terça-feira, 5 de agosto de 2014

[Resenha] Um mundo de ilusões

|
Autora: Sarah Kilimanjaro
Rússia, fim do século 19. Em pleno regime czarista, desenrola-se uma dramática e surpreendente história. Nasce Sasha, filho de um amor proibido de uma rica baronesa. Ainda bebê, é entregue a uma família de camponeses e com eles vive durante vinte e oito anos, até que um dia é surpreendido com uma carta que mudaria toda sua vida. O jovem descobre que é herdeiro de uma grande fortuna, passando a viver na nobreza russa. Apaixona-se pela filha de um nobre – Natasha – o grande amor de sua existência. Além de todas essas revelações, Sasha descobre ser possuidor de mediunidade e vivencia impressionantes fenômenos espirituais na mansão que herdara, mostrando-lhe que a realidade é apenas um mundo de ilusões.



Um mundo de ilusões é um livro espírita que foi lançado uns meses atrás, desde que saiu a capa e sinopse dele tive curiosidade para conhecer a trama. Adoro o gênero, sempre aprendo algo novo com as leituras, e na maioria das vezes são obras que nos fazem refletir sobre a vida e de como a estamos vivendo. Achei o enredo deste livro leve, ele tem todos os elementos do espiritismo inseridos na história, até mesmo com algumas cenas mais "pesadas" de crueldades de espíritos vingativos, mas é uma leitura que gradualmente vai nos apresentando maneiras de se redimir dos erros. A ambientação do livro é encantadora, nunca li nada que se passasse na Rússia, e o melhor de tudo, é que é no século 19, tornando os detalhes muito mais ricos.

Sasha é um camponês que vive com pais adotivos, ele nunca soube quem foram seus pais verdadeiros, até o dia que recebeu uma carta dizendo que ele tinha uma herança. Curioso, ele vai para São Petersburgo e lá descobre coisas sobre sua vida e sua família. Realmente ele ganha uma herança, mas percebemos que o dinheiro não compra o que ele mais deseja (pelo menos ele não quer que seja desse jeito), que é o amor de Natasha, uma jovem nobre. Esse amor se torna obsessivo, fazendo Sasha atrair muitos espíritos sem luz e maldosos. Ele acaba se tornando alguém amargo e usa o poder que tem junto aos espíritos para invadir a mente e sonhos de Natasha para lhe fazer mal.

Amor não se mendiga, nem se exige, se recebe e se dá. São forças que se conjugam e se fortalecem quando os envolvidos se alimentam num mesmo diapasão. Se tentares subjugar Natasha aos teus sentimentos irás perdê-la. O que importa não é a presença de ser amado, mas os sentimentos que o mesmo nos dá. 

É triste ver que um homem tão honesto e bondoso, criado por simples camponeses, mas que lhe deram amor como se fossem realmente seus pais se transformar em alguém tão maldoso. O poder da aristocracia subiu à sua cabeça, o fazendo se tornar mesquinho e ganancioso. É aí que vemos que o dinheiro muda a pessoa, ainda mais esta acompanhada de sentimentos ruins que só fazem atrair mais maldade ainda. No íntimo sabemos que Sasha não é alguém ruim, mas o poder, e ter seu amor negado, o transformou. Tanto que em alguns momentos vemos que ele tenta sair desse círculo vicioso de ódio, mas a cada investida falha de desposar Natasha, Sasha tem sentimentos rancorosos novamente.

A leitura do livro é rápida, pois os capítulos são curtos. A trama mostra bem que naquela época por os casamentos serem arranjados, as pessoas que se amavam mesmo quase nunca conseguiam ficar juntas, levando-as muitas vezes à vidas desgraçadas ou suicídio. Apesar de tudo, é uma história linda que nos ensina a perdoar, rever atos, libertar quem se ama e, principalmente, amar a si próprio.

20 comentários:

  1. OOOOOOOOOOOOOOI, Dessa lindaaaaaaa *-* Tudo bom, anjo? ♥ Hum, hum, hum... A capa não é tão atrativa assim, né? Hahaha, mas talvez a história seja e você sempre nos encanta, hahaha! Ai, credo, livro espírita? Deus me livre, aushasuhashuuhsa! Nada contra, viu? Juro! Desculpe se me expressei mal, é que não sou dessa "religião", digamos, mas não tenho nada contra. Você acha que estes livros nos ensinam algo sobre a vida? Interessante! Se passa na Rússia... Legal mesmo, e é como você disse: por se passar no século 19, torna tudo mais rico, hahaha! Sasha, uashhushushusa! Desculpa rir, de verdade, hahaha! Mas é que é nome de mulher :/ Enfim, vamos levar isso a sério, hahaha! E awn, gostei dessa premissa! Saber que Sasha não liga muito pro dinheiro, só quer conquistar o coração da Natasha! Viiiish, estava ficando tudo tãoooo bonito, e de repente ele se torna do mal e atrai espíritos do mal? Omg, uashaushuashhsa! E concordo, é mesmo triste ver um homem bom se transformar em um atroz. Eu imagino que ele não seja uma pessoa ruim, mas a amição e o dinheiro, inevitavelmente, sobe à cabeça de algumas pessoas. E que legaaal essa de a trama explicar o motivo de os casamentos terem sido arranjados nessa época! Sério, hahaha! Mas ainda assim, este livro não me conquistou, pois detesto coisas espíritas :3 Mas óootima resenha, hahaha! ♥

