quinta-feira, 23 de março de 2017

[Resenha] O perfume da folha de chá

| 1 comentários
Autora: Dinah Jefferies
Páginas: 432
Editora: Paralela
Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurence no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império. Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos. Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita.


É difícil falar sobre obras muito boas, pois as palavras ou a ideia formada na cabeça, não são o suficiente pra explicar, por exemplo: o quanto o livro é bem escrito, tem uma pesquisa histórica consistente, um enredo pulsante, e a cada página ora me fazia torcer e ficar alegre, ora eu ficava com meu coração na mão e apertado sem saber o que pensar da reação e atitudes dos personagens.

[Prova 07] Caça palavras

| 1 comentários

Regras:
  • Curtir a página do blog;
  • Compartilhar a prova no Twitter ou Facebook, nos botões ao final do post;
  • Enviar a resposta para o e-mail contatoapenasumvicio@gmail.com;
  • Informações do e-mail: Assunto: Prova nº - Corpo do e-mail: Resposta + link de compartilhamento.

terça-feira, 21 de março de 2017

[Prova 6] Criptograma

| 6 comentários

Regras:
  • Curtir a página do blog;
  • Compartilhar a prova no Twitter ou Facebook, nos botões ao final do post;
  • Enviar a resposta para o e-mail contatoapenasumvicio@gmail.com;
  • Informações do e-mail: Assunto: Prova nº - Corpo do e-mail: Resposta + link de compartilhamento.

[Resenha] Congelado no tempo

| 8 comentários
Autor: Justin Richards
Páginas: 192
Editora: Fundamento
Série: Viajantes do tempo, 1
Como muitos jovens de 12 anos, Jamie Grant era tímido, nem sempre gostava de ir à escola e detestava a bagunça que sua irmã caçula fazia em casa. Um dia, porém, tudo isso mudou. Ele ainda era o mesmo, mas os outros estavam diferentes. As pessoas mal pareciam vê-lo ou o viam e logo se esqueciam dele, como se ele nunca tivesse existido.
Jamie não sabia o que estava acontecendo, mas precisava descobrir logo. Afinal, o que aconteceu com ele poderia se repetir com qualquer um: pessoas sumiriam sem deixar vestígio, como se nunca tivessem nascido. Como se o tempo da forma que o conhecemos não existisse mais. E o mundo jamais seria o mesmo.
Entre nesta aventura única e surpreendente em que o presente pode não existir, o passado está ao alcance da mão e o futuro é uma grande incógnita. Não perca!


Congelado no tempo é o primeiro livro da série Viajantes do tempo, publicada no Brasil pela Editora Fundamento. A obra possui menos de duzentas páginas, mas consegue desenvolver bem o enredo e o que esperar dos próximos volumes. Eu já cansei de comentar por aqui, mas vou repetir: amo histórias com viagem no tempo, continuo me atrapalhando toda e não entendo algumas situações, mas acho o máximo tudo isso! Eu quase não vi ninguém falar dessa série, o que é uma pena, pois ela é realmente incrível. 

segunda-feira, 20 de março de 2017

[Resenha] Ninfeias negras

| 8 comentários
Autor: Michel Bussi
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho.
É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte – principalmente as protagonistas.
Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.

Uma bela e pequena cidade, famosa pela arte e pelo pintor mais famoso que a colocou no roteiro dos amantes de pintura e Impressionismo; com a beleza natural presente em cada canto da cidade, tendo sua exuberância protegida por leis e tornando-se um patrimônio mundial arrodeado de histórias, pinceladas e mistérios. Uma cidade em que pelo menos alguma vez você deve ter visto alguma foto por aí (pesquise no Google só pra confirmar), com todo seu ar romântico e bucólico, o autor francês Michel Bussi resolveu retratar o livro Ninfeias Negras como um quadro pincelado com cores lancinantes, retratando moradores presos em lembranças, cercados por turistas curiosos.