quarta-feira, 4 de setembro de 2013

[Resenha] Amor - O caminho para a felicidade

|
Autor: Vilko Lacerda
Em uma narrativa doce e sensível, mas ao mesmo tempo racional e prática, o livro leva o leitor a refletir sobre o caminho percorrido pelas pessoas entre seu próprio eu e a felicidade. Esta reflexão conduz a um mergulho nos seres humanos, suas emoções, seus pensamentos, suas atitudes e os efeitos disso tudo nas pessoas.











Pela sinopse não parece (pelo menos eu não achei), mas o livro tem um que de autoajuda. Eu realmente não curto esse gênero, já até tentei ler alguns livros, mas não rolou. Então, resolvi deixar de frescura e dar uma chance a Amor, afinal, não podia dizer que não curto essa temática, se nem li um livro inteiro. E confesso que não gostei tanto assim e pelo jeito minha não preferência por autoajuda vai continuar. Mas o impressionante é que o autor consegue nos envolver com sua narrativa mostrando a simplicidade do amor e fórmulas para alcançar a felicidade.

O Amor é quase individual, pois cada um sente da sua forma e traduz essa sensação em ações, ações em reações, fazendo a vida continuar passo a passo.

O livro tem apenas 88 páginas, então resolvi seguir com a leitura até o fim, porque apesar de não ter gostado, há varias lições lindas referente ao amor. Amor de todas as maneiras. Achei linda a obra e o que mais gostei foram as citações de autores e até mesmo músicas.

"As mais lindas palavras de Amor são ditas no silêncio de um olhar."
Leonardo da Vinci

Há passagens que realmente mexeram comigo e me fizeram refletir sobre a vida, acho que o livro só me acrescentou, e não digo que não leria outro com esse tema, ele só não entra para a lista dos favoritos, rs.
Achei legal a parte em que o autor escreve a receita para viver o amor. Acho que todos precisam dessa receita para ter mais amor no coração, gente. HAHA Sério! E no final do livro há um poema de autoria do próprio Vilko, que amei! 

Enfim, acho que todos têm que ler Amor - não importa se gosta ou não do tema -, afinal, a palavra amor virou algo tão banal ultimamente que até esquecemos a proposta dela e o sentimento envolvido.

Receita: Viver o Amor
Ingredientes: 
- Viver na Terra.
- Identificar o Amor em si mesmo.
- Se permitir passar pelas diversas situações que a vida apresenta.
- Ter vontade de ser feliz.
- Dedicar esforços a observar e a mudar.

58 comentários:

  1. Realmente, nesse sentido sou igual a você: Não gosto de livros de autoajuda. Enfim... Beijos.

    Aritana - (http://arimaciel.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é um gênero "difícil", tem que gostar muito mesmo. rs
      beijos

      Excluir
  2. Haha, amei a receita do amor! Quem dera se só isso bastasse para que desse certo! Entendo você, também livros de autoajuda não são meus preferidos e são deixados de lado na minha estante, mas esse parece ser bem interessante, apesar que eu não sei se leria.
    Beijos!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Achei demais essa receita. rs
      O livro foi agradável de ler, apesar de ser autoajuda, recomendo!
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei a resenha. Mais nao sei se vou comprar o livro, talvez.

    ResponderExcluir
  4. Amei, quero esse livrinho *-* Que receita ótima hein?

    http://devaneiosdeuma-adolescente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Bom, auto ajuda também não é o meu estilo, mas para quem gosta parece ser uma boa dica!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  6. Esse Livro até pareceu um pouco, pelo menos pelo que li ai em cima, com os livros do Augusto cury o/
    mais gostei bastante da pegada dele, parece uma leitura boa de se fazer o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é? Nunca li nada desse autor. :/
      beijos

      Excluir
  7. Logo quando esse livro foi lançado, pela capa eu havia me interessado, mas quando fui procurar saber mais descobri que era de autoajuda e não quis ler.
    Não gosto de livros assim, ok, pode ser preconceito, mas já li vários livros do gênero e não gostei de nenhum, então...
    Fico feliz que tenha gostado, pode ser que o estilo de escrita do autor deixe o leitor confortável ao ponto de não parecer uma autoajuda.

