[Novidades] Jangada

A série Starling chega a seu desfecho épico neste terceiro volume. A ancestral profecia nórdica do Ragnarök está prestes a se cumprir. Mason Starling tem nas mãos o destino do mundo, enquanto Fennrys, seu amor, jaz a seus pés sangrando, com a vida por um fio. No entanto, o que quer que esteja por vir não ocorrerá por causa de uma profecia ou dos planos maquiavélicos do seu pai. Tudo depende apenas das decisões de Mason e Fenn. E o mundo deve torcer para que ambos alcancem aquilo que suas almas e suas espadas mais almejam: evitar o fim do mundo.





Após uma catástrofe que matou milhões de pessoas, uma fenda se abre entre as dimensões e as cidades passam a ser assombradas por fantasmas. Verônica não passa um dia sem ver um fantasma, mas eles não a assustam. Porém, os fantasmas estão ganhando força e começam a aparecer com muito mais frequência. Ela e seu colega de classe Kirk, investigam por quê e descobrem uma história sinistra: August, seu professor de história, não se conforma que a sua filha não voltou do mundo dos mortos como fantasma e acha que para isso acontecer ela precisa primeiro se apossar de um corpo, e que Verônica é a pessoa certa para abrigar o espírito da filha. Mesmo que esteja errado, que mal há em criar mais um fantasma, se já existem tantos!




Eu estou muito ansiosa para ler Transcendente, pois a série é muito boa, e no volume anterior as coisas ficaram bem tensas! Gostaram dos lançamentos?!

[Novidades] Rocco

Boa noite, pessoal! Como vocês devem saber, o blog agora é parceiro da Editora Rocco!! ♥♥ Esse post é para mostrar os lançamentos da editora para setembro. Tem muita coisa boa! Confiram. ;)


Rocco

Autora de romances e contos que conjugam sucesso de público e de crítica, Emma Straub narra, em seu primeiro livro lançado no Brasil, uma história sobre família, amizade, afetos e frustrações, sob o sol da paradisíaca Maiorca.
Franny e Jim comemoram 35 anos de casamento e o diploma de segundo grau da filha, Sylvia. Na encantadora casa alugada na ilha espanhola, os três contam ainda com a companhia de Bobby, o filho que mora na Flórida com a namorada dez anos mais velha, e do casal de amigos Charles e Lawrence.
A promessa de dias leves e tranquilos, no entanto, é quebrada pelas tensões que envolvem as relações familiares. Franny e Jim na verdade vivem uma crise no casamento, e cada um dos demais personagens é confrontado com seus próprios dramas, à medida que se relacionam com o outro.
Romance de estreia da escritora australiana M. L. Stedman, A luz entre oceanos mostra como a necessidade de amar também pode destruir vidas. Tom Sherbourne é um ex-combatente que, buscando reconstruir sua vida, se torna o novo faroleiro de uma ilha isolada na costa oeste da Austrália. Ele e sua mulher Isabel vivem bem até ela descobrir que não pode ser mãe. Mas um fato trágico e inusitado reacende a esperança de Isabel de ter um filho quando um barco à deriva aporta na ilha, fazendo o casal tomar uma decisão que marcará suas vidas para sempre.



Autora de A vítima perfeita, lançado pela Rocco na FLIP 2015, e escolhida pelos herdeiros de Agatha Christie para dar vida nova ao célebre detetive Hercule Poirot, a inglesa Sophie Hannah constrói,
em A outra casa, uma trama sofisticada em que o suspense é apenas um dos elementos da narrativa.
Na história, os detetives Simon Waterhouse e Charlie Zailer são obrigados a interromper sua lua de mel para atuar num caso sombrio envolvendo o casal Connie e Kit Bokskill e um corpo de mulher revelado em circunstâncias inusitadas, quando Connie resolve pesquisar casas à venda num site imobiliário na internet. Com doses equivalentes de humor, aventura e mistério, Sophie Hannah entretém o leitor e, ao mesmo tempo, o convida a uma instigante reflexão sobre relacionamentos familiares, profissionais e amorosos.

Em Os desejos da Bela Adormecida, primeiro volume da trilogia erótica de Anna Rice assinada sob o pseudônimo de A. N. Roquelaure, a protagonista era apenas uma jovem princesa libertada de seu sono de cem anos por um príncipe para se tornar escrava sexual. Inspirada no tradicional conto de fadas, a série narra as aventuras e descobertas de Bela num mundo que mistura prazer e dor, desejo e subserviência.
Agora, em O reino da Bela, 20 anos se passaram. Bela e Laurent há muito deixaram de ser escravos sexuais. Mas com a morte da rainha Eleanor e a pedido de velhos amigos e amantes da época do cativeiro, eles assumem o trono, instituindo a servidão erótica voluntária e dando início a uma nova era de luxúria e prazer infinitos.




Caixinha de correio #107

Boa noite, pessoal! Eu sei que estou há um bom tempo sem postar a caixinha de correio, mas finalmente saiu! Eu recebi bastante coisa tanto das editoras quanto de compras que eu fiz! ♥ Vamos conferir?


Parceria



Eu recebi da DarkSide a revista deles, o conteúdo está muito lindo e bacana, vou tentar trazer para vocês algumas fotos no Instagram do blog! ;)



Recebi da Companhia Editora Nacional o primeiro livro da série Patrick Bowers, eu já li outros livros desse autor e gostei bastante, então estou ansiosa pela leitura.



Recebi do Grupo Pensamento o segundo livro da saga Ao anoitecer. Amor roxo chegou de surpresa, mas eu adorei e estou curiosa para ler. <3

[Resenha] Belgravia

Autor: Julian Fellowes
Páginas: 368
Editora: Intrínseca
Uma nova saga histórica, fascinante e irresistível, repleta de segredos e escândalos
Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.

Eu recebi um e-mail da Intrínseca com a proposta de resenhar Belgravia aqui no blog, e nem precisei pensar muito, pois sou apaixonada por romance de época. Apesar de ainda não ter assistido Downton Abbey, eu sei o quanto a crítica dessa série é positiva, então saber que o criador dela é o autor da obra me fez ter mais expectativas ainda pela leitura. Eu me assustei bastante com o tamanho do livro, pois estou acostumada com romances curtos, e outro ponto que me chamou a atenção é que a trama não é focada no romance. Bem no início quando Sophia e Edmund são apresentados eu já estava imaginando o romance de sempre do que já vemos em livros do gênero, no entanto, o autor me surpreendeu bastante quando mostrou que além de esse casal não ser protagonista, a história passaria vinte e cinco anos na frente e trataria de intrigas e revelações, não focando nem um pouco em um romance de tirar o fôlego ou algo do tipo. E sinceramente? Eu amei!