sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

[Resenha] Antonio Spadoni e os caçadores de demônios

|

Autor: Ademir Pascale
O que você faria se descobrisse que 10% da população sobre a Terra não é de humanos? E que, dos heróis nada convencionais que nos protegem, alguns ainda detêm dons especiais? Marcas foram deixadas na história: o pintor e poeta William Blake tinha estranhas visões de anjos e demônios, muitas das quais retratadas em suas ilustrações. Jim Morrison, vocalista do The Doors, enxergava mais do que a maioria das pessoas, e isso ficou registrado em suas letras e até no próprio nome da banda. Robert Johnson teve uma ajudinha sobrenatural para se tornar um dos maiores guitarristas de todos os tempos.


Essa semana anunciei a parceria com o autor Ademir Pascale, e hoje, sexta-feira 13 muahaha, vou dar uma breve opinião de seu novo livro, que aliás, pode ser lido aqui. Li o PDF em 15 minutos, são apenas 18 páginas, mas que conseguem prender e surpreender o leitor.

Somos apresentados a Antonio Spadoni, um padre e também um caçador de demônios. Ele recebe bilhetes com locais onde estão esses demônios que se passam por humanos comuns. Nesse primeiro livro acompanhamos Antonio em uma de suas caçadas.

O comentário vai ser muito curto, pois como viram, são poucas páginas e se eu contar tudo perde a graça. Já tinha lido outro livro do autor e, adoro a narrativa do Ademir, ele não poupa detalhes mesmo em cenas fortes e violentas, que é o que eu mais gosto em um livro que pede esse tipo de descrição. Não gosto de ser poupada ou de não conseguir imaginar a cena por falta de informações. Em Antonio Spadoni e o caçador de demônios conseguimos ter uma ótima relação com a trama e o personagem independente da história ser curta mas, é claro que a vontade de ler mais desse estranho caçador é grande. E estranho pelo fato de, além de ser um padre, Antonio tem 55 anos! :O

Estou ansiosa para a continuação que promete nos mostrar outros caçadores. Recomendo a leitura, afinal, ela é rápida e viciante! 

Ele caminha calmamente entre os demônios. Empurra com violência um deles da cadeira e sobe sobre uma das mesas. Retira a jaqueta de couro, deixando sua batina negra à mostra, depois puxa sua espada, acoplada num suporte de couro nas costas.





Comentários:

“Uma caçada aos demônios. Uma eterna luta de vida e morte. Uma história como tantas outras, mas nem tanto. Antonio Spadoni e os caçadores de demônios é um mergulho impactante e sem volta num mundo que nem imaginamos existir. Envolvimento descritivo, cenas de ação com requinte narrativo, seres demoníacos – elementos que só poderiam existir na ficção de uma história de Fantasia. Ou não?”
RONIZE ALINE
Escritora, jornalista e professora universitária, colunista e crítica literária do O Globo (http://oglobo.globo.com)
_________________________________________________________________________
O texto prende a atenção do leitor e aguça a nossa curiosidade em querer saber o que vai  acontecer na linha seguinte. Além disso, a narrativa do local é bem explorada, aguçando os sentidos do leitor e fazendo o mesmo sentir a  trama. De início, Ademir brincou com a identificação do personagem estimulando a curiosidade. Um estilo muito marcante no autor e bastante apreciável.
ANNABEL SAMPAIO
Egiptóloga, escritora e membro da Academia Brasileira de Letras Seccional Suiça e Academia de Letras y Artes do Chile. Autora do livro "Anunnakis -
Os Deuses Astronautas" (Editora Madras).
_________________________________________________________________________
Ademir Pascale imaginou um mundo em que seres demoníacos estão espalhados pela Terra,   misturados com humanos. Em um trabalho que ecoa seriados como Millenium e histórias em quadrinhos como Hellblazer, Pascale escreve uma história repleta de ação. E nos deixa com uma pulga atrás da orelha: será que é mesmo ficção?
GIAN DANTON
Professor na Universidade Federal do Amapá, colaborador da revista MAD, criador da graphic novel Manticore, autor do texto do álbum Histórias de Guerra (Opera Graphica) e criador de uma história do Astronauta para o álbum MSP+50, livro em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa
_________________________________________________________________________
As cenas de violência são narradas sem cortes, sem isenção de escrúpulos, com uma plasticidade quase tarantiana. Porém, o caçador de demônios sofre de um mal bastante humano e pertencente à sociedade moderna − que pode ser tanto a sua fraqueza quanto a sua fortaleza. É impossível resistir à narrativa envolvente de Ademir Pascale!
KYANJA LEE
Parecerista (leitora crítica). Graduada em Comunicação Social (Propaganda e MKT), tem especialização em Língua e Literatura Inglesa, além de formação em várias oficinas de técnicas de escrita.
_________________________________________________________________________
Das vísceras sobrecarregadas do submundo, que nos remete a personagens pervertidos e dementes de Charles Bukowski; ao clima cinematográfico e violento de Quentin Tarantino, além da poesia sobrenatural de Coração Satânico de Alan Parker, nasce “Caçadores de Demônios”, de Ademir Pascale.
Leia de coração aberto, alma pura, água benta na garganta e um crucifixo no peito.
RENATO ALVES
Jornalista, crítico de cinema e historiador, colunista do site www.cinemadetalhado.com.br e editor do blog www.renatocinema.blogspot.com

46 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar desse escritor e nem conhecia essa série de livros. Mesmo não sendo meu gênero preferido, com certeza não vou deixar de ler essas poucas páginas em pdf. Devem valer a pena!
    Quando a continuação sair, não deixe de deixar sua opinião pra gente também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, ele é tão curtinho. *-*
      Pode deixar! ;D

      Excluir
  2. É claro que depois de anunciar a parceria com o autor, não poderia faltar uma resenha de seu livro, não é mesmo? Aliás, gostei da sua menção em relação ao dia de hoje, a temida sexta-feira 13... hahaha! É um ótimo livro para se ler num dia como esse :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, e logo sai resenha de outros do autor. ^^

      Excluir
  3. Um super desafio, escrever um livro com apenas dezoito páginas. Mas, sua resenha me instigou bastante e vou separar um tempo para a leitura.