    Beijos,
    Letícia - Literature Diary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, realmente não é preconceito, é questão de gosto mesmo. rs
      Beijos

      Excluir
  8. Oie,
    eu não conhecia o livro, mas gostei da resenha, parece ser bem gostoso de ler.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu também não gosto REALMENTE de livros de autoajuda, por isso acho que não leria...

    ResponderExcluir
  10. Oi Dessa! Tudo bem??
    Pois vou confessar que amo livros de auto-ajuda. E já anotei Amor na minha lista, sempre gosto de variar o gênero de leitura, e quando leio algo mais pesado ou fantasia, e quando termino sempre alterno e livros assim,são meus preferidos e não conhecia o livro também.
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo e você?!!
      Sério? Que legal saber, então você vai AMAR esse livro. *-*
      beijos

      Excluir
    2. Oi Dessa!!
      Recentemente li A Cabana e amei também. Sou bem calma e curto livros assim, acho que acabam "tranquilizando a alma". E como gosto bastante de livros de fantasia, acho que lendo um gênero de auto-ajuda é bem diferente.
      Bjuss Dessa.

      Excluir
    3. Oii!
      Nunca quis ler A cabana exatamente pelo gênero, mas sabe que depois que li Amor, fiquei interessada? rs
      beijos

      Excluir
    4. Oi Dessa, você não vai se arrepender...Me apaixonei pelo livro desde o início e foi muito tocante. Mas tem que ler ele com " a cabeça aberta", sabe?? Não desistir da leitura ( bom, eu não desgrudei), mas vi resenhas em que achavam ele meio lento demais. Mas amei mesmo...Bjuss querida!!

      Excluir
    5. Entendo, rs. Não gosto de leitura arrastada, mas é difícil eu desistir de um livro. haha Único que desisti foi Comer, rezar, amar! Mas bem, vou tentar ler esse sim! *-* E espero gostar tanto quanto você!
      beijos

      Excluir
    6. Nossa, e eu sempre quis ler este ( acho que pelo filme) e pela capa =)
      Sempre quando entra em promoção entra na minha lista , mas sempre acabei desistindo....E por que você abandonou??
      Pra falar a verdade nunca abandonei nenhum livro, mas confesso que Diários e Vampiro foi quase...mas acabei terminando ( com muita dificuldade...) =)
      Bjokas!!!

      Excluir
    7. Achei a leitura muito cansativa, a personagem chata... haha não rolou daí. :/
      Os três primeiros de DV li tranquilo, mas o 4° foi chatinho mesmo.
      beijos

      Excluir
    8. Li até o 5° livro quase me " arrastando" e decidi não continuar a leitura ( foi um box que comprei no Submarino que tinha até o 5° livro, esqueci de te falar...). E troquei todos eles no Skoob. No inicio estava amando mas depois do 3° livro a leitura foi se tornando mega cansativa, coisas mal explicadas e fatos surrealistas...Mas como tinha até Anoitecer li,mas não irei terminar a série.
      Bjus....

      Excluir
    9. Também achei isso, até pelo tamanho do livro vemos o quanto é diferente dos outros. rs
      Tenho até o 6º e pretendo ler todos, nao gosto de ficar com algo inacabado, sabe? rs

      Excluir
  11. Assim como você, não gosto de livros de auto-ajuda, mesmo nunca tendo lido algum livro inteiro do gênero! kkk
    No entanto, achei interessante a premissa do livro. Acredito que muitas pessoas realmente precisam ler livros assim para dar mais valor ao AMOR de verdade, até eu mesmo acho que preciso... hehe

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, verdade, acho que mais gente tinha que ler esse livro. :P
      Espero que você tenha oportunidade de ler e goste tanto quanto eu. ^^
      beijos

      Excluir
  12. Também não gosto de livros de auto-ajuda, já tentei ler mais nunca termino. Mas parece diferente o livro, não sei. Assim como você acredito que o Amor hoje em dia se tornou algo banal, que deveria ser relevado mais, disse a romântica rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei diferente também, acho que é pelo assunto abordado. rs
      HAHAHA, sou romântica também. :P

      Excluir
  13. Auto-ajuda é um gênero difícil para mim. Já tentei ler alguns mas o único que posso dizer que gostei um pouco foi A Última Grande Lição, de Mitch Albon.
    O livro Amor eu não leria.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço esse que você falou. Vou dar uma procurada!

