quinta-feira, 28 de agosto de 2014

[Resenha] Terra dos desacreditados

|
Autor: Fabricio Hersoguenrath
Um taxista narra a história de alguns dos seus clientes mais peculiares: um padre que perdeu a fé, um criminoso sem escrúpulos, um golpista que vive à custa de outras pessoas, uma garota de programa que tenta levar uma vida normal e outros personagens curiosos. Terra dos Desacreditados é uma crítica à sociedade e seus costumes e ao moralismo exacerbado. O autor mergulha você em uma história que mescla amor, crença, crime, traição, laços familiares, valores morais e despedidas.









Terra dos desacreditados é o primeiro e-book que leio da editora parceira, Cia do eBook. O livro é curtinho, tem apenas 52 páginas, mas tem uma trama interessante e envolvente. O autor consegue nos trazer em algumas páginas histórias de vários personagens, cada um com sua peculiaridade, que deixam uma crítica à sociedade.

Quantas vezes nós não andamos de táxi e ficamos sem falar com quem está dirigindo? Seja pelo motorista não querer conversar, ou nós mesmos? É assim que percebemos que o taxista realmente deve sempre ter algo diferente para contar dessas viagens e dos clientes que embarcam. Por isso achei tão interessante a trama, mesmo que seja ficção. 

Jorge é um taxista, e por isso, consegue narrar as histórias mais absurdas de seus clientes. Ele já levou pessoas de tudo quanto é lugar, raça, gênero e idade. Mas tem algumas que marcaram mais e por isso ele nos conta a história de alguma dessas pessoas. 

Temos a história de um padre que desistiu de sua fé ao perceber que o mundo é um lugar podre, com pessoas hipócritas, fome e violência. Tudo isso nunca vai mudar, e é o que faz o padre achar que seus conselhos e sua fé são inúteis. Há também um golpista que passa de casa em casa, sempre inventando uma história, e uma garota de programa que está fazendo faculdade e precisa esconder de todos a sua profissão. Cada um tem uma história diferente.

Presenciar o sofrimento é diferente de saber que ele existe.

As conversas entre o taxista e os clientes são rápidas, e chamam a atenção do leitor ao mostrar que sempre há um problema envolvido: A sociedade. Seja pelos crimes, por fofocas, por hipocrisia... Todas essas coisas ruins conduzem nossos personagens a algo.

Com um ritmo fluido, já que são várias histórias e isso torna a leitura mais dinâmica, Terra dos desacreditados é um ótimo livro para passar o tempo. Dá para ler em algumas horas. Recomendo!

Quanto mais leio as pessoas na internet, mais desânimo dá. Estamos caminhando para um buraco. Para o abismo da mediocridade. Se toda pessoa lesse ao menos um livro na vida, o mundo seria algo melhor, menos burro.

20 comentários:

  1. Adorei a resenha, Dessa!
    Gostei muito da história, fiquei curiosa pra saber mais sobre cada história contada pelo taxista. E gostei mais ainda da crítica à sociedade que o livro quer passar.

    Beijos,
    Fer - http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que mais chama a atenção é a crítica mesmo. Achei muito legal, pena que é curtinho. :/

      Excluir
  2. Que legal! Gosto deste tipo de livro, ainda mais pela crítica social implícita que ele carrega. Vou procurá-lo para ler agora mesmo.

    Abraços! Teens in Wonderland

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser muito interessante.
    Contando histórias diferentes e lógicamente de pessoas diferentes.

    Achei bem legal Dessa!

    ResponderExcluir
  4. Legal, achei diferente o livro e curti muito sua resenha
    www.blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    não conhecia o livro e confesso que pela capa não compraria, mas gostei bastante da sua resenha.
    dica anotada.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa não é muito chamativa mesmo, mas o que importa é o conteúdo, não é? ahaha

      Excluir
  6. Achei super interessante a premissa desse livro,
    não li nenhuma outra resenha a repeito dele, mas a sua me deixou curiosa...
    Ainda mais por se tratar de uma leitura rápida.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a leitura é super rápida, e a trama é bem bacana.

      Excluir
  7. A leitura deve ser bem rápida mesmo, pois o livro é bem curtinho.
    Gostei da trama também, acho que gostaria de lê-lo.
    Ótima dica.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Que legal esse livro, principalmente a critica que ele tem :)

    http://www.turmajovem.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o livro, mas parece bem interessante, pena que é um e-book, não gosto muito "/

    ResponderExcluir
  10. Interessante a idéia do livro mas gosto de ler no papel mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Gostei da ideia do autor, parece ser uma história muito interessante. Mas não curto muito e-books, prefiro ler no papel.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. OOOOOOOOOOOOOOOOOI, DESSAAAAAA!! Tuuuuudo bem, amorzinhoooo? Esperoooo que sim, hahaha! <3 Aaaah, Cia do E-Book divaaaa, haha! Gente, 52 páginas? Uau :o Hehe, nunca andei de táxi, mas sei como é não conversae com o motorista, hahahaha! :3 Caraca, me apaixoooonei pelo livroooo! Ainda mais por envolver as mais diversas histórias dos clientes do taxista, hahahha! <3

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOS <3

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem curtinho, né? *-*
      Como assim nunca andou de táxi, criatura? hahaha

      Excluir
  13. oláaa Dessa,
    juro que eu ia pedir esse e-book pra editora, mas deixei passar :/
    a trama me chamou MUITA a atenção

    beijos
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OIII
      Ah, então peça! A leitura é bem envolvente :D

      Excluir