domingo, 29 de setembro de 2013

[Resenha] Divergente

|

Autora: Veronica Roth
Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.


Não sei se sou apenas eu, mas quanto mais eu gosto do livro mais é difícil falar dele. Desconheço o motivo, simplesmente empaco na hora da resenha, e com Divergente não foi diferente, estou há meia hora pensando em como começa-la. Confesso que iniciei a leitura com o pé atrás, porque vi tantas resenhas positivas e tanto alvoroço ao redor da história, ainda mais agora que vai sair o filme, que fiquei meio assim. Normalmente me decepciono com livros que todos falam tão bem exatamente por isso, crio muitas expectativas. Mas, Divergente foi a exceção. A leitura me prendeu e me intrigou desde o início.

Uma sociedade dividida em cinco facções: Abnegação, Amizade, Erudição, Audácia e Franqueza. Todas têm uma qualidade como "regra" e são: altruístas, bondosos, inteligentes, corajosos e verdadeiros. Achei muito legal essa ideia, mas é normal ter dúvidas com relação a como isso começou, e apesar de a autora explicar, fica-se a dúvida: como 'aceitam' essa imposição de valores? É então que no decorrer do livro vimos que não é bem assim, todos possuem qualidades e defeitos que não podem ser deixados de lado facilmente. A ganância, ambição e crueldade ainda fazem parte desta sociedade, mas, mascarada com qualidades das facções.

Aos 16 anos, Tris precisa fazer um teste de aptidão para saber em qual das facções entrará. Porém, o resultado de seu teste mostrou-se inconclusivo, pessoas com esse resultado são chamadas de Divergentes, algo que é incomum e "temido". Por isso, ela precisa guardar este segredo e descobrir o que isso significa. O dia da escolha chega, e ela decide optar por aquilo que a fará feliz: a Audácia. É uma decisão difícil, pois  escolher uma diferente da Abnegação é como se estivesse traindo seus pais. Na Audácia os iniciandos passam por provas cruéis para ver quem serão os dez primeiros que entrarão para a facção. Aqueles que "reprovam", viram sem-facção, pessoas pobres que moram nas ruas.

Tris, apesar de pequena e frágil, é uma garota corajosa e decidida. Um dos seus instrutores é Quatro, um garoto misterioso e aparentemente de difícil convívio. Porém, ele é o único que acredita em sua força e a incentiva. Por vir de uma facção onde demonstrar seus sentimentos é algo incomum, ela não sabe como reagir com essa aproximação entre os dois. Mas isso não é o que importa agora, há alguém que não aceita os Divergentes e está por trás de algo que colocará a sociedade em conflito.

Abaixo a arma. Ha uma certa sensação de poder em controlar algo que pode causar tanta destruição, ou em controlar qualquer coisa, na realidade. Talvez esse seja realmente o meu lugar.

E o romance, ou quase isso, entre Tris e Quatro não é o foco, mas achei tão lindinho. < 3 Viraram meu casal preferido. Enfim, a trama é eletrizante do início ao fim, há tantas reviravoltas que até deixa o leitor maluco. A parte em que há as provas é cruel. A autora detalha muito bem as lutas que eles são obrigados a travar e o terror psicológico a que são submetidos. Temos um contato direto com a Audácia exatamente por agora Tris pertencer à ela, e alguns detalhes da Abnegação são mostrados, contudo, as outras três facções mal são descritas. Acredito que pelo desenrolar da história, saberemos mais das outras no segundo volume.

E desculpem, sei que a resenha está mal feita, mas realmente foi difícil explicar com palavras o que senti com o livro. Eu simplesmente amei, e estou muito ansiosa para a continuação.

O seres humanos, de uma maneira geral, não conseguem ser bons por muito tempo antes que o mal penetre novamente entre nós e nos envenene.