      beijos

      Excluir
  14. Eu ja li alguns livros de auto ajuda, e não gostava mas lia..coisas que falavam "vai lê, é tão bom" e nunca peguei gosto por eles rs.
    Então acho que passo esse, mas acho a tematica amor, muito boa e muito ampla, bom para o autor rs, quem sabe um dia mude de opinião, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, não consigo pegar gosto também. rsrs
      beijos

      Excluir
  15. Legal mesmo a receita do amor kkk Mas também não curto esse gênero, nem sei como você conseguiu ler todo :c

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, ele é tão curtinho e tinha passagens muito legais. rs :3
      beijos

      Excluir
  16. Esse é um livro que não tenho muito interesse em ler. Não sou fã do gênero auto ajuda e, apesar de ser um tema que nos rodeia, acho que não iria conseguir seguir "receitinhas de como ser amar e ser feliz"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não é nem o fato de seguir corretamente o que o autor fala, mas sim refletir, sabe? rs
      beijos

      Excluir
  17. Gostei bastante de sua resenha, mas acredito que não é o tipo de livro que leria, pelo menos ultimamente...

    Beijos
    http://umajovemleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um gênero bem difícil de gostar mesmo. rs :/
      beijos

      Excluir
  18. É a segunda resenha que leio desse livro, a primeira a menina odiou e você já gostou!

    Livro no mínimo polêmico!

    Amei sua resenha!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, depende muito do gosto mesmo! ^^
      beijos

      Excluir
    2. Michelle, tem uma resenha postada por vc no blog sangue com amor, ja esqueceu?? Rs

      http://www.sanguecomamor.com.br/2013/06/resenha-amor-o-caminho-para-felicidade.html

      Abc, Vilko ;)

      Excluir
    3. Não esqueci, eu falei que foi polêmico pelas suas resenhas de duas blogueiras diferentes...hehehehehehehe

      Pois uma amou e outra não, foi essa a comparação que fiz!

      Abraços

      Excluir
  19. Não curto muito livros de auto ajuda mas esse me pareceu ser bem bomzinho né =P

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Dessa, gostei bastante da resenha!!
    Ficou muito satisfeito por ter encontrado boas ideias no livro! :)

    Abc,
    Vilko

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Vilko!
      Obrigada, sucesso pra ti!
      beijos

      Excluir
  21. Achei interessante a temática, mas acho que não gostaria da leitura por esse toque de auto-ajuda, não tenho muita paciência com esse gênero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não tenho, mas o livro é tão curtinho, que não consegui largar mesmo. rs
      beijos

      Excluir
  22. Não gosto de livros de autoajuda e sou bem chata quanto a isso.
    De fato, amor se tornou algo banal e poucas pessoas se lembram o seu verdadeiro significado. Se este livro ajuda as pessoas a entenderem e a resgatarem esse sentimento, vale a pena ser lido. Mas não é para mim, pois sou totalmente contra livros de autoajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, não sou contra esse tipo de livro, rs, mas não entra nos gêneros que mais curto mesmo.
      bjs

      Excluir
  23. Oiie;)
    Não gosto muito de livros de autoajuda. Eu acho muito chato! Mas eu procuro da uma chance a alguns livros e muitas das vezes, acabo gostando. Ele tem um tema que eu gosto bastante que é o Amor. Quem sabe eu não dou uma chance e ele entra para a minha listinha (que nunca acaba rsrsrs) de livros que eu quero comprar.
    Beiijoss
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Verdade, às vezes é bom dar uma chance. ^^ Vai que acaba tomando gosto?
      beijos

      Excluir
  24. De fato a sinopse não leva a crer que o livro é auto ajuda. Mas já li um monte de resenhas negativas dele, não tenho a mínima vontade de ler. Não só a asua que tbm não gostou da história.
    Em meio a tudo isso decidi que não queria ler o livro e que talvez o autor deva amadurecer mais antes de lançar sua próxima obra...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a negativa é realmente por ser auto ajuda, sabe? A escrita do autor realmente é boa, não acho que seja ele o problema. rs
      Depende do gosto pessoal mesmo. :/

      Excluir