quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

[Entrevista] Vanessa Tourinho

|

O Apenas um vício conseguiu entrevista com a autora Vanessa Tourinho!
Venham conhecê-la melhor. ;)

 Paraense que não papa chibé; que ama açaí, mas não o toma tanto quanto gostaria; que ainda não se decidiu se gosta ou não de cupuaçu; que nuca visitou o ver-o-peso apesar de sempre passar por ele; que adora tacacá, mas com pouca goma, por favor!
Blogueira; filha caçula; tímida; de temperamento calmo, mas irritadiço pela manhã; sonhadora passando o limite do aceitável; cantora de chuveiro; bookaholic, atualmente, sofrendo de um quase coma literário.
“Transmutados: O desconhecido” era para ser apenas um conto inspirado na reflexão dos poderes dos super-heróis, mas virou um livro recheado com poderes, sem nenhum super-herói.



Quando Luisa Lima descobre que existe alguém que nasceu para pertencer a ela, não pensa duas vezes em fazer as malas e ir atrás do que parece ser o amor perfeito. Quando completa dezoito anos recebe um presente: o dom de ouvir os pensamentos alheios. Como se isso já não fosse o suficiente complicado, ainda descobre possuir a habilidade de se “desprender” do próprio corpo e mover-se a qualquer lugar, na velocidade da luz, apenas como energia, como espírito. Confusa com seus poderes, Luisa, tem a sorte de conhecer quatro jovens dispostos a explicar e a levá-la ao complicado mundo dos Transmutados. É quando descobre que todo Transmutado nasce predestinado a um parceiro ideal, e, quando isso acontece com Luisa, ela segue em busca de sua “alma-gêmea”, fechando os olhos e ignorando todos os perigos que esse relacionamento pode causar.




AuV - Quanto tempo você levou para escrever "Transmutados"?
VTDemorei três meses para escrever. A ideia me empolgou tanto que passava horas no computador, escrevendo. Mas demorei ao todo 3 anos para chegar ao texto de hoje. Era a primeira vez que eu escrevia algo tão extenso, não sabia por onde começar. Do ano de 2010 para hoje, amadureci bastante, como pessoa e como escritora, e isso foi imprescindível para refinar minha escrita.


AuV - De onde surgiu a ideia para a trama
VTEm dezembro de 2009 eu havia terminado de assistir ao filme "Push", fiquei tão encantada com a ideia de super-humanos que se camuflavam na sociedade para sobreviver; heróis da própria vida, que ao final, fiquei imaginando, como seria viver deste modo, e pensando em que dom eu gostaria de ter, se pudesse escolher um. Não demorou muito até que eu me desse conta de que estava criando uma história.

AuV - Foi difícil conseguir publicá-lo?
VTEssa é uma questão bem relativa. Quando eu decidi que queria publicar minha história, enviei para poucas editoras, e logo consegui passar por uma pré-seleção, mas não fui muito adiante, porque, como disse no início, era a primeira vez que eu havia escrito algo tão extenso. Era imatura demais. Depois de um tempo eu entendi isso e decidi trabalhar mais em minha ideia. Quando enfim finalizei, não demorei muito a encontrar uma editora, a Modo, que foi indicação de uma amiga. O tempo de resposta de certas editoras é bastante logo, de seis meses a um anos, isso se seu trabalho for aprovado. Com a Modo o processo foi mais rápido, porque meu livro estava praticamente finalizado, já que eu pensava em publicá-lo de forma independente, sendo assim, com algumas semanas depois eu já tinha minha resposta.

AuV - Qual a maior dificuldade ao escrever um livro?
VT Com Transmutados: O Desconhecido, como meu primeiro livro, a dificuldade foi conseguir colocar no papel tudo que estava em minha cabeça, e havia muita coisa nela. Não tinha ideia de como construir um texto bem estruturado e coeso. Passada essa fase de imaturidade, hoje digo que minha maior dificuldade ao escrever um livro é encontrar um nome que combine com a personalidade do personagem. Sem um nome, não consigo seguir escrevendo, e corro o risco de perder ideias assim.