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii tudo bom e você? :D
      Eu achei bonita a capa, mas realmente não é muiiito atrativa. hahaha
      Deus me livre porque? HAHAHA Eu acho que apesar de ser de certa religião, ele fala basicamente do que encontramos nas outras. :P
      Que pena que você detesta. :/ Já tentou ler algum livro desse gênero?

      Excluir
  2. Oiii
    Eu sou apaixonada por espiritismo, mas sou leiga. Tenho um livro de Alan Kardec, mas ainda não terminei de lê-lo e nem li muito sobre o gênero ainda. Achei a premissa muito interessante *quem não ama outras épocas?*, mas não vou me comprometer em lê-lo recentemente, minha lista está transbordando! kkk Mas gostei bastante!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente ler outros livros do gênero, então! *-*

      Excluir
  3. Olá, nunca li nenhum livro desse gênero, mas pela sua resenha a historia parece ser muito boa e quebra o padrão de o bonzinho ser sempre bonzinho, fiquei morrendo de vontade de lê-lo <3

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"
    Participe do Top Comentarista de Agosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, quem gosta do gênero vai adorar. E quem não costuma ler muito, pode começar por esse!

      Excluir
  4. Oi,
    Confesso que nunca li nd do gênero, mas fiquei curiosa adoro hist. de época.
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  5. Olá Dessa,
    Sinceramente livros deste gênero não me interessa e nem sei porque, só teve um livro que tive vontade de ler que é "Ninguém é de Ninguém" e mesmo assim nunca me apressei para comprar.

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena! Mas qualquer dia dê uma chance para o gênero! :D

      Excluir
  6. Adoro a sinopse deste livro Dessa e adorei sua resenha.
    Fiquei curiosa com a mudança de comportamento e caráter do personagem.
    Gosto de livros que passam alguma reflexão.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, o livro nos faz refletir bastante. Vale a pena a leitura.

      Excluir
  7. Apesar de não ser muito fã de livros com caráter religioso,
    me interessei pelo livro, principalmente por ser de leitura rápida, além disso a estória é
    bem interessante.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a leitura é muito rápida, dá para dar uma chance! :D

      Excluir
  8. Não sou espírita e leio alguns livros do gênero porque os pego emprestado com minha irmã.
    Achei a história interessante,mas não está entre os que pretendo adquirir.

    ResponderExcluir
  9. Até gostava de livros espíritas antes mas perdi o interesse ...
    Esse livro tem um bom enredo, mas não me conquistou.

    ResponderExcluir
  10. Tenho que parar com essa mania de julgar um livro pela capa né? hahahaha... No começo não estava dando nada para o livro mais assim que li a sinopse fiquei curiosa apesar de não gostar de livro de época. Estou querendo lê-lo mas pela questão de ser um livro espirita, quase não leio este tipo de gênero e gostaria explorar mais porque a pouco tempo tempo meu professor de filosofia que é espirita me emprestou um livro que até agora estou sem palavras para descrever de tão bom que é. Na minha opinião deveria melhorar ou mudar esta capa. A historia me interessou mais foi por ser espirita e também achei pela resenha que é meio filosófica porque mostra como o dinheiro,poder e o principal o amor pode mudar uma pessoa. Beijos<3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei a capa bonita, mas não é muito atrativa né? :/ rsrs
      É muito bom ler algo que não pensávamos em ler, né? O gênero é muito gostoso de ler, acho que mesmo que a pessoa não seja da religião deveria ler o que ela oferece.
      Beijos

      Excluir
  11. A capa não me conquistou, muito menos o tema. Com certeza não lerei.

    ResponderExcluir
  12. Não tenho o costume de ler livros espíritas, mas a história parece ser bem interessante. Tenho uma tia que adora livros espíritas, vou indicar esse pra ela.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Indique mesmo! Aproveita e passa o link do blog. ahhaha :P

      Excluir