segunda-feira, 15 de setembro de 2014

[Resenha] A última chance

|
Autora: Karen Kingsbury
Ellie tem quinze anos e um melhor amigo — e amor — chamado Nolan. Um dia antes de Ellie se mudar para o outro lado do país com o pai, ela e Nolan escrevem cartas um para o outro e as enterram debaixo de um velho carvalho. O plano é se reencontrar no mesmo lugar dali a onze anos para ler o que cada um escreveu — apenas para o improvável caso de eles perderem contato. Agora, conforme a data se aproxima, muita coisa mudou. Ellie abandonou sua fé e luta para criar a filha sozinha. Na correria do dia a dia, ela sempre encontra tempo para ver na TV seu antigo amigo Nolan, hoje um famoso jogador profissional de basquete, cuja fé em Deus é conhecida pela nação inteira. O que poucos sabem é que as perdas que ele sofreu na vida pesam em sua alma. Mesmo com toda fama e sucesso, Nolan se sente sozinho, assombrado pelo vazio que domina seu coração desde que sua melhor amiga foi embora. Tanto para a desiludida Ellie quanto para o intenso Nolan, o reencontro é mais do que uma promessa de adolescência — é a última chance de descobrir se é tarde demais para se entregar ao amor. Em A última chance, Karen Kingsbury nos brinda com uma história sobre perdas dolorosas, o poder da fé e as feridas que somente o amor pode curar.

A última chance tinha me conquistado já na sinopse, mas não me preparou para tudo que encontrei no livro. Achei que era um típico romance entre adolescentes, que depois se separaram por algum motivo, e então se reencontraram. Então, esperava algo bem bobo, mas que mesmo assim estava proposta a ler. Só que a trama se mostrou muita mais densa e emocionante. A autora nos corta o coração já no início, e só vamos conseguir juntar os pedacinhos no final. 

Ellie e Nolan são amigos desde criança, daquele tipo inseparável mesmo. Já adolescentes, os sentimentos, pelo menos da parte de Nolan, são diferentes. Ele brinca com Ellie que um dia ainda vai casar com ela. É tocante o quanto ele espera e não força um romance entre os dois, dá para ver que ele preserva a amizade, e esperaria o tempo que fosse até ela se dar conta disso. É uma amizade muito linda, mas que acaba se transformando quando o pai de Ellie se muda com ela para outra cidade. Seu pai é muito rígido e religioso, só que usa a fé para oprimir e controlar a filha. Assim, ela acaba não se comunicando com Nolan, que acaba achando que ela o esqueceu. Só que ele continua pensando nela, a todo momento, e mantendo o foco no basquete, que é sua paixão. Antes de ir embora, os dois combinam de escrever uma carta um para o outro, enterrar e depois de 11 anos voltarem no local para lê-las. Parece algo bobo, mas isso fica marcado no coração dos dois para sempre. 

A trama inicia com os dois jovens, e os motivos que levaram o pai dela a querer mudar de cidade, depois já se passaram os anos, e então acompanhamos a vida de cada um no momento. Ellie tem uma filha, não fala mais com os pais, e mudou o nome para que Nolan não a achasse. É muito triste essa solidão. Mas Nolan também se sente sozinho e com muita saudade da amiga de infância. Apesar de tantas perdas, ele nunca perdeu a fé, enquanto Ellie, parou de acreditar em Deus.

Quando caiu no sono naquela noite, Ellie não rezou como costumava fazer. Rezar não a tinha levado a lugar nenhum. Não fizera seu pai mudar nem fizera com que Nolan escrevesse para ela. Talvez assim fosse melhor. A nova Ellie exploraria a vida sozinha, sem Deus.

A última chance é um livro lindo, queria contar tudo, mas não posso. Só posso dizer que a vida de Ellie não foi fácil, ela perdeu muita coisa por conta dos atos do pai. Momentos que nunca poderão voltar, anos que nunca poderão ser vividos de novo... Percebemos que ações impensadas nos levam a fazer coisas que nos arrependeremos depois. Guardar rancor não é bom, mas o livro também mostra que perdoar é se libertar.

Refleti bastante sobre quem foi o errado na história, quem causou tudo, e acontece que não há como colocar a culpa em alguém. Todas as reviravoltas que levaram Ellie e Nolan seguirem vidas separadas iniciaram com algo impensado. Mas até mesmo os erros não podem ser consertados, é por isso que é importante saber como agir e lidar com isso. A trama é toda focada na parte religiosa das pessoas, na fé que elas têm.