AuV - Que dica você dá àqueles que querem escrever um livro?
VTSão tantas dicas, mas as mais importantes são: 1- nunca se dar por satisfeito depois de revisar seu livro. Sempre há erros que fogem de nossos olhos. É um trabalho cansativo, mas importante; 2- tenha paciência. As editoras demoram a responder às solicitações de análise de originais, isso, quando respondem, por isso fique atento aos prazos. Passado o prazo limite para resposta, vá atrás de outras editoras. E tenha paciência. Por mais que você pareça que irá morrer de ansiedade, você não morrerá, acredite, eu sobrevivi. E, por fim, 3- seja persistente. Se você realmente acredita no potencial de seu trabalho, lute por ele. Não desanime na primeira "derrota", acredite que há algo melhor para você mais para frente.

AuV - Já começou a escrever outro livro ou já tem mais algum pronto?
VTNo momento estou revisando um livro, ainda sem nome. De livro publicado, há uma antologia chamada Amores Impossíveis , da qual participei com um dos doze contos que formam o livro.

AuV - Quer deixar algum recado para os leitores do blog?
VT De recado aos leitores de Apenas Um Vício, deixo um convite para que vocês possam conhecer mais dos meus trabalhos, acessando o blog http://vanessatourinho.wordpress.com/
Sobre Transmutados: O Desconhecido quem tiver interesse em conhecer mais do livro, basta acessar http://pt.scribd.com/vanessa_tourinho_3 onde está disponível para download e para leitura virtual o conto introdutório à série Transmutados, e os primeiros capítulos de O Desconhecido.
E a você Dessa, agradeço o contato e o carinho. Muito obrigada, de coração.

Muito obrigada, Van, por responder às perguntas, adorei entrevistá-la. Sucesso!

42 comentários:

  1. Ainda não conhecia nem a escritora, nem o livro. Não me interessei muito pelo livro por não fazer meu gênero, mas adorei a entrevista. Quando era mais nova, cheguei a escrever metade de um livro, mas acabei desanimando e parando pelo mesmo problema que a Vanessa teve: muitas ideias e não saber como lidar com elas e passá-las para o papel. Mas me animei novamente a continuar a história ou começar outra. Quanto mais cedo eu insistir no meu sonho de publicar um livro, melhor. Muito bom esse post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que nunca tentei escrever um livro? rs Só alguns contos e tal.
      mas sei que não tenho criatividade para criar uma história. ;P

      Excluir
  2. Gente que tudo, ela é paraense assim como eu. Fiquei super curiosa pra ler o livro e adorei demais a entrevista <3
    Bisous
    neeedfulglam.blogspot.com
    www.facebook.com/needfulglam

    ResponderExcluir
  3. Oi Dessa, simplesmente adorei a entrevista. Não conhecia a Vanessa nem seu livro, e adoro saber as maratonas de escrita e publicações dessas histórias. Os bastidores são sempre cheios de emoção.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que bom que gostou, Mi! Adoro saber também, rs. *O*

      Excluir
  4. Não conhecia a autora ainda, mas adorei a entrevista...
    Já deu pra ter uma noção bem básica do livro por aqui, o tempo que levou pra ficar pronto e tudo...
    Muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto algumas pessoas falando sobre o livro, mas não conhecia a autora, gostei muito de conhecer um pouco da mesma.
    Espero que tenha tido um bom Natal. Até mais.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheci a autora a pouco tbm, adorei o livro, espero ler em breve!

      Excluir
  6. Muito legal!
    Não conhecia a Vanessa, mas pela entrevista vi como parece ser legal. Muito fofo dar dicas pra quem quer publicar um livro.
    Beijocas. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal as dicas, né? É ótimo saber como funciona todo esse processo...

