda de morrer... só que ela acabou morrendo mesmo, há mais de um ano. Agora, precisa da ajuda de Jeff para resolver alguns assuntos pendentes. E não vai aceitar um "não" como resposta. Quando estava viva, Kimberlee não era apenas uma menina maldosa; era, também, cleptomaníaca. Portanto, se Jeff não quiser ser assombrado pelo fantasma dela até o dia de sua formatura, terá de ajudá-la a devolver tudo que roubou. Rapidamente, porém, ele descobre que é muito mais fácil roubar do que devolver. Pagar pelos erros cometidos adquire um significado completamente novo nesta versão moderna e inteligente do clássico Pimpinela Escarlate, criada por Aprilynne Pike.


Eu já li diversas resenhas sobre Vida após o roubo, mas nada como ler a obra para realmente conhecer a trama. Eu nunca li nada dessa autora, então estava bem ansiosa para conferir a história. Meu primeiro contato com Pike foi espetacular. Fazia um bom tempo que não lia em algumas horas um livro, a narrativa é tão gostosa de fazer que não tinha como ser diferente. Além, é claro, de ter uma trama interessante, divertida e com uma boa dose de drama, afinal, nada pior do que morrer e ficar vagando por aí, não é?

domingo, 1 de novembro de 2015

Pilha de leitura #30

| 18 comentários

Boa tarde, pessoal! Está no ar mais uma pilha de leitura, e preciso confessar que estou muito envergonhada de publicá-la. Li apenas sete livros em outubro, e perto do que eu estava acostumada a ler, é muito pouco. O mês foi turbulento, por conta disso, não tive quase tempo de ler. Eu espero que novembro seja diferente. Vamos saber mais sobre as leituras que eu fiz? Nem preciso comentar que não li todos os livros escolhidos da última pilha, não é? Pois é.

sábado, 31 de outubro de 2015

[Novidades] DarkSide Books

| 1 comentários


O livro sagrado do Cinema de Terror nacional, segundo seu maior profeta.

Ele veio ao mundo numa sexta-feira 13, em março de 1936. Quase oitenta anos depois, José Mojica Marins construiu um legado artístico incomparável em nosso país e se consagrou como um dos grande mestres do Terror mundial. O público conhece sua voz gutural, as infindáveis garras que ele chama de unhas, sua barba cerrada e suas roupas, incluindo capa e cartola, sempre escuras como a noite. Mas até que ponto o Brasil reconhece toda genialidade do homem por trás do mito? Em Zé do Caixão – Maldito, a Biografia, os jornalistas André Barcinski e Ivan Finotti desenterram todos os segredos do passado de José Mojica, da infância humilde nos subúrbios de São Paulo até sua consagração internacional. Um dos cineastas mais produtivos do Brasil, Mojica escreveu, dirigiu, produziu e atuou em mais de trinta filmes, como os clássicos À Meia Noite Roubarei Sua Alma, Esta Noite Encarnarei No Teu Cadáver e O Despertar da Besta. Mojica aprendeu a fazer cinema sozinho, na marra, usando os recursos disponíveis e formando seus próprios técnicos e atores. Como resultado, o mundo ganhou um artista genuinamente brasileiro, que jamais precisou copiar fórmulas estrangeiras. A biografia, publicada originalmente em 1998, estava há muito tempo fora de catálogo. Uma heresia que a DarkSide Books não poderia perdoar. Muitas sextas-feiras 13 depois, Zé Do Caixão – Maldito, a Biografia está sendo relançada pela DarkSide, numa edição à altura do genial diretor – e também padrinho da editora. Com 666 páginas (200 a mais que a antiga versão), o livro conta com muitas fotos inéditas, filmografia atualizada e acabamento luxuoso em capa dura. Um verdadeiro documento para amantes do cinema e do terror.