quarta-feira, 11 de setembro de 2019

[Resenha] Vilão

| 0 comentários
Autora: V. E. Schwab
Páginas: 364
Editora: Record
Duologia: Villains, 1
Victor e Eli, dois jovens brilhantes, arrogantes e solitários, se conheceram na Universidade de Merit e logo se deram bem, identificando um no outro a mesma sagacidade e a mesma ambição. No último ano da faculdade, o interesse em comum numa pesquisa sobre adrenalina, experiências de quase morte e poderes sobrenaturais lhes oferece uma possibilidade antes inimaginável: de que uma pessoa, sob as condições certas, seja capaz de desenvolver habilidades extraordinárias. No entanto, quando colocam em prática essa teoria, as coisas dão muito errado.
Dez anos depois, Victor foge da prisão, determinado a encontrar seu antigo amigo ― agora inimigo. Para localizá-lo, ele conta com a ajuda de uma garotinha, Sydney, cuja natureza reservada esconde uma habilidade sem igual, mas extremamente perigosa. Enquanto isso, há dez anos Eli tem uma única missão: erradicar todas as pessoas ExtraOrdinárias que encontra ― exceto sua ajudante, Serena, uma mulher enigmática e persuasiva, capaz de impor sua vontade a qualquer um.
Armado com poderes terríveis e movido pela lembrança da traição e da perda, Victor caça seu arqui-inimigo em busca de vingança e de um embate no qual sabe que um dos dois deve morrer.

Vilão, da V. E. Schwab, foi um dos melhores livros que eu li esse ano. Eu já gostava muito da escrita da autora, desde A melodia feroz, mas esse lançamento tem tudo o que eu gosto em uma leitura: fantasia, ficção científica, suspense e personagens nada perfeitos. O mais incrível dessa história é que não há um lado bom ou ruim, tudo depende do ponto de vista, e a autora explora bem isso ao nos apresentar dois personagens tão imperfeitos, cativantes à seu modo, e que são mais parecidos do que imaginavam.

domingo, 25 de agosto de 2019

[Resenha] Na boca do leão

| 0 comentários
Autora: Anne Holt
Páginas: 400
Editora: Fundamento
Série: Hanne Wilhelmsen, 4
Um crime misterioso abala um país.E, até que se descubra o culpado, todos são suspeitos.
Birgitte Volter era conhecida por governar com mãos de aço, ocupando com sua personalidade forte o cargo de primeira-ministra da Noruega. Quando, em uma tarde qualquer, ela é encontrada assassinada em seu gabinete, atrás de portas fechadas, o choque toma conta da nação. Determinada a elucidar esse mistério, a detetive Hanne Wilhelmsen interrompe suas férias para acompanhar o caso. No entanto, parece não haver pistas suficientes que levem ao assassino. Seria um crime político? Ou um assassinato por razões pessoais?
O jogo político bate de frente com a investigação criminal. A imprensa, em busca de respostas, acaba se tornando um empecilho para que a justiça seja feita. A disputa pelo poder e os segredos do passado são ingredientes que se somam à trama e tornam a missão de Hanne ainda mais complexa. Ela precisa descobrir quem é o assassino e sua motivação, antes que mais sangue seja derramado e o país convulsione. E o tempo está correndo. Será possível deter o criminoso antes que ele faça mais vítimas?

2. Números de azar
8. 1222

Na boca do leão é o quarto livro da série Hanne Wilhelmsen, da autora Anne Holt. Eu gosto muito dos livros dessa autora, porém, esse volume foi para mim o mais parado. Não consegui me apegar muito ao crime, que acabou ficando meio que em segundo plano. E, a detetive Hanne é uma personagem que tem pouco destaque nessa trama, o que foi uma pena, pois ela é incrível.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

[Resenha] A amante

| 0 comentários
Autora: Danielle Steel
Páginas: 280
Editora: Record
A grande dama do romance está de volta com uma trama de riqueza e poder, onde o amor e a liberdade podem ser os desejos mais perigosos. A beleza de Natasha Leonova foi sua salvação. Resgatada das ruas de Moscou pelo bilionário russo Vladimir Stanislas, há anos ela vive sob sua proteção em um mundo de luxo, glamour e negócios escusos, dos quais ela nada sabe. A casa deles é o mundo. A bordo de um incrível iate, eles vão para onde querem. Mas, para fazer parte da vida de Vladimir, ela tem de aceitar suas regras: nada de filhos ou casamento. Em troca de segurança e conforto, ela é dele e de mais ninguém. Theo Luca é filho de um dos maiores artistas do século XX. Ele herdou do pai não só o talento para a pintura como também um valioso patrimônio. Ele e a mãe frequentemente expõem as obras de Lorenzo Luca no restaurante que a viúva mantém em homenagem ao falecido marido em uma comuna na França. Theo é muito dedicado ao trabalho e luta para ser reconhecido como um grande pintor; porém, um belo dia, ele comete um erro grave: apaixona-se pela amante de um dos homens mais poderosos do mundo. Mas talentoso pintor é o retrato de um mundo novo, que abre os olhos de Natasha para uma realidade com a qual ela pensava que só poderia sonhar.


A amante, de Danielle Steel, foi lançado há alguns meses pela Editora Record, e é meu primeiro contato com a escrita da autora. Apesar de nunca ter lido nada dela, até então, eu sempre vi ótimos comentários sobre seus livros. Porém, iniciei essa leitura e me deparei com algo que me incomodou bastante: a autora repetir várias vezes a mesma descrição dos personagens. Quando eu me dei conta de que aquilo já tinha sido dito pela quinta vez, com algumas palavras diferentes, respirei fundo e decidi dar mais uma chance. No fim, me acostumei com a narrativa da autora e consegui me envolver com a história.

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

[Resenha] Proibido

| 0 comentários
Autora: Tabitha Suzuma
Páginas: 304
Editora: Valentina
Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

Proibido, da Tabitha Suzuma, é um livro com um tema polêmico: incesto entre irmãos, e que eu estava relutante em ler. Porém, desde que ele foi lançado tenho lido ótimas resenhas, dizendo que é uma história linda e que dá para entender a situação. E gente, não dá! Simplesmente não dá. Eles são irmãos, independente de a vida jogar responsabilidades em cima dos dois desde muito novos, nada é aceitável. Para começar, senti muita raiva daquela mãe que deixou duas crianças ficarem responsáveis pelos irmãos, contas e tudo mais. Esse livro é tão problemático que eu terminei e fiquei por horas pensando na história.

domingo, 28 de julho de 2019

[Resenha] The chase - A busca de Summer e Fitz

| 0 comentários
Autora: Elle Kennedy
Páginas: 314
Editora: Paralela
Série: Briar U, 1
Bem-vinda de volta aos jogos de hóquei e às festas da Universidade Briar! No primeiro spin-off da série Amores Improváveis, conheça a apaixonante e misteriosa Summer, irmã de Dean.
Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.
E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.
E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.
Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitzy deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo…
Ele sabe onde me encontrar.

The chase - A busca de Summer e Fitz é um spin off da série Amores improváveis (que, aliás, eu amo! ♥). Eu estava com muita saudade dos livros da autora, e foi muito bom poder reencontrar personagens queridos e conhecer novos nessa nova história. Elle Kennedy consegue criar tramas românticas que ao mesmo tempo passam alguma mensagem e são reflexivas. Fora que seus personagens são sempre carismáticos e apaixonantes. Esse é um new adult intenso e envolvente, e foi muito bom matar a saudade da Briar.