quarta-feira, 18 de junho de 2014

[Resenha] O teste

|
Autora: Joelle Charbonneau
No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?



Eu amo histórias distópicas, então não poderia deixar de desejar O teste! O bom do gênero é que você sempre se surpreende com a trama, vejo muitas comparações entre distopias, mas acho que cada uma tem sua peculiaridade. Achei o livro ótimo, mas ele não inicia tão empolgante, é só lá pelo final que as coisas realmente ficam eletrizantes, e daí vem o final, que te deixa com várias dúvidas que não foram respondidas e com um bom gancho para o próximo livro. Ansiedade infinita para a continuação!

O bacana da trama é que a autora explica como o mundo ficou do jeito que está. Após várias guerras, e da Terra "lutando" de volta, conhecemos a Comunidade Unida, o que sobrou dos 7 estágios da guerra, lá eles precisam sobreviver com água poluída, terras impróprias para plantar e escassez de alimentos. Em uma colônia, a Cinco Lagos, conhecemos Malencia "Cia" Vale, uma jovem que sonha em ser escolhida para fazer o Teste e ir para a universidade. Da sua família, o seu pai foi o único que fez o tal Teste, porém, ele não se lembra de nada, apenas pesadelos o assombram e a dúvida do que pode ter acontecido durante a realização. 

Algo extraordinário acontece quando não um, mas quatro da colônia são selecionados para o Teste, entre eles está Cia. Seu pai não fica nada feliz com isso, e é quando a alerta da suas dúvidas quanto ao Teste e a dá um conselho: não confiar em ninguém! No Teste são quatro fases que testam os conhecimentos de cada um, e suas habilidades em grupo e individualmente. A primeira fase é a mais fácil de todas, mas as outras são cruéis e mostram que tem gente que faz qualquer coisa para conseguir passar.

Desço duas portas para aquela marcada com a saída e viro a maçaneta brilhante, esperando que a escolha que tenha feito não seja minha última.

A narrativa em primeira pessoa nos mostra com clareza os sentimentos de Cia, e também sua inteligência. Apesar de confiar nas pessoas erradas, ela se sai bem quando é preciso enfrentar um perigo maior. Na última fase do Teste os que restaram são colocados em uma cidade abandonada e precisam voltar para Tosu City. Como não há regras, as pessoas até mesmo matam os outros para eliminar a concorrência, então não é preciso apenas sobreviver à fome, sede e animais selvagens, mas também aos outros escolhidos.

Como eu disse, só a partir de certo momento que as coisas ficam tensas, e é frustante acompanhar a última fase, pois ficamos com aquele medo de que a qualquer hora vai surgir alguém tentando matar Cia e seu companheiro de colônia, Tomas. Os dois se ajudam bastante, Tomas é uma segurança a mais, e juntos eles têm mais chance de chegar ao final do Teste. Rola um romancezinho entre os dois, óbvio, mas nada meloso. Ainda bem! 

Há muitas mortes na trama, e a crueldade delas nem é pelo jeito que acontecem, e sim do descaso do pessoal envolvido no Teste em não se importar com isso. Para eles um bom líder tem que ser forte e capaz de resolver problemas, afinal, é isso que eles buscam com o resultado: pessoas capacitadas de governarem.

A trama é muito envolvente, mas para o primeiro livro esperava um pouco mais, porém, acho que no próximo vamos ter várias revelações e acontecimento bombásticos. A história se desenrolou de uma forma confortável para o leitor,  a autora explicou o que dava para explicar, e as dúvidas que ficaram são aquelas para deixar o leitor curioso mesmo e não estragar a surpresa do que vem a seguir.

A edição da editora está maravilhosa, adorei o marcador destacável que vem junto. Além de tudo, a capa é linda. Quem curte uma boa distopia não pode ficar sem ler O teste! Recomendo a leitura.

20 comentários:

  1. Oi Dessa,
    Estava com um pé atrás enorme com "O Teste", mas depois da sua resenha resolvi arriscar.
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  2. Olá, como vai?
    Já tinha visto outras resenhas do livro e gostei muito.
    É difícil eu não me interessar por uma distopia.
    Sua resenha ficou muito completa, gostei muito.
    Seguindo aqui.

    http://enquantoestavalendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Distopias sempre conseguem ser boas, né? Particularmente não lembro de ter lido uma ruim. rsrs

      Excluir
  3. Oi Dessa..
    Os finais de um primeiro livro sempre nos deixa assim mesmo.
    Confesso que este é um livro que não me interessou muito. Mas quem sabe um dia eu leio.
    Espero que possa gostar mais do segundo livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente ler mesmo, no geral é uma ótima distopia.

      Excluir
  4. O teste me interessou logo quando foi lançado, daí fui lendo resenhas aqui e acolá e percebi que tem um pouco de divergente e de Jogos vorazes nele, daí quero ler para ver onde ele realmente se destaca na vasta gama de distopias que começam a surgir diariamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem um pouco mesmo, mas nada para se comparar, sabe? rs

      Excluir
  5. Oi Dessa. Eu sempre vejo resenhas deste livro e estou vendo que é bom mas eu não li nada deste tipo tipo Jogos Vorzes, Divergente e este também estou deixando e não sei porque. Achoq ue é porque tenho tantos para ler que vou largando a mão sabe.
    Mas tomara que saia em filme!

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente ler se tiver oportunidade.
      E nossa, ia ser ótimo se tivesse filme! <3

      Excluir
  6. Como tem gente falando bem desse livro! As distopias vieram com força mesmo, só não curto esse lance de todas elas serem uma trilogia/série. Pra um primeiro livro, é de se esperar que algumas pontas fiquem soltas, algumas respostas fiquem em aberto, mas vamos torcer pra que tudo se encaixe no final. rs
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que fica só na trilogia né? imagina ter que esperar por mais livros. rsrs

      Excluir
  7. Oi Dessa, tudo bom?
    Acho que lemos esse livro no mesmo período. Bom, eu gostei bastante da história, pois foi uma distopia cheia de reviravoltas e sem muito mimimi. Só senti falta de mais diálogos, mas acho que isso era inevitável porque a Cia passa muito tempo sozinha. Enfim, eu curti e quero ler os outros livros da trilogia.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou ansiosa para o segundo livro. Acho que nesse vamos ter mais diálogos, também senti falta na trama.

      Excluir
  8. Eu até gosto de distopias, mas essa não me chamou muita atenção pelo enredo... Gostei da sua resenha e acho que a história pode até ter uma peculiaridades que a torne especial, mas não me chamou muita atenção. E quanto a não responder muitas perguntas, acho que é normal para o primeiro livro. Vou aguardar resenhas do segundo volume pra concluir se vale a pena investir ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, eu gostei bastante e recomendo o livro! Se tiver um tempinho, leia! ;D

      Excluir
  9. Quero esse livro desde a primeira vez que vi, amo distopias, e necessito dessa, *-----------*

    ResponderExcluir
  10. Nunca li uma distopia. E é por isso que pretendo ler O Teste.
    Espero gostar bastante.

    ResponderExcluir
  11. Eu mo distopia e estou doida pra ler O Teste desde que soube do seu lançamento. Sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler. Parece ser uma mistura de Jogos Vorazes com Divergente e fiquei curiosa em saber mais sobre como o teste é aplicado.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, então leia logo, depois vem me dizer o que achou! ;)

      Excluir