domingo, 22 de junho de 2014

[Resenha] O preço de uma traição

|
Autores: Katie Eli Pereira e João Fernandes da Silva Júnior
Richard Pamplona é um homem bem-sucedido e rico, mas com o casamento em ruínas. Sua esposa, Rosana, afunda-se na depressão e evita o convívio familiar, o que faz com que Richard decida contratar uma babá para as filhas. A jovem Anita vê no emprego uma oportunidade de ascensão e seduz o patrão. Richard, por sua vez, cede aos desejos e envolve-se com a babá, tomando-a como amante. Mas que Richard não esperava é que novos acontecimentos estavam por vir...








Este é mais um livro espírita que leio da editora, e comparado com os que eu já li, ele não foca tanto no espiritismo, é até bem leve. Claro, há elementos que mostram a vingança de espíritos mal intencionados e tal, mas realmente é bem menos marcante. A trama em si chama bem mais a atenção do que o tema, pois fala de traição e das consequências que isso trouxe.

Richard é um advogado com uma família linda, duas filhas e uma esposa que faz de tudo pela família. Porém, certo dia a esposa tem crises de depressão e não é mais a mesma, fazendo o casamento dos dois esfriar. Pensando nas filhas, Richard contrata uma babá para cuidar delas, é então que entra na história Anita, uma jovem linda e ambiciosa, que vê nesta oportunidade uma chance de crescer na vida, é então que ela começa a se insinuar para Richard, e como ele já está carente, acaba não resistindo. Os dois mantêm um romance escondido, que no fim, acaba trazendo desgraça para todos.

Richard tem que lidar com algo que ele não entende que é vingança de um espírito, além de lidar com a culpa da traição. É um livro que fala também de perdão. Há coisas na vida que são feitas sem pensar e acabam com consequência irreparáveis, e assim, só dá para se segurar no perdão para tentar viver a vida novamente.

Cada vez mais encantado com o jeito e o carinho dispensados às filhas, o advogado inconscientemente mergulhou em uma zona de conflitos íntimos e perigosos. Sentia-se envolvido por aquela linda garota cheia de vida e entusiasmo.

Traição é algo forte, e até certo momento Richard acha que ele não está errado por fazer isso, já que a esposa não o dá mais atenção, é claro que não é assim que as coisas funcionam. Se ele se comprometeu com alguém, e construiu uma família, ele deveria ter pensado melhor em seus atos. Depois ele fica chorando pelo leite derramado e já não adianta mais, né? Nada voltaria a ser como antes, e nem deveria, a confiança já não existe mais em um relacionamento que tem traição.

A leitura é leve, e a narrativa flui rapidamente, é um livro que faz o leitor morrer de ódio do que Richard apronta com a família, e também Anita é alguém petulante e sem escrúpulos nenhum que te faz querer dar uns tapas bem dados. Enfim, recomendo a leitura. 


26 comentários:

  1. Oie, tudo bom?
    Eu não tenho o costume de ler livros espíritas, mas curto as narrativas. Achei a premissa desse livro interessante e tinha lido outras resenhas dele. Acho que traição é algo que só coloca coisas ruins na vida das pessoas. Gostei bastante da resenha!
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, traição nunca dá resultados bons.:/

      Excluir
  2. Nossa é a primeira resenha que leio desse livro! Quando a Editora me mandou a notícia do lançamento eu pirei.Traição é um tema que não é muito debatido no mundo Literário,mas deveria ser comentado pelos autores.Mostrar o quanto desastroso trair alguém e as suas consequências....
    Ótima resenha e preciso falar que fiquei mais curiosa em saber sobre a história? hehehehehe
    Beijos!!!!!
    http://fomevontadeler.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber disso! hahaha *-* Então tente ler sem falta! :D

      Excluir
  3. Não conhecia esse livro, mas adorei conhece-lo, alias otima resenha, já marquei ele na minha lista de leitura!
    Passa no meu blog quando der, um beijo ♥
    kellencoliveira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Pelo jeito esse Richard não é um mocinho na história.
    Gostei da sua resenha, mas confesso que não sou muito ligada em livros espíritas. Eu li uma vez um e não gostei muito.
    Mas é um prato cheio para quem gosta..


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena. Já tentou ler outros do gênero?