A narrativa é muito envolvente, ainda mais com uma história triste que vai nos conquistando, e ao mesmo tempo, nos fazendo ter raiva de tudo. As situações podem acontecer com qualquer um, mas bate a raiva de: porque um não procurou o outro melhor? Eles ficaram 11 anos sem se falar, mas nunca se esqueceram da amizade e do que sentiam um pelo o outro, e acho que tirando um outro fato, isso foi muito triste.

Emocionante, essa palavra define bem o livro. A última chance vai te fazer angustiar por um final feliz, depois de tanto drama e intensidade. Fui meio vaga em algumas partes, mas depois que vocês lerem esse livro vão entender bem o que eu quis passar. Recomendo!

37 comentários:

  1. Já tava curioso e ansioso com esse livro desde que vi essa capa hahaha
    Só depois que fui ler a sinopse e conhecer a história... e continua me cativando.
    Simplesmente AMEI a história... o passar do tempo de um casal de amigos que quer se reencontrar após 11 anos e as cartas de baixo do carvalho <3 <3 <#
    Parece ser um livro super fluido e que se lê bem rápido.
    Preciso desse livro PRA JÁ!!!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ainda ficou com vontade de ler. *-*
      É uma leitura bem rápida mesmo, e muito emocionante!

      Excluir
  2. Estou bastante curiosa em ler essa história emocionante!
    Essa trama parece ter uma mistura de romance,drama e fé.
    Pretendo ler em breve. :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Dessa!! Já ouvi falar nesse livro, e confesso que a sinopse também chamou a minha atenção, mas sua resenha me deixou com vontade de ir na livraria mais próxima e comprar (no meu caso encomendar). Adorei a resenha. Beijos.

    maniasdeumaguria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fez isso? Você vai se arrepender se não fizer! hahaha
      Livro lindo, marcante e envolvente.

      Excluir
  4. Ihhh já muito curiosa para ler ;) Dica anotada.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amigaaaaaaaaaaaaaa
    Simplesmente amei a história do livro.
    Sua resenha me deixou super curiosa, até porque é um gênero que eu adoro.
    Nossa, vou até ver na saraiva quanto que o livro custa para comprar e ler, porque gostei de tudo que vc contou, principalmente isso dos dois enterrar uma carta e depois de um tempo voltar no mesmo local. Acho isso tão lindo. Nossa, amei...ja vou colocar no skoob pra comprar, porque fiquei curiosa agora hahaahahahaa...ENfim....Olha amiga, queria te agradecer por estar participando dos sorteios que estou fazendo no blog e também dizer que pode contar comigo no que precisar viu? Gosto muito de vc e pra mim tem sido uma grande amiga. Se cuida e fica com Deus...PARABENS pela sua resenha.

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro esse gênero, é muito lindo!
      Eu que agradeço pelos convites, amiga! Conta sempre comigo também!

      Excluir
  6. Dessa!
    Realmente é um romance bem diferente principalmente porque fala em fé e crença.
    É por essas e outras que não guardo rancor e mais, nem lembro os fatos ruins da vida, prefiro fazer uma amnésia seletiva e só lembrar das coisas. boas da vida.
    Boa semana!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom esquecer coisas ruins, né? Se apegar nisso só faz não viver a vida completamente.

      Excluir
  7. Olá Dessa quero muito ler esse livro, também me deixei encantar por ele desde a sinopse,
    felizmente já estou com meu exemplar aqui, preciso apenas me organizar em meio a tantas atribuições para poder começar a lê-lo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começa logo, quando iniciar não vai querer parar! *-*

      Excluir
  8. Ola Dessa,
    A sua resenha esta emocionante, parabéns.
    A sinopse do livro já é bem interessante, mas sua resenha só fez ficar ainda mais. Adoro ler livros que envolvem a crença de uma pessoa e mal posso esperar para ler esse livro, estou encantada.
    Adorei a forma como você escreveu.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, awn *---*
      Adoro comentários assim, que motivam a continuar escrevendo <3
      É muito bom ter leitores como você!

      Excluir
  9. Achei essa capa muito bonita. Mas assim como vc, pela sinopse estava esperando um livro bem cliche, com essa história das cartas adolescentes e depois um reencontro. Mas parece que a história é muito mais que isso. Fiquei curiosa com uma questão, pelo que entendi tudo que aconteceu foi culpa do pai dela e e eles passaram 11 anos pensando um no outro pq ela mudou o nome pra que ele não a encontrasse??? Acho que vou ter que ler pra descobrir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito mais mesmo, me surpreendi e adorei todo o drama envolvido
      Leia mesmo!