      Excluir
  7. Ainda não conhecia nem a Autora, nem o Livro, nem o Blog... rsrs
    Gostei muito da entrevista. Foi muito produtiva.
    Quanto ao livro, me interessou bastante. Quanto a Ela, muito simpática, gostei das dicas rs. E o blog, com certeza irei conferir.Desejo todo o sucesso.
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da entrevista. Muito bacana as dicas mesmo.
      Espero ler o livro dela em breve!^^

      Excluir
  8. Oie :)
    Adorei a entrevista ♥
    Ainda não conhecia o livro nem a autora, mas fiquei super interessada em conhecer sua obra *----------*
    beijocas
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amei a entrevista, eu ainda não conhecia essa autora e nem o livro, mas fiquei muito curiosa e vou procurar sobre as obras dela. A entrevista foi ótima, ela é super simpatica.
    Amo seu blog

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, ela é muiiito simpática mesmo. :D

      Excluir
  10. Oi Dessa,
    tudo bem?
    Gostaria de lhe desejar um Feliz Natal atrasado.
    Não conhecia essa autora e nem o livro dela. Por isso gosto muito de fazer entrevistas com os autores, dá oportunidade de mais pessoas conhecerem suas histórias.
    É difícil iniciar a carreira de escritor. Por isso desejo sucesso para a autora.
    Beijinhos.
    Cila leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Pra ti tbm, atrasado. rsrs
      Verdade, é bom divulgar a literatura nacional! ^^
      bjs

      Excluir
  11. Adorei a entrevista com Vanessa Tourinho, que por sinal, eu não conhecia. Ela é paraense, e é isso que me surpreende! Como assim não come muito açaí, Vanessa?! haha
    O livro "Transmutados" também parece ser bem legal, a julgar pela capa :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a capa do livro, espero ler em breve, me interessei bastante. *O*

      Excluir
  12. Que entrevista maravilhosa! A Vanessa é muito simpática! =)
    Quero muito ler o livro dela. *-*
    Parabéns pela entrevista!!

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bom?
    Nossa, a autora parece muito fofa! E o livro também parece bem legal.
    Acho muito legal quando os autores dão dicas para escritores iniciantes. E também interessante ela demorar apenas 3 meses para escrever, mas 3 anos para "terminar" o texto.
    Muito legal a entrevista, parabéns!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o livro parece ótimo! ansiosa para ler...
      Obrigada!

      Excluir
  14. Primeiramente quero lhe parabenizar pela parceria! :)
    E que autora fofa, divertida e super talentosa! Adoro essas distopias, que nos fazem imaginar um mundo totalmente diferente do nosso! Fiquei bem curiosa para ler esse livro!
    E a cada vez mais eu fico mais e mais feliz com o crescimento dos autores nacionais! Eles também merecem reconhecimento!
    Beijoos :*

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. merecem mesmo! Tenho lido ótimos livros nacionais. *-*

      Excluir
  15. Adorei a entrevista!

    http://www.juliechagas.com/

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Adorei conhecer a autora e sua obra. Amo romances e esse parece ser bem interessante. A entrevista foi bem bacana.

    Bjos

    blogandolinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Já tinha ouvido falar do livro, mas não conhecia a autora.
    Gostei de conhece-la e saber como surgiu a trama do livro!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!Bacana saber do processo, né? *-*

      Excluir
  18. Sinceramente nao conheço o livro d autora, mas me simpatizei com ela me pareceu ser legal.


    xx

    ResponderExcluir
  19. Foi um prazer participar do blog, Dessa! <3
    Você foi uma fofa, e super paciente esperando minhas respostas, quando eu estava sem internet.
    Adorei conversar com você.
    Obrigada por tudo.
    Beijos e um 2014 divino e cheio de realizações.
    Paraíso Em Papel
    @VanTourinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que linda. <3
      Capaz, valia a pena esperar. Adorei entrevistá-la. *-*
      Sucesso e bom 2014!

      Excluir
  20. Gostei da Entrevista. O enredo do livro me lembrou em parte outro que li e gostei. Que bom que a autora conseguiu publicar seu livro depois de tanto trabalho.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom mesmo, agora estou ansiosa para lê-lo. *-*

      Excluir
  21. Nunca tinha ouvido falar da autora e muito menos do livro dela. É por isso que eu gosto dessa coluna que existe nos blogs, ela te traz a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o livro e sobre a autora também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a primeira entrevista, que bom que gosta. Espero fazer mais dessas. ^^

      Excluir