      Excluir
  5. Oi Dessa, realmente traição não é algo que deve se tratar com levianismo, traição é algo de alma. Sem reversão!

    Não imagina que o livro tinha um toque espirita, mas agora com a resenha faz todo o sentido.

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal


    ResponderExcluir
  6. Quando vi a capa pensei que se tratava de mais um romance hot.
    Gosto de alguns livros espíritas, mas não sei se leria esse.

    ResponderExcluir
  7. Curiosa agora RSRS Não conhecia esse livro.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro, mas não fiquei com muita vontade de ler não. Não é exatamente meu gênero favorito.
    Já li alguns livros com abordagem espírita, prefiro os que até influência da religião, mas não ficando focando só nisso.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
  9. Sei lá, esse enredo não é muito atrativo, e pra ser sincera não me interessei pelo livro! !

    ResponderExcluir
  10. Vi esse livro em um outro blog e já havia ficado curiosa pela estória...
    no entanto após a sua resenha fiquei ainda mais curiosa por esse livro..

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está esperando o que para matar a curiosidade então? :P

      Excluir
  11. Oi! Caramba, essa é a primeira resenha que leio do livro e gostei bastante, apesar de nunca ter lido um livro espírita. E gostei de saber também que o mesmo não foca muito nisso.

    Um beijo grande,
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo a sua visita!

    ResponderExcluir
  12. Ainda que a temática espírita seja leve, acho que tratar de traição é bem complicado ainda mais tratando de espíritos mal intencionados. Não é uma leitura que eu faria, mas é bem interessante a proposta.

    ResponderExcluir
  13. Dessa acho super curioso você ser leitora de livros espíritas, pois muitas pessoas por conta da religião e por medo dos leitores de seu blog não gostarem preferem não resenhar livros com essa temática. Sou espírita, mas não leio muito romances, porque nem sempre está realmente fundado nas bases espíritas e acabamos confundindo. Mas gostei e muito de seu ponto de vista flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blog é algo voltado para mim também sabe? Não ia me sentir eu mesma se deixasse de resenhar livros espíritas por esse medo. rs Como é uma temática que eu gosto e o intuito do blog é compartilhar minha opinião sobre os livros acho que nenhum gênero deve ser deixa de fora.
      Obrigada, querida. *-*

      Excluir
  14. Tenho acompanhado as resenhas e os comentários também. Por isso, resolvi deixar marcada a minha presença aqui. Agradeço a todos que estão interessados na trama! Eu e João Fernandes, como autores do romance, estamos felizes em ver os diferentes pontos de vista a respeito do tema e, nos dispomos a falar mais sobre o assunto, para isso, basta nos adicionar:
    https://www.facebook.com/katiaeli.pereira
    Uma abraço dos autores para vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por comentar na resenha. Gostaria de parabenizá-los pelo livro.

      Excluir
  15. Me enganei com o livro, pela capa achei que era um romance hot. Nunca li um romance espírita, mas achei a história bem interessante. Traição é um tema sempre polêmico e que não é muito tratado pelos autores. Fiquei curiosa em saber como se desenrola a história.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a capa engana. hahaha Mas como fala de traição e tal, achei que combinou bem a capa. rs

      Excluir
  16. Buscamos com esse trabalho conquistar leitores não espíritas também. O contexto doutrinário é bem leve, não tivemos a intenção de doutrinar a ninguém, apenas passar informações de fatos. Todos nós sofremos influências espirituais, acreditando ou não nisso. O livro mostra uma história que pode ser a de qualquer pessoa. Não mostramos um super-herói, e sim, um ser humano com suas virtudes e imperfeições. Uma pessoa normal, que passando a encarar a vida dentro de uma ótica mais abrangente conquista uma visão mais ampla da realidade. Isso é progresso, e é para isso que estamos na Terra. Esperamos tocar no coração de nossos leitores com essa obra. O trabalho foi realizado com carinho, dedicação, e cuidadosamente escrito para não ser um livro "água com açúcar". É lógico que muitas pessoas têm um entendimento diferente, respeitamos isso. Foi justamente por causa do conteúdo de nosso trabalho que vencemos o concurso da Petit Editora e, temos mais livros em análise. Esperamos conquistar o coração de vocês com as nossas histórias. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelo livro, ele está muito bem escrito e mereceu ganhar o concurso.

      Excluir