      Excluir
  10. Oi, como vai?
    Nossa, o livro parece ser bem legal.
    Estou procurando uma leitura assim que envolva um pouco de Deus e fé.
    Bem legal mesmo, adorei a resenha!
    Quero leeeeer!

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  11. Ahh o livro deve ser lindo mesmo. Amei a resenha, agora quero ainda mais este livro.
    Apesar de algumas coisas parecerem um pouco tristes, não vejo a hora de ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom ler coisas alegres e tristes, dá uma sacudida na vida, né? rsrs

      Excluir
  12. Nossa que livro hein, é a primeira vez que vejo falar dele e já me encantei completamente pelo livro, tenho certeza de que irei ficar muito emocionada e que vou até chorar, sou muito senssivel a esse tipo de coisa hehehe, amei a resenha e tenho que ler esse livro logo.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai chorar sim, até eu chorei, mas eu sou manteiga derretida mesmo. hahaha

      Excluir
  13. Uma única frase de sua resenha me despertou a curiosidade para o livro, a de que Ellie mudou de nome para que Nolan não encontrase. Porque? Porque ela não quer que ele a encontre? Curiosidade total agora. Pela a capa pensei que fosse um romance histórico.

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Dessa.
    Quando li a sinopse achei bem "normal" e não tive vontade de ler.
    Sua resenha mostrou uma estória bem triste, afinal só no final foi possível "juntas os pedacinhos".
    Eu não gosto de ler livros assim, fico angustiada. Mas me interessei por esse.
    Quero entender mais acerca da mudança de Ellie (nome), quem é o pai de sua filha, o que aconteceu com o pai rígido. (???)
    Realmente você foi muita vaga e isso aguçou minha curiosidade.
    Bjk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a sinopse meio que engana. hahaha
      Mas a história é bem intensa e linda, viu?
      Tive que ser vaga, senão ia contar tudo. hahaha

      Excluir
  15. Oi!
    Não conhecia o livro. Ele parece ser bem comovente e lindo.
    A capa é bem intrigante, fiquei curiosa para conhecer essa história.
    Adorei a resenha
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  16. Oi
    Entendi o que você falou sobre a sinopse, já me pegou também. Muito linda. E depois da resenha, sei que é tocante. Acho que a maior parte dos livros que falam, não de uma religião em específico, mas na fé, são lindos e profundos, e nos fazem refletir sobre quem nós somos e em que acreditamos. Fiquei tocada e quero muito ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, e o livro foca bastante na fé, tanto quando a gente não tem, quando tem até demais, sabe?

      Excluir
  17. Que resenha mais empolgante, eu não esperava tanto assim desse livro, confesso.
    Mas ele tem um enredo lindo, so fico deprimida quando leio livros assim que o casal leva anos para voltar a se ver..rsrs, eu me coloco no lugar dos personagens.
    Pretendo ler muito em breve, tomara que o final seja fofo rs, pois acho que eles sofrem muito no decorrer da historia,
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, você não vai se decepcionar com o final, viu? Pode ler sem medo. rsrs

      Excluir
  18. Oi Desa, eu to louca pra ler esse livro, tenho a impressão que vou adorar. Logo de cara assim, lendo sua resenha, ja fico com um pouco de raiva da Ellie que nunca se comunicou com o Nolan nesses anos todos, mas sei que ela deve ter tido um bom motivo para isso.

    ResponderExcluir
  19. Nossa nunca tinha ouvido falar sobre o livro mas já estou apaixonada, gostei muito desse enredo é depois da sia resenha quero muito ler, confesso que não Curti muito a capa, não achei feia, mas poderia ser melhor "/

    ResponderExcluir
  20. Não curti a capa, mas a sinopse me chamou a atenção. Aí sua resenha terminou por me deixar ainda com mais vontade de ler. Com certeza estará na minha lista de próximas leituras.

    <3

    Beijos,

    -A.

    ResponderExcluir
  21. A historia parece ser bem legal cheia de dramas e com um romance maduro *--* A capa também ficou bonita e claro que pretendo lê-lo algum dia <3

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  22. A premissa do livro me pareceu meio clichê, mas como você disse que é um bom livro, envolvente e emocionante, acho que daria uma chance a leitura, apesar de não agora.
    Excelente resenha!

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
  23. Ai! o livro deve ser lindo! fiquei curiosa a respeito mas devo falar que não gosto de livro onde o personagens principais se separam por um longo tempo. Mas tenho que dizer que mesmo não gostando estes são uns dos melhores. Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto, porque é sempre interessante o reencontro e em como eles estão no momento. rsrs

      Excluir