46 comentários:

  1. Sim, é muito difícil falar de um livro quando gostamos, é ruim demais para nos expressarmos e dizermos o porquê daquilo. Rsrsrs, a resenha ficou ótima, não se preocupe, entendi que o livro é muito bom e agora quero ler demais.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom saber. rs *O*
      Obrigada < 3
      E leia mesmo!
      bjs

      Excluir
  2. Sofro do mesmo mal. Todas as resenhas dos livros que gostei muito são super difíceis de escrever.
    Mas Divergente não foi um desses livros. Tinha muitas expectativas quanto a ele, e quando comprei e li esperava algo bem mais envolvente, que me fizesse ficar vibrando e sofrendo junto com os personagens. Só que com Divergente fiquei esperando isso e nada. Não foi uma leitura ruim só não correspondeu ao que eu esperava.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala, tão ruim quando isso acontece... :/
      Sério? Que bom que eu consegui superar as expectativas, ainda mais depois de tanto alvoroço. rs
      Que pena que não foi tudo isso pra você ;/
      bjs

      Excluir
  3. Sou como você Dessa, quanto mais amo um livro, mais travo na hora de resenhá-lo, só sei senti-lo e não consigo verbalizar direito as minhas emoções. Faz tempo que só leio boas resenhas sobre Divergente e até hoje não sei porque ainda não li. Depois da sua resenha fiquei com ainda mais vontade. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, bem assim mesmo, né? Horrível isso, porque queria tanto poder expressar melhor o que senti, para assim poder viciar os outros, rs. Leia logo então! Sem falta. rs
      beijos

      Excluir
  4. Deve ser difícil mesmo resenhar um livro que você amou, eu não consigo falar direito sobre um livro que gostei, só sei falar que a pessoa tem que ler ele porque é maravilhoso e fim.
    Divergente tá no topo do topo de livros que eu quero ler!!! Fico muito feliz quando vejo que gostam dele. Espero gostar assim também :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, bem assim, só da vontade de falar "o livro é ótimo, leiam!" rs
      Você irá gostar sim! bjs

      Excluir
  5. Depois que eu acabe de ler esse livro eu fique tipo " OMG THIS BOOK ARE SO PERFECT!!! Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  6. Estou louca para ler! Mas como é série vou ter que esperar um tempo... Concordo com você: quanto mais gosto de um livro, mas dificuldade eu sinto para falar!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, logo sai o último. Dá para ler tranquilo. *-*
      bjs

      Excluir
  7. Ainda não li essa série, mas prentendo, kkk comigo tanto faz, se eu gostar consigo resenhar melhor ainda o/
    kkkkk se não gostar resenho facilmente também o/
    mas concordo com vc, quanto mas as pessoas falam de um livro as chances dele ser ruim é muito grande o/
    mas independente do que role eu vou ler esse livro o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia logo! hahaha que bom! *-*
      Verdade, por isso sempre leio com o pé atrás. rs
      Leia mesmo e depois me fala o que achou.
      bjs

      Excluir
  8. Realmente, é muito difícil falar de um livro que gostamos, mais difícil ainda é falar de "Divergente"!! Eu estou completamente apaixonada pela estória, estou louca para ler "Insurgente" e já não vejo a hora de conferir como ficou o filme hehe Achei toda essa ideia da Veronica Roth sensacional, melhor ainda é a ambientação da estória, quero dizer, quantos livros as pessoas já leram que se passam em Chicago (mesmo sendo uma Chicago futurista)? Ah, e o Quatro é minha paixão a parte <3 hehe Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou louca por insurgente. Adorei muito a série, e espero que continue boa assim.
      Curiosa pelo filme também, tomara que fique bom, né? rs
      Adoro esse tipo de livro. < 3
      bjs

      Excluir
  9. Um livro que preciso ler antes do filme! De tanto ler resenhas por aí, já sei tanto que as vezes penso que nem preciso ler o livro! Mas ainda assim vou!

    Beijos!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo! Só para depois falar mal do filme. HAHAHA
      bjs

      Excluir
  10. Também sou assim flor é complicado falar de um livro que a gente ama porque parece que não importa quantos elogios a gente faça, nunca é o suficiente! Divergente é realmente maravilhoso, até favoritei, uma das minhas distopias favoritas e não vejo a hora de lançar o último livro! #ansiedadenasalturas

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca é o suficiente mesmo. Depois que publico a resenha fico "podia ter falado tal coisas", ahahah.
      Ansiosa por insurgente. Comprar logo! *O*
      bjs

      Excluir
  11. Estou com esse livro há meses em casa para ler, mas simplesmente não consigo. Não sei se é porque é em inglês ou porque o começo é chatinho mesmo. Mas críticas positivas a esse livro é que não faltam.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em inglês? uau hahaha. É chatinho mesmo, mas depois melhora. Leia logo!
      bjs

