quinta-feira, 7 de agosto de 2014

[Resenha] Mistério no Museu Imperial

|
Autora: Ana Cristina Massa
Um grupo de meninos e meninas em busca de desafios - os Invencíveis. Assim eles se autodenominam para enfrentar outros grupos em jogos e disputas na internet. A aventura começa numa visita com a escola ao museu imperial de Petrópolis, onde compraram um quebra cabeças de três mil peças. Na tentativa de montá-lo o mais rápido possivel. Os invencíveis percebem que estão diante de um mistério que poderá levá-los a um desafio maior uma investigação que é um verdadeiro quebra-cabeças. a curiosidade os faz voltar a Petrópolis e ao Museu Imperial. antiga residência de verão de D.Pedro II e procurar as informações do presente e também do passado - que ajudem a desvendar o mistério.




Mistério no Museu Imperial é o tipo de livro que apesar de ser voltado para crianças/adolescentes encanta em qualquer idade. Possui uma trama descontraída, perfeita para aguçar a criatividade. Depois de ler livros com histórias mais complexas foi um alívio pegar algo tão leve e criativo. Dá para ler em algumas horas, pois é um livro curto e com uma narrativa fácil.

A história nos apresenta um grupo de amigos, os invencíveis, que após uma ida ao Museu Imperial percebem algo estranho por lá, como se tivesse alguém os observando, e o mais estranho de tudo é que os quebra-cabeças que o Gênio, o líder do grupo, comprou para um desafio com os amigos têm um homem na imagem, diferente do quadro original. Quem é esse homem? Por isso, o grupo resolve passar férias em Petrópolis para poder investigar esse caso. Lá em Petrópolis eles percebem que além de ter alguém, que chamam de Sombra, rondando dentro do museu, há o tal mistério do homem do quebra-cabeça.

Uma aventura perfeita para um grupo que adora desafios. Conhecemos Gênio, o líder. Goma, que adora mascar chicletes. Jonas, que é popular por ser craque no futebol. Isadora, meio mimada. E Sofia, meia-irmã de Goma que adora mandar. Esse grupo se mete em várias enrascadas, mas estão sempre unidos.

- Almas não descem escadas, muito menos pulam muros. Mortos estão mortos, vivos estão vivos.Não existem mortos-vivos. Esse ser estranho é um homem, adulto, sinistro e bem real. E esconde alguma coisa além do rosto.

A autora nos apresentou uma trama simples, mas encantadora, os personagens são envolventes, cada um a sua maneira. Uma história com suspense e mistérios na medida certa, e até mesmo com alguns momentos engraçados. O melhor de tudo é que é o primeiro de uma série, então teremos mais histórias desse grupo!

A edição da editora está muito linda, tem várias imagens no final, o que deu um toque a mais para imaginar as cenas em que os amigos visitam o museu.

17 comentários:

  1. Oi
    Esse livro parece ser um doce, amo muito os infanto juvenis. Achei a obra muito interessante, mas não pretendo ler tão cedo, não há como no momento! Não achei a capa muito bonita, mas o enredo é ótimo para tornar a leitura divertida!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um doce mesmo. Adoro livros com crianças. <3
      A capa não é muito atraente, mas combinou até com a trama. ♥

      Excluir
  2. OOOOOOOOOOOOI, DESSAAAAA <3 Tuuuudo bom? *--* Aaah, já falei que amoooo infanto-juvenis, né? Hahahahaha! Boo saber que é um livro leve, pois certas vezes, amooo livros assim, hahahaha! Caraaaa, amoooo mistérioooo e fiquei curiosa e intrigada com esse seu segundo parágrafo, hahahahaha! Eeei, adooooro personagens divertidos e que se metem em enrascadas, hahahahahah! *0* Aaaah, além de conter mistério, tem algumas partes engraçadas? Aaaai, que tudoooo, hahahaha! *--* E ainda tem imagens? Aah, me interessei muuuuito por esse livroooo, hahahah! <3

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOS <3

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOOI
      Sim, o livro tem de tudo um pouco, muito bom de ler. <3
      Beijos

      Excluir
  3. Gostei de sua resenha, parece que o livro foi uma leitura bacana para você. Mas confesso que não me chamou muito atenção, não sei ao certo o quem, mas sabe, não bateu aquela vontade de ler.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Dessa,tudo bem!?
    Ler um livro assim,levinho, realmente é muito bom para divertir.
    Se é um livro de aventura,tudo se torna mais interessante ainda.
    Estou com muita vontade de ler! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo. Ele é curtinho e rápido de ler. Muito bom! :D

      Excluir
  5. Adorei a premissa do livro, parece ser bem legal, só que acho que essa capa não combina muito, parece meio sem graça "/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa podia ser mais chamativa mesmo. :/

      Excluir
  6. Respostas
    1. Verdade, gosto de intercalar com essas leituras mais leves.

      Excluir
  7. Parece ser uma leitura bem leve mesmo. Mas nunca li nada infanto juvenil. Quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  8. Oi Dessa..
    Ainda não conhecia o livro,mas confesso que não me interessei muito. Apesar de sua resenha ser positiva.
    Quem sabe um dia eu leio..

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. O livro parece ser ótimo, leve e criativo, já gostei, fiquei bastante interessada em ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, como você disse, é bem criativo mesmo *O*

      Excluir
  10. Não conhecia o livro, mas sinceramente ele não me interessou muito. A resenha está ótima e gostaria muito de ver as imagens que tem no livro. Talvez um dia eu leia.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O segundo também tem imagens, daí eu mostro na resenha. *O*

      Excluir