    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, e olha que ele consegue prender o leitor mesmo assim.^^

      Excluir
  4. Geente vou ler, achei super bacaninha hahaha
    18 páginas só. me deixou curiosa. :P
    Beijos, Paula
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie :)
    Ainda não conhecia esse autor nem seu livro.
    Nossa que fininho!! Fiquei curiosa para ler *----*
    Adorei a estória ♥
    beijocas
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, assim já conhece a escrita do autor. ^^

      Excluir
  6. Nossa, tão poucas páginas! Vou tirar uma horinha do meu dia e ler! Adorei a resenha.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo saber, depois me fala o que achou! ^^

      Excluir
  7. Nunca ouvi falar, mas pelo jeito ele é muito bom para deixar esse impacto em tão poucas páginas =D
    Pena que não curto esse gênero.

    Beijos
    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom mesmo!
      Que pena, Dessa...;/
      mas, são só 18 páginas, quem sabe você não dê uma chance?

      Excluir
  8. Olá.
    Pois é, no post da parceria comentei o quanto estava curiosa para saber mais não é? Gente já ouvi falar demais dele e a escrita é ótima.
    O autor está de parabéns e assim que tiver tempo terminarei de ler este ^^

    Beijos
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!
      Adoro a escrita do autor, espero ler mais livros dele.
      beijos

      Excluir
  9. Adoro livros nesse estilo, e a tua resenha me deixou bem curiosa pra ler o livro!
    Bisous
    needfulglam.blogspot.com
    www.facebook.com/needfulglam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia logo!Afinal, são só 18 páginas. rs

      Excluir
  10. Nossa dezoito páginas? Fiquei bastante curiosa, ainda mais pela sinopse :)

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  11. Oi Dessa,
    tudo bem?
    Achei perfeito você postar justamente na sexta-feira 13, perfeito, tudo a ver com a história!!!!
    Fiquei com medo quando disse que ele não poupa detalhes, e justamente em uma história com demônios!!!
    Acho que vou gostar!!!
    Beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! hahaha, não podia perder, né? ;P
      Vai adorar, sim. *-*
      bjs

      Excluir
  12. Parece ser muito legal, quando vi a parceria que você tinha feito com o autor, tive vontade de ver a resenha, e aqui está o//
    kissus
    http://shake-de-morango.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie Dessa
    não conhecia o autor, mas já gostei do livro pelo título. E que demais o autor criar algo tão envolvente em apenas 18 páginas. Ele é ninja. Vou ler com toda certeza.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! *-* Eu já conhecia o trabalho dele, e adoro.

      Excluir
  14. Aaaaiiin, tive medo logo no inicio da leitura. Demônios, com certeza não faz parte do meu tipo de leitura favorito, então, dificilmente eu irei conferir. rsrs
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, que pena Raay. :/
      O livro é ótimo!

      Excluir
  15. fiquei bem curiosa por ele ser bem curtinho, mas não sei se me atraiu kkk nao gosto muito dessa coisa de demonio haha
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Não conhecia o autor e nem as suas obras, mas depois dos comentários que li vou dar uma lida nas poucas páginas, que encantaram e prenderam tantas pessoas.
    Quando os próximos saírem comenta também.
    Beijocas. *--------*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Dá mesmo, você vai viciar na escrita dele. rs
      beijos

      Excluir
  17. Olá Dessa!
    Tive que baixar o livro! Adorei! Também gosto dos detalhes na história, pois gosto de me sentir nos lugares.
    Amei sua resenha!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Que bom saber, michelle! Assim que ler, me diz o que achou!

      Excluir
  18. OI Dessa!! Nossa que legal, com certeza vou ler, pois também gosto de cenas fortes detalhadas!!
    Adorei sua breve resenha!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  19. MEDO rsrs. Brincadeira, gostei bastante da sinopse deste livro, chamou realmente minha atenção, e pelos comentários ele deve ser realmente divino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá um medinho mesmo, hahaha. Coisa leve... :P

      Excluir
  20. Realmente, um livro tão pequeno dá até medo, sei lá... impressão de que vai ficar faltando algo! =S
    Mas a resenha me deixou curiosa, e vou arrumar um tempinho pra ler! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que não falta, claro que o final deixa um gancho para o próximo. É como se fossem capítulos, sabe?

      Excluir
  21. Oi!
    Não conhecia esse autor também mas pela resenha e opiniões que agreou a ela, apesar de curto parece ser bem envolvente. Curti.

    Bjos,

    blogandolinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. desconhecia o autor, mas gostei ate do livro - ou mini sei la- achei interessante a historia.



    xx

    ResponderExcluir
  23. Hum, o tema é interessante, mas só 18 páginas? Acho que vou esperar as outras continuações para dar uma chance.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curto, né? rs
      Bom que se não gostar, não vai perder tempo se ler tudo.

      Excluir