      Excluir
  12. Quem foi que disse que sua resenha está mal feita????
    Está ótima, e só mostra que o livro deixou você boquiaberta mesmo!!
    Adorei, com emoção é sempre melhor!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito obrigada. Mas senti falta de algo nela. hahaha
      Beijos

      Excluir
  13. Eu tipo assim...
    Sou APAIXONADA por divergente!
    Sem sombra de dúvidas é minha distopia preferida!
    Também tenho muita dificuldde para falar sobre esse livro... Acho que só a frase " O livro é foda" ( me desculpe o palavreado) é o suficiente, porque nem tem como descrever!
    Estou super ansiosa por allegiant!
    Beijinhos
    Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma das melhores distopias mesmo! *-*
      Nem fala, às vezes da vontade de só falar isso. hahaha
      beijos

      Excluir
  14. Eu preciso desse livro tipo assim, pra ontem!
    Todo mundo falando dele e eu morrendo de medo de ler spoilers. Odeio me sentir perdida em uma conversa, e é assim q eu me sinto quando ouço/leio alguém falar dessa série.
    Mas antes do lançamento do filme eu lerei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa mesmo! Não demore para ler que nem eu, rs.
      E tente fazer isso antes do filme mesmo. *O*
      bjs

      Excluir
  15. Olá!

    Sou doida para ler esse livro! Amei sua resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Oie,
    realmente o romance é bem fofo e a aventura fica mais em foco.
    Tb gostei bastante do livro e quero ler o próximo.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  17. Sempre ouvi muitos elogios e muitas críticas sobre o livro, mas nunca tive vontade de comprá-lo. Isso por que a minha lista literária está enoooorme e tenho várias outras aquisições, sabe? Enfim, adorei a resenha! Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, às vezes fico assim, quero muito ler um livro mas até desanima com a pilha que já tenho. rs
      bjs

      Excluir
  18. AMEI Divergente! Gostei da distinção das 5 facções e suas características peculiares.
    Foi ótimo o romance entre Tris e Quatro não ter sido o foco, mas é bem bonitinho =)
    Uma coisa que me marcou na história foi a autora não ter nenhuma dó em matar personagens, não tem como se apegar mesmo rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei essa parte também, achei muito criativo, espero que a autora explique melhor sobre elas.
      Nem fala, a autora foi quase tão má quanto o George, hahahaha
      bjs

      Excluir
  19. Oie:)
    Sou simplesmente louca para ler esse livro. Adorei a história e todas as resenha que eu leio sempre falam tão bem dele.
    Beijoss
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Estava acontecendo isso agora mesmo comigo, enquanto escrevia a resenha de Coração de Tinta, é muito difícil falar de um livro, quando gostamos dele.
    Quero tanto ler Divergente, só que sempre quando vejo está caro. =/ Ótima resenha, expectativas subiram mais.


    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Louca para ler coração de tinta. *-*
      Ah, logo o sub faz uma promo dele. rs
      bjs

      Excluir
  21. Eu entendendo perfeitamente essa dificuldade em resenhar um livro que amamos,especialmente Divergente. Este livro me pegou já no primeiro capítulo, eu ficava louca pra saber, mais sobre as facções, eu não conseguia pensar em outra coisa a não ser ler. Me encantei por Quatro <3 e sua história que também não é nada simples e Tris, gente ela é muito corajosa! Mais o que mais gostei de ler foi toda aquela ação, pressão e dúvidas, típico de adolescentes. Ah, você está certa em Insurgente a autora fala mais das outras facções!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei genial as facções, fiquei curiosa com algumas coisas só, espero que a autora explique e detalhe mais!
      Tris é a coragem em pessoa, ein? hahaha Adorei ela. < 3
      Ah, é? Que ótimo saber disso! Fiquei ainda mais curiosa para a continuação agora. rs
      bjs

      Excluir
  22. Também tenho dificuldade de falar dos livros que gosto, deveria ser o contrário, né? kkkk Muita gente fala bem desse livro, mas não é meu gênero favorito >.<

    www.adolecentro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devia mesmo, saco. hahaha
      Não é? Poxa! ):
      Adoro distopias <3

      Excluir
  23. Sempre tive muita curiosidade para ler Divergente, mas ainda não tive oportunidade...E este livro é um dos meus mais desejados...Adorei poder ler a resenha sobre ele.

    ResponderExcluir